Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

ASSIM NASCEU NARCEJA

Categoria: Heterossexual
Data: 27/05/2008 06:17:38
Nota 7.87
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

ASSIM NASCEU NARCEJA

Autor( Um homem na noite)

Eu só percebi aquele vulto na escuridão de meu quarto quando era tarde demais. Pensei que estava sendo assaltada!

Vi que era um cara grande, devia ter quase um metro e noventa de altura. Perto de mim, na escuridão, parecia um gigante grego.

Não consegui ver seu rosto. Apenas senti o cheiro de loção barata que inebriou meus instintos.

Ele não falou nada!

O medo se apossou de minha alma, fiquei gelada nas mãos daquele homem.

Por instantes achei que ia morrer!

Suas mãos envolveram meu pescoço, num aperto que quase me sufocou.

Mãos grandes, enormes. No frio momento vi por instantes seus olhos, brilhando como fogo!

Seu hálito cheirando a álcool, por instantes deixou-me enojada.

Ele estava perto demais! Suas mãos em meu pescoço não me deixavam falar nem fazer qualquer movimento.

Senti-me prisioneira daquele homem.

O horror tomou conta de minha alma, quando percebi suas intenções. Ele ia me estuprar naquele momento.

Ela nada falava, apenas grunhia sons indecifráveis. Parecia um animal no cio!

Ele me virou de costas para a parede. Senti o frio do reboco tocando minha amassada face. Senti dor no rosto pela pressão contra a fria parede.

Suas mãos apertando meu pescoço não me deixavam respirar. Estava quase desfalecendo.

Senti seu hálito mais forte. Senti aquele homem bruto encostado em minhas costas. Senti-me frágil e totalmente impotente.

Ele abaixou minha calça rudemente. Senti sua mão rasgando minha calcinha que foi tirada como se fosse de papel.

Não conseguia pensar em nada! Meu raciocínio não mais me pertencia. Estava quase desfalecida, quando senti uma pressão enorme em meu ânus.

Meu Deus, ele estava prestes a me estuprar no escuro do meu quarto.

Por instantes ele soltou meu pescoço e senti suas mãos grandes abrindo minha bundinha. Fez aquilo como se eu fosse um brinquedo em suas mãos.

Senti um pau enorme me rasgando o cuzinho, entrando sem pedir licença. Sem saber se eu desejava ou não.

Seu peito em minhas costas me pressionando contra a parede. A dor insuportável em meu cuzinho mostrava que ele penetrava sem dó algum e senti sua mão voltar a apertar meu pescoço.

Eu nunca tinha sido violentada dessa maneira. Vivia um casamento morno, dentro dos padrões frios de convivência.

Meu marido jamais tinha me possuído com tal fúria.

De repente, minha alma se contraiu e comecei a sentir prazer em receber aquele pau enorme em meu rabinho.

Aquela mão em meu pescoço quase me desfalecendo sem que eu tivesse possibilidade de qualquer reação me fez soltar um grito louco no ar.

Aquele homem que não conhecia, com seu hálito barato, suas mãos rudes e seu jeito animalesco estava, se saber, despertando a fêmea que eu nunca tinha sido.

Seu pau, grosso, enorme que estava quase me rasgando ao meio, estava me proporcionando prazer como nunca havia sentido.

Aquele bandido só grunhia feito um animal. Era um macho forte e rude comendo uma frágil mulher.

Senti um prazer indescritível! Seu pau entrava e saía de meu cuzinho com uma fúria animalesca.

Ele me curvou como se eu fosse uma boneca de brinquedo, colocando-me de quatro e socando cada vez mais forte.

Ele me batia, me arrombava, me sufocava, e o prazer daqueles movimentos dominaram-me completamente.

Inexplicavelmente gozamos juntos. Senti aquele jarro de porra invadir meu rabinho e minha boceta se contraiu e espasmos de tesão percorreram todo meu corpo.

Desfaleci nas mãos daquele tarado.

Acordei um tempo depois, sentindo dor em minha bundinha.

Ainda meio atordoada percebi que estava só em meu quarto. O Marginal tinha fugido após ter me estuprado.

Acendi a luz e comecei a procurar o que ele havia roubado.

Aparentemente estava tudo em ordem. Quando notei que minha caixinha de jóias estava aberta.

Ele havia roubado um coração de rubi que havia ganhado de meu marido.

No silêncio de meu quarto, um arrepio percorreu meu corpo e minha alma: Aquele animal não me roubou nada, mas sim despertou em mim o desejo feminino de viver!

Comentários

07/11/2013 16:53:00
belo conto nota dez...
01/09/2011 12:07:06
que delicia de conto, adorei...
17/03/2010 17:10:50
Essa Narceja é o bicho!!!
20/05/2009 04:05:39
Que loucura em Narceja, você é uma deusa hoje por causa desse figura?? Pois ele fez um bom trabalho, mesmo que pelos meios errados...
02/09/2008 13:11:42
QUE DELÍCIA DE CONTO, ADOREI....ESPERO NÃO DESPERTAR CIUMES DE NINGUEM, MS ADORARIA SEU MSN PARA BATERMOS UM [email protected] AH, IA ME ESQUECENDO, TE DEI 10
22/08/2008 05:49:55
Imaginar vc até pode,mas ela é minha.Mantenha-se afastado!
25/06/2008 00:28:51
Hammer adorou o conto, bem escrito e tudo mais, porém não dou nenhuma nota além de 9, se eu der 10 e tiver um conto melhor que mereça 11 não tem como dar, então 9 pra você, mas deixxo claro que é um ÓTIMO conto, Narceja, nem adianta discutir, todos te amam :P Todos desejam :P Todos adoram.
29/05/2008 14:37:30
Se é homem ou mulher, não sei, mas sabe muito bem despertar nossos desejos. Porém, se for homem, nunca nos deixe saber, iria ser uma deceção tamanha.
29/05/2008 14:13:39
Difamacoes...Sou Mulher
28/05/2008 10:06:01
Obrigada,nao tenho nem palavras pra agradecer tanto carinho.
27/05/2008 23:36:10
A Narceja não é pra todos, nem pra qualquer um.
27/05/2008 16:51:53
Boa fantasia sobre a nossa Narceja. Mas ela e mais q isso ... muito mais
27/05/2008 10:15:37
Que eu saiba a nossa Narceja é solteira!
27/05/2008 10:00:37
Mas outro querendo comer a narceja...Isso nao vai prestar..haha.Querido,gostei do texto,bem escrito até demais pra ser conto erótico.Pq os homens dessa comunidade querem tanto a Narceja??? Assim a concorrência fica insportável...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


negao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxminha mae pedio pra depilar minha xaninha i acabamos nos chupando filme brasileirofilhinha da a buceta para irmao e padrastoenfiando o dedo na cabacinha delaContos Gays Sobre Valentoes : Casa Dos Contoscontos eróticos adoro foder com um pirocãodotado roludo malvado comm novinha com bucetinha muito apertadaPorno doido hosexualimoEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shorticontos eroticos vividos por mulherescontos eroticos de negra crente do piraícontos velho cacetudo corno fotoscontos gays pique esconde no orfanatoxvideos sentando no pau gostasentexvideo empurrando e gozando topado ate o talocontos de sexo depilando a sograleitinho do papai contosginecologista dilatando o cuzinho dá mulher pra gozar dentroirmão bem dotado tirando o c***** da sua Irmã Dulcemulher engata com cachorro grande e nao consege desengata pornoContos ertcos me mastubei na sala de aula flagada pelo garoto novinhosexoevangelicapau alejado fodeno estourado abusetaputohomem damdo o cu e rebolandopeladas passando margarina uma na outromijador mijo 2017 tesãopono vinha.neguinhavideo porno lanbidas na boceta noivas e incestorelato erotico cheirei a calcinha gozadaCaíque levando rola no cúmulher cagando enquanto dava a bucetaconto gay adoro ser esculachado por um machovideos de encesto frances madrasta e entiado durmindo juntos e ele fica de. pau duro a noite e escosta nela e ela nao recisticontos eroticos meu pai fez eu dar pro meu tiomulher cor de jambo anal classicoseita crossdresserconto incesto minha irmãzinha adolecente andando encasa com essa roupinha nao da para resistiContos eroticos.Sou casada provoquei um velho cacetudonovinha olha u padrasto pelado .e bati um sirirecacontos quentes de padrasto tarsdoconto cracudo noiado gay contofodendo gestantesContos eróticos meu marido solbece quantas rola já levei no cuconto com putinha novascontos incestos mãe mais lidos 2017contos eróticos bolinando e fudendo com minha cunhadinha novinha novinha e virgem encinando ela fuder gostosocontos eróticos cantada na rua não resisti e traíxvidios betinhos lindovideos de homem pecando na puçeta de a coroaboa foda nos adoramos nos amarnovinhas de bayby doll e com a mao na bucetaContos Mamadas no paizimcontos gozar no cu da empregada e feionovinha aser estuprada com padrasto aser disvirginado encuanto dormecontos eróticos cagando na minha bocaGta brut mulher nuacontos sex fui enrrabado na adolescencia e gameicontos quentes de padrasto tarsdodoce nanda parte cinco contos eroticoscontos eroticos vovôcontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriafavelenta xvideoesperei meu tio viajar para comer o cuzinho da minha tia gostosonacoroa peituda de buceta peluda fidendo depois da festaconto erótico Fui obrigado a violentar minha filhapapai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadavídeo pornô tia da peruca da carinha de anjo dando o rabomulher matematica com pau no cu e pedindo mais pornomelhoor jeito para chupar um cuzinho pornoamoxoxota gtacontos minha esposa agazalhou um pal enorme no raboconto erotico primo safadocrenye de verdade é aquele crente sabiocontos eroticos os gang bang entre irmas