Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Eu te amo

Autor: popper
Categoria: Heterossexual
Data: 16/06/2008 21:48:00
Nota 8.25

Socava gostoso. A minha frente, aquela morena deliciosa, lânguida, de quatro. Meu pau deslizava para dentro de sua buceta num ritmo vagaroso. Estava calor. Muito calor. E eu aproveitava cada segundo daquele momento. Cada milímetro do meu cacete tocava suas paredes internas, quentes e úmidas, que ofereciam a resistência necessária para o prazer de um gozo iminente. Nas minhas mãos tinha os seus cabelos, e como se fosse uma égua eu cavalgava no seu lombo macio. Era um trote manso, ritmado. Ela era minha potranca, eu o cavaleiro. Ela gemia baixinho, bêbada de tesão. Eu também. Olhos fechados, viajávamos por uma estrada irreal, onde somente o sexo total era permitido.

Segurei sua bunda com vigor, meu pau ia até o fundo. A ponta da cabeça sentia algo lá dentro, e como se fosse um membro de vida própria parecia querer se esticar para explorar mais e mais aquela gruta úmida e perfumada. Enrolei sua longa crina de égua selvagem na minha mão direita, e com a esquerda segurei firme em seu ombro. Empurrei com mais força.

- Ai...

Virou seu rosto para trás, abriu um pouquinho os olhos. Deu uma risadinha safada, mordeu os lábios. Fechou novamente os olhos. E viajou com o meu pau atolado na sua buceta.

- Minha eguinha safada...

Ela mexeu gostoso a bunda. E que bunda. Redondinha, não muito grande, mas saliente. Lisinha. Aquele trote gostoso na sua buceta estava sensasional, mas meus pensamentos começavam a se entregar para aquele cuzinho indecente que piscava para mim. Abri sua bunda com as duas mãos para observá-lo melhor. Meu pau continuava sendo engolido e massageado por aquela buceta acolhedora. E agora só aquele cuzinho me seduzia. Lindo. Lindo. Preguinhas perfeitas, pequenas. Cú lisinho. Fiquei com água na boca.

Tirei meu pau. Ela virou o rosto para trás como se acordasse de um sonho. Só teve tempo de me ver posicionando a língua delicadamente na entrada do seu cuzinho. Ela fez uma carinha de choro, como que adivinhando a dor gostosa do tesão que estava por lhe tomar conta. Percebi seu corpo todo se arrepiar quando, com um único golpe de língua, percorri toda a extensão do seu sexo, começando lá de cima, pelo seu clitóris, passando no meio dos seus grandes lábios, carnudos, saborosos, experimentando o sabor ácido da sua vulva, chegando até o seu reguinho e, finalmente, atingindo o sabor inigualável daquele cú que só ela tinha. Passeei em torno daquele buraquinho, brincalhão. E mordi extasiado a firme carne da sua bunda. Ela sorria, completa.

Minha língua forçava a entrada do seu cuzinho. Fodia-a delicadamente. Ainda de quatro, ela envergava as costas, empinando mais ainda sua bunda para o céu, e com ágil controle de seus músculos relaxava mais ainda o seu cuzinho, que de vez em quando se apresentava como um estreito túnel misterioso. Suas mãos apertavam e desarrumavam o lençol da cama.

- Hmmm... Vem, amor... Come meu cuzinho, come... Vem agora, quero você dentro de mim, quero sentir você preencher meu cuzinho, vem...

Gemia baixinho, e com uma voz de garotinha manhosa clamava com jeitinho por mais sexo. Com aquele buraquinho úmido pedindo pela entrada do meu pau começamos um novo sonho. Sentei na cama, apoiando minhas costas na cabeceira da cama. Ela se sentou sobre mim, também de costas. Com uma das mãos se apoiava na cama, com a outra ensinava o caminho da toca para o meu pau. Encontrou, encaixou... e ele se aninhou vagarosamente dentro daquele buraco quente e apertado para nunca mais sair. Ela então deitou todo o peso de seu corpo sobre mim, meu pau atolado no seu cú. Sentia toda a extensão de suas costas no meu peito, e o suor de nossos corpos me proporcionava uma sensação indescritível. Abracei-a, segurando firme nos seus seios. Ela então começou um rebolado que fazia meu pau massagear todas as paredes internas daquele cu, rebolado este que em poucos segundos se transformou em estocadas frenéticas, seu corpo todo se contorcendo. Ela, ensandecida, passou do gemido mimado para uivos arrepiantes. Meu pau doía a cada sentada que ela, sem dó, impunha para as pregas do cú. Mas era aquela dor gostosa de ser sentida, aquela dor desejada de ser sentida.

- Aaaaaaaaaaiiii! Filho-da-puta!!!!! Fooode meu cú, filho-da-puta!!!!!!

Meu pau explodiu num gozo caudaloso e dolorido. O quarto se escureceu, o chão se abriu eu fui direto para o fundo da Terra. Apertei seus seios com uma força brutal, enquanto meu pau derramava jatos quentes e incandescentes para todos os lados. A minha volta tudo era rocha, uma pressão sufocante. Abri meus olhos quando da última gota abandonou o meu membro, e só então consegui voltar a respirar, ofegante. O cheiro de sexo no quarto abafado disputava o espaço com o perfume inebriante da minha mulher. Os cabelos dela se embaraçavam no suor do meu rosto.

- Eu te amo.

- Eu também te amo muito, minha princesa.

Beijei sua nuca. Adormecemos.

[Escreva-me: [email protected]]

Comentários

16/06/2008 22:47:00
Gostei, desculpa me intrometer seu conto está ótimo, só acho que os palavrões cortam um pouco o romantismo, mais tá legal, parabéns.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


porno com baby boneca ecesto pai velho tarado e pausudovídeos sexo gays estrupo vampiro principes dandoxvideos incesto tia provoca garoto de. roupa transparente simplesmente nua por baixocontos eróticos com foto meu bancario sarado e bem dotado indo até ejacular até gozar gritando de tanto prazer XVídeos pornô pornô doido pornô iradocasa precizando de cazeirocontos eróticos cantada na rua não resisti e traíbatando o joelhinho na mesa xvideospelego pauzudo nuxvidio ela mete muito ki abuceta.chega morder o casetemeu sogro e um cavalo pornomulhes fudedo deto do karo o cucontos eroticos de trepadas com tias sacanasContos eróticos gay meninos maldososcasa dos contos dei meu cu e meu xoxotao inchado por rola sou putona taradaContos irronicos fodendo a minha namoradoseu pau grosso parece que esta me furandode sirgir blog comda sikis indirouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucosentregei uma pizza e mepagou com boqueterelatos de traveco que colocou silicone enorme no peito e deu pro roludo mamarcontoseroticoss xvideos5Quero assistir filme pornô brasileiro das Panteras a mãe com shortinho bem curtinho e para o banheiro mijar e o filme vai ficar beijando a testa da porta de homem com calcinha fio dentalevangélica Sáfadinha mostrando a bucetaconto erotico o cuzinho da noviçaporno gay com vendedor de pote e portase masturbando com o cu enpenadonovinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetamarisa chupando meu pauContos erroticos pai brinca de casinha com filha e acaba fodedoconto erotico traicaochantagemvidio porno crente curioza pra parA pega pica eacaba sendo estrupada ela cota tudoPorno conto mae no msnnegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelCONTOS SOU RABUDA SO USO SHORTINH PROVOQUEI MEU SOBRINHO ATOLADO NA BUCETAporno estupro larissa piru grande de mais a mulher morredepositando esperma na buceta a forçacontos dei p meu cheferelato quenquinha velha mithlee pron vidocontos incesto mae gtsporn provocadeitacontos eroticos vovôpriminha inocente pegando no pinto do primo na frente de toda família sem eles veremMe chamo Carlos e sou casado com Márcia uma loirinha linda pequenina apenas 1,52m magrinha apenas 49kg contos eroticosvideos desabafos cacetudos con vontade de gozar se mostra can cacete muinto duroxsvideo relatos com fotos e filmes tio taradao de 30cm de rola arrombando subrinha safadagostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosContos com fotos velhos fudedores chupadoresgarotas punhetando incesto onlineZoofilia franco e belinhabixa porno pretinha no boquete devagarinhosou sexo com travesti 2 metroscasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetaTeste de felisidade aparesendo opinto e a pererecachule contofilha enventa de dormir na cama do pai ele nao aguenta gosa dentro da buceta dela@nubianinfa.comContos eróticos Trasei com amigas da minha namoradaver video de mulheres sentando e amaçando latinha x videomae e filho trazando ele goza detro delascomtos eroticos incesto dei minha busetinha ainda sem pelinhos para um velhos muito pausudo e meu irmao descobrio e quis fuder meu cusinhovídeo porno amadores encostano a pica na buseta cabeluda da intiada durmidovideos porno de casadas que escreve na bunda corno felis e fodi muntovideos porno pau gigante.na.bucetinha apertada deu emoragia100 foto de mulher em fiado a mao na bucetameu padrasto me vigiava tomar banho um dia ele comeu meu cupassando a mao no decote e chupando os peitoscontos eróticos primeiras experiências com siririca com mulheres mais velhafilha minha femea contobati punheta num desconhecido no onibus contosbucetao entupido de cebolaporno.com negao levanta a saia enfia até o saco enche de porraquero dois paus me fodendo corninhoarregasado a buceta com muita velocidadecontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhoAmigas safadas e putas relatos eroticosamigos do meu noivo me arombaram na sua despedida de solteiro contos eroticosgordinhas costurado dando 2017 bundãoprimos se pegando e com mãoboba pornodoido.comcomeinha buceta to com tesãocontos eroticos de gravidez de gemeas com gravidezlindinhas novinhas trepandonumpau grándeVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradosfilha centa no colo do propio pai no sofa e mete com ele perto da propia familia video porno