Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Numa casa de swing - Nossa primeira vez

Autor: Homem Cadela
Categoria: Grupal
Data: 18/04/2008 13:21:07
Última revisão: 18/04/2008 15:39:39
Nota 9.12
Ler comentários (25) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou casado faz 4 anos e minha esposa não aceita, de maneira alguma, nenhuma variação no sexo. Eu a amo mas minhas necessidades de variar são muito fortes. Isso me fez procurar uma antiga namorada e, entre uma conversa e outra, lhe propus conhecer uma casa de Swing aqui em Porto Alegre.

Nós dois não tínhamos a menor idéia de como reagiríamos a tal aventura, mas estávamos dispostos a enfrentar o desafio. Eu já havia me informado sobre os acontecimentos dentro desta casa e oque mais me chamou a atenção é o FATO de que tudo pode acontecer, desde que o outro autorize, nos dando maior segurança.

Marcamos data e hora para o grande evento e, chegando lá, fomos MUITO BEM RECEBIDOS por uma mulher linda, que fez questão de nos mostrar o local e nos deixar muito à vontade, mostrando-nos o local e o modo de funcionamento de cada recinto, público ou reservado.

Passada a apresentação, ficamos em uma mesa observando e trocando idéias sobre as pessoas e o local. Nisso, minha amante me disse:

- Eu estou com tesão.

Embora eu quisesse que isso acontecesse, confesso que fui pego de surpresa.

- E como vamos resolver isso?

Perguntei na intenção de que ela manifestasse o seu desejo.

- Vamos naquela sala que todos podem nos ver e entrar se convidados.

- Vamos.

Me levantei, pegando-a pela mão como se eu houvesse determinado tal coisa e fomos.

No caminho, passamos por alguns homens e rapazes, a maioria de olho nos nossos movimentos, querendo saber oque iríamos fazer e esperando um convite direto. Minha amante, por sua vez, sendo quase puxada por mim, olhou diretamente nos olhos de quem a interessou. Claro que todos sorriram em aprovação quando entramos na sala escolhida, pois ela é muito gostosa. Eu diria que a bunda chama mais a atenção dos homens, mas a sua cinturinha de pilão, deixa qualquer um com vontade de tê-la de quatro na sua frente. Ela tem 1,55m de altura, muito bundudinha, de peitinhos pequenos, bronzeado leve o suficiente para ter marquinhas e uma boca... Ah! Que boca... com um sorriso convidativo, tentador.

Entramos na sala, com uma cama enorme, e começamos a nos beijar. Meu pau já começou a levantar e ela só faltava gozar. Se contorcia toda. Girava a cabeça como se estivesse em transe. Revirava os olhos em êxtase. Gemia alto para que todos ouvissem.

Fui tirando sua roupa, deixando-a somente de calcinha e soutien. Larguei-a sobre a cama e ela mesma tirou o resto. Não queria nada sobre seu corpo. Queria que todos a vissem. Gemia e pedia para eu come-la logo.

- Vem, entra em mim agora.

Ela estava deliciosamente fora de controle. Nunca tive este prazer com ela antes desse dia. Ela gemia, pedia para come-la e não parava de contorcer o próprio corpo.

Tirei a minha roupa e, ao largar a roupa de lado, vi quatro vultos do lado de fora da sala nos espiando. Olhei novamente para minha amante e descobri, naquele instante, que ela merecia muito mais que um homem que ela já conhecia. Descobri que ela merecia TUDO que pudesse agüentar. Olhei novamente para trás e fiz um gesto para que entrassem. Quando entraram, apontei para a parede na intenção de que ficassem ali, encostados, nos vendo e se masturbando.

E foi oque aconteceu. Entraram e, comportadamente, encostaram-se para se masturbar. Minha amante estava paralisada. Deitada de costas, apoiada nos cotovelos, ficou admirando os paus, de todos os tamanhos e formas, se mostrando para ela. Somente para ela. Todos a queriam, mas eu tinha receio de que o medo de uma principiante não a permitisse tê-los.

Ledo engano.

Ela me puxou pelo braço, me fazendo cair sobre ela. Pegou meu pau duro e encaixou dentro do seu sexo enquanto me beijava. Seu grito abafado me fez quase gozar naquela hora. Ela me prendeu com as pernas dentro de si e, sem poder me movimentar, a vi amolecer o corpo depois de um gozo incrível. Ela caiu. Largou seu corpo sobre a cama em êxtase. Foi um gozo magistral, incrível. Sua excitação era tanta que ao me receber dentro de si, gozou. Forte, intenso. Me deitei ao seu lado, ainda encaixado nela e lhe dei um beijinho no rosto em forma de aprovação. Ela sorriu, feliz. Me olhou nos olhos e me cochichou:

- eu quero todos.

Enquanto lhe perguntava se ela tinha certeza, com a mão já fazia sinal para que todos se aproximassem. Eu sabia que ela queria MESMO. Quando ela ia me confirmar a resposta já conhecida, sentiu o movimento da cama e olhou. Não olhou para o rosto, olhou para o pau e pegou. Rápida. Ágil. Sedenta. Sai de perto dela, dando mais espaço aos que se achegavam e passei a observar. Troquei de lugar. Agora eram eles três que a usavam e eu que iria observar.

Rápido... um pensamento... eram quatro!... o outro?

Uma mão passou pela minha cintura, vinda das minhas costas, e se encaixou perfeitamente no meu sexo. Agarrou meu pau com tanta delicadeza que meu machismo e homofobia se acabaram ali. A sua outra mão, também delicada, passou a deslizar sobre as minhas nádegas. Não podia acreditar naquilo, mas virei meu pescoço para trás e nossas bocas se procuraram instintivamente. Girei meu corpo para que minhas mãos se deliciassem com o corpo do outro e abraça-lo, sem pudores. Apertar seu corpo contra o meu pau teso, sentir o seu corpo no meu, inteiro.

Ela, sentada sobre os calcanhares, tinha um pau na sua frente sendo lambido, chupado, e os outros dois nas suas mãos. Revezava. Chupava um. Beijava o outro. Lambia o terceiro. Ela não sabia qual era o mais gostoso. Queria todos dentro da sua boca e não podia. Não cabia. Um deles, o mais alto, saiu da posição que estava e foi se deitar atrás dela. Conseguiu, com a ajuda dela, enfiar o rosto na sua bucetinha para lambe-la inteira. Ela sentava na cara dele. Quase o sufocava. Se esfregava e gemia, sempre com a boca cheia com um dos outros dois.

Eu abri os olhos. Na penumbra era um rosto meigo. Achei que fosse um afeminado, e não um homem viril. Seu pau não me cutucava, não me espetava, mas eu queria senti-lo nas mãos. Desci uma das mão e... linda... esguia, alta, magra, seios pequenos, quase imperceptíveis como os de uma menininha. Buceta totalmente lisa, sem pelo algum. O corpo firme, macio. Nosso beijo continuou, mas a peguei no colo. Um sonho de prazer nos meus braços. Sem parar de nos beijar a levei para a cama. Deixei, languidamente seu corpo sobre a cama e comecei a beija-lo. Passava a língua por toda a sua extenção. Da virilha até o seio. Do seio até o pescoço. Na boca um novo beijo. Nossos corpos eram calmos, contrastando com os vizinhos da mesma cama.

Eles não paravam em posição alguma. Mudavam a toda hora. Era incrível ver como minha amante era “elástica”. Rápida, virou seu corpo, ficando de quatro e encaixando sua buceta no pau daquele alto que estava deitado. Um outro foi atrás dela e cutucou seu pau duro no furinho dela. Ela só fez empinar o rabo para facilitar a entrada. Ele colocou. Nunca entrou tão fácil. Ele forçou um pouco e entrou todo, até o fim, até o talo. Ela, por sua vez, só fez jogar a cabeça para trás e gemer alto. Um som gutural, vindo dos mais profundos devaneios. Um som que ecoou pela sala e fez o terceiro jorrar no seu rosto.

Eu... não sei... não sei explicar. Nosso entrosamento era tanto que parecíamos estar namorando. Não éramos só sexo. Éramos paixão, ardor. Um encaixe perfeito. Seu sexo recebeu o meu, justo. Sem tensão, com tesão. Sem força, mas sob pressão. Seu pouco líquido facilitava, mas nos deixava justos. Sem pressa. Perfeito entrosamento. Perfeito encaixe. Nunca tinha provado um corpo tão justo ao meu. Os movimentos eram lentos e profundos. Meu corpo avançava dentro do dela. O corpo dela se contraia. Ela conseguia apertar meu pau com tanta delicadeza e força, que meu menor movimento nos causava um prazer imenso.

Minha amante, com dois dentro dela, tentando lamber a porra do rosto, em pouco tempo não cordevava mais os seu movimentos. Dentro do seu anus, o homem bombava com tanta força que seu corpo se movia para frente com o impacto. E o homem alto, enquanto isso, a fazia voltar a posição anterior. Esse vai e vem intenso a fizeram chegar novamente a um orgasmo espalhafatoso. Ela não se controlava mais. Sua primeira dupla-penetração. Perfeita, disse ela depois. Quase escravisada e com certeza dominada por dois homens dentro de si ela desfaleceu. E não estou brincando quando digo isso. Ela desfaleceu. Seu corpo caiu inconsciente sobre o homem alto. Este percebeu mas não impediu o outro que continuava a bombear com força porque isso também o excitava. Sei que os dois gozaram. Sei que os dois se acabaram nela. Sei que os dois se serviram.

Eu me controlava. Ou tentava me controlar. Não queria que aquele momento terminasse nunca mais. Queria que meu gozo nunca mais viesse. Queria que ela tivesse mil orgasmos mas... É impossível controlar o prazer. Quando meu rosto se contraiu ela me falou baixinho e sedutoramente ao ouvido:

- vem... goza dentro de mim.

Não me segurei mais. Gozei. Rios de porra. Uma eternidade de jatos. Uma eternidade de tremores pelo meu corpo retesado. Caindo, tentei não colocar todo o peso do meu corpo sobre o dela mas ela não deixou. Puxou-me sobre ela, colocou minha mãos ao longo do seu corpo e me apertou contra o seu.

- fica assim. Ela disse.

- o meu peso... – tentando agumentar.

- fica assim.

Não discuti. Soltei o peso sobre seu corpo e ela sorriu. Linda.

Tanto eu, como minha amante, estávamos felizes, satisfeitos. Nunca pensamos, embora quiséssemos, que algo parecido acontecesse. Nos vestimos e fomos embora. Confesso que não sabíamos direito para onde olhar ao passar pelo salão principal (e bar/restaurante), mas fomos em direção a saída vitoriosos. A mesma mulher linda que nos recebeu interrompeu delicadamente o nosso trajeto e eu, rapidamente e num susto:

- bah! Não paguei.

Ela, educadíssima, sorriu e disse:

Não é só isso. Aquele casal gostaria de conversar com vocês. Apontando para uma das mesas onde uma morena de cabelos curtos e um homem negro nos olhavam com um sorriso. Fiquei sem ação e resolvi acompanhar nossa anfitriã para pagar a conta. O casal, via-se agora mais claramente, era muito bonito e com o corpo em forma. Já deviam ter seus 40 anos, mas muito sensuais.

Enquanto pagava a conta, olhava-os esporadicamente e vi que a mulher se levantou e se dirigiu a nós. Fiquei nervoso, confesso, mas já que estava na chuva... !!!

Ela chegou, cumprimentou minha amante com um beijo no rosto e, ao me dar o mesmo beijo, disse ao meu ouvido:

- fica assim...

Comentários

20/03/2016 17:45:38
Excitante demais, visitem nosso blog http://contosparaleradois.wordpress.com/, um novo conceito em contos para casais.
20/03/2016 00:01:44
Excitante, visitem nosso blog http://contosparaleradois.wordpress.com/, um novo conceito em contos para casais.
10/06/2012 09:55:43
ps:somos de Fortaleza tambem
10/06/2012 09:55:16
Adorei o conto nota 9,somos um casal que temos curiosidade em fazer swing,mas numca tivemos oportunidade,nosso msn [email protected]
10/06/2012 09:53:43
Muito bom memso o conto,somos um casal de fortaleza,numca fizemos swing,mas temos vontade,nosso msn [email protected]
16/05/2011 18:21:58
roberto recebe sim, so q o valor e o triplo mais caro para homem sozinho
04/01/2011 20:17:30
gostaria de comer ela tbm
15/12/2010 04:23:20
Adorei o conto ' nota 10 ;D boom teenho mt vontade d conhecer esses lugares ' maas a um certo preconceitoo da parte do meuu namorado ' boom se tiver alguem solteiro ou em relacionamento aberto que queira ir cmg ' eeu aceito =P ( só me falata compaanhiaFortaleza-CE
09/09/2010 08:58:12
nota 10,procuramos casal que seja de qualquer lugar do Ceará,somos de Juazeiro do [email protected]
09/09/2010 08:54:50
Gostei nota 10,somos casal e temos vontadade de conhecer casal,Somos de Juazeiro do Norte..nosso [email protected]
27/01/2009 17:33:54
As casas de swing, normalmente, tem dias específicos para solteiros.
26/01/2009 14:35:08
Meus amigos um conto realmente magnífico. Mas como entrar em uma dessas casas sem acompanhante ou é obrigado a levar?
05/01/2009 22:33:00
eu adorei o seu conto...Eu sou casada e morro de vontade de conhçer uma ksa de swing mas ainda num encontrei coragem,gostaria de conheçer casais de fortaleza pra quem sabe fazer uma grande [email protected]
05/01/2009 22:28:45
Amei o seu conto...sou casada e adoria fazer um swing mas ainda num axei uma ksa legal.Quero conheçer casais e quem tiver afim me add no meu [email protected]
24/06/2008 09:46:06
Existem dias específicos para homens e/ou mulheres desacompanhados. Deves entrar em contato para saber se a casa escolhida por ti realmente o faz e quais os dias para isso.
23/06/2008 18:34:38
Tu não reposndeu a minha pergunta (se souberes evidente): Estas casas recebem homens desacompanhados?
23/06/2008 11:58:08
Agradecido pelos comentários, é claro. E, tentando responder às dúvidas... Conheço somente Porto Alegre, infelizmente, mas aconselho à todos que pratiquem swing se tiverem uma relação estável. Qualquer tentativa destas de "melhorar" um relacionamento instável só vai piorar. Quanto a pergunta de LION_O, não importava no momento se era homem ou mulher. Oque importava era o desejo, o sexo, o prazer, o toque...
21/06/2008 19:06:37
Bacana seu conto, dou nota 10 pela história, mas fiquei confuso qt a seu desejo, em um certo momento qd os rapazes foram à sua amante, vc disse que veio uma pessoa aparentemente um homem, e era uma mulher. Pergunta que me deixou em dúvida: Vc queria ou não que fosse um homem? Belo conto, tenho vontade de conhecer uma casa dessa, porem minha esposa......
21/06/2008 19:05:35
Bacana seu conto, dou nota 10 pela história, mas fiquei confuso qt a seu desejo, em um certo momento qd os rapazes foram à sua amante, vc disse que veio uma pessoa aparentemente um homem, e era uma mulher. Pergunta que me deixou em dúvida: Vc queria ou não que fosse um homem? Belo conto, tenho vontade de conhecer uma casa dessa, porem minha esposa......
05/05/2008 14:06:04
Amei o seu conto...Goataria de fazer o msm,sou casada e meu marido eh louco pra ir a uma casa de swing,vc conhece alguma aqui em Fortaleza-ce?Me responde por e-mail:[email protected]
22/04/2008 15:29:02
DE BOM AMEI SEU CONTO....nOTA 10
21/04/2008 07:13:21
hello dear, please write me with this email, [email protected] i will like to have a very good relationship with you, i will tell you more about me and send some of my pictures to you as soon as i get your mail in my privet email address above. your new friend Mercy .
18/04/2008 21:31:02
o swing nos aproxima da perfeição. a minha primeira experiência foi em barcelona, e todos os dias a minha memória dá um RCL. brevemente, a namorada vai conhecer uma casa de swing.
18/04/2008 19:44:37
Augusto II, Já pratiquei de tudo em relação a sexo, com duas mulheres, com vibro e outros tipo de masturbadores femininos, etc.; em companhia de animais, com um transexual em uma dupla penetração - Uma mulher linda e insaciável que ainda hoje me sacio -; (exceto Viados enrustidos, sapato ou outro homem). Sempre quis e quero conhecer e participar de uma casa destas, mas aqui em Fortaleza, ainda há muito pudor neste seguimento. Pergunto-lhe: estas casas recebem um homem desacompanhado? Você Conhece alguma casa destas em Fortaleza? Nota 10 para seu conto e o dobro para sua gata. [email protected]
18/04/2008 13:58:33
Bom.muito bom mesmo, adorei ! Nota 9

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


vaga em Tambaba mulher chupando rolacontos eroticos professora casada chantageada por alunonegao colocou td o pau de 45 centi na loirasou tarado rasgo cu zapbucetao de sotinho q capui de fucaamigas chantageadas depois de furta pornocontos incesto xota enrabadarapaz passa o dedo na bucetinha virgem da novinha e ela gritar de dor contosEnteada fica sem calcinha e vai deitar mais o padrastomeu bundao esta seduzindo meu filho filmecomi meu melhor amigovidiopono tia bota pra chupadando jatos de porra na Bunda da colegialcontos gay limpar a casafilme pornô com a Socorro lido RT xxxbaixa vídeo porno molhes ñ quenta rolar ir choraporno ela foi faser a unha dele e viu ele de pinto duro fragalargandoo cu com um pepino grosso pornodoidoxvideos sogras de pernas abertas em frente dos genrosXVídeos pornô padrasto comendo enteada ela me procurou e eu não resisti vídeo brasileiroate quanto centimetros poso colocar no meu cumorena boa tocando punheta pro cadavervirgem relatos de zoofiliacontos de sexo depilada na praiaeu conto cunhada casada ver o cunhado de pau duro e fica loucafilmepotnouflagrei minha filhinha mamando o irmao com um mastro enorme contos eróticosabaixar a musica so vei comigo vc n vai si arrebederContos encesto mae cu sangranosexo soumenti com corno chupando porra de macho na buceta da esposacalcinha atirando de lado e mostrando abucetafilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outratio seu pau nãovai caber na minha buceafernanda puro desejo gamg bang contosmetendo com enteada nova E que gosto de uma quentinhaHOMEM FUDENOCADELA em artof zooporno doido chochotinasesposa do meu amigo me deu bola e eu comi ate seu cuzinhocontos eroticos sou viciado num cuzinho de machoconto erotico aprendendo amar em parte IDe_chefe_a_amor_da_minha_vidacontos eroticos minha primeira siriricapornocontoincestosUma coroa evagelica fudedo de saia cupridaleitinho do papai contosvideo de mulher tirando a o sutian ea calsinha ficando subinuacontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaibaixar pornô sogro ditas com novinhas greludasa dona vai ser com seu cachorrosexeu vir a minha meia irmã tranzando e eu nao aquenteivideos de cunhada se esfregando no marido da irmaasistir sexo completo brutal chupadas na bucetas uiiiiiicontos eroticos Robertamundo bicha homens de corpo gostoso e pintu dutoscontos eróticos novinho punheteros Parabéns felicidadesAE cristal de futibol Amador de Cristalinaporno cunhanda provoca cunhando d xorti ate emtra na rolagozando dentro da buceta das lindonas nas baladascontos coroa implorando por uma picanó do cachorro incha zoofilia dicaseu uma coroa gostosa dei po borracheiro contos eroticostava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contosdescabacei o cu da minha tiaporno filha da pro pai e a mae naofala nadaxvidio mulher com dedo na buceta chamando jairohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelograças a um cano estourado comi minha irmãConto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudoque kikada cunhadinha pornoMiller tair marido com ladrão em casa phornocasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetachego do serviço encontrar cunhado só de camisola e mete o pauconto porno saiu sangueComtoseroticos cegredonovınha transando com ırmaoContos eróticos comi a rosquinha da mulher e da filha gostosa do padeiro na padariacifra o marido no banheiro com amigo dele levantou a saia e o amigo do marido meteu no cu dela vídeo pornô doidoNovinho virgem+ descabaçado sem camisinha+sem lubrificação+contos gaysconto + de conchinha com meu filhogemeas identicas dando a bucetinha pra um taradinhomulheres passa margarina uma na outra peladasdei minha buceta no reformatório conto erotico de urso motoqueiro aregaçando o novinho saradinhoporno coroa sendo desrespeita por novinho e leva ferro na buceta e porraver homem chamadobucetavideos de bucetas intaladas na rola grossaContosveridicos contados por novinhasseduzida por um estranho contos pornochupando a bucets dela depois metendo a casdeta con muito tesaoXvideos as filinhas lerinhacomo chupar a buceta de uma testemunha de Jeová