Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Comi a esposa do Amigo da Família

Autor: Chicão
Categoria: Heterossexual
Data: 01/07/2008 23:45:57
Nota 9.00
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Essa história inicia-se com uma festa em minha casa quando conheci Solange, morena alegre, sorriso lindo e muito comunicativa. Pense numa morena de quadris pequenos e de uma bundinha apetitosa. Os seus seios pequenos porém pontudos, guardados em um vestido preto e bem decotado, pareciam querer pular.

De lado, seu marido, Paulo era um sujeito bom e simpático. Jovem casal com idade entre 24 e 25 anos soubera depois.

Eu jovem de vinte e um anos, mais ou menos, solteiro e cheio de tesão. Porém, não podia ver " borboleta levantar asas" que ficava doido.

Divertíamo-nos todos, sem maldade, bebendo, dançando.

Lembro que Carlos, meu irmão casado, falou-me: Vê que bicha gostosa! Ela de vez em quando dá umas olhadas pra ti. Eu retruquei dizendo: É casada e não dá pra mim. Tenho medo!!!

Ao fim da festa, muitos ficaram ao redor de Paulo que dedilhava canções antigas e recentes e eu como sempre preocupado em orientar a empregada para jogar lixo aqui, guardar latinhas de cerveja no saquinho e essas coisas que depois sobra para quem fica.

Foi aí que ela ao sair do banheiro chamou-me, apresentou-se e disse-me que ali estava porque Paulo tinha trabalhado com meu falecido pai. E o tinha na mesma coosideração e de um encontro com minha Mãe foram chamados para seu aniversário.

Abri uma cerveja, a seu pedido, e ficamos no terraço a ver o pessoal no pátio.

Ela então falou que no próximo fim de semana estaria de volta. Pois, Paulo e minha irmã íam fazer vestibular no mesmo local e ele facilitaria levando-a.

Passou-se a semana, veio o sábado. Eu acordei na hora do almoço coincidindo com a chegada de minha Mãe, Paulo. Solange e Débora minha irmã que foram passear na praia.

Após o almoço, todos dormiram. Eu fui a um quartinho atrás de casa e quando entrei tomei um baita de um susto. Lá estava ela a Simone, sozinha e de biquíni.

Linda com aqueles peitinhos gostosos.

Quando me viu disse: Chicão que susto! E eu disse, também meio assustado: Meu Deus! Como você é linda! E, na tora, perguntei: Posso tomar banho contigo.

Você é doido. Paulo está no terraço tirando a sesta, tua mãe dormindo no quarto dela, tua irmã saiu junto com a empregadinha.

Eu falei: deixa te passar o sabonete. Ela disse, gentilmente, passa.

Comecei a esfregar-lhe o corpo, beijei-lhe, pus ela de costas, beijei o pescocinho gostoso e pus a mão em sua bucetinha procurando o grelinho gostoso.

Ela soltou um gemido, pegou no meu pau duro e começou a punhetá-lo em um vai e vem louco.

Virei-a novamente, desliguei o chuveiro, ajoelhei-me e comecei a chupar aquela buceta maravilhosa. Ela segurava no registro, com uma mão, e com a outra forçava minha cabeça. Sussurava: Vai bichinho chupa gostoso, faz-me gozar gostoso, lambe, lambe tudo.....

Eu esqueci tudo e todos e só sentia aquela coisa gostosa e quente enchendo a minha boca. Uma xana depiladinha, forte com gosto de amor que dançava na minha língua maluca que acariciava.

De repente, ela disse: Pára amor, pára amor, estou com medo.

Deu um salto e disse: Amanhã: Paulo vai com tua irmã para o Vestibular. Eu venho bem cedo com ele e aproveitando tua mãe dormindo. Eu vou ao teu quarto.

Pimba! Não deu outra!

No domingo: Eu acordara bem cedo. Ajeitei-me e subi, meu quarto fica no primeiro andar da casa, após comer algo rápido e tentando não fazer zoada. Parecia um rato.

Vi-os chegar. Escutei minha irmã falar qualquer coisa como: Já estou pronta. Mas, não escutei a voz de Simone.

Bem, fiquei ali naquela manhã. E, pensei que cara azarado.

De repente, Simone entra em meu quarto com um conjuntinho branquinho mostrando aqueles peitinhos duros e com um shortinho de mesma cor.

Tudo bem amorzinho? Tua mãe está dormindo e a empregada foi recomendada a não acordá-la mesmo comigo aqui.

Na mesma hora, pus o colchão no chão, deitamos e comecei a beijar a boquinha loucamente, depois chupei e mordisquei suavemente seus peitinhos gostosos, ora um ora outro. A minha mão vagava já a procura de sua fenda cheirosa e gostosa.

Enquanto as delas procurava tirar meu cacete da cueca.

Levantei pedi-lhe para fazer o mesmo e coloquei-a de costas para cheirar e depois beijar-lhe suavemente aquele pescocinho tão bonito.

Ela falou: Não faz assim, amor, fico toda arrepiada. E deu aquele sorrisinho gostoso e safado.

Deitamos e saí descendo com a língua até chegar em sua fendinha. Lá chegando, comecei primeira a alternar cheirinhos e beijinhos em sua bucetinha. Ela se via doida e sussurava me lambe gostoso, quero ser tua e faz comigo o que ele não faz, me alucina. E, foi aí que rodopiei o corpo para ela e ela entendendo começou uma meia nove que me deixou mais louco. Eu era chupado loucamente e minha língua vadiava entre a bucetinha e aquele cuzinho quente.

Voltei-me novamente e comecei a penetrá-la. Dava-lhe três estocadas boas e fortes e tirava o cacete duro. Repeti essa técnica umas cinco vezes.

Ela ficou louca de tesão e disse: Goza gostoso em mim, sem medo, amor, tomei a pílula só pra te ter. Vai goza.... Por favor meu bichinho gostoso.

Não me fiz de rogado e comecei a estocar-lhe a buceta freneticamente aquela xota gostosa e beijando sua boquinha até gozarmos. Não sei se juntos ou só. Com dezenove anos...só sei que gozei.

Ficamos ali abracadinhos e eis que de repente. Ela ficou de e comçou a chupar minha pica que foi aos poucos ficando dura, latejante e molhada. Ela tomava minha porra como se fosse leitinho quente saindo dos peitinhos de uma vaca.

Estiquei o braço e meio desajeitado comecei a enfiar o dedo em seu cuzinho.

Ela parou e disse: É cabaço. Quer comer ?

Porra !! Enchi-me de tesão, puxei-lhe para cima e dei-lhe um beijo gostoso.

Ela disse espera aí. Levantou-se e me estendeu uma embrulhinho com manteiga e uma camisinha. Aí falou-me cinicamente: Eu penso em tudo. Sabia que ías querer. Ele nunca tentou, quero te dar...

Ela ficou de quatro, barriguinha no travesseiro mostrando aquele botãozinho lindo!

Comecei chupando sua buceta e, ao mesmo tempo, no cuzinho enfiava-lhe o dedinho com manteiga. Ela tremia toda e dizia: Fode esse cuzinho amor, é só teu. Empurrei a cabeça da rola, meio desajeitado, naquele cuzinho quente, apertadinho e gostoso. Ela sentiu a penetração e chorava, se contorcia e mordia o lençol para não gritar. Ela falava que dor gostosa, que coisa diferente...

Gozei naquele cuzinho, tirei a pica. Ela abraçou-me, ficamos ali juntinhos e beijando aquela boquinha preguicosinha, teimosa para outras ocasiões.

Que saudades tenho da Simone......

Comentários

15/01/2009 03:48:49
Amigo, bem que vc poderia fazer feliz a esposa de um outro Paulo, né? Poxa, qdo vc vai convidar Jennefer e eu p/ uma festinha em sua casa? abraços
06/01/2009 15:00:17
muito bom conte mais, gosto muito de contpo que se trata de casadinha
03/07/2008 20:00:36
O nome da gata nem é Simone, nem Solange. Realmente, errei no fim ao trocar de nome. Melhor assim, a jovem ainda continua casada. Motivo: Juro como escrevi lembrando os fatos reais que me aconteceram. Talvez, a excitação e o cansaço tenham me dominado no momento. Sem mais obrigado !!!
02/07/2008 08:28:14
Bem pessoal!não sei porque mas a maioria dos contos `só acabam "supostamente" com os caras comendo o "cú" das garotas.isso é incrivél ñ acham.
02/07/2008 08:13:04
conto massa!!! agora era Simone ou Solange???
02/07/2008 07:24:19

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


ngatadas anais zofilia contoscontos eroticos dormindo com primocontos menina chuponaContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadohomem goando muito na buca do viado mundo bichaleitinho do padrinho contos gayAE cristal de futibol Amador de CristalinaContos eroticos entre padre e noviçaSite porno de facio asseçonora safadas descobri que sogro tem a pica enormepono vinha.neguinhacontos eroticos pagando a dívida a forçaContos eroticos de mamae e filhas gulosas mamando nos pauzao grandao grossao dos cinco filhos numa suruba em casacontos eróticos brincando cometi o incestoxivideo homem cumendo veaprovoquei meu filho vestindo um fil dental video pornonovinha de sai deincha ver a bucetanegao pega moha mulher e fode ela toda sexvi um negao tonhao rasgamdo a xota da minha esposaxviido cabelo novilnhacontos porque virei crossdressingcomi minha cadelalésbica com p********* chuchada na garotinha gostosacontos da minha sogra deixando a calcinha pra mim cheiragravidas com picudos/contos atuaisContos Eróticos De Minha Vizinha VeraConto erotico gay mão bobaSogra Contos Eroticosmeu padrasto me encochava contos eróticos de gaysfilme porno home nergro sorca vara na imtiadagay fazeno sexo com cachorro e fica engatadoamigas segurando a amiga pa ser estrupada na despedida de solteirasexo taboo com toda a família contos ineditos mães e filhos online contos de incesto conto erotico chantageando filha prostitutaForcei minha mae e ficar nua conto incestosexoalvesmulher gorda e velha com as pregas do cu frouxa peidando porramulher bonbando sua buceta ate seu grilo ficar grande e homem fica louco x videoposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularMULHERES GOZANDO COM FORTES MODISCADAS NA ROLA DO CARA DE MUITO TESAOxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa e pede pra nao goza dretroacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendotia de leg balacado as pernas abertas xv.eu qeuro vidio di sexoxxvideos loirinha da para o cachorro de raça alemã Conto erotico de mulher que chorora muitosono rabo daconhadacontos erótico evangélica novinhahomens roludos e picudos nu de rondoniaconto eróticos padrasto chupa a estiada de 8 anosAssuntos:lesbica contos eroticos patroa com sua cinta de consolo tirou a virgindade da buceta e do cu da sua empregadairmão gemeos loirinhos emos gay fazendo sacanagemconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosaEu e minha mãe no ônibus de excursão-contos-incesto-filho e mãe-incesto no onibusso fotos da namorada do traficanti nem de chortinho disngatadas anais zofilia contospraticante de zoofiliaxvidios mulheres fundeno na ginástica video mae destraida arrumando a casa e filho bulinando querendo fude videoconto erotico comendo rabo da dona da verdureirafodie cusao do meu entido bundao pornocontos de sogro metendo pau na noracontos eroticos virei vadia novinhaContos eróticos Trasei com amigas da minha namoradaContos eroticos de mamae e filhas gulosas mamando nos pauzao grandao grossao dos cinco filhos numa suruba em casacontos eróticos gay cunete entre molequesxvideos gostosas esbugalhou os olhos quando o pau grande entrou tudo de uma vezsamara tirando a virgindade da bucetacontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramMeu vampiro romance gay capitulo 21Vai vai no cu conto incestoenfiando o dedo na cabacinha delaMaduras chupando novinhos contoseroticosContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudi