Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Meu tio D. e eu

Autor: Valtinho
Categoria: Homossexual
Data: 09/05/2008 15:15:47
Nota 9.00
Assuntos: Homossexual, Gay

Eu era um garoto de 11 anos e já começava a entender as coisas; freqüentava diariamente um salão de barbeiro do meu tio, que tinha muito movimento e era muito conceituado no meu bairro. O meu tio estava sempre impecavelmente bem vestido, unhas aparadas, esmaltadas e sempre cheirando a colônia; me tratava super bem; toda a semana aparava o meu cabelo, cortava as pontas, arredondava o corte. A cada vez que me colocava a toalha e iniciava os serviços, esfregava o seu pau no meu braço e ao lado das axilas. Eu sentia aquela coisa dura e ficava arrepiado, curioso. Enquanto não entrava um cliente o meu tio ficava circulando com a tesoura na mão e aquela coisa dura sob as calças. Às vezes pedia-me que fosse buscar material no quartinho que servia de depósito de toalhas, loções, cremes, etc.; nessas ocasiões entrava logo atrás de mim e me encoxava disfarçadamente; novamente eu sentia aquela coisa dura sobre a minha bundinha, me arrepiava, gostava e continuava curioso; o que seria aquele sentimento tão bom ? Ele faria o mesmo com a minha tia ? Comecei a sentir um certo ciúme dela ...

Num domingo convidou-me ao estádio de futebol para assistir a um time da capital; o estádio estava lotado e ficamos espremidos na arquibancada coberta, ao lado de uma coluna de concreto; durante todo o tempo ele me encoxou, apertou o seu pau contra a minha bundinha, encaixou aquela cabeça deliciosa sobre o meu cuzinho virgem, perdeu até o fôlego em determinadas ocasiões; percebi claramente o quanto ele gostava daquilo e que era muito cauteloso em disfarçar o que ocorria. Eu o ajudei: empinei a bundinha, abri as pernas, rebolei; sentia arrepios pela nuca, pela barriga, na bundinha, na coluna, no cuzinho, sentia o meu pauzinho crescer, endurecer. Foram tantas sensações que eu esperava que jogo nunca acabasse. Que bela tarde de domingo; à noite não via a hora que chegasse a 2ª. feira e continuássemos as esfregações. Eu estava muito tesudo por ele e não sabia.

Foi então que a sorte nos sorriu; um parente que morava em São Paulo pediu-lhe que comprasse um carro; valendo-se das várias amizades logo o meu tio adquiriu um Packard Azul, modelo 1956 ou 1958, o sonho de consumo desse parente. Este ficou de buscar o carro no final de semana; o carro estava impecável: assento de couro espaçoso, cheiroso, brilhante, pneus e cromados originais. Num final de tarde com a barbearia já sem fregueses o meu tio convidou-me para um passeio; e lá fomos naquele carro que parecia coisa de cinema; o meu tio o elogiava sem parar; ofereceu-me o volante, desde que eu sentasse no seu colo; o resto dos comandos continuaria com ele. Rapidamente concordei e sentei-me, encaixando o seu pau já duro no meio da minha bundinha; senti a cabeça encostar no meu cuzinho, o meu tio suspirar profundamente e carro começou a rodar. Dirigimos até uma estrada que dava acesso a várias chácaras, sem movimento de outras pessoas; o meu tio suspirava fortemente na minha nuca, passava os seus lábios suavemente pelo meu pescoço; as suas mãos acariciavam superficialmente os meus mamilos, axilas. Suas mãos roçavam o interior das minhas coxas desnudas, o seu pulso passava sobre o meu pau, já bem durinho. Suávamos; era muito calor. Ele sugeriu que parássemos para tirar a camisa, camiseta, calça, bermuda e ficássemos somente de cuecas; concordei prontamente. As suas cuecas eram daquelas abertas no meio, o que me permitiu pela primeira vez ver aquela pica que tanto me deixava tesudinho; era dura, ereta, apontava para o céu; não muito grossa, a cabeça redondíssima, roxa, maior na sua circunferência do que o próprio pau. Não agüentei; tirei a minha cuequinha e sentei-me novamente naquela maravilhosa vara; coloquei a cabeça bem no meu cuzinho e pedi-lhe para continuar o passeio. A tesão virou loucura, dirigimos alguns metros e paramos sob árvores, à beira de entrada para uma chácara; ele colocou a minha mão sobre a pica, ensinou-me como punhetá-lo, virou-me de lado e passou a acariciar a minha bundinha, o rego, a passar o dedo indicador sobre o meu cuzinho ainda virgem. Perguntou sobre se eu achava a sua pica bonita; respondi que ela era linda; ele pediu-me então que a beijasse e se quisesse, que a chupasse; nem precisou ensinar; iniciei a minha primeira gulosa. Enquanto chupava, beijava, lambia, e derrubava saliva naquele monumento para melhor punhetá-lo, ele pegou uma latinha com pomada de vaselina no porta-luvas e passou a me lubrificar. Inicialmente com o dedo indicador, depois inclui o dedo médio nessa masturbação. Senti pela primeira vez a maravilhosa sensação de um macho te preparar para te enrabar; docemente falou no meu ouvido: -- Quero te comer ! Você quer dar pra mim? --- Sim, sim, respondi-lhe. Sentou-me novamente em seu colo, ajeitou a sua pica também lubrificada e ensinou o caminho. Pediu-me para forçar o meu cuzinho para baixo, enquanto ele forçava a sua pica para cima; logo logo senti o seu pau abrir as minhas preguinhas, penetrar no meu cuzinho encher-me de prazer. Enquanto isso beijava a minha nuca, acariciava suavemente os mamilos, as axilas, meu pau, as coxas; o seu pau penetrou-me quase totalmente e o seu gozo explodiu; quente, queimava as paredes do meu cuzinho. Resfolegou por alguns minutos e perguntou se eu havia gostado, se havia me machucado; disse-lhe que foi o melhor momento da minha vida até então. E ele para retribuir abaixou-se e chupou o meu pau até tirar algumas gotinhas. Limpamo-nos e fomos embora, cansados, suados, sorridentes, felizes, a bordo do inesquecível Packard Azul.

Comentários

02/02/2013 10:43:22
Super excitante
14/08/2012 22:06:58
Tesao! [email protected] (msn)
14/08/2012 22:05:21
Awesome
04/08/2009 16:42:16
Hum... adoro esse clima de tesão, só o pau encostando e vc morrendo de tesão!
01/08/2009 09:48:33
Bem contado, gostei. Dez.
07/07/2009 02:12:33
legal
15/03/2009 13:28:42
muito legal, gsotei demais. quero deixar aqui o me e-mail, se alguem quiser, de preferencia do rio de janeiro e-mail [email protected]
24/02/2009 23:59:03
Haaaaa, um tio desses.
23/05/2008 11:48:30
Delícia!!!!
09/05/2008 21:42:29
bem gostoso... deu tesão. Bela iniciação também...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


enrabando cunhada e sobrinha contoincesto ganhando chupada de aniversariocontos eróticos de esposinha putinha fazendo dp com vibrador interracialeu quero ver vídeo mulher tomando banho com aquelas calcinha largahttp://linkshrink.net/7coxzDdopei sobrinho contosContos eróticos de gay comi o filho do amigo do meu pairevesando no cu da gravida pornocunhas de mini saia safadasbaixar grátis vídeos pornô lésbicas gemendo grostoso e esfregando buceta com buceta molhadinhas até gosarincestocrenteVIDIOPOMO PETECAfilme porno minha sogra me enxeu o saco ate eu come elagata nua aberta na cama bom das macia arrepiada cuzinhos duro meladocontos eroticos a crentinhafudendo a matasrtacontos erticos novinhos roludos comendo coroasvídeo de homem se masturbando e g****** no copo e mulher bebendo no café da manhãtransei com minha visinha casada no quintal delamundobicha policial me revistando na estradajorjao roludo porno video bobiça no mato xxxcontos eroticos feminizaçao do garotinho maeum pornô para trás balançando a empregadinha naquele preço ela bem novinha pega à forçacontos eroticoscuzinho sem pregasminha irma me pegou batendo punheta e contou pra minha mae acabou que teve que transar comigocontos eroticos dei para um vizinho de iptingaboquete da irmazinha casadoscontoscontos erotico chantagem e submissão de casal novinhoxvideos cangáceiras eroticasSobrinho pauzudo,tia feliz. Com foto.Sou a cadelinha do cão labrador contosmenino menoridade inocente porno gayfilme de sexo com a minha sogra de remédio por meu sogro dormirConto erotico estou louca pela picona do meu cunhadominha esposa aninha novinha e meu tio roludo setima parte contos eoticos contos eróticos mamãe deixa novinha com padrastosexo em familìa safadao ver novinha de roupas curta e fica b punheta pensando nela e ela nao gostoudei o cu video para o time inteiro de futebolvideo porno menina no colégio internato madre superiora vendofilme porno brasileiro pai mostra para filha seu pau monstro e ela se assustaincesto com meu vô contoscomendo a mileninha gostosinhaxisvidio amadores de auguen metendo a forçapornodoido desmantelando a loira em cima da mesaalexandres putos poa de calcinhaXvideo com a mulhe grita esperneia pra nao emtra na picamulher crente dando o cu pra dois pedreiro pauzudocunhada safada e a mulher alisando o cunhado caralhudo ,contos e relatos eroticosdescabacei o cu da minha tiaquero abri uma janela parA o porno baiano com bucetassexo com as maos apoiadas no chao ela recebe uma delisiosa chapadaperdeno as prega saino bosta caseiroloira linda com mastro monstruosomulheres bostas scatfiume porno antigo do tasaõvideos gratis porno para ver agora mulheres levando encoxada no onibus ficou louca de tesao e levou o cara pra cadasou puta e pratico zoofiliaensinei meu filho de dez anos a bater punhetaporno duas amiga core do pau cabesudovidios pornnou que mae e filha tranza com o meismvideo porno jotalhaoconto minha tia tesuda peladacinquentona brincando com pauzudo dentro do carrover homem chamadobucetasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaoxexoleitinhoqueria ver vídeo de sexo com lindas coroas chorando e gritando no pau do negão dos peitão e bundão ela g****** junto com negão e o negão g****** junto com ela no pau ela g****** nos corre na gala chorando e gritando de dorCrossdress de vestidinho tubinhoolha amor que jeba gostosacontos eroticos sem querer maevendeos Ian pega sogra nua no quartojapurunga peladasexo oral 2016 nos mamilos bicudos das mulatasalivat xxxvídeoporno marido esguelha a garganta profunda da esposa e gosa no fundomarisa cm sede de pica grande chamo um negao para foder gostoso em conto o marido trabalhaquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidasfilhinha da a buceta para irmao e padrasto