Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Viagem de tesão

Autor: Selma
Categoria: Heterossexual
Data: 18/06/2008 15:15:54
Nota 8.00
Assuntos: Heterossexual, Sexo
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá meu nome é Selma, alguns já leram contos anteriores meus, e algum tempo não escrevo. Porém, hoje estou colocando aqui um recém acontecido.

Na última semana fiz uma viagem com meu marido para Santa Catarina. Era uma excursão que alguns anos vínhamos programando. Foi uma viagem fantástica, em todos os sentidos.

No terceiro dia paramos em um hotel que serviria de base para fazermos os passeios naquela região, estávamos bem entrosados com todos.

Nessa noite estava afim de uma boa trepada com meu marido, e não via a hora de subirmos para o quarto logo após os bate papos normais que sempre acontecem nessas viagens. Mas, um dos caras que estavam na viagem convida os homens para uma partida de buraco, estavam na roda, meu marido, esse cara, mais dois outros maridos, todos toparam, ainda quis argumentar com o meu marido que deveríamos subir. Ele como sempre educadíssimo me falou para subir, que ele não estava com sono e que talvez fosse até tarde jogando.

Não precisam imaginar que fiquei brava e frustrada com isso, mas, paciência! Fui embora para o quarto conversando com uma outra esposa que acredito esta na mesma situação que eu. Íamos pelo corredor do hotel, passando por um salão de leitura, quando um dos motoristas do ônibus passou por nós e nos deu boa noite. Respondemos e ele foi para a sala de tv que ficava a direita.

A esposa que estava comigo disse então – Olha se eu não fosse casada ou tivesse mais coragem, eu botava um par de chifres naquele meu marido com esse motorista, que cara bonito.

Eu sorri e disse – Tem medo? Bobagem vai em frente, ele realmente é bonito, olhos azuis bem claros. E também é casado.

Ela disse – Pois é se fosse tão fácil, e as crianças quem olha, apontando para dois meninos de oito e seis anos brincando com videogames portáteis. E chamou-os falando para subirem para o quarto.

Já estava na porta do elevador quando vi o motorista, saindo da sala de tv e indo para o fundo do corredor, talvez para o quarto onde ficaria com seu companheiro de viagem.

Não pensei muito andei rápido e o chamei e disse – Oi sou uma de suas passageiras da excursão.

- Sim senhora eu sei, em que posso ajudá-la – perguntou todo amável.

- Eu tenho certeza que esqueci uma bagagem de mão no ônibus e queria saber se poderia ir procurar, sei que é tarde e o ônibus esta lá atrás, mas... – ele me interrompeu e disse – Olhe senhora limpei o ônibus agora à tarde e não havia nada lá.

Pensei que saco e agora? Mas... – Olhe acredito em você mais, por favor, poderia me acompanhar até lá se não for muito incomodo?

Ele sorriu e disse – Certo senhora vamos.

- Pare de me chamar de senhora, meu nome é Selma, tenho 45 anos, mas não sou uma senhora, você tem quantos anos?

- Tenho 36 anos senho...Digo Selma.

Caminhamos falando sobre a vida e ele abriu o ônibus subimos e eu fui direta na minha poltrona e é claro não havia nada ali. Fingi olhar em volta e disse – Que pena não esta mesmo aqui e eu desconfiando que você não queria vir abrir o ônibus para mim deu aquela desculpa lá dentro, me perdoe sim?

- Ah, Selma esquece tudo bem – ele disse.

Aproximei-me dele e perguntei – Fui maldosa, posso compensar minha falta de educação de alguma forma?

É claro que ele entendeu no ato minhas intenções e disse – Compensar? Bem... Podemos entrar em um acordo é claro.

- Um acordo - eu disse passando minha mão no peito dele, por sobre a camisa. – Que tipo de acordo.

- Se alguém souber de alguma coisa eu perco o emprego, então temos que guardar segredo, certo?

- Mas é claro que sim, eu guardo segredo, mas de que?

- Da forma que vai me recompensar pela sua maldade comigo – disse abrindo o zíper da calça e fazendo saltar um cacete bom para fora, que apesar da pouca claridade percebi que estava já mais duro que mole.

- Ah, entendi – disse me sentando no braço de uma poltrona e puxando ele para mim. Abocanhei direto aquele cacete, chupando bem gostoso. Lambia a cabeça e o talo, enquanto abria o cinto dele.

A calça e cueca no chão chupei e lambi as bolas, punhetava às vezes olhando para a cara dele que falava – Isso... Gostosa punheiteira... Chupa minha vara sua vaca mamadora... Vai putinha chupa. Quero gozar na tua cara vagabunda.

Aquilo me excitava mais e mais eu mamava naquele mastro gostoso. Alisava as coxas dele e punhetava com a boca o caralho cada vez mais pulsante.

Parei derrepente e levantei, abaixei minhas calças e disse – Me chupa um pouco também seu filho da puta.

- Ele me jogos nas poltronas e começou a chupar minha buceta toda melada, deu varias linguadas, então falou – Vira fica de quatro quero comer tua buceta.

Não era minha intenção dar, queria só chupar, mas... Obedeci e levei aquela vara grossa na buceta sem dó e eu adorando é claro.

- Vai seu filho da puta, soca, fode minha buceta gostoso seu cachorro, mas goza na minha boca.

Depois de várias estocadas ele tirou e disse – Chupa aqui puta, vai vaca vem tomar leite.

Mal coloquei na boca e o jato quente inundou minha boca, engoli cada gota e chupei até ficar limpinho.

Depois descemos e fomos embora, eu satisfeita e ele também, terminamos a viagem sem repeteco infelizmente, mas valeu e muito.

Comentários

15/06/2012 14:04:47
maravilhoso questao de oportunidade bem aproveitada kkkkkkkk
28/01/2011 15:48:10
Adorei seu conto! Apesar de não curtir homem! Sou homo, ativa, feminina e estou criando um clube so pra reunir mulher que relaciona-se com mulher! Veja alguns de meus contos e visite nosso site: mulherdemulher.webs.com - bjs!
19/06/2008 19:25:58
Achei legal, Selma. Ficou excitante.
19/06/2008 17:50:21
Selma, Adorei seu conto..sonhei sendo o motorista e fudendo sua buceta...
19/06/2008 04:45:44
18/06/2008 17:30:27
Muito bom, pena que eu não estava nessa excusão. nota 9
18/06/2008 15:44:45
Pode me passar o seu e-mail? Gostei do conto!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


porno penis grotesco baixar video curtovideo mae destraida arrumando a casa e filho bulinando querendo fude videometendo na salgadeira bundudaloirinha magrinha sentando no pau do negao de 70 centimetros"a história de betinha"mulher com rabão maior filme pesavam gostosopapai super dotadoxvidiosContos eroticos com donas de casa que foi arrombada pelo cunhado pirocudoContos eroticos de travesti pauzudo estuprando meninosContos eróticos de incesto soníferocoroa e varoa safadaXvideosarretadana hora do sexo o que pode ser feito com o halls pretover e baixar video porno duas morenas tomando no cuzinho cheio de porra ela ate mija aos poucos e a porra sai de vagar com seu cu arombado e piscando muitoFutebol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28conto erótico eu minha esposa na cachoeiravídeo pornô com homem enfiando o braço todo no ânus da mulher despejando muito líquidoquero ver as evangelicas toda nua e peladinha vigen pernas a bertas peito de fora durinhovideos porno insetos entre filho fodendo mae prensadanovinha contraída com a cabeça da pica lá dentroxvideo negao no branquinho esfolocontos bulinando minha tetinhahomem fodenfo uma bezeravidio de puta lavano abuceta e tirano bora pra fora Saia Desse Barney comendo Vilma na camapadrasto veio do nordeste xupano bucetona da intiadavídeo pornô da negra olho torto sentando na pica e virando os olhos com tesãoTio arroba o cu da sobrinha conto eróticoscunhadacontoeroticocontos eroticos no dia que dei minha buceta pra dois senhores no onibus,dupla penetracaoesposa prostituta bunda flaçida e mole cuzao contosxvideos comedo uma mele buchudasaudades faze sexo com a minhia esposavideos como fazer um pau mole fica duro mundobichahomem se mesturbano no causinha da cuiada fio dentalMACIEIRA SEXO PORNODesabafo de uma mae cap XImulheres que nao aguentaram dar o rabo pra bem dotadoscontos eroticos com viuvas ricas e mulheres sedutoras ricascomi a pmcontos eroticos gays nerd e o bad boyinstalei grampo no celular da edposa e descobri a vadia que ela e contos eroticosajudei minha filha perde vigidade com meu cunhado contolinda loirinha chorando no pau do cara e gemendo muito querendo mudar fundo maluquinhatavinhomg casa dos contosfodida na balada/contoContos eroticos minha mulher e minha irma dividiram a piroca enormeesposa prostituta bunda flaçida e mole cuzao contoscarine patricinha casa dos contosmae vai massagea o filho fica de boca aberta con o cacete do filhodesde novinha ja fudiamulhe pelada putona do cuzao e budona so de vistido ruivaamigos d filho fpde mcu da minha.maerevista private relatosmeu corninho, fotosContos eroticos fui estuprado por travesti do pau grande e cabesudo conto cumendo irmao de pau cabecudo irma. virgemContos eroticos com fotos de podolatria chupando pes da prima dormindoscolica o pinto na buceta com saiacontos de putaria sou puta de dois primo negroprofessora para niguei botar defeito tao gostoza pelada linda buceta greludacontos mulher de amigo short coladogozando na entrada da bucetinha minúsculas de frango assado bem devagar"meio abertinho" gay contocontos novinha corno gang putinha forçadacontos eu e meu irmao fudemos a mamãePapai rasgou minha bucetinha ainda menina contos de incestodvd porno vizinho come cu vizinha a forcafilme porno minha sogra me enxeu o saco ate eu come elaVideo ao vivo de putaria profissional de velhas gostosas saboreando fundo na vagina o pau preto