Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Titia devassa!!!!

Autor: Moreh
Categoria: Heterossexual
Data: 05/06/2008 03:38:06
Última revisão: 09/08/2012 02:57:54
Nota 9.25
Assuntos: Anal, Tia, Hetero, Incesto, Gozada
Ler comentários (21) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Titia devassa!!!!

Meu nome é Marcos, hoje tenho 35 anos. Moro em Porto Alegre, mas sou do interior do RS, perdi meu pai quando tinha 10 anos e fui criado pela minha mãe junto com minha irmã Patrícia. Meu pai era bancário e deixou minha mãe com uma pensão apertada para criar os filhos, meu pai tem um irmão, Aberto, que é 10 anos mais velho que ele, meu tio tem 4 empresas na capital, uma de distribuição de papel, 2 distribuidoras de gás e agua mineral e um posto de gasolina, é um homem muito rico. Alberto, casou com minha tia Carla quando ele já tinha 40 anos, a minha tia tinha 25 e a família foi contra, todo mundo achava que ela não prestava. Tiveram uma filha, Jéssica, que hoje tem 23 anos mora e estuda em Boston nos Estados Unidos.

Quando minha tia teve a Jéssica, houve um problema no parto, parece que foi pré-eclampsia ou algo assim, quase morreu, e ficou impossibilitada de ter mais filhos. Quando terminei os estudos, meu tio me convidou para ir para a capital fazer faculdade, por sua conta, e ajudá-lo nas empresas, pois a filha e esposa não se interessavam pelas mesmas e ele queria alguém de confiança para ajudá-lo, não pensei duas vezes, larguei tudo e foi para POA. Passei na UFRGS, a federal do estado, e me formei em administração no prazo mínimo, sem rodar em nenhuma cadeira, sempre achei que devia aproveitar e retribuir a oportunidade. Trabalhava na empresa o dia todo, fazia faculdade a noite e estudava, muito, de madrugada.

A casa de meu tio é enorme tem 5 dormitórios, sempre fui muito bem tratado, tenho uma gratidão enorme por Alberto, o considero como pai, e ele sempre me tratou como filho. Em pouco tempo, mas com muito suor, cresci muito, praticamente assumi as empresas e as tocava, quase que sozinho. Alberto teve, em 2002, a primeira isquemia, que o deixou com poucas sequelas, em seguida veio a segunda que o impossibilitou de trabalhar, isso não impediu de passarmos, ótimos, momentos juntos, levava-o ao estádio para ver os jogos do Grêmio, consegui um camarote, fazia poucas e boas com ele, era a minha forma de retribuir o que ele fez por mim.

Em meados de 2003, ele teve um AVC que o deixou vegetando, não tem estimulo algum, vive em uma cama, com enfermeiras 24 horas. Nesse momento já morávamos somente os três na casa, o colocamos em um quarto sozinho e montamos uma UTI para ele ficar em casa conosco. Peço desculpas se me estendo mas quero que entendam o que ocorreu.

Como forma de divertí-lo, mesmo os médicos afirmando que ele não tinha compreensão dos fatos, o que eu dúvido, pego filmes no final de semana e coloco para ele assistir, sempre assisto, um pelo menos, junto dele. Leio toda noite para ele, pois ele tinha este hábito, que adquiri com gosto, toda noite ao chegar vou ao seu quarto com o Note e explico tudo que aconteceu nas empresas. Em três momentos, acredito, ter visto da parte dele alguma reação, quando no meio do livro "Código da Vinci" parei e disse que se eu tinha que ler aquilo ele também ia sofrer, pois meu TOC não permite que eu pare um livro no meio, ele sorria. Em um final de semana que estávamos sozinho levei uma garota de programa e antes de traçá-la, a levei até seu quarto e pedi que ela fizesse um strip, daqueles, para ele, ele sorriu, e quanto eu levei o balancete anual e disse que foi o melhor ano nos últimos dez, mas que o pessoal sentia a falta da seu ranço, das suas birras, porque eu era muito bonzinho, falava isto rindo e chorando ao mesmo tempo, olhei para ele e uma lágrima corria de seus olhos.

Minha tia Carla, sempre me tratou bem, foi incansável com a doença do velho, uma mulher sensacional, ali eu vi que tudo que se falou a seu respeito era injusto, o seu jeito é que é espalhafatoso, é uma verdadeira perua. Hoje ela tem 48 anos, é uma mulher muito bonita não aparenta a idade, imaginem aquela perua básica, 1,70m, loira oxigenada, morena de pele, queimada do sol, aquele dourado de bronzeamento artificial, vestida sempre com as melhores marcas, sempre com muitas jóias, mas é o jeito dela, como pessoa não tenho nada a falar. Carla é uma pessoa muito divertida, espontânea, não representa a idade, faz Yoga, é siliconada, tem um bundão lindo, se cuida muito, qualquer um comeria tranquilamente. Acabamos nos aproximando muito, nesta época já tinha comprado uma cobertura para mim e um apê, no mesmo prédio, para a minha mãe e irmã trazendo-as para a capital, mas a pedido de Carla, continuo até hoje morando na casa deles, que é a minha também.

Certo dia ao chegar em casa peguei as correspondências na caixa e entrei, perguntei para Gigi, a empregada:

- Cadê Carla Gi?

- Na Piscina doutor, respondeu.

Fui até a piscina separando a correspondência dela, e fui em sua direção, ela estava sem a parte de cima do biquíni, ao me ver colocou as mãos para tapar, eu disse:

- Que beleza, "em titia", agora eu sei porque Alberto esta lá em cima na cama.

- Ela me jogou a champagne que estava no copo e sorriu, gritou para Gigi trazer outra garrafa e copos.

Fiquei ali com ela de peito de fora, falando sobre a empresa e amenidades, mas não pude deixar de olhar aqueles peitos, são lindos, redondos, é claro que não é de uma menina, mas são muito gostosos, grandes, duros e tem os bicos grandes, que eu adoro. Ficamos ali um tempo, ela entrou na agua e quando saiu estava com os bicos imensos, de frio, fiquei com tesão na hora, me levantei e disse:

- Tchau tia assim já é demais para mim, e saí sorrindo.

- Ela gritou da cadeira, é vou ter muito para te ensinar ainda, e ficou la rindo.

O tempo passou, mas a partir dali tudo mudou, eu nunca fui grande amante o sexo sempre estava de lado eu queria era vencer na vida, estudei muito, trabalhei mais ainda, e quando queria transar, chamava uma garota de programa e descia o cacete, não me incomodavam e resolviam o meu problema. Até então nunca tinha namorado a sério, a partir daí a "titia" tomava banho de sol com os seios a mostra e eu ali junto, um dia não resisti e fique muito ferrado, tenho um pau muito cumprido quase 20cm mas ele não é grosso, chega a ser até um pouco fino, ela notou na hora, a cabeça estava saindo da sunga, ela olhou sorriu e brincou:

- Que é isso rapaz, olha o incesto.

- É tia não é fácil eu só trabalho e quando chego vejo esses peitos maravilhosos.

Ela apertou os dois na mão e disse:

- Achas mesmo?

- Claro né tia, são lindos e muitos gostosos, adoro os seus bicos.

Neste momento ela pega os dois bicos e aperta entre os indicadores e polegares, me levando a loucura, e diz:

- É seu tio Alberto adorava mamar aqui.

Me levantei e fui saindo, ela gritou:

- Aonde vai doido?

- Vou no banheiro me masturbar, e saí rindo, ela ficou as gargalhadas.

No final daquele ano fizemos uma grande festa entra todas as empresas para comemorar o grande ano, levei Titia é claro, antes de sair, passei no quarto de Alberto, dei um beijo na sua testa, me virei e disse:

- Pode deixar que fico de olho em Carla, e saí meio com remorso.

Na festa dançamos, bebemos, comemoramos, tive que discursar para quase 500 pessoas, estava muito bom, na volta pedi que carla dirigisse, pois eu estava muito bêbado, sem demonstrar é claro. Carla estava linda cabelo preso, um lindo vestido vermelho que marcava o seu corpo, sem soutien deixando seus bicos a apontar para os céus, não via marca de calçinha, ia até a altura dos joelhos, ao dançarmos juntos eu sentia o seu cheiro a me inebriar a alma, seus seios roçavam em meu peito, em dado momento fiquei de pau duro, a puxei ao meu encontro dizendo:

- Carla, encosta em mim estou de pau duro e tenho medo que alguém note, ela sorriu e ficou me encobrido, e o meu pau ali roçando naquele corpo, quase gozei, tivemos que ir dançando até a varando para ninguém notar, lá fora rimos muito.

Carla pegou a caminhonete e fomos embora, no caminho cantávamos e riamos, fazia muito tempo que não nos divertíamos assim, com aquela situação na casa não era fácil. Fiquei muito feliz em vê-la assim, no caminho o decote do seu vestido permitia que eu visse o bico do seu seio esquerdo, não parava de olhar, estava de pau durissímo, ela notou e perguntou:

- Que foi Marcos?

- O de sempre, esses bicos.

Ela pegou a minha mão e colocou-a dentro do seu vestido, e continuou dirigindo, eu não aguentei mais fiquei ali apalpando os seus seios, apertava delicadamente o contorno e segurava os bicos entre os dedos, suavemente abaixei as alças do vestido, o carro tem película g5, com a sua ajuda, e me deliciei varias quadras naqueles seios, fui descendo as mãos pelo seu corpo, alisando as coxas até a altura dos joelhos, levantei o seu vestido e fui colocando a mão por dentro, ao chegar a altura de sua buceta, ela ia abrindo as pernas, ao tocá-la notei que estava sem calcinha, ela estava ensopada, seu suco se espalhava pelas minhas mãos, ela me disse:

- São três anos Marcos, vá com calma.

Comecei a tocá-la delicadamente em toda extensão, estava louca para ver aquela racha, fazia movimentes suaves em todas as direções movia em círculos em volta de seu clitóris, depois subia e descia, para depois tocá-la de novo, em cima, no grelinho, e descer entrando vagina a dentro, puxava o capuz do clitores deixando ele exposto alisava sem parar para depois penetrá-la com dois, três dedos, ela começou a gemer muito, até que apertou a minha mão com as suas coxas e gozou, nos recompomos e entramos pelo portão da casa, colocamos o carro na garagem e eu ia sair, quando ela me puxou e disse:

- Agora é minha vez nene.

Foi me beijando alucinadamente, e tirando toda a minha roupa, me deixando nu, foi descendo acariciando o meu peito cabeludo, beijando e mordiscando os meus mamilos enquanto alisava as minha coxas, beijou e lambeu o meu umbigo um bom tempo, passou pelo meu pau e foi lamber as minhas coxas, subiu pegou o pau com a mão e disse, lindo, levantou-o, lambeu as minhas bolas, enquanto começava a bater uma linda punheta, colocava as duas bolas na boca e brincava de um lado para o outro com elas na boca, veio lambendo toda a extensão do pau a começar pela base. Lambeu muito a cabeça do pau, e começou a colocá-lo na boca, cuspiu nele e foi engolindo até tocar os lábios no meu púbis, fez isso umas três vezes e depois começou a chupá-lo até a metade e bater uma bronha, me virou de costas e começou a beijar a minha bunda sem parar de bater punheta, foi metendo a língua até o meu cu, fiz menção de sair, ela pediu que não, e disse para aproveitar que eu ia gostar, abriu as minhas pernas e lambia meu cu e o saco enquanto batia uma punheta, beijava meu cu e lambia o saco, até o momento que ela molhou um dedo e ficou acariciando o meu cu e batendo punheta, não aguentava mais, virei meti a pau na sua boca e gozei feito louco, sete, oito jatos era tanta porra que escorria pelo lado da boca, o resto ela engolia e me dizia que sentia muita a falta deste gosto. Subimos e fomos tomar banho, passamos pelo quarto de Alberto, a enfermeira disse que estava tudo bem, entramos na minha suite e tomamos um longo banho juntos, ao chegarmos na cama liguei o som e comecei a beijá-la e acariciá-la, era realmente uma coroa muito especial deitei-a na cama fui chupando os seus pés, coxas, joelhos até chegar na sua xana, a sua buceta era cabeluda mas muito cheirosa, era o que nós homens, machistas, chamamos de bucetão ela tinha pequenos e grandes lábios avantajados, assim como o clitóris, comecei chupando devagar depois fui aumentando a pressão como se quisesse engoli-la, chupava e puxava com a boca os seus pequenos e grandes lábios, a penetrava com os dedos, ela escorria, chupava e colocava dois dedos na vagina e um dedo começava a forcar o seu cúzão, que não era pequeno, fiquei ali um bom tempo, ela se contorcia toda, me olhou e pediu:

- Me come, me bate, me curra.

Comecei a penatrá-la, entrou fácil naquele bucetão, comecei a meter forte ela gemia, gritava e chorava ao mesmo tempo, que buceta quente, eu metia e ela tocava uma siririca, quando vi que ela ia gozar parei, ela perguntou, porque? me levantei fui até a gaveta e peguei um vibrador que usava com as garotas de programa, ela riu e me dizia, mete isso também, coloquei ela de quatro e comecei a meter o vibrador, que era enorme do tamanho do meu pau só que bem mais grosso ela gemia e rebolava quando entrou todo deixei lá dentro e fui com a cabeça por baixo e comecei a chupá-la novamente, ela gritou que ia gozar parei peguei um lubrificante, e com o vibrador dentro dela, comecei a lubrificar o meu pau e o seu cuzão, colocando primeiro um, depois dois dedos, deixando uns minutos para ela acostumar, com a outra mão tocava uma siririca ela não aguentou e gozou, mas pediu para deixar o vibrador tirei os dedos e comecei a forcar o pau no seu cu, foi entrando, até que não foi difícil, mas ela gritava muito e mandava eu meter, meti tudo, a pressão era imensa sentia o vibrador na sua vagina, foi muito louco, meti durante um bom tempo, no fim, com alguma violência, gozei tanto que saia pelos lados do seu cu ela estremeceu toda, desfalecendo na cama.

Acordamos tarde e fomos tomar café, ainda vivo lá. Transamos toda a noite, estou definhando, mas sou o homem mais realizado do mundo.

Meu tio vive, graças a Deus, e sei que a minha missão esta lá. Pode parecer que sou ingrato, mas não vejo assim, sou um ótimo filho, sobrinho e cuido das empresas muito bem. Todo o dinheiro e muito bem investido para Carla e o futuro de Jéssica, não tiro um centavo além do meu percentual de faturamento. Trato bem e pago bem todos os meus funcionários.

Prefiro acreditar que meu tio entenderia, pois a sua situação é delicada, faço a sua esposa e filha felizes. Apenas me apaixonei...

Abraços!!!

Votem e comentem, vejam outros contos na minha página.

Comentários

24/02/2017 05:35:07
Faz tempo que não leio um conto dessa envergadura. Muito bom.
28/07/2013 12:31:21
the best
09/12/2012 12:20:39
simplesmente 10
14/09/2009 18:10:04
ronaldo peitinho
14/02/2009 01:03:16
show
04/12/2008 18:27:29
BOM CONTO, MEIO TRUNCADO MAS DEU PRO GASTO! NOTA 7!
04/12/2008 16:08:02
olha cara foi bom queria q a danizinha cai-se na minha rsrsrsrs se quizer claro kkkkkk
30/11/2008 23:47:04
Muito bom!
30/11/2008 17:42:21
muito bom.. gostei.. [email protected]
19/11/2008 13:59:26
Esta Tia é o bicho a mulher sabe o que faz com um homem, parabéns pelo seu conto,.
11/08/2008 16:20:16
seu conto não é ruim,mais tbm dez é demais,vc falou mais do seu tio do que a transa com sua tia,mais valeu.
03/07/2008 22:40:31
manda o endereço da tia..rs...bom texto,gostei
24/06/2008 13:24:29
Parabens pelo conto,bem narrado,e...que TIA hem!!!rsrsrs,nota 10 [email protected]
24/06/2008 12:44:33
muito bom este conto!!!!!! c quiser pode colocar esta tia safada na minha!!!!!!
23/06/2008 20:06:58
nossa adorei seu conto queria que fosse comigo
16/06/2008 21:56:30
Ótimo conto. Percebe-se que o autor cultiva mesmo o hábito da leitura... muito bom!
12/06/2008 14:00:09
Este conto foi sensacional, sua tia é uma mulher notavel, ficar 3 anos sem da um trepadda, e vc um bom sobrinho, que o tempo todo deu assistencia ao seu tio que lhe deu tudo. Nada mais justo que vc cuidar também da putinha que ele tem em casa, antes que outro cuide. Conto nota 10
12/06/2008 11:35:45
Que titia hein, nota 100!!!
11/06/2008 21:14:14
Como é possivel transar com sua tia sabendo que seu tio vegeta em uma cama??? Muito bom seu conto, [email protected]
05/06/2008 13:27:08
Adorei o conto
05/06/2008 10:20:55
Muito bom conto, excitante. Que tal vocês colocarem o titio pra assistir, talvez, quem sabe, isso não vai fazer bem,o bom velhinho. Boa sorte. Abraços !!! Nota dez....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos crente casada quis experimentar no cu e se arrependeunovinhas delicia purasexocasada se mostrano em casa pra corno e amigos juntos desfilando de fiocontos eroticos cunhado com scatcasada traindo e falando ai era isso que eu queria outra pica fudendo minha bucetawww.relato mulher cazada tramza com outro macho.com.brporno virge mentiu ter ido pra escola pra mae acabou comendo sua irmapeguei a novinha magrinha porquê ela insistiuporno doido faxineira obedientecarolzinha ninja trepanocontos eróticos de sinhozinho comendo escravaconto erotico novinho safado 05,03,2017sogra fagar gero de pau durocontovporno com fotos reletos de chifresmundo bicha homens de corpo gostoso e pintu dutosFiz sexo com meu profeasconto eróticos padrasto chupa a estiada de 8 anosComo se escreve “ manda video porno ” em inglesNegao esculachando com moleque gostosolesbicas se vingando da rivalxviido cabelo novilnhahttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelo hq pornode a gangue dos monstrosmeniina lavano abucta14 centímetros conto heterocontos eroticos de incesto no colocontos eu meti meu picao nela sem pena incestohome filma mulhe no oinibocache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 contos eróticos garotinha 7aninhos boquetera e so no cuAs novinha que adora chupar i tamar a porraxividio filho fala mae deixa eu gozar dentro de vcconto patricinha escravahistória e fotos sogra bêbada queria presente de aniversário dar o c* a vida amigos do genroscooby-doo chupa pomba de salsicha grátisdoce nanda parte IV contos eroticosContos gay novinho que foi rasgado por varios homensnegao da rola gigante com menina burguesinhafilme pornô gratis bucetinha bem limpinha sem cabelo ganhando enfiadinha de leve do pau grossoencontramos nossos vizinhos na praia do nudismo conto erota dona vai ser com seu cachorrosexcontos eroticos virei vadia novinhacontos eroticos gays bem ocorridos em 2017conto erotico bacanal bucetavídeo porno com uma negona de bunda grande recebendo três puconas no rabocontos meu sogroquero ver novınha que sao empregada fudendoCarnavalnazoofiliaporno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porrafime porno pai infindo a mão no cu da filhapica dura do peão de rodeiobritney bitch em anal 15 minutoa cinquentona gritava não ia aguentardoce nanda contos eroticoscontos eroticos estuprada pelo garievangelica ainda nao tinha dado o cubuctao tod c gazandpeituda das tetas rosadas amamentandobuceta nua com pintei moicanokid bengala buraco na paredepratico anal com meu cachorrovelhas festejando c negros cacetudosFazendeiras e seus contos eroticos picantesVideo porno safada sendo fudida homem rolaque so jeguecontos de sexo depilando a sograporno mulhers efomeadasbaixar filme pornô até mais tarde gatahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherSanto Anjo conto eroticowattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto musculosogorda girando o cu na rola jigante videos caseiroscomendo duas verdinhas muito deliciosa dos busão sexo e do r**** e dos peitãonegona sendo arrombado por negao tonato video porno grátisnovinhas.abrir.buzentaXvideosarretadacontos porno padre gaysexo com minha esposa e mais outro homem quais as dicas para convencê-la?sossegado sexo mulher cornomenina bem magrinha de oculos com seu papai no pornocomtos de maes que bate punheta no filho com seu pesinho calcado em sandalia de saltohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhernegrinha achou que era facil dar o cú e chorou na piçaFantasia sexual: lamber um cu cacagoa aula terminou iih eu fiquei na sala na siririca no xvideoele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos doscontos eroticos safados de professoras madurasmeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticossexo fiocado paicontos eroticos perdi meu caboca pro meu caovideo. pono mulheres guichado porra de tezaomanual de corno manso gatobomincesto/imaginaçoes com a maemulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotadoporno de professora na forretacontos domestica me viu to cando pueta em familiaeu era crente pequei dei minha bucetinhacontos de cornos com tio velho pauzudo e comedor super canalha rbaixa vídeo porno molhes ñ quenta rolar ir choraMulher adulta. Criando pentelho. Na bucetaprocuro. velho sadio amigo pauzidos gostoso so meu