Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O meu mulato - 1

Autor: Ed
Categoria: Homossexual
Data: 21/04/2008 20:10:52
Última revisão: 27/06/2018 18:38:18
Nota 9.69

O meu mulato - 1

No meu primeiro conto (Primeiras experiências como mulherzinha) contei a minha iniciação sexual com os meninos mais velhos da minha rua quando tinha apenas 9 anos de idade.

Quando já tinha 14 anos e ainda era a mulherzinha dos meninos da minha rua, principalmente do meu Paulinho, costumava pular o muro que dividia o quintal de minha casa do quintal de uma casa abandonada que tinha muitas árvores de frutas.

Um dia apareceu um rapaz de uns 17 anos que também foi para apanhar fruta. Estavamos os dois em cima da goiabeira quando ele, para mudar de galho roçou o pau na minha bunda.

Até aquela altura, estava apenas preocupado em achar goiabas maduras para colocar dentro de um saco plástico mas com esse contacto, minha sensibilidade ficou à flor da pele... mas nada demonstrei.

No final da tarde, quando já tínhamos pego muitas frutas disse-lhe que ia para casa e me encaminhei para o muro de minha casa. Como estava carregado com o saco pesado por causa das frutas, ele me ajudou a subir, me empurrando para cima com a mão na minha bunda.

Pareceu-me que não houve maldade nesse gesto mas quando cheguei lá em cima do muro ele estava com um olhar diferente. Com certeza deve ter sentido a maciez de minha bundinha, que era carnuda e redondinha como as das meninas e isso deve te-lo excitado...

Assim ele fez-me logo o convite para fazermos um troca-troca, de um jeito um pouco tímido, dizendo:" Vamos fazer um troca-troca? Pode ser embaixo daquelas árvores", apontando para a direita, "ou dentro da casa", apontando para a esquerda, na direção da casa abandonada.

Como fui pego de surpresa, fiquei um pouco assustado e desci rapidamente o muro para dentro de minha casa. Quando entrei em casa me arrependi e fiquei cada vez com mais vontade de fazer umas brincadeiras com ele.

Deixei o saco de frutas em casa e voltei a subir o muro. Ele estava se encaminhando para o portão da casa abandonada e o chamei.

Disse-lhe que topava fazer um troca-troca, desde que não tirássemos os shorts, que eu fosse o primeiro a tirar um sarro da bunda dele e que ninguém tirasse o pau para fora. Ele topou logo pois queria tirar pelo menos um sarrinho de minha bundinha macia, mesmo que depois tivesse que gozar na punheta. Quanto a mim, apenas disse aquilo para não dar uma de viadinho logo de cara.

Assim, fomos para dentro da casa abandonada e fui para tras dele. Comecei a esfregar meu pau na sua bunda, ambos de calções, e uns 2 minutos depois ele disse que era a vez dele. Eu nem sequer tinha ficado de pau duro mas pelo menos tinha sido eu o primeiro a sarrar a bunda dele. Isso evitaria que depois saisse contando que eu era viado e que tinha dado para ele.

Agora ia começar o que mais queríamos. Eu sentir o pau dele na minha bundinha e ele encostar o seu pau e sentir a maciez de minha bundinha.

Ele mal encostou em minha bunda e ficou logo de pau duro. Estava muito bom sentir aquela pica fazendo pressão e comecei a me mexer bem de leve para não dar bandeira e denunciar que estava adorando...

Senti uma pressão na porta do meu cuzinho e fiquei desconfiado. Olhei para trás e ele estava com o pau para fora dos calções me sarrando.

Protestei e disse-lhe que o combinado era não tirar o pau para fora... ele me pediu com a carinha triste "deixa eu ficar com o pau para fora, deixa?" Assim, fiz o "sacrifício" e deixei... estava tão bom...

Depois de um certo tempo, começou a querer abaixar os meus calções e eu não quiz deixar mas ele continuou a insistir e a pedir com aquela cara de menino pidão que o deixei abaixar os meus calções e senti, pele com pele aquele pau na minha bundinha passeando no meu rego... foi bom demais e fiquei mais excitado.

Ainda estávamos de pé e ele disse para nos deitarmos, mas não havia um lugar que fosse limpo para me deitar pois a casa estava cheia de entulho.

Assim, me lembrei do meu terraço... e convidei-o para ir para lá, mas desde que ele deixasse eu deitar primeiro em cima dele... ele disse que sim logo para que eu concordasse em levá-lo para lá mas chegando no terraço, nem eu nem ele nos lembramos desse acordo. Eu estendi uma manta no chão do terraço e ele foi logo me deitando de bruços, arriando meus calções e o dele e se deitando sobre mim com o pau já duro...

A partir daí, já não quiz saber de me fazer de difícil pois estava adorando sentir aquele mulato musculoso me cobrindo como uma fêmea. Tinha o maior pau que já tinha visto, além de muito bonito, com a cabeça sem pele, grande e com brilho.

Pedi a ele para colocar bastante cuspe para aquele pauzão deslizar melhor pelo meu rego, sem me penetrar. O prazer era grande de ter aquele pau deslizando e de vez em quando apertava a bundinha para prender o pau dele, sentindo aquele volume todo nas minhas nádegas. Ainda não inventaram prazer maior do que ter um pau de um macho na nossa bundinha. Tanto o pau quanto a bunda agradecem esse prazer!

Meu cuzinho já estava piscando de tanta vontade de ter aquele pau me penetrando. Então pedi a ele para enfiar devagar... ajudei com a minha mão a direcionar aquele pau na entrada do meu cuzinho e empinei a bundinha, forçando o pau a entrar. Foi entrando devagarinho e passei a dizer: "devagar, devagar, vai... enfia mais... devagar... ai... ai... dói mas está gostoso... vai enfia... muito bommmm...". A cada centímetro de pau o prazer ia aumentando até que senti o seu saco bater na minha bundinha... agora estava com todo o pau dentro de mim e me sentia uma femea submissa dominada pelo meu macho. Minha bundinha tinha engolido todo aquele pau, que sensação gostosa eu sentia naquele momento com o macho em cima de mim, sentindo o seu peso, o seu pau todo dentro... queria estar assim o dia inteiro...

Tinha apenas 14 anos mas já tinha muita experiência de sexo anal, principalmente com o meu Paulinho e os outros meninos, que me comiam já há 5 anos e quase todos os dias tinha pelo menos 1 pau dentro da minha bundinha. Agora estava com um pau tão gostoso quanto o do Paulinho, mas bem maior, dentro de mim, me dando muito prazer.

Eu estava com as pernas um pouco abertas para que ele pudesse se encaixar entre as minhas coxas e na minha bundinha. Como sempre gostava, abri um pouco os meus braços para ele colocar as mãos por baixo das minhas axilas, segurando os meus ombros, para me puxar para trás e atolar mais e mais aquele pau gostoso na minha bundinha... de repente levantou o polegar da mão direita e colocou dentro da minha boca... passei a chupar aquele dedo grosso como se chupa um pau. Fechava os olhos e me imaginava uma putinha com 2 machos, um na minha bundinha e outro na minha boquinha...

O prazer que o meu mulato me dava era imenso. Como era bom sentir o seu peso em cima de mim... como era gostoso ter aquele pau todo aconchegado na minha bundinha... me sentia uma mulherzinha dando prazer e sendo dominada pelo seu macho. Estaria naquela posição o tempo que ele quisesse, dando prazer ao meu macho. Mas como tudo que é bom dura pouco, ele gozou fartamente, enchendo a minha bundinha de esperma e o pau dele foi saindo aos poucos...

Continua.......

Comentários

28/06/2018 20:05:55
EXCELENTE. CONTINUE.
30/05/2018 14:47:55
Excelente... gostei muito.Tenho experiências semelhantes
24/05/2018 08:59:08
Adoro ser corno, ser mulhersinha, o viadinho de outro macho este meu lado de ser viadinho minha esposa não sabe rsrs, visto suas tanguinhas e vou chupar pau, sentar num pau bem gostoso rsrs.
14/05/2018 10:22:37
Não achei longo este conto. Pelo contrário, foi perfeito, narrando bem essa primeira experiência, algo que a maioria dos homens já tiveram. A nota máxima é merecida. Agradeço ainda a tua leitura e comentário no meu. Beijos.
09/01/2017 17:19:00
Bem legal. Gostei muito, pois me fez lembrar de quando ensinei um negrinho a enfiar a pissa no meu cuzinho quando eu tinha sete ou oito anos de idade e só gozava em seco. Gozei muito com a pissa daquele negrinho dentro do meu cu. Já narrei este episódio aqui no site. Nota 10
15/02/2013 16:20:42
Não sei o que fazem aqui lendo esses contos esses caras que só criticam. Esses contos servem para nós, que adoramos levar um pau no cu, ou comer um cu... Nós sabemos valorizar...
20/10/2012 16:19:12
Não achei nem um pouco longo. Fiquei com muita vontade de fuder o teu cuzinho.
21/05/2009 16:19:17
Seu conto é longo, mas excita, pois comer cu de jovem é muito bom.
03/11/2008 08:28:20
Que delícia! Como vc mesmo escreve, a gente se sente tão ou mais feliz satisfazendo os instintos ativos dos nossos machos do que satisfazendo nossos desejos de fêmeas.Viado de verdade é aquele que sabe dar prazer aos machos de verdade.
20/09/2008 21:09:10
Só é pena o seu conto ser tão longo, senão seria nota 10
19/09/2008 14:16:25
e ainda tem o tarado por bundas, dizendo besteira em vez de botar o pau a disposição...ele tem que saber que boca e cu é comum de dois...no meu caso, só querem kralho...outro dez pra vc!
19/09/2008 14:14:42
Oi, Ed, que conto maravilhoso...alias, mulatos e negros sabem fuder como ninguém....alem de a maioria ter pau grande, grosso e gostoso...acho que teu mulato é assim...né, seu sortudo?!
15/07/2008 13:49:05
Seu conto é muito bom mas muito longo também! Se vc tivesse parado de narrar após sua primeira relação com o mulato, seria nota 10.
08/05/2008 22:42:26
Também lembrei dos meus tempos de moleque, do sarro que tirava com os garotos menores mas que nunca chegaram à penetração. Tesão !
27/04/2008 14:06:56
gostei do seu conto fiquei com muito tesão lembrando de meu tempo de garoto, que sentia vontade e nunca fiz por medo nota 10
21/04/2008 20:45:51
Não tem como não ficar de pau duro lendo esse conto. Parabéns

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


vidio porno crente curioza pra parA pega pica eacaba sendo estrupada ela cota tudoesfregou e gosou na xeca da amiga uhhhfilmes pormo irmar prima irmor bracileroesposa crente e muito timida foi ajudar o marido no aluguel contos eroticosver videos d incestos baianinha gozano dentro da bucetaConto erotico tirando a roupa no baralho pro tioContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhoVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradoseu. quero. ve. video. porno. com. menina. de. quize. ano. pegarno. carona. de. caminhaopeguei meu amigo nu no quarto e batemos uma punhetacontos eroticos amiga apostando o cuContos eroticos eu e minha amiga viramos putinhas desde pequeninhanegão caralhudo fudendo loira cinquentona de todo jeitomeu patrão desejou comer a minha namorada vídeo pornô cornos Aracajucomendo minha cunhada que veio morar com agente aspanterassexo com dentista a forçacontosPorno contos incesto mamaes iniciam chupando as bucetinhas de suas filhinhas muito carinhoporno doido ze buscape transacontos de sexo depilando a sogratiraramos a roupa contos lesbicosvideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasWww.vidioerotico.deminas.geraís.com.da o cu causa doensa videos sangue sexo annalcontos eroticos entre jovens irmaos gemeosminha esposa dormindo toda gostosa todaolhadinhaengolindo porta no ônibus na viagemfui me depilar no salão e ganhei uma chupadaprofessora para niguei botar defeito tao gostoza pelada linda buceta greludasua puta ou seu viado o celular e meu e se quero asisti video porno tenho que asiste por que.paguei pra ter minha escolha desgraçaesposa prostituta bunda flaçida e mole cuzao contosencoxando rabuda no trem casa dos contosloirinha tentou correr do negao pra ele num te comer mais num deunovinha contraída com a cabeça da pica lá dentrofilha fica brava ao levar gosada dentroContos eróticos titia chupa minha xaninhavergonhapai comendo.as filhasconto erotico amamentando velho negromulheres brincando com penis so na portinhaporno conto erótico apaixonada pelo filho da minha madrastacache:I48cfGGC7vMJ:gtavicity.ru/texto/201612711 conto erotico emprestei dinheiro a nora e ela pagou com a bucetaporno casada nao agreto oprimo domaridoesposa crente novinha gostosa e o segurança do predio roludo contos eroticosgozando dentro da mignonzinhafotos de mulheres com camksinhas nas bucetasConto erotico de pai cheirando as calcinhas sujas da filha bucetudaporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuafinha cendo bulinada por pai enquanto dorme no sono profundo xtubo qui faco pra demorar enjacularGisele bundchen mostrando sua buceta inchadapatricia de faculdade gostosa gemendo muitocontos trai com o inquilinoconto erotico gay perseguiçaovadia adoro dar o cuzinho pro gigolo foder com vontade o cuzinho delawww.seduçao e satisfaçao porno incesto italianocornolandia barbara costa bucetacontos eroticos numa ilha desertaassistir assistir vídeo pornô da Lucineide a gordinha gostosa de shortinho curtinhovideo de sexo a três homen comendo aboceta e a outra enfiando uma pica de burracha emessa no cu delarabuda na garupa da moto o vesdidinho sobi e mostra a caucinhacontos eróticos de Lucy dando pro caseiro na frente do maridocontos eroticos sentei no colo do pirralhoIrmanzinha linda dando o cu apertado apunsomulher chamou o vizinho para tirar goteiras e deu a buceta para eleesposa levantando o vestido para o pedreiro comer lá em casa reforma vídeo pornô doidocontos de sogro metendo pau na noraVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).conto casada chantageada pelo senhoriolucie fodedeocontos me comeu a força e eu gosteinegal pau pulsando xvidionó do cachorro incha zoofilia dicassexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaosexoalvesContos crossdress a apostaagarrou e comeu gostoso kookcontos feminizacao gay chantagemcontos eroticos climax daputinha dando pros amigos