Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Viagem de tesão

Autor: Selma
Categoria: Heterossexual
Data: 18/06/2008 15:15:54
Nota 8.00
Assuntos: Heterossexual, Sexo
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá meu nome é Selma, alguns já leram contos anteriores meus, e algum tempo não escrevo. Porém, hoje estou colocando aqui um recém acontecido.

Na última semana fiz uma viagem com meu marido para Santa Catarina. Era uma excursão que alguns anos vínhamos programando. Foi uma viagem fantástica, em todos os sentidos.

No terceiro dia paramos em um hotel que serviria de base para fazermos os passeios naquela região, estávamos bem entrosados com todos.

Nessa noite estava afim de uma boa trepada com meu marido, e não via a hora de subirmos para o quarto logo após os bate papos normais que sempre acontecem nessas viagens. Mas, um dos caras que estavam na viagem convida os homens para uma partida de buraco, estavam na roda, meu marido, esse cara, mais dois outros maridos, todos toparam, ainda quis argumentar com o meu marido que deveríamos subir. Ele como sempre educadíssimo me falou para subir, que ele não estava com sono e que talvez fosse até tarde jogando.

Não precisam imaginar que fiquei brava e frustrada com isso, mas, paciência! Fui embora para o quarto conversando com uma outra esposa que acredito esta na mesma situação que eu. Íamos pelo corredor do hotel, passando por um salão de leitura, quando um dos motoristas do ônibus passou por nós e nos deu boa noite. Respondemos e ele foi para a sala de tv que ficava a direita.

A esposa que estava comigo disse então – Olha se eu não fosse casada ou tivesse mais coragem, eu botava um par de chifres naquele meu marido com esse motorista, que cara bonito.

Eu sorri e disse – Tem medo? Bobagem vai em frente, ele realmente é bonito, olhos azuis bem claros. E também é casado.

Ela disse – Pois é se fosse tão fácil, e as crianças quem olha, apontando para dois meninos de oito e seis anos brincando com videogames portáteis. E chamou-os falando para subirem para o quarto.

Já estava na porta do elevador quando vi o motorista, saindo da sala de tv e indo para o fundo do corredor, talvez para o quarto onde ficaria com seu companheiro de viagem.

Não pensei muito andei rápido e o chamei e disse – Oi sou uma de suas passageiras da excursão.

- Sim senhora eu sei, em que posso ajudá-la – perguntou todo amável.

- Eu tenho certeza que esqueci uma bagagem de mão no ônibus e queria saber se poderia ir procurar, sei que é tarde e o ônibus esta lá atrás, mas... – ele me interrompeu e disse – Olhe senhora limpei o ônibus agora à tarde e não havia nada lá.

Pensei que saco e agora? Mas... – Olhe acredito em você mais, por favor, poderia me acompanhar até lá se não for muito incomodo?

Ele sorriu e disse – Certo senhora vamos.

- Pare de me chamar de senhora, meu nome é Selma, tenho 45 anos, mas não sou uma senhora, você tem quantos anos?

- Tenho 36 anos senho...Digo Selma.

Caminhamos falando sobre a vida e ele abriu o ônibus subimos e eu fui direta na minha poltrona e é claro não havia nada ali. Fingi olhar em volta e disse – Que pena não esta mesmo aqui e eu desconfiando que você não queria vir abrir o ônibus para mim deu aquela desculpa lá dentro, me perdoe sim?

- Ah, Selma esquece tudo bem – ele disse.

Aproximei-me dele e perguntei – Fui maldosa, posso compensar minha falta de educação de alguma forma?

É claro que ele entendeu no ato minhas intenções e disse – Compensar? Bem... Podemos entrar em um acordo é claro.

- Um acordo - eu disse passando minha mão no peito dele, por sobre a camisa. – Que tipo de acordo.

- Se alguém souber de alguma coisa eu perco o emprego, então temos que guardar segredo, certo?

- Mas é claro que sim, eu guardo segredo, mas de que?

- Da forma que vai me recompensar pela sua maldade comigo – disse abrindo o zíper da calça e fazendo saltar um cacete bom para fora, que apesar da pouca claridade percebi que estava já mais duro que mole.

- Ah, entendi – disse me sentando no braço de uma poltrona e puxando ele para mim. Abocanhei direto aquele cacete, chupando bem gostoso. Lambia a cabeça e o talo, enquanto abria o cinto dele.

A calça e cueca no chão chupei e lambi as bolas, punhetava às vezes olhando para a cara dele que falava – Isso... Gostosa punheiteira... Chupa minha vara sua vaca mamadora... Vai putinha chupa. Quero gozar na tua cara vagabunda.

Aquilo me excitava mais e mais eu mamava naquele mastro gostoso. Alisava as coxas dele e punhetava com a boca o caralho cada vez mais pulsante.

Parei derrepente e levantei, abaixei minhas calças e disse – Me chupa um pouco também seu filho da puta.

- Ele me jogos nas poltronas e começou a chupar minha buceta toda melada, deu varias linguadas, então falou – Vira fica de quatro quero comer tua buceta.

Não era minha intenção dar, queria só chupar, mas... Obedeci e levei aquela vara grossa na buceta sem dó e eu adorando é claro.

- Vai seu filho da puta, soca, fode minha buceta gostoso seu cachorro, mas goza na minha boca.

Depois de várias estocadas ele tirou e disse – Chupa aqui puta, vai vaca vem tomar leite.

Mal coloquei na boca e o jato quente inundou minha boca, engoli cada gota e chupei até ficar limpinho.

Depois descemos e fomos embora, eu satisfeita e ele também, terminamos a viagem sem repeteco infelizmente, mas valeu e muito.

Comentários

15/06/2012 14:04:47
maravilhoso questao de oportunidade bem aproveitada kkkkkkkk
28/01/2011 15:48:10
Adorei seu conto! Apesar de não curtir homem! Sou homo, ativa, feminina e estou criando um clube so pra reunir mulher que relaciona-se com mulher! Veja alguns de meus contos e visite nosso site: mulherdemulher.webs.com - bjs!
19/06/2008 19:25:58
Achei legal, Selma. Ficou excitante.
19/06/2008 17:50:21
Selma, Adorei seu conto..sonhei sendo o motorista e fudendo sua buceta...
19/06/2008 04:45:44
18/06/2008 17:30:27
Muito bom, pena que eu não estava nessa excusão. nota 9
18/06/2008 15:44:45
Pode me passar o seu e-mail? Gostei do conto!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


video de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso"porno incesto pai finge de bebe para comer a filhawww.mundobicha australiano sarado fode novinho.com.brpornô comendo a cunhada crioula do lado da esposa dormindocobtoseroticos uma pequena apostaas gordinha r***** dando o vaqueiro na FazendaContos terror na tailandiaContos perdendo o cabaço com negao tripécontos eroticos estupro de novinho gays com os colegas da escolaswing video mulher beija depois de levar gozada na boca de outrocontos eroticos dei a bundinha por balascontos incesto mae gts bunda nervosa caralho gozoumeu cu geme pornoassistir o filme de novinha metendo fazendo seu peito e trícepsnegona sendo arrombado por negao tonato video porno grátismagrinha na dupla penetração vaginal com dois ficam pretosporno serena ali ta doendocontos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudodoce nanda parte IV contos eroticoshttp://conto me pagou pra me fuderfilho dopou sua mae e fudeu ela dormindo cantos eroticogalson come a vagabunda no bar enquanto conversa com amiga pornozoofilia no Congobaixar grátis vídeos pornô lésbicas gemendo grostoso e esfregando buceta com buceta molhadinhas até gosarbaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elaminha cunhada me procurou para treparquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosseduzida por um estranho contos pornogostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoscavalo feia mulher gritando estocada do cafetão pornôcontos lukinhas22cmhttp://conto me punhetaram a noite todaconto eroticos mulher do corno na borracharianotando pica no cu arrombado gay de japonesvídeo pornô tia da peruca da carinha de anjo dando o raboviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou cazal maduros mamado jutos uma picameu irmão me viciou em chupar pau conto gayneta safada faz boquete embaixo da mesa de jantarxvideos putas fazendo sexo com cavalos rasgando avagina sangrartransei com minha irmaBlog atualizado da casa dos contos eroticos paguei ´pra deflorar a filha do caseirocontos eroticos numa ilha desertaos filhos gemeos da minha mulher evangelica contos eroticosouvi um barulho estranho de noite fui olhar era meus pais trasando video pornocontos gay me apaixonei pelo meu cunhado novinho hetero que me humilhavavidio porno das dimenores fasendo sexo da buceta apertadinhacontos eroticos me entreguei p meu genro k me fez d putafamilias nua praia de nusdemossexo ela nao quis da so acariciarenteada madura mamou rola do padrasto contosvidioporno de meninas que noa guento pau no cu e nerroincesto com meu vô contoscaseiro.Mae.filho.Depilacaovendo minha esposa se esfregar noutro macho no forro contos pornoeu mostro a Deus e o Diabo que eu como esse comer aquikkkkmullheres fodem tarado apulso como vingancahistoria de genro homem hetero transando com sogro homem heteronovinha olha u padrasto pelado .e bati um sirirecacontos me comeu a força e eu gosteicontos casal pau inchandohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosputas peladas meladas de margarina no cuporno doido travetis fundenoVirgem chora na cama com velho taradovai novinhas so grelao shortinho enterrado na bucetacomo amasiar um bum-bum super sexomamei contosmundobicha.com brasil academicosContos erroticos pai brinca de casinha com filha e acaba fodedoindo até ejacular até gozar gritando de tanto prazer XVídeos pornô pornô doido pornô iradovídeos vídeos pornográfico pai mostrando a filha para chupar até o talo se engasgando filha virando os olhosfui me depilar no salão e ganhei uma chupadaporno contos negao da mandioca