Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Dominado em Brasília Parte III

Autor: NattoLeal
Categoria: Sadomasoquismo
Data: 15/05/2008 18:23:33
Nota 7.73
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Agora vou contar para vocês alguns fatos que aconteceram durante o tempo em que fiquei sobre o domínio da minha Rainha Sâmara, um deles e quando passei por um sufoco, tivemos a visita de um amigo cubano, minha Rainha morou em Cuba por um tempo e daí a amizade, mais antes vou contar a minha primeira vez que provei seu preciso liquido, conhecido como a chuva dourada.

Como sempre todo sábado eu corria no parque e depois ia ao supermercado para compra pão e frutas para minha Rainha tomar seu café da manhã.

Quando cheguei por volta das 9:30 fui fazer o café e preparar para levar a sua cama. Quando entrei no quarto, minha Rainha ainda estava dormindo, deixei o café na estante e foi acordá-la do modo que ela mais gosta, lambendo seus lindos pés, comecei a lamber e a morder bem devagar seus calcanhares ela acordou e disse – quantas horas - eu disse 10:00, minha Rainha ela sentou na cama e disse – sirva meu café e fique ai de joelhos quero te falar o que você vai fazer, pois hoje à noite nos vamos sair.

Ela me deu ordens para comprar os ingressos para o show do Asa de Águia, uma banda baiana que ela adora, era para compra camarote, pois ia ser liberada a bebida, para ela e para a amiga dela, eu ia levar e buscar acabei indo também.

O dia passou e na hora mercada eu estava lá como sempre ela estava linda com uma sandália branca com salto fino de ferro, uma minissaia jeans e uma blusa decotada mostrando a barriga, praticamente um espetáculo, ela ainda me perguntou: estou bem?

Na hora de sairmos ela ligou para a amiga e disse - já estamos saindo - eu foi fechar a janela enquanto ela me esperava já na porta e disse - vamos meu capacho - eu já sabia que teria de tomar meu lugar sobre o chão, me deitei e ela subiu em cima do meu corpo e falou – vamos meu capacho ponha a língua para fora quero limpar a solas de minhas sandálias.

Ela já estava tão acostumada a fazer isso que nem se importou com as dores que sentia dos saltos em cima do meu corpo ela adorava ver minha cara de dor, pois doía bastante aqueles saltos finos.

Pegamos a amiga dela e fomos para o show, marquei de encontrá-las no final. O show rolou e foi muito bom ela ficou em uma parte do camarote e eu fiquei em outra parte, ela disse que não me queria por perto, melhor pra mim, pois pude ficar à-vontade com todas as outras mulheres, já no final eu estava com uma menina dando um amasso, quando derepente eu olho para frente e vejo minha Rainha como as mãos na cintura e olhando para mim, ela fez um gesto para seguir ela e eu logo sai atrás, descemos para os banheiros aonde ela me empresou em um canto onde ninguém estava olhando e me deu um tapa cara bem forte e me disse – estou com ciúmes de você não quero que mingúem fique com você ouviu, me espera aqui que eu vou ao banheiro e volto para te pegar você agora vai ficar ao meu lado.

Quando ela voltou estava com um ar de graça em seu rosto e disse – abra bem a boca e coloque isso dentro e não tire até eu mandar tirar ouviu – eu disse sim minha Rainha, fiquei com sua calcinha na boca durante o restante do show e só fui tirar quando chegamos em casa, ainda tive que aturar o cara em que ela fez questão de ficar na minha frente, só para eu ficar louco sabendo que ela estava sem calcinha.

Quando chegamos em casa ela estava um pouco alta de bebida, ela me colocou em sua frente e disse – faça massagem e limpe meus pés com sua língua eu estou cansada e meus pés estão doendo – foi o que fiz, ela me disse – que a partir de agora não queria me ver com outra garota, era só ela e se eu não quisesse podia ir embora, e tira minha calcinha da boca. - na hora eu pedi perdão e falei que aquilo não se repetiria, ela disse – EU POSSO TUDO !!!!!!!!!!! Limite-se apenas a obedecer e servir somente a mim, Você não tem o direito de falar, não tem o direito de ter vontades, e só faz aquilo que eu quiser e mandar, eu SOU SUA SENHORA E VOCÊ É MEU ESCRAVO, ENTENDIDO?????, - depois de alguns minutos ela pergunta sobre sua calcinha eu a mostro toda molhada de baba do período que ficou em minha boca ela nota que eu não conseguia tirar os olhos de sua bucetinha que estava na minha frente e me pergunta – você esta sentido o cheiro dela - eu disse que sim – ela esta toda suada, quer limpar ela escravo – eu disse que sim, - ela me mandou para o Box do banheiro e me mandou deitar no chão, ela colocou uma das pernas sobre meus ombros e agachou na minha cara e disse – vou te dar um presente pela sua serventia, você vai tomar! Champanhe filtrado pela sua Rainha um liquido precioso, abra bem a boca que eu vou está olhando se você vai desperdiçar esta honra que estou lhe dando, e para cada gota que você desperdiçar eu vou lhe bater com meu chicote nas suas coxas e no seu pinto ouviu - eu pedi clemência, pois não estava preparado para aquilo, embora já sabia que um dia isto ia acontecer.

Não tive nem tempo de pedir de novo o primeiro jato já veio e eu engasguei e tomei varias chicotadas e depois ela mandou que eu abrisse de novo que vinha mais foi quando tive que saborear seu champanhe, ela me olhou e me deu algumas chicotadas e disse este e um liquido muito precioso você não pode desperdiçar nada agora limpe - me – passei minha língua em sua bucetinha e ela me dizia - muito bem escravo agora vou tomar banho e quero você no chão do Box.

Esta foi mais uma parte de minha vida com minha Rainha agora vou contar o que aconteceu quando tivemos a visita de um Cubano amigo de minha Rainha. Foi a minha maior humilhação eu na esperava passar por tudo aquilo que passei, lia nos sites varias humilhações e pensava que aquilo jamais eu deixaria acontecer comigo, mais quando se esta dominado por uma Rainha, você esta completamente apaixonado só pensa em fazer o que ela quer e só. Assim tive que suportar, pois não queria ficar sem minha Rainha.

Já estava tudo pronto, o vôo chegava ás 19:45, eu e minha Rainha estávamos esperando, quando ele chegou, ela o recebeu com uma euforia enorme e os dois se abrasaram e riram muito, os dói falando em espanhol, par minha surpresa, pois não sabia que minha Rainha falava outra língua.

Ela mandou que eu pegasse as bagagens e não me apresentou foi quando percebi que na frente dele eu continuaria ser somente em escravo. Peguei as bagagens e coloquei no carinho ela falou alguma coisa sobre nosso relacionamento e eles riram olhando para min, era um sujeito de boa aparência baixo, pele morena e de cavanhaque, ele era um empresário de show e veio a Brasília fechar uma apresentação, para minha sorte ele não ficou na casa de minha Rainha ele estava em um hotel da cidade, e só ia ficar dois dias, só o tempo para fechar os negócios.

Quando chegamos ao carro minha Rainha mandou que eu desse uma volta rápida pela cidade e depois iria deixá-lo no hotel, e lógico que foi de chofer. Deixamos ele no hotel, minha Rainha combinou de sair com ele para uma boate, pegaríamos ele as 11:30. Voltamos para casa e minha Rainha foi assistir TV, enquanto eu preparava nossa janta e sua roupa para sairmos.

Estávamos no hotel na hora marcada, minha Rainha estava linda como sempre muito insinuante, com um vestido preto bem decotado e uma sandália preta que prendia nos tornozelos, bem alta de verniz inclusive toda sua sola, como pude perceber bem ao sairmos de casa, ela estava linda com um sorriso nos lábios e bem dominante.

Pegamos o cubano, seu nome era Hernandes, os dois foram no banco de trás isto me deixou preocupado, pois íamos a um lugar aonde eu freqüentava, chegando lá foi logo guardando o carro em uma garagem, estava vazia era quarta feira, e não costuma dar muita gente neste dia para minha sorte.

Entramos, eu sempre atrás dos dois e pegamos uma mesa, minha Rainha nadou que eu ficasse em pé próximo a eles no caso dela precisar de alguma coisa, pediu meu cartão coisa que dei mais fiquei indignado, pois já sabia que quem ia pagar conta era eu.

Minha Rainha pediu um vinho e tira gosto de frios, o som já estava bombando e fomos para a pista de dança, eu sempre ao lodo, já estava gostando de ver minha Rainha dançando se insinuando deixando quem estava de lado babando com sua performance com o cubano, de vez em quando os dois olhavam para mim e falavam alguma coisa sobre mim e isto me deixava louco de raiva, pois sabia que ela estava falando sobre minha servidão a ela, ele dava risada, eu olhava com um ar de mal para ele, pois ele era um franguinho não iria agüentar um soco só.

Quando se cansaram de dançar voltaram à mesa e começaram a conversar, depois de um certo tempo eles se beijaram e eu fiquei apavorado ao ver durante um tempo os pega que o cara dava em minha Rainha, quando ele passou a mão em sua bunda eu fiquei louco de ciúmes e sai dali puto e foi para o bar, desobedecendo às ordens. Não demorou muito minha Rainha sentiu a minha falta e veio atrás de mim, ela foi ate o bar e me perguntou o que aconteceu o que eu estava fazendo lá, eu disse – não agüentei ver aquele almofadinha aproveitando da senhora isto não. – ela disse olhando bem para meus olhos e pisando em um de meus pés – preste bem atenção no que eu vou te falar escravo, você vai voltar para lá comigo e não vai falar nada, você não tem o direito de me reprimir em nada você só serve para me atender no que eu quiser, você não e nada pra mim a não ser um verme que limpa minhas sandálias e o seu lugar e no chão entendeu, e tem mais hoje você vou ver muito mais, eu não quero ser questionadas em minhas ordens ouviu - eu tentei falar mais ela me interrompeu dizendo - que se houvesse algum questionamento que eu poderia ir embora e dar adeus ao nosso relacionamento e disse – não quero ouvir sua voz vamos, vou ao banheiro e quero que você me espere na porta – eu nunca vi minha Rainha falar tão serio e com um jeito, me deixou de pau duro, ela falou me encostando e mostrando sua superioridade sobre mim, estava esperando ela do lado de fora do banheiro já tinha demorado um pouco quando ela me chamou e disse - entra aqui, eu entrei no banheiro. Estava vazio e fomos para uma cabine, ela disse - eu quero que você me de prazer com sua língua abaixa ai - eu sentei no vaso e ela já foi colocando sua buceta na minha cara ela falava para eu amaciar ela, pois a noite ia ser longa, ela gozou e eu suguei todo o seu liquido, quando terminou ela se arrumou e saiu me deixando lá, tive que esperar não ter ninguém no local para eu poder sair.

Quando cheguei na mesa eles já estavam na segunda garrafa de vinho, após algum tempo o cubano me chamou e me ofereceu uma taça de vinho, minha Rainha pegou a taça e levantou, chegou bem perto de mim e disse - ta com sede escravo - eu disse que sim, ela deu uma risada e saiu e disse – fique ai olhando o meu cubano.

Depois de um tempo ela voltou, para minha surpresa a taça estava cheia, ela chegou bem perto do meu ouvido e disse – para o meu escravo um champanhe especial e me deu a taça – quando peguei eu fiquei apavorado a taça ainda estava quente, pois era sua urina que estava lá.

Ela dizia toma eu peguei especialmente para você o cubano não sabia o que estava acontecendo e ainda pediu um brinde aonde brindamos aos amigos.

Minha Rainha tinha prazer em me ver apavorado, eu nunca tinha sido tão humilhado em publico desta forma, ela dava risadas e dizia toma tudo quem sabe não tem mais.

Tive que brindar e tomar um pouco do precioso liquido da minha rainha, mais logo depois joguei o restante fora sem ele ver, aquilo era humilhante demais para mim.

Depois de um tempo minha Rainha levanta e fala, vamos embora o cubano pega o cartão e minha Rainha fala para ele que ele era nosso convidado e me mandou pagar tudo. Foi para a fila e eles aguardarão no salão de dança, quando terminei foi chamá-los e fomos embora minha Rainha fez questão de me humilhar, ela ficou na frente do prédio da boate e me fez pegar o carro e abri a porta para eles na frente da Boate, eu só olhava para o chão de tanta vergonha.

No carro ela e ele se pegavam e eu estava cada vez mais puto, mais para minha surpresa ela disse – escravo vamos para um motel – eu arregalei os olhos e ela disse – rápido. Chegamos ao motel ela disse que eu deveria entrar e me manter calado, pois ia ter uma aula de como se comporta um homem, aquilo foi humilhante, pois tive que me manter de joelhos e servir os dois.

Quando entramos ela me colocou na frente da cama mandou que o cubano ficasse na cama sentado, ela me mandou ficar de quatro e sentou em cima como se fosse uma cadeira e começou a fazer um show para o cubano, eu fechava os olhos de tanta raiva que estava sentindo de mim mesmo, por estar passando por aquilo, mais não queria ficar sem minha Rainha.

Ela tirou a roupa e ficou com uma calcinha minúscula e me mandou tirar a calcinha com a boca isto tudo com o cubano olhando, após eu tirei sua calcinha, ela fez questão de mostra a sua superioridade sobre mim, me nadou lamber suas sandálias e seus pés, me bateu na cara, cuspiu no chão e mandou eu lamber dizendo que eu não passava de um peso para ela e que eu era um verme que só servia para beijar o chão que ela pisa, minha Rainha mandou eu deitar no chão e me pisou ate eu pedir piedade pelas dores que sentia, ela mandou que eu ficasse de quatro e começou a esfregava seu corpo em mim, podia sentir seu sexo em minhas costas seu seios estavam durinhos isto me fez ficar com muito tesão, ela levantou e sentou em mim novamente, ficou olhando para o cubano e chamou ele par o meu desespero, ele se aproximo e ela abaixou sua causa pulando para fora o seu membro que já estava duro há esta hora, ela passou a chupá-lo sentada em mim isto me deixou com um mistura de raiva e tesão que não sei. explicar, mais evitava olhar minha Rainha chupando o membro do cubano.

Após alguns minutos ela levantou e puxou ele para a cama e começaram a se beijar, ela ajeita o membro dele e senta em cima, ela olhava para mim e diz - olha escravo aprenda como um homem trata uma mulher, e assim que se faz, e fica olhando quero ver você olhando tudo.

Aquilo era humilhante eu já estava arrasado e ela ainda me humilhava mais ela chegou a gritar de prazer, só para me deixar louco de ciúmes.

Quando acabaram ela mandou que eu pedisse bebida e batata frita, quando chegou fui obrigado a servi-los na cama. Ficaram os dois comendo na cama e eu na frente de joelhos como ela mandou, após a refeição foi obrigado a ficar de boca bem aberta para que eles tentasse acertar o que sobrou da batata frita, deram muitas risadas e após acabarem, minha Rainha mandou eu juntar todas as batatas que caíram no chão, ela levantou da cama calçou sua sandália e mais uma vês ela mostrou que me tem sobre total domínio, ela cuspiu nas batatas que estavam no chão e pisoteou o que sobrou das batatas e disse – agora meu cachorro coma o meu resto e comesse pelas minha sandálias não as quero a sola da minha sandália com batata pregada nela, – tive que lamber e tirar com a boca o eu estava grudado na sola das sandálias de minha Rainha e depois comer com a boca igual a um cão o que sobrou das batatas, enquanto eles novamente se abraçavam.

Eu pensava como é que alguém pode passar por isso e ainda servi a uma pessoa, me questionava e não tinha resposta, mais tinha certeza de sem minha Rainha eu não queria ficar.

Ela sabia dos meus limites, não arriscava a me expor eu sou homem e não aceitava nada referente a penetrações ou coisas do tipo. Quando terminaram de conversar após o lanche eles começaram a transar de novo minha Rainha me mandou ficar mais próximo da cama aonde ela pudesse me alcançar, ela estava de quatro de frente para mim o cubano estava mandando ver e ela me dava tapa na cara e falava - e assim que se faz com uma mulher, aprenda, pois posso precisar de você. Após eles terminarem ficaram os dois conversando e eu lá parado de joelhos olhando os dois, minha Rainha mandou eu preparar seu o banho, e ficasse de joelhos esperando ela, demorou um pouco ela entrou tomou o banho e sairmos do banheiro ai o cubano entrou o clima tinha esfriado um pouco eu não sabia o que tinha acontecido. Enquanto o cubano tomava banho foi obrigado a secar minha Rainha com a toalha e vesti-la, coisa que fiz com o enorme prazer, o cubano saiu do banheiro e se vestiu, mas antes de sair ela me mandou pedir a conta e claro que foi obrigado a pagar, ainda agradecer pela noite que passei e o que aprendi ao cubano, que ouvia rindo, minha Rainha tinha passado o sinto do cubano no meu pescoço e me conduzia como um cachorro, antes de sairmos ela me mandou beijar os seus pés e dizer em voz bem alta de que amava ela e não queria perdê-la e faria tudo por ela – isso tudo para mostra bem do que ela tinha o domínio total sobre mim. O cubano bateu palma e disse alguma coisa que não entendi e deu um beijo nela. Sairmos e deixamos o cubano no hotel e fomos para casa, minha Rainha deitou na cama e me mandou fazer massagem em seus pés, aonde ela adormeceu.

Pena que Brasilia não tenha dominadoras

Comentários

23/03/2011 20:26:24
Olá Mo... sou aninha! nota 10
02/09/2009 15:06:55
Eu gostei!
03/06/2009 22:59:21
jaires = italobs
25/07/2008 14:31:54
E ainda ganho um 0
25/07/2008 14:30:30
+ Tu é babaca QUEM MANDO SER ESCRAVO AGORA AQUENTA E PENSA BEM ANTES OK
15/05/2008 18:45:07
Ridículo cara! Vc mais parece um cachorro babão do que o marido dela. Além de corno manso é otário.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


novinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaicontos-esfregando na bundinha da netinhapornô anal com mulheres dando rabão gostoso tesouro com perna tá tendo mais daqueles bem quente mesmocontos meu sogroContos eroticos de mae da banho filho com braço e perna quebradadei meu cu e tava bom pornoenfiano anter o cotovelo no travestisconto meu marido virou minha putamule butado dei dedo no cuvideos curtos de cunhado fudendo gostoso o cu de cunhada negra brasileirafotos porno ebano e marfimCONTOS EROTICOS DE ZELADOR PIROCUDO COM MORADORA DO CONDOMINIOcontos eroticos viajei com meu genro e fiz boquete a viajem todadou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaovideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidoFotos de mocinha empinando o cu para o negao de pau mandigofiume porno brasilerocontos feminização forçadamama no caralho quando conduzo video pornovideo de padrasto tentando resistir a enteada sentando no colo delesou adepta a zoofilia virei cadelaContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiacontos.eroticos avo.peludo idoso bigodeporno video tia fodeno seu sugrinho virgem ele broxa nelacache:PjjgrxSVmoYJ:zdorovsreda.ru/texto/2013011214 CANTOS EROTICOS DE ZELADOR PIROCUDO COM MORADORA DO CONDOMINIOcontos eroticos d maridos q gostam d veh sua mulher fuder cm pirocudo dentro d ksaele a enrabala e ela a cagar.se pornoContos eróticos teens pai vendo q a rola do filho estava bem grandinha conto gayrelato esposa cincoentona timida primeiro amanteBaix porno emprensando na paredecontos eróticos sou gostosa e acabei seduzindo meu irmao gostoso e acabamos no sexofotos de mulheres com camksinhas nas bucetasporno ela foi faser a unha dele e viu ele de pinto duro fragacontos eroticos, isso chupa meu peito esfrega meu grelinho faz sua putinha gozarneguei sexo ao meu marido e ele me pegou a força sexover contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatosfizemos sexo bi com um estranho contonovinha desmaia de tanto gosa conto eroticofilha enventa de dormir na cama do pai ele nao aguenta gosa dentro da buceta delavídeos de pornô os tios do p********* e grosso tirando a virgindade das Sobrinhas quando mete o pau ela se caga todinha e se mijaxvideos o chifre mais bem tomadocasa do contos eróticos publicadoscobtoseroticos uma pequena apostaisso papai soca fundoimem roludodocontos eroticos diaristaaprendiz do sexo porno falando palavroestendo prazer filhinha youngBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSApesquisar por mega dotado chegando da balada bêbada e fazemos insetolesbicas se vingando da rivalbaixar pro celular videos novinha gordinha de chortinho dando pro irmao pauzudoelicarlos2010levei minha mulher ao medico pausudo e ele comeu ela na minha frentevideo porno com muito beijo na boca de tirar o folego muita chupada na buceta fazendo gozar na lingua de tanto prazer puchao de cabelo sexo com pegada forte e brutaporno lubrificando o cu com manteiga e socando a mao infeira dentro delesadina pelada motado a busetaconto porno gay. bullyingbundas maciinhasnovinha xeia de pintas na bct na siriricayoutube tarado comeu novinhas mobilizado sexaul tirado a roupa nuasbem quietinho cornitudecontos eroticos professora casada chantageada por alunodei a buceta no rio contos eroticosincesto pai bota filha no colo e ficar bolinando elapalavroespornobrasileirasleitinho do papai contos inocenteatia muito malha torneada de bunda e pernad grosa fudeu com seu sobrinh negao do pau enorme e ela nao aguente e pede pra ele tirar porque ta doendo muitocontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigastathy ellen contosMenina pedendo cabaçoxxvideomeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoprocurando várias fotos de cão fêmea vários animais fêmeas fazendo sexo anal e vaginal com homem da pomba grande e grossa no prato ele goza na vagina no ânus que a galera correcontus estupro de novinhasvídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulhercontos bdsm enfiei uma agulha nos meus seiosengolindo porta no ônibus na viagemquero ver novınha que sao empregada fudendoBusca por contos de marido traindomae vai massagea o filho fica de boca aberta con o cacete do filhomulher toma susto com rola bucetas moloupai fica pelado perto do seu filho lindo mundobichaporno.doido so.mulhers ricas gostozonas dando na.borrachariaafricano comeu meu cubobeou o comedor meteu na negracontos de zoofilia com macaco bem dotadomorena de 58kg dando a bucetamulher revivesse monstro xvideoconto erotico dos mauricinho ricos com gaycontos eroticosdei meu bucetao para um pauzudo