Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O filho da minha aluna

Autor: Liberal
Categoria: Homossexual
Data: 24/06/2008 17:39:04
Nota 9.00

Oi amigos! É a primeira vez que relato algo que aconteceu comigo de uma forma tão clara e sem receios.

Sou professor e, logo que vim, para a capital, fui morar em uma cidade vizinha, pois fui transferido pela região de ensino da qual faço parte. Aluguel um pequeno quarto e ficava bem próximo da escola na qual eu trabalhava. Em princípio, novo na área, não conhecia muita gente, mas logo, por ser um cara comunicativo, comecei a fazer amizade com alguns vizinhos. Fiz amizade com uma vizinha que ainda não era alfabetizada, estudava na alfabetização de Jovens e Adultos com muita dificuldade. Prometi pra ela que iria ajudá-la e, em pouco tempo, para a minha alegria ela já lia muito bem e estava felicíssima por isso. Passei a freqüentar a casa dela com mais assiduidade.Ela tinha um filho, o mais novo, que embora já tivesse casado e tinha filhos, muito novo, ainda morava em casa e ele sempre me tratava muito bem, mas eu nunca cheguei a conversar com ele nem a falar de minha opção sexual.Para todos, eu era hétero e curtia só mulheres. Ninguém nunca questionou, também! O tempo passou e cada vez mais me aproximava da minha aluna e ia sempre à sua casa. Morei lá cerca de 1 ano e 10 meses. O André sempre lá; conversava sempre comigo. Era uma rapaz alto, esguio, acho que 1,80 de altura, magro - resultado também de seu envolvimento com drogas- fator que fazia a sua mãe sempre chorar e eu sempre a consolá-la. Novamente fui transferido para a capital e o tempo passou. Cerca de dois anos depois, ao chegar da escola em que trabalhava por volta das 11:30 da noite, não estava com o menor sono. Resolvi dar uma volta na cidade. Sai sem destino. Resolvi ir à Lagoa - lugar conhecidíssimo por todos de João Pessoa-PB. Quando eu ia passando pela praça defronte ao Palácio do Governo-Praça dos Três Poderes- cuja estava deserta. Isto é, pensei que estava, mas ainda não tinha visto ninguém! De repente, ouço alguém gritar ao longe: - Professor! Virei-me e, de repente, vejo alguém sentado por trás de um momumento que há na praça. Saí de encontro daquela voz que havia pronunciado meu nome. Quando me aproximo, está lá um rapaz, com as mesmas características já descritas acima, mas estava um pouco diferente. Não o reconheci de imediato. Perguntou-me; - Oi professor, não está lembrado de mim, não? Parei um pouco e refleti. Respondi: - Cara, não. De onde te conheço? Ele disse-me: - A minha coroa lhe dar o maior valor sabia. Você a ensinou a ler. Parei um pouco e perguntei: - Você é o André, filho da Adalgisa? Ele disse: -Claro, professor. Ainda bem que você lembrou.Em seguida nos cumprimentamos e pusemos a conversa em dia. Ele disse-me que estava louco para tomar uma, mas não tinha dinheiro. Eu também não, mas nunca faltava uma bebida em casa. Disse-lhe que, se ele quisesse poderia ir lá em casa, pois lá tinha um litro de Ron e que ele poderia tomar. Ele ficou todo alegre e disse: -Vamos!

Saímos em direção à minha casa. ao chegarmos lá sentamos no chão, começamos uma conversa e ele a tomar a bebida. De repente, ele perguntou se eu queria ver uma coisa diferente. Fiquei meio pasmado com sua pergunta, mas tudo bem.Ele disse-me que em pouco tempo me mostraria algo que eu ia gostar de ver. Falei-lhe que tudo bem. Fui ao banheiro urinar e, para minha surpresa, ele se encontrava atrás de mim, passando a mão na minha bunda. Comecei a tremer e ele percebeu e pediu que eu tivesse calma que fazia tempo que tinha sacado e que era louco para comer a minha bundinha, mas que ainda não tinha tido oportunidade. Falava isso ao meu ouvido e pegou na minha mão e a pôs por cima de sua bermuda. Nossa! Tremi muito mais quando percorri o tamanho daquela pica que media uns 21 cm e com uma cabeça enorme. Ele me abraçou por trás e disse-me que iria me foder como uma putinha, que iria arrombar o meu cuzinho. Eu lhe disse que não aguentaria, pois era grande e grossa. Mas ele carinhosamente falou que eu nem iria sentir que ele faria bem gostoso, mas queria me ver gozar na sua rola. Eu estava sem ação com aquele macho a roçar aquela pica enorme na minha bundinha. Ele tirou a bermuda e, mordendo as minhas costas, começou a tirar a minha. Eu estava louco de tesão por ter um boy, macho com um tesão daqueles em mim. começou a lamber as minhas costas e a descer com a língua pelo meu rêgo. Comecei a me empinar, gostando das carícias. Ele desceu até o meu cuzinho e começou a roçar aquela língua quente, fazendo movimentos circulatórios e movimentos de vaivém. Nunca tinha sentido nada tão alucinante! Quase gozei de tesão que me invadia. Não aguentava mais e pedi para chupá-lo também. Ele sentou-se em uma das cadeiras, com as pernas entreabertas, com aquela pomba enorme. Segurei-a com as duas mãos e a cabeçorra ainda ficou de fora. A pomba do cara era grossa que eu não podeia circulá-la com a mão. Comecei um gostoso boquete, que o fazia tremer e ele pedia para que eu não parasse que estava muito gostoso. Me xingava, me chamava de veadinho e dizia que eu iria ser a sua putinha naquele momento. Eu estava louco de tesão. Comecei a lhe lamber o saco que era grande e com um visual lindo. Uma pomba muito gostosa de ver e de chupar e imaginava como eu aguentaria aquilo tudo, uma vez que não era acostumado a dar o cuzinho. De repente, movido pelo tesão, ele disse: Vem cá. Me pôs de quatro, deu uma lambida no meu cuzinho. Disse pra ele que não aguentaria,mas ele disse que eu aguentaria e que gostaria e iria pedir mais. Bem próximo de onde estávamos havia uma prateleira e em cima um condicionador de cabelo. Rapidamente ele o pegou, lambuzou o pau e besuntou o meu cu, metendo um dedo, depois dois, depois três. Aquilo era estranho, mas fui gostando e ele sempre me acariciando. Depois disse-me que iria me penetrar. Pediu pra eu ficar de quatro. Fiquei. Tremi quando senti a cabeça daquela pomba encostar no meu cuzinho que latejava de tesão. Ele começou uma penetração. Quase que a cabeça não entra,mas entrou. Dei um grito e tentei fugir. Ele me agarrou e pediu pra eu ter calma e eu estava quase chorando, de dor e de tesão, mas o tesão prevalecia e eu pedi para que ele empurasse gostoso a pomba toda. Devido a lubricação, aos poucos aquela enorme pica ia me arrombando e o meu cuzinho ardia como nunca. Em pouco tempo senti as suas bolas encostar em mim. Que tesão! E ele começou um gostoso vaivém. Que delícia! Com aproximadamente uns 15 minutos, disse-me que iria gozar no meu cuzinho. O meu tesão aumentou. Estava adorando ser a puta daquele macho que me fodia com tesão. De repente ele começou a morder as minhas costas e orelha e dizia-me que ia gozar. Começou a falar no meu ouvido que ia me dar o leitinho dele. Começou a gritar ahhhhhhhhhhhhhh, toma veadinho, minha puta e eu dizia: goza meu gostoso, goza! Puxa amigos!

Esse cara gozou feito louco, depois me abraçou e me beijou na boca e disse-me: -Obrigado por me dar o seu cuzinho. Você me fez gozar como ninguém havia feito antes, além de realizar uma fantasia minha que era comer o cu de um macho. Quando André tirou o pau do meu cu, o esperma dele começou a escorrer pelas minhas coxas, envolvidos em raios de sangue. Meu Deus! fiquei uns dias com meu cuzinho ardendo, mas valeu a pena. Depois ainda sentei na sua pica e o fiz gozar de novo!

Nunca mais o vi. Estou com saudades! Fiquei sabendo que ele mora em outra cidade agora, mas ainda toco gostosas punhetas pensando naquela pomba gostosa.

Se você é de João Pessoa ou de cidades próximas, é viril, macho mesmo e quer comer outro macho bem gostoso, e tem a pomba grande e grossa, adoraria te conhecer para uma gostosa transa com respeito e sigilo. Adicione : [email protected]

Estou te aguardando e até a próxima!

Comentários

27/06/2008 09:49:34
Nossa que delicia!! Amei seu conto...gostaria de comer vc tbem! Nota 10!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


xvideo porno gay guarda chama prisoneiro pra tocar punheta até gozrola de moreno plutãofilha dengosa e gostosa sendo acariciada pelo pai sexo pornopau no cu da incoerente pornoesposa da cu sangra e estremece porno caseirocontos eroticoscu virgemfaminta engole a piroca do padrastogozando na entrada da bucetinha minúsculas de frango assado bem devagarcontos gozar no cu da empregada e feioconto porno perdi a virgindade com meu pai estrupador dotado passando pomadaBaixa filme porno aa panteras juliana tranzando na cozimhao primeiro amasso a gente nunca esqueceCasa dos contos eróticos perfil pluto69dei o cu e a buceta pro meu primo e me arrependiuma mãe vai para o quarto de um filho ainda quando ele ver com p******* abre a sua oxente e chupa o pau dele pornôcaete na porca pornoirma no cio chupa tudo sem frescuraver videos de marido tanpano os olhos da esposa e levando outro homem para fodelanovinha dado cu viguivideo de sexo levei gaia e chamei minha amiga e dois amigo pra fazer sexo gostozocoroas brasileiras gritando cm o puu na xana e pedindo mais xvidioccrioula dando o cuzaomadrasta levanta deixa o Maria dormindo e vai entrar na roleta 20 anos novinhoa cordei com meu irmão inchendo minha buceta de porranovinhas de bayby doll e com a mao na bucetaXVídeos pornô brasileiro sogra ameaçando genro para transar com ele filha escuta todos os diasconto erotico flagrei meu irmao comendo mamaefilhinha puta fazendo gang gang com os vizinhos taradosexo real conhadas nuas banho pau bizarro tesaocontos eroticos varios homens arrombaram meu cusupersexomamãebotei meu dedo na buceta da mulher do amigoTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comercarioca dando buceta peluda pros dois marmanjos e gemendo alto pornodoidoquero baixar pornô novinha sentada no sofá completando campainhavideo belmiro o caseiro caralhudovidio gay dando cu gostoso dormir estrupo hugoirma ve a outra de caucinha e ker chupar elaxvideos sotados machucando velhas covardiaconto erotico corno na lua de melchule contoconto gay apaixonado por um traficantesexo com coroa ruiva baixinha gostosa peituda de buceta bem peluda fidendo xom bem dotadocomendo a coroa gostosa loira e barriguda e ela xingando palavrãoarranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chupar. shortinho fino sem calcinha da sogra contosmamae nao suporta rola do amante na bucetagts de fio dentau mostrando ha bucetinha na webicontos de mulheres cagando e peidando em seus parceirosxexeca mais gtz e peludinhaanda vamos comer a tua mae paneleiro contos pornovidio de pono gya com tio com briquendo polo cu do seu afilhado mundobichaFoto de pika pulhetando contos gay ajudando meu pai fechar a venda 2as siriricas mais escandalozasquero ver filme pornô com mulher morena de 20 anos dando o cu de bruço fechacontos eroticos nunca pencei disperta tesao en outro homem com minha bundapadrasto promete que vai colocar devagar quando a enteada abre as pernas ele enterra a picaquero abri uma janela parA o porno baiano com bucetascarente abraçadinha no sexo pornocontos eroticos peguei meu marido dando pro caseiro. negao adotei eleputa no hoteldo bucetao loca de tesaoporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidoscarroceiro socando com forsa na novinhablogs velho seboso pauzudocontos eroticos/comeu novinha peludinhaconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaoContos meu pai me comeu com o consentimento da minha maealuno fodendo professor de educacao fisica gay animadopadrasto veio do nordeste xupano bucetona da intiadacontos eróticos lesbicos strapon putinha vadia vagabunda fudervideos pornos de mulheres de cor amarradas e amordaçadasbunda nervosa caralho gozoumeu cu geme pornonao aguentou e gozou na mao da doutora xxvideoscontos eróticos treinador dominador come viado na academiaBaixar Videos Porno Mulheres Bem Gostosas da Bunda Grande Querondo rola e Loca de Tesao Baixarporno conhada nao aquenta atentacao e trai o marido contos eroticos me entreguei p meu genro k me fez d putaworttped.diegocampos.8519conto homem levando a primeira vez a sua mulher pro protibulo pra se fodidatarados fazendo gang gang coletivo com esposa puta italiana do cornosexres grates com filhas e mae trepando o paexvidio veio chupando peito da novilnhaporno lubrificando o cu com manteiga e socando a mao infeira dentro delemamaezinha como vc é taradacontos heroticos cao doidao para chupar a donaentregei uma pizza e mepagou com boquetecoroa taradasexo históriaconto erótico gay fui comido no internatopau grosso devasando buceta