Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Histórias de uma boneca - iniciação

Autor: anakal
Categoria: Heterossexual
Data: 15/04/2008 16:32:17
Nota 9.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Como já contei na outra historia, meus desejos femininos, se transformaram em prazer com um doce sabor de esperma.

A historia parou quando junto com meu primo após ter experimentado seu néctar de homem em minha boca fomos tomar banho essa havia sido a primeira vez que tinha provado um homem de verdade.

Durante o banho juntos ele me segurava por traz mordendo meu pescoço eu virava meu rosto e abaixava minha cabeça pondo os cabelos pro lado para ele melhor morder e assim agarrado em mim se esfregava em minha bunda dando pequenos tapas e beliscões nela e bem no pé do meu ouvido falava que aquela bunda ia ser dele nessa noite, isso me arrepiava toda, e ordenando mandava eu me arrumar pra ele, minha mãe tinha viajado então íamos ficar sozinhos na casa aquela noite, depois que saímos do banheiro, seu pau já estava duro novamente pronto pra mim, fomos pro quarto que ainda cheirava a esperma, não sei gostei do cheiro, cheiro de porra de homem, me deu agua na boca de novo, ele me deu um tremendo tapa na bunda me tirando da porta e liberando o caminho me disse que ia sair, mas que a noite voltava e que era pra eu novamente me preparar. Ordenando falou que podia continuar usando minhas roupas sem problemas que enquanto eu fosse dele não precisa me preocupar.

Essa ordem ele nem precisa dar pois já ia fazer isso mesmo, fiquei enrrolada na toalha como normalmente uma mulher fica com ela encobrindo meus pequeninos seios, encostada na parede olhando pra ele e pro pau dele esperando ele se arrumar e sair, depois que ele saiu puz uma calcinha, uma saia e blusa e fui terminar meus afazeres, interrompidos por uma foda, enquanto trabalhava não parava de pensar

não sabia o que usar a noite e nem sabia o que ele ia fazer comigo, meu cuzinho piscava só de imaginar aquele pau roçando em mim, isso me fazia as pernas tremer e minha boca salivar. As horas passaram ele não me disse que horas ia voltar só disse que voltava a noite, essa angustia me deixava alucinada, não estava nervosa com o que ia me acontecer, estava nervosa por queria que acontecesse logo queria mesmo ser a fêmea dele tava com fome de rola.

As 19:00 fui tomar um banho pois as 20:00 era + ou – a hora que ele chegava, minha roupa já tinha escolhido um baby doll branco com uma fenda enorme na frente e uma calcinha de laçinho tudo branco, que eu comprei p/ mim e já o havia usado algumas vezes principalmente p/ dormir mas nunca p/ esperar alguem, depois do banho peguei um creme de corpo inteiro de minha mãe e passei em mim, sempre tive o corpo afeminado com coxas grossas, bunda grande e lisinha e quase sem pelos nenhum pelo corpo, isso ajudava ainda mais minhas forma feminina, assim passava pelo corpo e me sentia cada vez mais mulher, alisei minhas pernas, bunda barriga e peitos, depois puz meu baby doll e fui pra sala ver a novela e espera-lo. As 21:00 ele não havia chegado ainda e eu não parava de olhar pro relógio, minhas mãos suavam de ansiedade, as 21:40 chegou ele, com meu coração disparado fiquei a olhar ele entrar, veio direto me ver, como estava sentada com as pernas dobradas e os pés em cima do sofá e as coxas toda pra fora ele só viu o fio da calcinha do lado e parte do baby dol, me mandou levantar pra me ver, e disse que mesmo sabendo que era um menino eu ficava uma delicia vestido assim, que parecia realmente uma mulher, me mandando sentar, disse que eu era uma vadia mesmo e que pelo jeito havia adorado a putaria de cedo, respondi que sim que estava fazendo o que ele havia me pedido, assim cheia de tesão e sem precisar obedecer mais nada sentei na beira do sofa e começei a tirar a roupa dele, primeiro abrir o ziper da calça e depois o cinto seu mastro já pulava dentro da cueca abaixando a calça e tirando sua camisa o deixando apenas de cuecas começei a alisar seu mastro por sobre a cueca tava duro feito pedra, tirando ele de uma vez só bateu em meu rosto, puz imediatamente na boca tamanha a vontade, agarrando meu cabelo ele me balançou de encontro seu mastro, eu segurava na base com força isso aumentava ainda mais seu prazer, fiquei assim por alguns instantes, foi quando num ato de raiva ele agarrou meu cabelo e me levantou me jogando no sofa com força, me puxando pela cintura me virou de 4 p/ ele, segurei na parte de cima e me ajoelhei no sofa, olhando minha bunda com a calcinha toda enfiada ficou a alisar e sentir isso me arrepiou toda, meu pintinho já estava quase saindo da calcinha de tanto tesão, com cara de safada, perguntei o que ele ia fazer, sua resposta fui curta e grossa, vou te comer! Meu cuzinho nuca havia levado ferro, já tinha posto meus dedos nele mas nunca um pau, piscou um pouco com a idéia mas se trancou por medo. Tirando da bolsa ele pegou um creme lubrificante comprado especialmente p/ hj por ele e espalhou em meu cuzinho, na porta e pondo um dos dedos dentro dele, assim aos poucos foi pondo um dedo e depois outro abrindo espaço e acostumando ele para o que estava pra vir, mandei que solta-se o laço da calcinha assim ele fez expondo minha bunda toda pra ele, não que isso fizesse alguma diferença afinal a calcinha estava toda enfiada e minuscula não escondia nada, se colocando entre minhas pernas pude sentir ele ajeitando seu pau na porta de meu cuzinho, senti medo mas nada fiz apenas esperei, lentamente ele foi empurrando estava apertado, num movimento mais brusco, senti uma dor que dilacerava meu rego e gemi, levei um tapa na bunda e finalmente num estocada só já estava todo dentro de mim, gritei de dor, outro tapa, depois começou o vai e vem de sua tora dentro de minha bunda, sentia seus movimentos e ouvia o barulho de suas virilhas a bater em minha bunda com as estocadas, meu pintinho duro pulsava e quase ia ao delirio com aquela delicia a me devorar, rebolei um pouco e me ajeitei ainda mais pra ele, levantei o rosto pra ver, foi quando ele segurou em meu pescoço e puxando meu cabelo pra traz me obrigando a empinar ainda mais a bunda enfiando ainda mais fundo, nossa que delicia.

Eu rebolava, balançava pra traz jogando minha bunda contra o pau que me invadia, gemia e pedia mais estava em êxtase com aquilo, e com um grito dele pude sentir seu liquido quente me encher, gozou no meu rogo com vontade enchendo meu cuzinho com seu esperma delicioso, quando senti na mesma hora ainda com o pau dele dentro de mim apoiando com uma das mãos e com a outra toquei uma punheta e em instante também gozei melando minha perna e sofá, ainda de quatro e com ele agarrado a mim me encolhi toda exausta sujando o rosto na minha própria porra que tinha caído no sofá, ele se afastou e tirou nisso escorreu por minhas pernas a porra dele, um mix de dor, felicidade e alegria me invadiu, chorava e ria ao mesmo tempo, me levantei pra pegar minha calcinha ai sim que o liquido escorreu legal sujando tudo, ele se sentou no sofá e eu em seu colo e lhe dei um beijo na boca, retribuído com paixão. Meu perguntando se gostei de ter sido sua femea, lhe respondi que apesar da dor que ainda era forte respondi que adorei e que queria mais depois, mal sabia eu que ainda teria muito mais, mas essa outra historia

Comentários

01/09/2009 12:30:38
Delicia, assim como vc adoro usar calcinha e lingerie junto com sandalia de salto. Beijos.
03/05/2009 19:14:49
muito bom mas continua o conto beijos
16/03/2009 02:11:34
continua o conto
17/07/2008 16:02:44
Tu vais continuar o conto? Ou já terminou?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sexobrasileirocavalobundudas com o capeta no baile funkconto erotico machucou o cu da casadinhavideo omem fragado botando arola pra levantando as saia das muulhres dentro do onibunsamassos eroticos na aguaver contos eroticos em que maes sao flagradas pelas avos fudeno com os filhos pauzudossó mulher pelada a chegada com a b******* bem grandona daquelas BH b******* grande pinguelo grande cheio de galaporno gay pai malhado e i filhocorno que nao da mais no couro humilhado pela esposa vadia contos eroticossexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciaContos eróticos gay comi meu tioarrobadapoumponecontos eroticos de incesto seduzir meu pai sentando so de calcinha no colocache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 primos boqueteiros. Tomei o leitinho do meu primo gueizinho pornovisando dentro da bucetasos melhores minetes com o caralhinho no cu pornoamigos fodem o casal bi que arranham na rua pornohomem que fode muitohttps://www.yahoo.com/contos eróticos vovó transando com cavalopornodoido minha sogra gostosa esta no quarto rapando a buceta com tesaoquero ler histórias e conto de homem casado que deu o c* pela primeira vez o c****** vídeo para travesti do pau gigante chorou rebentou em conta se dói ou nãocontos eróticos cuzinho da mendigatransei com minha irmavídeo de sexo com mulheres acorrentada em senzalaas pornoconto erótico muitos orgasmos com lsdNovinhas fazendo safsdesas na sala de aulacontos eroticos picantes camioneiros estuprando putas na estradaseduzindo você a bater punhetasiririca em horas inoportunascontos de esposa puta chupando varias rola na frente d cornoquem quebrou meu cabaço foi meu paiFiz minha sobrinha trair seu noivo no motel. Comigo comi seu cu conto eroticoVIDIOPOMO PETECAhomens metalirgico cacetudpsvizinha lactante contosmelhore estrupa amiga chupandoa a forsa porno fasil asesocontos eroticos cu arrombadosexo oline depiladora não aguentaou ver o cliente de pau duro e caiu de bocamae dis que filho rasgo a vuseta delaforsei minha madrasta a fuder panteraspai mamou minha rola sexocontonegrinha achou que era facil dar o cú e chorou na piçaconto erotico traicaochantagemtia gostosa nova se masturbado para provocá o sóbrioFiz sexo com meu profeasmenino de atrasou e pediu carona pra homem sarado na moto pornoperdendo a virgindade com o meu namorado e elearromba minha bucetamorena boa tocando punheta pro cadaverhistorias eroticas heretossexuaisvideo de porou dirano vigidade da namoradafe vedtidoda o cu causa doensa videos sangue sexo annalcontos erticos negão de pau gigante ragando cu de passivo sem doxvideos caseiro emfermera mindando banho eaixoxotas gostosas morenas atirar espermasexo ruiva nu riufugio da aula para da buceda e leva gozada tendrocasada fiel tentando não trair,mais não resistiu quando viu a pica dura enormemulher buceta apertada chora fudendo ç negro dotadosites historias e contos eroticos de incesto mae amante do filho marido ausentemulher falando juramento de gemido vídeos pornôxv homens encoxando em mulheres 2017bucetaazedinhamulher querendo fazer zoofilia no Rio de Janeiromulher com grelo grande encara um big pau vejacontos eróticos amiga novinhavideos porno gay de jander pauzaoMulher adulta. Criando pentelho. Na bucetadoce nanda parte IV contos eroticoscontos meu amigo foi em casa e minha mulher o chavecouirmão gemeos loirinhos emos gay fazendo sacanagemfilme pornô rasgando a vacina novinhaMulher fasendo croche e dano cu pornofrecando a paciencia do brutocornos de belem porno contos 2017