Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Os gemidos da mãe de minha namorada.

Autor: ctr
Categoria: Heterossexual
Data: 01/07/2008 18:04:58
Nota 9.00
Assuntos: Heterossexual

Os gemidos da mãe de minha namorada

Este relato que conto aconteceu comigo a alguns anos, em meados de 1994, atualmente tenho 37 anos mas na época tinha por volta de 24 anos. Com certeza se os fatos acontecem nos dias de hoje essa história teria tomado um rumo bem diferente.

Sou um homem muito simples e comum, tenho 1,73 metros, 72kg, olhos castanhos, cabelos pretos curtos, pele bem clara, na época eu namorava a um bom tempo, já conversava inclusive sobre casamento, como durante a semana eu não tinha contato com minha namorada por estar trabalhando e estudando nossos encontros sempre eram nos fins de semana.

Ao longo dos anos fui ficando mais intimo do pai, mãe e irmã menor dela, freqüentando mais a casa e depois de um bom tempo acabamos criando um habito de dormir alguns finais de semana na casa de meus pais e alguns finais de semana na casa dos pais dela.

A casa dos pais dela é uma casa muito simples um sobrado onde na parte térrea existe uma sala, uma cozinha e um banheiro e na parte de cima três quartos sendo um deles possuia um pequeno banheiro, neste quarto dormiam os pais dela e os outros dois onde dormiam cada uma das filhas.

Eu dormia na sala na parte de baixo da casa em um colchão, embora estivesse bem íntimo da família tudo acontecia com muito respeito, gostava muito de todos e começa a enxergar eles como extensão da minha família, embora eu já estivesse mantendo relações sexuais a bastante tempo com minha namorada, isso nunca aconteceu dentro da casa dos pais dela.

Em uma dessas noites comecei a enxergar uma pessoa em especial na família com outros olhos, essa pessoa era a mãe de minha namorada.

Era madrugada e eu acordei estava ouvindo vozes vindo da parte de cima da casa não entendi o que estavam falando apenas ouvia o pai e a mãe de minha namorada conversando, eu despertei e não dormir mais.

Passado um pequeno espaço de tempo começo a ouvir a mãe de minha namorada gargalhar, ela gargalhava em alguns momentos um pouco alto mas logo se contia, acho que para não acordar ninguém.

Embora essa não fosse a primeira vez que eu estivesse dormindo lá, era a primeira vez que eu ouvia tais coisas, estava muito curioso e tentando entender o que se passava.

A sessão de gargalhadas da mãe de minha namorada parecia ter acabado e agora no lugar das gargalhadas começam discretos gemidos, embora discretos e feitos bem baixinho eram intenso.

Nunca imaginei vivenciar aquilo, não sei o que aconteceu comigo, mas comecei a ficar excitado ouvindo a mãe de minha namorada gemendo.

Eu dormia de bermuda, cueca, camiseta e um cobertor, então baixei por baixo do cobertor minha bermuda e cueca, fechei os olhos e comecei a imaginar que era eu quem estava ali com a mãe de minha namorada e que era pra mim que ela estava gemendo.

Os gemidos dela foram ficando mais intensos e um pouco mais altos e isso estava me excitando cada vez mais.

Gemidos femininos sempre me deram muito tesão e prazer, eu já havia transado com algumas garotas cada uma com um jeito diferente de se comportar na hora que sente prazer, mas nunca havia ouvido alguém gemer daquele jeito, tão gostoso.

Eu continuava de olhos fechados me masturbando de forma forte e intensa, meu pênis estava extremamente duro, imaginando cada movimento, cada expressão dela, a cada gemido mais intenso dela sentia que ela estava mais próxima de chegar ao orgasmo.

Comecei a imaginar como seria a vagina dela, comecei a imaginar o quanto ela deveria estar molhada, comecei a imaginar como deveria ser o gosto do mel que exala de seu sexo e o calor e a textura de sua pele, fiz uma viagem, desejando muito aquela mulher.

De repente pra minha infelicidade a brincadeira acaba quando ouço um gemido ainda mais forte e gostoso, seguido de um urro e de um profundo silêncio, imagino neste instante que ela gozou.

Eu continuo ali, me masturbando, muito excitado, também querendo gozar mas sem ter onde, fiquei com medo de gozar no cobertor e de no dia seguinte alguém descobrir.

Resolvo então terminar de me masturbar no banheiro, silenciosamente sento no vaso sanitário, encostos minhas costas na parede, desenrolo um pouco de papel higiênico e continuo minha masturbação, quando olhos para frente e vejo um cesto de roupas sujas.

Abro o cesto e vejo várias roupas, camisetas, calças, cuecas e o que eu jamais poderia imaginar encontrar algumas calcinhas, entre elas uma que só poderia ser da mãe da minha namorada.

Era uma calcinha azul bem clarinha, era um pouco grande, meio velha, chegava a ter um pequeno furinho perto do elastico.

Não resisti comecei a lamber e cheirar aquela calcinha ao mesmo tempo que me masturbava.

A calcinha tinha um cheiro de urina, misturado ao cheiro natural do melzinho da vagina dela, que me excitava ainda mais.

Não resisti ao perfume e logo gozei, muito, queria ter gozado na calcinha mas fiquei com receio, acabei gozando em um pedaço de papel higiênico.

Guardei a calcinha dela no cesto, junto com as outras roupas, voltei para o colchão, demorei bastante mas acabei dormindo.

Desse dia em diante comecei a ver a mãe de minha namorada com outros olhos, procurei me aproximar ainda mais dela, ficar mais seu amigo, procurava fazer de tudo para agradar, ir ao mercado para ela, elogiava muito, mas nunca aconteceu nada entre nos.

Para a minha felicidade ouvi ela gemer e gozar algumas outras vezes quando pude ter a oportunidade de dormir em sua casa.

Sempre que eu usava o banheiro, procurava por alguma calcinha dela para lamber, cheirar, mas infelizmente nem sempre encontrava.

Resolvi dividir com vocês o imenso prazer que senti, se alguém quiser conversar comigo, relatar experiências me escreva [email protected]

Comentários

03/07/2008 11:25:40
Belo conto, excitante sem ter nem ao menos tocado nela. Parabéns.
02/07/2008 07:34:14
01/07/2008 18:15:31
Bom, infelizmente você não conseguiu dormir com a mãe dela, mas tudo bem, dou nota 8 para seu conto

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


rairodigomijador mijo 2017 tesãoporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuaincesto com meu vô contosContos chantagiei minha irmazinhaapalpando o roludo no rodeio sexoFamiliasacana queridi.ho da mamaeescandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidoarromba meu c* que é para quando o c**** chegar em casa meu c* tá toda arrumadinha XVídeosir:ma virge fudendo com irmao do piru gigamteNem respondi e fui metendo naquela bucetinha encharcada, até sentir meu pau tocar o fundo, quando ela soltou um gemido alto e gostoso.conto erotico gay gury chupador de dedoMe manda o vídeo pornô Adão de armas sedosa só gosta de dar a homem bem dotadonega tarada por sexo oral e anal de b***** bem lisinha ela tem a garganta profunda engole toda a rola do bem dotado OiFoda agressiva ponodoidovideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasporno pai e filhinha no maio saroPorno contos incesto mamaes iniciam chupando as bucetinhas de suas filhinhas muito carinhovídeo caseiro pornô mulher no macacão com passando a mão na buceta dela gordaafricano comeu meu cumeu padrasto me pegou no colo contos eroticosComo se escreve “ manda video porno ” em inglesxvıdeo anal com novınhascontos mulheres que gostam de cu de homemhomens metalirgico cacetudpscoroa grisalho com uma chapeleta muito grande comendo um garoto novinhocontos da minha sogra deixando a calcinha pra mim cheiratitia batendo punheta sobrinho rola cabeçudazofila cavalo enche cu da mulher de porra ate escorrer -youtube.comporno mulheres com alta preção no cu jogs bosta longemaduras no meu cu nao porraaa paraaa aiiiiivideos de garotas vendo bucetas em telao bem grande se masturbamae e filho trazando ele goza detro delascontos da minha sogra me pedindo pra cheirar sua calcinhaconto erotico flagrei meu irmao comendo mamaebaixar video Enteada safadinha bem cadela transando com seu padrasto sem vergonha. Bem putinha ela foi ate o quarto do padrasto e la pegou ele dormindo, tirando a cueca delecontos erotico minha sobrinha veio em casacontos eroticos provocando meu cunhadosexo caseiro jardineiro comendo cu da tiaxsvideo Historias e relatos reais esposa pega marido dando o cu pro negraohotmail muletodatentando meter com pinto inchadoo tio tarado estrupando a sobrinha clitado de dorFredzoo pornosuruba em familia so sexoexvidio comi á mińha pastora da igrejaeu qeuro vidio di sexogostosinha do sistema opressor se basturbandovídeo de Juliana Paes toda nua umbiguinhoporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelMeu vampiro romance gay capitulo 21tomou comprimidos de tesao e ele tesou forte mulher pornovideos porno eu estava dormindo e ele chupou a minha bucetinha e eu noa acordeiesposa caladinha com estocadaswww.seduçao e satisfaçao porno incesto italianocasada só engole a porra do amante e nunca do marido traindo porno vídeoqero assistir video de porno de baiana rebolando na pica.contos sexo anal concunhada concunhadotortura porno linguada no clitorishomen toma banho de coeca pica fica dura mundobichaporno contos pelo zpMulher andando de fildental arredor do homem ai depois o homem aranca no dente e gosa na buceta delacache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 contos de sexo depilada na praiadomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticosGozei na buceta da crente velha contosporno gay com agente peniteciario sarados e gostosoflagras escolas picantever vidio pitudo dando uns amasso na novinha que nunca vio rolavidios de cachorro pauzudo emgatado nas novinhas ate o talominha irma e casada mais e putasexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandoesposa fica brava amate gosa dentro xvidio