Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Eu te amo

Autor: popper
Categoria: Heterossexual
Data: 16/06/2008 21:48:00
Nota 8.25
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Socava gostoso. A minha frente, aquela morena deliciosa, lânguida, de quatro. Meu pau deslizava para dentro de sua buceta num ritmo vagaroso. Estava calor. Muito calor. E eu aproveitava cada segundo daquele momento. Cada milímetro do meu cacete tocava suas paredes internas, quentes e úmidas, que ofereciam a resistência necessária para o prazer de um gozo iminente. Nas minhas mãos tinha os seus cabelos, e como se fosse uma égua eu cavalgava no seu lombo macio. Era um trote manso, ritmado. Ela era minha potranca, eu o cavaleiro. Ela gemia baixinho, bêbada de tesão. Eu também. Olhos fechados, viajávamos por uma estrada irreal, onde somente o sexo total era permitido.

Segurei sua bunda com vigor, meu pau ia até o fundo. A ponta da cabeça sentia algo lá dentro, e como se fosse um membro de vida própria parecia querer se esticar para explorar mais e mais aquela gruta úmida e perfumada. Enrolei sua longa crina de égua selvagem na minha mão direita, e com a esquerda segurei firme em seu ombro. Empurrei com mais força.

- Ai...

Virou seu rosto para trás, abriu um pouquinho os olhos. Deu uma risadinha safada, mordeu os lábios. Fechou novamente os olhos. E viajou com o meu pau atolado na sua buceta.

- Minha eguinha safada...

Ela mexeu gostoso a bunda. E que bunda. Redondinha, não muito grande, mas saliente. Lisinha. Aquele trote gostoso na sua buceta estava sensasional, mas meus pensamentos começavam a se entregar para aquele cuzinho indecente que piscava para mim. Abri sua bunda com as duas mãos para observá-lo melhor. Meu pau continuava sendo engolido e massageado por aquela buceta acolhedora. E agora só aquele cuzinho me seduzia. Lindo. Lindo. Preguinhas perfeitas, pequenas. Cú lisinho. Fiquei com água na boca.

Tirei meu pau. Ela virou o rosto para trás como se acordasse de um sonho. Só teve tempo de me ver posicionando a língua delicadamente na entrada do seu cuzinho. Ela fez uma carinha de choro, como que adivinhando a dor gostosa do tesão que estava por lhe tomar conta. Percebi seu corpo todo se arrepiar quando, com um único golpe de língua, percorri toda a extensão do seu sexo, começando lá de cima, pelo seu clitóris, passando no meio dos seus grandes lábios, carnudos, saborosos, experimentando o sabor ácido da sua vulva, chegando até o seu reguinho e, finalmente, atingindo o sabor inigualável daquele cú que só ela tinha. Passeei em torno daquele buraquinho, brincalhão. E mordi extasiado a firme carne da sua bunda. Ela sorria, completa.

Minha língua forçava a entrada do seu cuzinho. Fodia-a delicadamente. Ainda de quatro, ela envergava as costas, empinando mais ainda sua bunda para o céu, e com ágil controle de seus músculos relaxava mais ainda o seu cuzinho, que de vez em quando se apresentava como um estreito túnel misterioso. Suas mãos apertavam e desarrumavam o lençol da cama.

- Hmmm... Vem, amor... Come meu cuzinho, come... Vem agora, quero você dentro de mim, quero sentir você preencher meu cuzinho, vem...

Gemia baixinho, e com uma voz de garotinha manhosa clamava com jeitinho por mais sexo. Com aquele buraquinho úmido pedindo pela entrada do meu pau começamos um novo sonho. Sentei na cama, apoiando minhas costas na cabeceira da cama. Ela se sentou sobre mim, também de costas. Com uma das mãos se apoiava na cama, com a outra ensinava o caminho da toca para o meu pau. Encontrou, encaixou... e ele se aninhou vagarosamente dentro daquele buraco quente e apertado para nunca mais sair. Ela então deitou todo o peso de seu corpo sobre mim, meu pau atolado no seu cú. Sentia toda a extensão de suas costas no meu peito, e o suor de nossos corpos me proporcionava uma sensação indescritível. Abracei-a, segurando firme nos seus seios. Ela então começou um rebolado que fazia meu pau massagear todas as paredes internas daquele cu, rebolado este que em poucos segundos se transformou em estocadas frenéticas, seu corpo todo se contorcendo. Ela, ensandecida, passou do gemido mimado para uivos arrepiantes. Meu pau doía a cada sentada que ela, sem dó, impunha para as pregas do cú. Mas era aquela dor gostosa de ser sentida, aquela dor desejada de ser sentida.

- Aaaaaaaaaaiiii! Filho-da-puta!!!!! Fooode meu cú, filho-da-puta!!!!!!

Meu pau explodiu num gozo caudaloso e dolorido. O quarto se escureceu, o chão se abriu eu fui direto para o fundo da Terra. Apertei seus seios com uma força brutal, enquanto meu pau derramava jatos quentes e incandescentes para todos os lados. A minha volta tudo era rocha, uma pressão sufocante. Abri meus olhos quando da última gota abandonou o meu membro, e só então consegui voltar a respirar, ofegante. O cheiro de sexo no quarto abafado disputava o espaço com o perfume inebriante da minha mulher. Os cabelos dela se embaraçavam no suor do meu rosto.

- Eu te amo.

- Eu também te amo muito, minha princesa.

Beijei sua nuca. Adormecemos.

[Escreva-me: [email protected]]

Comentários

16/06/2008 22:47:00
Gostei, desculpa me intrometer seu conto está ótimo, só acho que os palavrões cortam um pouco o romantismo, mais tá legal, parabéns.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


subrinha olhando seu tiu nucorno veno esposa dano cu e falano que nao guenta pornodoidocu arrombado da minha esposa depois da noitadaCasada enegao anal marra contoContos jovem faz anal varios homens e cuzinho fica dilatado e dilaceradoboxeeroticoestrupoanal abusovídeo de novinha querendo perder a virgindade com japonês cobrando no gesso XVídeosimagens de mulheres chupando o peito uma da outra com muito prazerlesbicascontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundacontos de sexo no carro com um cara aiii metiii maisporno de lingua dençendo a gueladoce nanda contos eroticosvidio menina batendo uma siririca vendo padastro tomando baiover video de porno na facudade gosando fortepornô em famíliaxxvconto erótico gaay sonbra de gaelnó parquinho perdi o cabacinho contoscontos arronbaram meu cuzinho de menininha virgemcarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascotezãozinho fodendovídeos pornô brasileiros com mais novinha proibido sussurrando no escurinho comoXVídeos gay com truculênciaWxvidio comedo di ciupenetração forçada do pistoludovídeo de morcinha fudemopegou a mulher do corno apertada e quando entrego tava so u buraco video porno cornorelatos eróticos: minha esposa ficou grávida durante assaltochateou a amiga até ela dar o cu vídeo amador mobile porno mae surpreebdidavadia casada dano d quatro q bagunca todo cabelo safada xvideoscontos de mulheres cagando e peidando em seus parceirosfei a buceta pro meu primo mais novo contos eroticoscomo q estourar as bolinhas sexchop sexuais na relacao sexonada brincando com o pau do cunhado excluída do marido pornôvídeo pornô Sport segurando marido comendo o cuzinho da comadre a forçanovinhas.abrir.buzentacorno que gosta de ouvir da sua esposa como ela aguenta uma rola de25 cm no cuContos eroticos:Fui fodida por varios roludos no cinema chorei de dor e pedir para pararemconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadordoce nanda parte cinco contos eroticosConto dando sonifero enteadadois gatoto tarado xvidiocontos de sinhazinha lesbica abusando de escravaXVídeos pornô brasileiro sogra ameaçando genro para transar com ele filha escuta todos os diaszelador comeu minha mulher nA minha frenteestrupocontoseroticoscotos eróticos patrao pau de asusta berei chorei griteiContos erotico minha filhinha mim shopou no banhonovimhas sem pentelho.ma.bucetimha damdo pra un mendimgo o rabimhofilme de sexo com a minha sogra de remédio por meu sogro dormirgay raptou o vizinho para lhe chupar o paumorena anda na rua de vestido branco ai himen vai ate la e fode elaRelato de cornos submissorapazinho mimado dando o rabovideos de sexo pratoa pegado a enpegada batedo uma xiriricafaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidovirgem mulher (casas dos contos de transformaçãoincesto com meu vô contosmulher esfregano boca da buceta na cabeça da picacao gigante fica emgatado na buceta da nefinha que gene de tesaoprocurando várias fotos de cão fêmea vários animais fêmeas fazendo sexo anal e vaginal com homem da pomba grande e grossa no prato ele goza na vagina no ânus que a galera corremulher do bucetao paresendo uma jegonaela tamava banho quando foi surpreendia pelo roludo que tirou sua virgindadeconto gay "todas as formas de amor"gordas lpucas de tesaoContoerotico Professoragozadainsesto istorias eroticas pai filas novinasconto novinha vigen perdeu o cabaco da buceta e do cu no mesmo dia pro pitudoEu e minha prima no motel eu disse que eu nao ia meter meu pau na sua buceta virgem mais eu meti meu pau na sua buceta virgem eu disse pra ela agora sua buceta nao e mais virgem conto eroticovidioporno de meninas que noa guento pau no cu e nerroContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casaSobrinho pauzudo,tia feliz. Com foto.contos mulheres que gostam de cu de homemtia gostosas foder com subtilcontos erotico eu moleque vi minha tia amamentando seu bebecontos eróticos família roludomacho arregaca o buraco da xana da safada cm aparelho para ver o fundo do buracopai pono 15 etopo filia