Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Nossa filhinha cadelinha e putinha

Autor: babinha
Categoria: Grupal
Data: 05/08/2008 14:33:42
Nota 9.38
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Nossa filhinha cadelinha e putinha

Estava em casa aguardando a chegada de Carlos, quando o telefone toca, corro para atender e uma voz tesuda me diz que me daria um doce se eu adivinhasse quem era.

Pensei, mais não conseguia me lembrar daquela voz, e finalmente falei, acho que vou perder o doce... Bobinha, disse a voz rindo, é sua amiga Julieta de São Paulo, já esqueceu de mim, amor.

Pedi mil perdões pela não lembrança e começamos a conversar amenidades. Julieta me disse que tinha se separado de Mariana, e agora estava casada novamente e que eu com certeza iria adorar conhecer sua nova amiguinha. Pediu-me que assim que Carlos chegasse ligasse para ela, pois ela queria pedir um favorzão a ele.

Conversamos mais um tempo, e tempo este suficiente de que eu me lembrasse de tudo que já havíamos feito e comecei a me masturbar gostoso, e conforme ia me masturbando ia falando com ela da forma como estava fazendo e pedindo a ela que se masturbasse também via Embratel, queria sentir em meus ouvidos novamente sua voz de tesão, e assim ficamos por mais uns vinte minutos neste sarro virtual.

Desliguei o telefone, voltei a fazer o que estava fazendo e novamente gozei gostoso.

Passou-se um tempo, Carlos chegou, disse-lhe a novidade e da urgência que Julieta tinha em falar-lhe, dando-lhe o telefone dela para que ele ligasse.

Carlos foi para o banheiro tomar banho, e eu fui atrás, precisava mamar sua caceta, beber seu leitinho... e assim o fiz.

Só ai me dei conta de que tinha feito isso tudo, sem prestar a mínima atenção de que minha filha estava em casa, e com certeza deve ter escutado meus gemidos, pois sei que gemo alto quando bato uma siririca, mais agora era tarde... se ela escutou, não nos disse nada.

Carlos pediu então que eu ligasse para Julieta e lhe desse para falar, eu imediatamente fiz o que ele pediu, já me sentia melada só em pensar o que ela queria com ele.

Os dois conversaram por algum tempo, acertaram algumas coisas e finalmente Carlos desligou o telefone e disse-me que estaríamos indo para São Paulo passar o próximo final de semana... me senti derreter de tanto melzinho que saiu de minha xota.

Neste exato momento entra na sala nossa filhota, vestia apenas calcinha e camiseta, ela adorava andar assim, e nos adorávamos vê-la assim, sentou-se no colo do pai, beijou-lhe os lábios rapidamente como sempre fazia e comentou com ele que eu gemi super alto numa ligação recebida momentos antes dele chegar. Ela tinha escutado e agora estava fazendo eu saber que eu gritei alto mesmo. Rimos de sua brincadeira e logo senti ela se ajeitar no colo do pai, esta menina era mais putinha do que eu, a mãe dela, nos três tínhamos uma relação incestuosa, ela aprendera comigo a forma de dar e sentir carinho com o pai dela, e ela sabia ser bem cadelinha também, esta era uma situação que guardávamos para nos três, ninguém sabia e nem desconfiava disso. Era o nosso segredo.

Ela ajeitava-se na caceta de Carlos, que já estava dando sinais de vitalidade, e ela rebolava mansamente encima da caceta, e com seus dedinhos dedilhava seu grelhinho e pediu para que eu a fizesse gozar gostoso... Carlos com a ponta dos dedos afastou sua calcinha para o lado e mandou que eu fosse dar prazer para nossa filhinha, ajoelhei-me e comecei a mamar aquela xotinha lisinha, sem um pelinho, pois sempre lhe ensinei a manter a xota lisinha, e logo nos duas estávamos emboladas no chão fazendo um 69. E Carlos se divertia enfiando sua caceta naquela xotinha linda e quase infantil... mais que já agüentava todinha a vara de nosso macho... e fizemos ela gozar gemendo e pedindo que o papai dela a machucasse gostoso, e ele como sempre atendia a seu pedidos, enfiou a caceta de uma só vez em seu cuzinho, fazendo-lhe urrar e dizer que agora sim, estava gostoso, pois ele a havia subjugado e ela sentia dor, e como adorava sentir dor... seu pai então deu-lhe alguns tapas no rosto, mandando que ela enfiasse sua língua o maximo que pudesse na minha xota e eu sentia sua lingüinha entrar profundamente dentro de mim... e ela ainda levando tapas do pai, gozou gostoso e fez questão de gozar fazendo um xixizinho em minha boca, era uma outra coisa que ela adorava, mijar enquanto gozava e eu aprendi a bebe-la todinha... e juntas gozávamos como duas vadias.

Juntas satisfazíamos nosso macho, meu marido e seu pai, mais nosso macho... este era o nosso segredo.

Jantamos, conversamos a respeito de nossa ida para São Paulo neste próximo final de semana, informando-lhe que ela ficaria na casa de sua avó esperando nossa volta e ele seu pai, não queria que ela ficasse de vadiagem com ninguém... mais isso não me preocupava, pois eu sabia, ele não, que ela só fudia com a gente, para as outras pessoas ela até se fazia de bobinha, e isso era muito bom, pois nosso segredo desta forma estaria guardado, mais eu lhe tinha feito uma promessa que quando ela completasse 18 aninhos eu daria uma festa em que ela seria o prato principal da festa, e isso eu sei que ela aguardava com ansiedade. Mais enquanto a maioridade não chegava ela era o nosso prato principal, minha filha, nossa putinha, cadelinha do papai, parceira da mamãe naquela caceta que tanto amávamos e gozávamos.

Depois conto como foi minha chegada a São Paulo, para sentir novamente o tesão com Julieta.

Beijos em todos – Babinha – cadela e putinha

Comentários

07/09/2016 19:10:15
ótimo conto [email protected]
05/04/2016 01:47:58
tenho uma filha putinha zap
05/04/2016 01:39:32
04/03/2014 22:14:04
Olha e meu sonho entregar a minha filha, nao para o pai dela pois somos separados,, mas entregar para meu namorado,,, so que ela e muito novinha sei que ele se exita com ela no colo dele,, mas acho que ele tem medo deu nao gostar ou e pela idade dela,,,, se alguem puder me ajudar,,,, com umas dicas ou sei la,,,, [email protected]
31/08/2009 23:04:54
que belo conto e olha eu concordo com vc s filha é de vcs dois e vcs decidem o que é melhor pra ela e se ela gosta vai em frente e faz a festinha pra ela sim e depois conta pra gente tá! parabens nota mil
12/03/2009 13:36:41
13/11/2008 12:41:02
espetacular nota 10
01/10/2008 02:20:46
Moreninha, existe um diatdo que diz, que quem esta na chuva pode se molher... voce quer o que... a filha é minha e dele, ela sempre quiz ser a putinha do papai... porque não fazer a vontade... afinal de contas INCESTO não é crime... crime é enganar as pessoas para conseguir seus intentos... e comigo não tem engano não... sou puta de meu marido, e quando ele quer eu mesmo arranjo carne novinha para a caceta dele... tente ser mais puta do que pensas e verás como é gostoso
24/09/2008 12:52:16
Isso é apenas um conto né, eu nunca pensei em servir minha filha de prato principal para mim e para o pai dela.Se é louca?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


dotado enfia baita pirocona inteirinha dentro, magrinha gemendo sem parar com o pauzão lhe rasgando todapisão ei curra novovideo omem fragado botando arola pra levantando as saia das muulhres dentro do onibunsmamãe quis ir na praia de nudismo contos de incestoporno pai e filhinha no maio sarosexo expkicito gratis exibindo cacetaoxporno novinha tomando banho de porta aberta ai o seu irmão entra e ver ela e fica de queixo caído com o que ta vendo novinha com beloto do grelo grandechorou na dupla penetracao com amantes mega cacetudosfestas na casa de amigos e depois de tanta bebidas um porno com muita violênciaXVídeos as panteras entregador de gás aparenteconto erotico aprendendo amar em parte Ipromo gostoso me fudeu contos eróticos gayrola gradi nocu danoviaquero ve os telefoni das mulhe de curitiba casada que gosta di da a buceta para oto omhe deixa teu telefonefiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosContos eu e mamae somos putas do pai e amigos delecunhada safada e a mulher alisando o cunhado caralhudo ,contos e relatos eroticosasxxxxxcomconto erotico emprestei dinheiro a nora e ela pagou com a bucetaPorno contos familia incestuosas ninfetinhas comecando cedoviduda.mulhe.incesto pai filha eroticos peludo bigode contosmetendo na salgadeira bundudacasada sequestrada e estuprada na lua de mel pornocanalha tirou sangue da bucetinha virgemver mulhe chutando bocetareginabuceta depilada na cera floripaNinfetas mamando rola no cinema contoseroticosx vidio vovinha safada caiueu era crente pequei dei minha bucetinhavideos pono muha vumitano no pauesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandoContos eróticos tarados na madrugadaporno. jafaleii nãohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherbuceta de evangelica arrombada na igrejacontos eroticos amiguinhasnao resiste as investidas do meu genro contoConto gay com o padrasto coxudoConto erotico arombei minha enteada novinha magrinhContos eroticos irmas gulosas mamando no pauzao grosso do irmao e de mais cinco amigos pauzudos dele na piscina de casahistoria porno gay paguei um boquete pro anivesariantenovinha do priquito ruivo contoswww.relato mulher cazada tramza com outro macho.com.brnovinha dando pra velho rabuchentoFelipe e Guilherme- Amor em Londredxvideos comedo uma mele buchudaContos zoofilia postados em abril d 2017contos eróticos publicadosXsvideos bem dotado masturbando no carrodois gatoto tarado xvidiocontos erotico amamentei dois garotosnão sei Teixeirinha gostosa arrombadasexo torrido e desejovidio de boquete profunda engolindo ate os badalosgozei na boca no caminhaoneto com ttezao comendo a avo no quartoleitinho do padrinho contos gaydando a boceta pro namoradoprimeira vez novolactofilia porno em sao carlos spmulher da o cu na cozinha segurando na piaPorno contos de traicoes dentro da propria casavideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismoPeituda fasendo sexo pulando so e sexo no you tube sen brusa sen sutian correndosexo contos eroticos comi minha prima d menor nordestinaporno violento da ruiva doiz homemfragei milha mulhe comegaocontos eróticos suportando três cacetes com carinho e amora mulher se arreba negao em fim todinho na buceta sua bola entra na bucetacontos de rasguei o cuzinho da minha avóporno cunhadainesquecivelenfiou a sonda contos eróticosvídeo porno mulher magra estuprada ofoca pó tarrado no sitiofaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidoflaguei meu irmao comendo minha mae e entrei na festatio comedo a sobirnha damulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotado