Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A Prostituta e o Garoto

Autor: Leo 1000
Categoria: Heterossexual
Data: 01/07/2008 19:52:32
Última revisão: 03/07/2008 11:01:21
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual, Sexo
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bons tempos aqueles. Saia do Colégio Estadual do Paraná e ia tomar o ônibus na Praça Tiradentes, aqui em Curitiba.

No caminho passava pela Rua Riachuello, barra pesada, com muita prostituição, mas sem o problema das drogas que, naquela época, quase não existia.

Estudantes e prostitutas. Relação de amor, ódio, desejo, fantasias.

Eu tinha 16 anos. Embora baixo (1,69m) fazia sucesso com as meninas. Já tinha dado uns malhos de leve, pegado nos peitinhos de uma garota, algumas brincadeirinhas com as primas e só. Desconhecia os prazeres do sexo adulto. Só masturbação, imaginação, vontade.

Vitor, um amigo meu, tinha 18 anos e já era um putanheiro de primeira.

Uma noite, encontrei com o Vitor. Ele me convidou para tomar uma bebida. Fomos a um bar de quinta categoria, mal frequentado, de aparência tosca. Começamos a beber e conversar sobre mulheres. Falei a ele que nunca tinha transado. Vitor não teve dúvida. Chamou por uma prostituta conhecida sua. Seu nome era Doralice. Era bonitinha até. Tipo mignon, corpinho razoável.

Vitor falou para ela:

- Este meu amigo é virgem. Nunca comeu ninguém. Por que você não dá uma trepada com ele?

Doralice devia ter uns 25 anos. Ela olhou para mim interessada. Terminamos de tomar a bebida e ela me levou para um hotel mequetrefe, mais ou menos da mesma categoria do bar, onde estávamos. Lá despiu-se, primeiramente e depois começou a me beijar, passar a mão pelo meu corpo, até que num dado momento começou a tirar a minha roupa. São imagens que ficaram para sempre. Até hoje eu lembro da sensação de ver os seios pequeninos de Doralice apontando seus bicos para mim. É impressionante como o sexo é algo natural. Mesmo sem experiência alguma sei que tive um desempenho de boa qualidade. Chupei aqueles seios como se fosse a última coisa que faria na minha vida. Doralice vibrava, sentia prazer. A prostituta não fazia sexo com o garoto mas sim fazia amor. Puxava minha cabeça contra seu peito, acariciava meus cabelos. Eram atitudes de mulher para homem ou, quem sabe, de mãe para filho. Eu sentia carinho, amor daquela mulher para comigo. Quem sabe acostumada com as agruras da vida de meretriz, naquele momento, ela pode dar um pouco de amor que tinha dentro de si.

Foi a primeira trepada que eu dei e a Doralice gostou tanto que se apaixonou por mim. E amor de prostituta não é mole.

Quando gozei, depois de quase uma hora de trepação, Doralice olhou para o meu pênis e exclamou:

- Puta vida, gozei 3 vezes, você meteu um tempão e ainda tá com o pinto duro?

A partir daquela noite, sempre que eu passava na Rua Riachuello e a Doralice me via, vinha correndo em minha direção. Me abraçava, beijava, ficava toda carinhosa. Em uma das ocasiões, me puxou pelo braço e foi me apresentar para suas colegas de profissão:

- Este é meu homem!, exclamou.

- E o que você vai fazer com ele, dar de mamar? perguntou outra, que depois descobri que se chamava Yolanda.

Acabei comendo a Doralice algumas vezes. Ela pagava até o hotel.

Certa ocasião, eu e um primo meu, passávamos pela Rua Barão do Serro Azul, próxima da Riachuello, e lá estava a Yolanda. Ao me ver exclamou:

- Lá vai o pirralho da Doralice.

- Pirralho é a puta que te pariu, respondi.

Virou um bate-boca danado. A vagabunda acertou minhas costas com o salto alto de seu sapato. Estremeci de dor. O salto era de ferro em seu interior. Uma verdadeira arma.

No meio da confusão, não sei de onde surgiu a Doralice. Ao ver Yolanda brigando comigo, não teve dúvidas, atracou-se com ela. O tempo fechou de vez.

Meu primo puxou-me pelo braço e disse: - Vamos cair fora. Daqui a pouco a polícia chega.

Saímos rapidamente rumo à Praça Tiradentes. Não tínhamos percorrido nem 100 metros e passa por nós um carro da Polícia.

Conseguimos chegar no ponto do ônibus, entramos rapidamente e fomos embora.

Nunca mais comi a Doralice.

Talvez minha história não seja muito erótica, mas foi uma experiência pela qual passei e relatei sem enfeitar. Tenho certeza que deve ser muito parecida com iniciações de muitos leitores.

Uma coisa é certa: Nunca mais esqueci da Doralice.

Comentários

16/02/2013 00:12:14
Gostei mesmo! Vale 10.
03/07/2008 18:20:38
Kaustin, foi ela que me transformou. Ela foi a primeira de muitas. Naquela época as coisas eram bem diferentes. Perdi a conta de quantas foram, mas imagino que deve estar perto de duzentas.
03/07/2008 13:31:00
Todo homem ja transou com uma prostituta, mas vc com 16 anos ta muito devargar, nesta idade eu já tinha traçados no mínimo umas oito ou mais, vc parecia um padre, cheio de medo cheio de tabu...... oi..... acorda;;;;;;; estamos no ano de
02/07/2008 10:20:59
Gostei muito, Leo. Seus textos são sempre um primor na escrita, enxutos e bem organizados. Mas principalmente, há quase sempre um conteúdo humano que vai além da pura pornografia. Parabéns!
01/07/2008 20:47:12
É uma tristeza muito grande! Eu também já estive com algumas mulheres com essa profissão. E me lembro de algumas. Mas me lembro muito bem duma em particular. Jamais a esquecerei. Só fui para a cama com ela uma vez, mas ela é inesquecível. O nome dela é Diana e é brasileira. Quem me dera saber mais sobre ela. Ela sumiu do mapa e eu nunca mais a vi desde aquele dia!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


chupando a b***** dela e ela chupando meu pau até nós gozarmos juntostia novinha dacu dominomacho cheira pica homem ensebadazoofilia genicologista enfia alargador na buceta da noviasexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandocarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascosexocunetesaiu sangue da buceta da minha namorada quando nos estavamos trazandoqual a posicao que temos que fazer quando damos o anus e para o espesma na escorrer para a vaginacontos de sexo depilada na praiavideos de sexo louco e com pegada chupão, arranhãocontos gay ajudando meu pai fechar a venda 2sexporno so com as mulher corpudona e apertadinha bota chorapulomuitoem.cima.de.mim.pornoContos eroticos novinha o velho mr pegocontis eroticos incesto faxina em familiatemto core mais eu pegeibrasilera xvideoMulher adulta. Criando pentelho. Na bucetaNecsEexdando com dorbuceta pro pai irmaoEgua ciscano a Buçetasexocazeiro onibotirei a virgindade da minha empregadaarrumei um macho bem r***** pra f**** o c****** do meu marido contos gaydesde novinha ja fudialavano a becetafilha faz as pazes com o pai xxxcasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodetia ensinando osobrinho acome bocesta seso videu reau azeiroensopando o cuzinho com gelcarioca dando buceta peluda pros dois marmanjos e gemendo alto pornodoidoconto erotico a menina crente classicobaixar vídeo pornô mulher fazendo sinal com a mão presa na pia para o homem comer elaContas de incesto mãe tarada descabacando filho a força com fotonovos contos eroticos de maes dandos suas calcinhas usadas como premio pros filhosloirinhas da minha região, estou doidinho para acabar com seu sufrimento sexualvídeo de sexo amador brasileiro de Osasco Eloisa oliveira dando o cu para doisninfeta de fio atolada no fundilbdsm humilhaçao extrema contoporno pagando dívida com a mulher e a mae5 contoContos encontrei minha filha no puteiromorena arregalou os olhos dando cu e gozandovideos porno meu vizinho é louco por minha bundaMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhosconto erotico amamentando velho negroflagrei minha filhinha mamando o irmao com um mastro enorme contos eróticosnao resiste as investidas do meu genro contopervertido passando a mao na bucetinhaadolecens safadas trazandoxvideo filinha mimada senta no colo do papai para masturbaquero ver video da a mulher memesia a buceta o cuconto gay virei namorado do tio viuvoVidio policial afuder na permaneciaFamiliasacana queridi.ho da mamaevelho roludo come filha familia tdfotos de mulher com pinto e buceta crudandoscinquentona brincando com pauzudo dentro do carrocunhada safada e a mulher alisando o cunhado caralhudo ,contos e relatos eroticosxvideos putas fazendo sexo com cavalos rasgando avagina sangrarporno gay de irmaos e primos quadruploContos eroticos anal de ipatinga mgmoças todas cagadas e meladasvideo porno com Malumandecuzinho mulher no comando rebola analtitia sacana estourando a fimose do sobrinhoporno A garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado kkkkkcontos eroticos injeçaoJairinho baiano pornô gayrapaz com pau enorme na prai de nudismo no brasil e gostosa nao resiste e da p elemulher casada d vicosa mg d calca apertada na bucetaContos me encheram de porra na frente do meu maridocontos eróticos irmãsgordo tenta escapar do negão mais ele pega ela na pose frango assado faz grita XVídeosMinha tia evangélica no sofá tarada sexo com monstroscontos eroticos peguei meu marido dando pro caseiro. negao adotei eleporno rabuda pulando narachegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornosou puta e pratico zoofiliaporno doido chochotinasmulher casada se exibindo para o encanador enguiçado e ele sem calcinha só de saiaeu quero mulher tem pinto comendo viado que amanhece a tempinho comendo vi antes vídeo pornô vídeoas siriricas mais escandalozaszoofilia no Congovideo de corno chupado o pau do negam juto com a esposacontos casal pau inchandoprima separada com tesaoporque o quando nomoramos os homens ficam pegando na bunda da mulher