Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Cunhado quem diria?

Autor: Andreg
Categoria: Homossexual
Data: 26/06/2008 14:40:46
Nota 7.75
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou loira de 1,68, 55 kilos, peitos durinhos e um bumbum de dar gosto. Tenho um namorado que estuda aqui na minha cidade. Mas sempre vai embora nas férias escolares.

O que vou relatar é uma verdade assombrosa que aconteceu comigo. Sou discreta e por isso vou usar codinomes.

Sempre tive meu cunhado Lucas como uma pessoa legal, simpatico, atencioso e inteligente. Porem não via nele nenhuma beleza. Não era bonito, seu corpo até que era gostoso, porem não me chamava a atenção. Ele tem 1,75 de altura, uns 65 quilos, magro e tem uma bundinha linda. Minha irmã mais velha casou-se com ele a 2 anos. Tenho uma amizade normal com ele. Eles tem um filho de 1 aninho.

Vamos ao que realmente interessa aqui. Após casarem mudaram de cidade, raramente vou visita-los. E numa dessas visitas, não sei se foi por causa do calor, eu usava um shorts de algodão bem fino. Enquanto assistiamos TV reparei que meu cunhado estava de olho em minhas pernas. Acho que é instinto da mulher, eu não sei dizer porque gostei daquilo. Enquanto minha irmã estava dando banho no bebe, eu fingi que não sabia de nada e abri um pouco minhas pernas. Meu cunhado ficou um pouco agitado, não sabia o que fazer. Achei aquilo engraçado e senti um pouco de tesão. Sabia que ele não poderia fazer nada ali, pois minha irmã esta ao lado no banheiro com o bebe e a qualquer momento poderia voltar.

Pensei, vou dar uma provocadinha. Baixei para arrumar as chinelas de meu pé e deixei meus peitos um pouco a mostra. Nossa aquela cara de meu cunhado desesperado e tentando não demonstrar que estava me secando me deixou com enorme tesão. Levantei e olhei para ele. Lucas olhou rapidamente para a TV. Assim que minha irmã saiu do banheiro ele entrou e lá ficou por uns 10 minutos. Fiquei molhadinha imaginando o que ele estava fazendo. Batendo uma punheta bem gostosa pra mim, me imaginando pelada. Gostei da idéia.

Minha irmã chegou com o bebe na sala e logo em seguida Lucas chegou com uma cara que relaxou muito. Não tive dúvidas, ele bateu uma para mim, e agora eu também queria bater uma para ele. Levantei e disse que iria tomar um banho. Chegando ao banheiro, não me contive, estava toda molhadinha e imaginando meu cunhado ali, pelado, com a rola durinha, batendo uma gostosa para mim. Confesso que foi minha melhor masturbação.

Naquela noite quase não consegui dormir. Eu queria aquele homem dentro de mim, me chupando, enfim me socando gostoso. Mas eu tinha medo. E minha irmã? Como iria olhar na cara dela? Passe a noite assim, pensando e sentindo muito tesão.

Minha irmã sempre acorda tarde e eu também, mas meu cunhado não. Então arrumei um jeito de acordar mais cedo, só para sentir ele me desejando. Escutei ele fazendo o café, levantei fui ao banheiro e em seguida fui a cozinha só de pijama. Bom dia cunhadinha como passou a noite? Eu disse que dormi muito e estava com fome. Fui para o fogão pegar o café e leite que estavam quentinhos. E não deu outra, enquanto eu estava de costas ele não tirava os olhos de minha bundinha, fiquei com muito tesão. Ele disse que já era hora de ir trabalhar eu aproveitei e fiquei parada em um lugar da cozinha que ficava um pouco apertada, será que ele vai passar e dar uma acoxadina em mim. Ao passar por mim ele tentou esfregar porem não sei o que deu em mim e desvie. Ai que raiva fiquei a tarde toda pensando, como eu queria sentir a rola dele encostando em mim e por culpa minha isso não aconteceu.

A noite minha foi fazer uma visita a uma amiga para ver o bebe. Eu claro não queria ir. Fiquei sozinha esperando que meu cunhado voltasse mais cedo da faculdade. Não deu outra meia hora depois estava ele chegando no portão. Não me contive e quando me vi eu estava toda molhadinha só de imaginar ele chegando até a mim e me despindo e me lambendo e...

“Boa noite! Cade sua irmã?”, ela foi na casa da Maria. Quer dizer que estamos a sós? E deu um sorriso maroto. Enquanto eu foi para o quarto fiquei arquitetanto meus planos para dar chance a ele de me tocar.

Como eu sei que ele não entende quase nada de informática, pedi a ele para ligar o computador para mim, pois eu sabia de uns videos porno que minha irmã me mostrou outro dia. E eu iria abrir “sem querer” este video. Ele foi até a sala. Estava com um shorts que dava para ver a silueta de seu membro delicioso. Eu estava tão confusa de tesão que ao tentar escolher um video esqueci a caixinha de som ligada e ele escutou da sala o gemido de uma vagabunda dando para um pauzudo. Nossa ele estava vindo e eu não sabia o que fazer, pois não estava preparada ainda. Ele disse nossa que video bacana que voce achou ai. Eu com vergonha, medo e com muito tesao, disse que foi sem querer que abri e que iria fechar ele pediu para deixar mais um pouquinho. Deixei. No video a moça estava sendo chupada. Ele me disse isso deve ser gostoso não é? Eu sem saber o que dizer e me segurando, simplesmente disse não sei. E para minha surpresa ele encostou seu membro maravilhoso em meu ombro e me disse tem que experimentar para saber. Gelei de tesão e medo e sei lá o que. Levantei e já ia saindo (sem saber que estava por vir) ele me pegou pelos braços e me encostou na parede, encostou todo o seu corpo ao meu, senti seu pau latejar em minha buceta, aquilo parecia que iria entrar em mim com roupa e tudo. Bem ao pé do meu ouvido me disse com uma voz baixinha e imponente, eu não agüento mais de tanto tesão, e lambei minha orelha. Nossa meu corpo inteiro parecia uma geléia de tão mole que ficou. Minhas pernas não me obedeciam e naquele instante ele poderia fazer o que quisesse comigo, e ainda bem que ele fez muita coisa. Percebendo que eu estava entregue lentamente soltou meus braços e desceu com sua mão pelo meu corpo, passando pelos seios, acariciando minha barriga e chegando em minha ensopada buceta, enquanto me beijava sua língua encontrando a minha. Minha irma? Meu namorado? Não queria saber de nada, apenas aquela rola entrando em mim. Nunca havia sentido tanto o poder de um homem sobre mim. Começou a colocar sua mao por dentro de meu shorts e sentiu o quanto eu tambem queria transar. Continuou e ao passear com seu dedinho por toda a minha buceta comecei a me soltar e passei a mão por sua rola, tão deliciosa e tão dura. Tirou meu shorts com calcinha e tudo. Me virou de frente para a parede, descendo suas maos do ombro até meus quadris e me encurvou, abriu minhas pernas. Imaginei e agora. Mas não ele enfiou sua lingua em minha buceta, nunca, nunca, repito nunca fui e nunca serei chupada daquela maneira. Minha respiração não me pertencia mais, perdi todo o controle. De repente senti uma arrepio pelo meu corpo todo, culminando la na ponta daquela língua toda molhada, não resisti e gozei, gemi, gritei. Que delicia!!!! Logo em seguida ele começou a se despir, continuei de costa para ele. Aproximou e passou seu pinto em todo a minha bunda, quando pensei que ele iria enfiar em mim, ele disse eu quero tudo, vem me chupe tambem, prontamente atenti aquele pedido (alias naquela altura ele poderia me pedir o mundo) E chupei como uma louca, que delicia de pau, estava pulsando em minha boca. Ele segurava minha cabeça e empurrava com carinho, aquilo me enlouquecia mais ainda. Tanto tesão e ainda carinhoso. Vi que ele não agüentava mais e parei de chupa-lo. Me pegou pelas mãos e me colocou de pernas abertas na cama. O que era aquilo, todo aquele corpo subindo lentamente em cima do meu, deu um beijinho (isso mesmo, um beijinho) em minha buceta e disse, agora é minha vez. Começou a colocar seu pau com todo carinho, eu não aguentava mais e queria ele inteirinho dentro de mim. Aqueles movimentos vai e vem em cima de mim, minha buceta parecia uma mina dagua, que delicia quando ele começou a gemer bem alto. Nesse momento comecei a arranhar suas costas, percebi que ele adorou. Estava quase gozando novamente quando ele me colocou de quatro. Dessa vez me lambeu até o cuzinho. Adorei. Nunca tinha dado para meu namorado, mas ali eu não poderia negar nada. Ele passava aquela cabeça gostosa de seu pinto em meu cuzinho, que parece ir se abrindo sozinho e lhe chamando. Entao senti uma pequena dor naquele momento e já estava dentro de mim, seu pau todo em meu cu. Ele carinhoso foi lentamente, enquanto me enrabava pegava em meus seios e acariciava. Comecei sentir vontade de gozar novamente, quando senti que seus gemidos aumentaram, ele virou minha cabeça para traz e me beijou, naquele momento mágico, não resisti gozei juntamente com ele. Gozou dentro do meu cú, mas tudo bem foi a melhor gozada de minha vida.

Nos limpamos e ele me beijou e disse, obrigado por realizar meu maior desejo. E eu retribui e disse obrigado pela minha melhor transa.

Foi tomar banho. Minha irmã ainda demorou quase duas horas para chegar em casa e eu já estava dormindo (na verdade curtindo na cama o que acabará de acontecer)

Comentários

15/02/2009 11:52:23
ÓTIMO CONTO.Nota.10!!!Sou novo por aqui...tbm deixei um relato meu...se puder dá a sua opinião lá depois!!Bjão...meu msn [email protected]
30/06/2008 21:05:43
gostei.. tenho investido na minha cunhada mas to indo bem devagar to com medo dela não contribuir kkkkk a como qria q ela fosse vc bjs
29/06/2008 13:16:07
afinal o seu conto esta classificado na categoria homossexual, afinal quem o é.
26/06/2008 17:09:51
Muito bom seu conto princesa, bem escrito, muito excitante, de primeira... gostaria muito de te conhecer melhor e trocarmos experiencias, me add no seu msn, vou aguardar resposta sua ancioso. Abraços: [email protected]
26/06/2008 16:35:31
Até que gostei, sabe amiga também tive um caso com meu cunhado, foi tão maravilhoso que pretendo repetir, mas todo o cuidado é pouco, afinal é o maridão de minha mana. continue escrevendo. bjs.
26/06/2008 15:41:05
desculpe, mas mui ilusorio, nao gostei.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eros chule do pintoro vídeo de um homem e uma mulher dançando pelada com botãozinho para minha boca sem travar para não escolher se eu quero ou não aquele é minha nota porfavor aquele pretoMeu sogro me comeu a forcarairodigofacebok de rio das pedras jpa rjver vidio pitudo dando uns amasso na novinha que nunca vio rolavídeo de sexo amador caseiro você quer me comer você quer meter é devagar meu com calma é assim não aqui mede a gente ser pinto grandemete essa piroca noeu cu mim arba porno doidoposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularcoroa novinha transando da put e da das tigresa da preguiça do pornô filme do Rio São Pauloxvidios outros puraimeu namorado botou o dedo minha vagina e sanfrei nao sou mas virgem videopasando a mào na buçta da gostosahttp://zdorovsreda.ru/texto/201103701minha mãe me surpreendeu contos de incestoflagga de mulheres deficiente fisica se mastubandovidio de boquete profunda engolindo ate os badalosConto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudonao aguentou e gozou na mao da doutora xxvideosxvideo porno gay guarda chama prisoneiro pra tocar punheta até gozporno safada batendo punheta pro ricardão na cama com o corno dormindo pornonovilhas darno o cu sexovidio porno de uma mulher tirando aroupa bem relaadamente para faz xexocontos de sexo raspei minha bucetadominando um casalas coroas do rodeio no xividiocontos corno manso ineditocontos eróticos transformação marquinha biquínimulher tapa os olhos do marido e entrega para o empregado fuder video pornox videos casada safada dando para padrinhode casamentoconto erotico tirei o cabaco da pateicinha no matoporno caseiro amiga não acredito q o pau do meu marido é grande e pago pra verdeflorador de gatinhas taradassamara tirando a virgindade da bucetaporno caseiro amiga não acredito q o pau do meu marido é grande e pago pra vercasada traindo e falando ai era isso que eu queria outra pica fudendo minha bucetanorinha ve o pau do sogro duro e faz sexo com eleporno marido esguelha a garganta profunda da esposa e gosa no fundovídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadorola gradi nocu danoviavendo minha esposa se esfregar noutro macho no forro contos pornoXVídeos pornô padrasto comendo enteada ela me procurou e eu não resisti vídeo brasileirocasadas sirrricasmae tarada chupa boceta de filha gravida incesto contos eroticosmulher dançando de vestido curto que pode aparecer a b***** dela pelada cuidar de abaixar vídeo pegadinha baixarcontos porno padre gaygato sarado transa com amiga gostosa ponodoidoporno video tia fodeno seu sugrinho virgem ele broxa nelabelo sexo dormindo de conchinha com a titiaSocorro me apaixonei pelo meu filho sexo incesto videosContos eroticos poderoso negaosamara tirando a virgindade da bucetamolhe de bucetona do beici viradotransendo cominha conhada dospeitaoconto gay adoro ser esculachado por um machoporno safada batendo punheta pro ricardão na cama com o corno dormindo pornohomenzão da porra xvideo gayporno paudentri da bucetaincesto/imaginaçoes com a maenovinhas brazileira tesuda pediu pro macho todado soca ate o talo ela por cima pra levantar mesmo taradacontos eroticos mamãe ajudou papai a tirar minhs virgindade novinhadei a xoxota para irmaocontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhodopou a mãe c. eroticode calsinhamocacomi a minha tia pela primeira vezeuconfessosograso mostrei a bunda pro meu cunhado e ele gozoucasadinha contosarrmbei o cuda mamãe/videos pornoSogra Contos Eroticossou puto e quero comedor em esteio rsvídeos de veias tirando a caucinha dando o cu pra velhocontos meu sogrocontos eróticos mae peituda e filho magreloTaradinha louca pra pega no pau do tiu contosPoliciallindo tarado fudedorContos de primeira transa virgem detalhadamenterelato erotico evangelica casada carente da buceta peluda greludacontos eroticos a bunda da minha esposavidio de mae fagando filha novinha chupano rola do pai