Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

NÃO DEIXE BAIXINHA COM RAIVA. ELA VINGA.

Autor: Marmanjo64
Categoria: Heterossexual
Data: 27/08/2008 00:19:08
Nota 5.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

NÃO DEIXE BAIXINHA COM RAIVA. ELA VINGA.

Todos meus amigos sabem, sou doido por mulher baixinha, não escondo isto de ninguem.

O vizinho da frente mudou para outra cidade, um vizinho novo chegou no dia seguinte, durante a segunda noite deles na casa nova, já deu um pau de briga feio, entre o pai e filha, uma garota de desseis anos que apanhou muito, a rua toda ouviu e ficou sabendo que eles mudaram porque o pai pegou a filha dando pra seu namorado.

Passou uma semana e eu não tinha olhado a garota, certo dia éra noitinha ela saiu até o portão da rua, deu uma olhadinha e voltou rápido pra dentro, foi tempo suficiente para mim, observei a baixinha mais linda que até hoje eu conhesci.

O novo vizinho seu geraldo éra táxista, sua esposa dona Célia éra advogada e logo arranjou serviço em um escritório no centro da cidade, tentei aproximar do casal de vizinho, domingo de manha fiz um churrasco e convidei eles para marcar presença, só compareceram o marido e mulher a baixinha não deu as caras.

Certo dia de manha ouvi seu pai no celular dizendo que iria levar um empresário para o estado vizinho e que só voltaria quatro dias depois, no próscimo dia de manha dona Célia saiu cedo para seu serviço, eu fiquei de olho na porta da casa deles e nada de ver a baixinha, foi que lembrei que seu Geraldo tinha me passado o telefone caso eu precissace de seus serviços, liguei na mesma hora ouvi uma voz rouca no outro lado, a baixinha acordou com toque do aparelho.

Perguntei pelo seu pai, disse que tinha viajado, fui meio direto e disse que tinha lhe visto no portão aquela noite e queria falar com ela, depois de meia hora eu estava dentro da casa dela com a minha boca colada na dela num beijo gostoso e alucinante.

Senti aquela garota tesuda, toda exitada nos braços, feito uma putinha gemendo muito, deslizava as mãos pelo seu corpo e apertava seu bumbum, tirei sua camisola, seus seios ficaram bem na frente de minha boca, passei a lingua bem de leve em seus mamilos, dava umas chupadinhas naqueles biquinhos rosados e de vez enquando colocava eles na boca, ela queria era beijar, não ficava muito tempo sem meter a lingua dentro da minha boca, desci a mão direita pelo seu corpo, peguei e abaixai sua calçinha e passei meus dedos de baixo pra cima dentro de sua raxinha, ficaram molhados, ela já estava pingando de tesão, fui baixando a boca passando a lingua por sua barriga, quando senti os pelos de sua xaninda na boca fui direto no seu clitoris, chupei aquele clitoris durinho, enfiei a lingua bem dentro de sua raxinha e suguei aquela xana, senti seu burraquinho na ponta da lingua e forçei para dentro, ela se ergueu para cima, urrou de tesão e disse.

>Esta gostoso, que maravilha, faça mais vezes, vaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiii.

Endureci a lingua e forçei, mas senti que não entrava, só sentia a pontinha bem colocada na portinha de sua xana. minhas mãos subiam tocando sua péle arrepiadinha de tesão, pegava os seios delas e apertava de leve, com os dedos torcia as pontinhas e ela delirava de prazer, deitei ela no sofa, abri bem suas pernas, coloquei uma delas por cima de meu ombro, olhei aquela xaninha rosadinha, com os grandes lábios vermelhinhos, tinha bem poucos pelos em redor, meu pau colou na barriga de duro e pulsava parecia que iria esplodir, chupei ela com vontade, coloquei todinha na boca e dei uma mordidinha com pouca força, tremi a lingua no seu clitoris, ela gemia muito, passei a lingua forçando ele para os lados e sentia aquela gatinha delirar de exitação, com os lábios eu apertava ele e chupava pra cima, ela fiacava exitadisima, sua respiração estava ofegante, seu corpo tremia, sua xana ficou ensopada, ela esticava as pernas para o alto, gemia feito uma gata, gritava baixinho segurando para que ninguem ouvisse, gozou gostoso na minha boca, suguei aquele melzinho todo, deixei toda enchutinha e limpinha a xana dela, quando deitei em cima dela ela ficou nervosa e .

>Eu nunca tranzei sou virgem.

>Você esta brincando comigo gata.

>Não tou não eu nunca fiquei com niinguem.

>Mas estes dias seu pai te bateu e nos soubemos que vocês mudaram para este bairro porque ele te pegou dando pra um cara.

>È por isto que eu estou aqui contigo, eu não fiz nada com meu namorado, foi o pai que deduzio só porque viu eu chupando o pau dele, jurei que o primeiro homem que me cantasse eu daria pra ele.

>Então, deixe eu penetrar na sua xaninha, vou colocar bem devagar, não vou machucar você.

>Tenho medo, seu pau é grande demais.

Enquanto ela falava sentia ela empurar sua xaninha contra a cabeça do meu pau, coloquei a camisinha e fui forçando bem devagar, quando senti que passou a cabeça da portinha eu parei, ela ficou calada por um instante e começou gostar, foi se movimentando, o pau deslizando para dentro, entrando bem de leve, sentia que ia fazendo uma cinta nele, começei dar umas chupadinhas nos seus mamilos, pegava as pontinhas de seus seios com os lábios puxava para cima e soltava, seus olhos fechados sentindo o primeiro pau dentro de sua bucetinha, ela curtia cada centimetro que entrava, pediu.

>Beija minha boca.

Chupei sua boca molhada com força, ela estava com uma tesão furiosa, iniciou um movimento nos quadris, sua xaninha foi laceando, senti que ela já estava gostando de sentir o pau atolado nela, tirei a metade dele e empurei de novo, ela delirou, urrou de prazer, descontrolada pela exitação que sentia.

>Aaaaaaaaaaaaaaaiiii que gostooooso faz e novo fazzzz.

Tirava e botava, fui aumentando aos poucos, senti sua xaninha se contrair e apertar meu pau, curti aquela sensação gostosa de sentir o pau todo da cabeça ao tronco sendo sugado, massageado pelas contrações de uma vagina virem gozando, sua xaninha ficou lizinha de molhada, ela entrou em transe éra seu primeiro orgasmo multiplo..

>Me coma, fode minha buceta, eu nunca senti esta sensação gostosa, você esta me deixando louca, to adorando, coloca tudo dentro dela com força, vaaaaiii.

Sentindo uma tesão forte, meu pau pulsava, não pude esperar mais enchi a camisinha de porra, ela sentiu meu momento, me beijou, passou suas mãos delicadas no meu corpo, pegou os meus cabelos e puxou, fez carinho no meu rosto, colamos os lábios num beijo demorado, molhado, gostoso, até hoje ainda é inequessivel.

Depois fodi ela de quatro, ela ainda pediu pra mim arrancar o cabaço de seu cuzinho mas não aguentou a dor. no outro dia sim, isto na outra vez eu digo.

Ainda continuo tarado por baixinha.

Olha o comentário.

Obrigado.

Comentários

27/08/2008 00:36:27
Idiota, nada mais, nada menos. Zerão.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Continuasao do video porno do pia esfregando na mae video chinesmulher encapetada sexo14aninhos xotas lizinhagostsona dando o cu pro negao roludo egritandohomem nu da cu seminaristacomi a pmcontos eroticos textosdominadora scat merda bostacontos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho deleSou a cadelinha do cão labrador contosa empregada sai do banheiro nua para encabular ou encabular o dono da casacontos eroticos meu cachorrinhocontos eroticos de caminhoneiros fudendo homens em posto de combustiveiswww.xvideos.bucetaovirgenspauzao para meu marido e eu, exibidajumento racudo comendo xota da mulher zoofiliafodendo com maxima velocidade e sem piedade pornoxvideo professora lecionando de shortinho atolado no cucomendo o primo a foçaxvideosnovinha deixou o tii passar a mao na bucetinha em troca de dinheirotrabalhadora chote curto pornovideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetadotado se a mão no cu da vagabunda tá depositei o pintogang gang varios machos da familia italiana fodendo minha filha putaajudinha da fucionaria do mercado xvideosBabá velha finge dormir e e emrrabada pelo novinho contos eróticosencubado flagrado dando o cucontos eroticos adoro quando minha esposa si ezibi pra outro quase peladaCorno humilhado na lua de melMeu primo playbou carioca conto gay cap 3doce nanda parte cinco contos eroticoscontos de sexo depilando a sograconto coroa bunda gigante sodomizadaporno brasileira pequei miha irma toma banho e tirei a virgindade delaconto erotico com crentemalandro se asusta com o tamanho da buceta da novinha bebadaxvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinobovidios d senhora com corpo gostoso e seios parados e arebitadoscontos erotico sobrinho pausudo so de sungaporno caseiro dupla penetraçao ela fica brava porque doeu o cuadoro uma rola gg me rasgando contosXVídeos pornô padrasto comendo enteada ela me procurou e eu não resisti vídeo brasileiroconto marido comeu meu cugta v a minha secretaria ta dando mole fizemos sexo no escritorioporno violento da ruiva doiz homemmoças todas cagadas e meladasde chortinho pensando no namorado porncontos de sexo raspei minha bucetacontos eroticos Robertaincesto amador no surdãoquantos centímetros tem o penes do pro boteinoconto novinha vigen perdeu o cabaco da buceta e do cu no mesmo dia pro pitudoistoria da netinha qui o banhava lavando su cumulher com marido nabalada sarano outro pornocuckold adeptosTeste de felisidade aparesendo opinto e a pererecaMulher enfregrando a rola do jumento na bucetaContos eróticos d homem com éguacondominio traicao videos cuckoldgostosa gordinhas tirando cabeçaevangélica Sáfadinha mostrando a bucetameu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.tia perucas carinha de anjo nua peladavideo curtinhonovinha gozando pelo cuzinhocontos de filha crentepedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gayscontos de sogro metendo pau na norapai cheira a cueca do filho com gozoquadradinho erotico incesto COM HUMORmunhe engulido a gala sem tira u pau da pocacontos eróticos de esposinha branquinha fazendo Dp interracial com vibradorS-&-w- Casa Dos Contospornodoido.pai.aretando.filra.darmindoforçando a enteada dar o priquito e o cu pro padrastorevista em qadrinho mae mulata de calsinha de rendinha atolada no rabo pede pro filho come sua busetaconto na enchente comi a mulher do chefeContos eroticos:Fui fodida por varios roludos no cinema chorei de dor e pedir para pararemvideo porn foi arrombada com negao ate cagou e vomitouas gordinha r***** dando o vaqueiro na Fazendacoroa ponha cao para chupalaviado tocando punheta para o homem fazendo fio terra e gozando tudo na mãoporno doido travetis fundenocoxas descoloridas fazendo sexoCONTOS SEXO NO COLOwww.x10 porno incesto mãe e filha obrigando ao filho para transar com elasfazendeiro malvado mundobichaminha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.metendo na salgadeira bunduda