Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A EMPREGADA DA SECRETÁRIA - II

Autor: LASCA
Categoria: Heterossexual
Data: 05/08/2008 18:13:42
Nota 9.67

A EMPREGADA DA SECRETÁRIA II

Luiza abaixou-se para pegar a bermuda e calcinha. Pedi que ficassem sem enquanto guardasse as roupas passadas. Era maravilhoso ver aquele grande monte cabeludo. Ela sorrindo com cara de safada falou “você é doido mesmo, louco de pedra.” Acariciei seus cabelos e repeti que nunca tinha visto um grelo igual.

Enquanto ela guardava a roupa conversamos e fiquei sabendo que ela tinha transado apenas três vezes, nos seus 19 anos, com o ex-namorado e somente a mãe e a tia-madrinha que sabiam da grandiosidade do grelo. Tinham até pensado em operar, mas a vergonha e a falta de dinheiro abortaram a idéia.

Roupas guardadas e ela foi até a cozinha apanhar sua bermuda e calcinha; “não podemos deixar rastro com você e a Marina deixaram.” E sorriu maliciosamente. Abracei-a, beijando e acariciando-ª Ela gemeu sedutoramente “Vou ligar para Marina avisando que vou dormir em casa, inventar uma estória.” Depois fez menção de tomar banho, impedido por mim. “vista apenas uma saia, um vestido, mas mostre-me seu quarto, a cama onde você dorme.”

Levou-me ao quarto, fui abraçado nela por trás, acariciando seus seios médios, coxas e passando a mão naquele monte de cabelos. Beijamo-nos mais ardente e ela sentou-se na cama. Em pé alisando seus cabelos fiz encostar seu rosto, sua boca no volume do meu cacete duro. Beijou o volume e passou a mão, olhando-me “Huuumm parece ser grande.” Abri minha calça e arriei um pouco com a cueca, mostrando meu pau.

Com as pontas dos dedos apertou:“Lindo, maravilhoso, maior e mais grosso que do meu ex-namorado.” É todo teu!!”. Olhando-me outra vez e alisando embaixo do meu saco com a palma da mão voltada pra cima, deu um beijinho leve: “como sonhei em fazer isto, mas ele nunca me deu segurança e nem permitiu que fizesse.”

“Faça o que tiver vontade de fazer. Lambe, beija,bota ele todo na boca.”

Ela lambendo suavemente, beijando a cabeça e fui forçando para que ela colocasse meu pau na boca. Enquanto me chupava, ela sentada tocava sua xaninha. Eu acariciava seus cabelos, seus seios por cima da camiseta. Mais solta, mas desinibida pelo tesão foi mamando mais e mais meu cacete duro e latejante. Minhas calça e cueca caídas nos meus pés, tirei-as juntos com os sapatos, abri mais minhas pernas e ela boqueteando mais gulosamente meu pau. “Delicia, continua fazendo assim, mate seu desejo e vontade. Toda vez que sentar na cama, lembrará neste momento.” Gulosa, porém um pouco desajeitada, deixava, às vezes, os dentes roçar meu cacete, ela foi imprimindo mais seus movimentos, babando e gemendo pegou me pau com a mão direita e deitando convidou-me;”Vem, me come, para quando deitar sempre lembrar que foi aqui que você meteu a primeira vez na minha rachinha.”

Deitado por cima dela, comecei a roçar aquela xaninha pequena e super molhada. Fazia a cabeça do par roçar e escapulir, ora pra cima, ora pra baixo da buceta quente e super molhada. Ela abraçava-me mais, me apertava contra seu corpo: “mete gostoso, vai, para de brincar, já estou doidinha. Me come, me fode. Quero seu pau dentro da minha bucetinha. Me come, safado, gostoso.”

Firmei a cabeça no meio da xaninha, fitei nos olhos e empurrei um pouco. Ela gemeu e se contorceu. “Ai, dá ardendo, é grosso, não estou acostumada.” Beijei-a e alisando suas faces pedi para relaxar e empurrei mais um pouco. Viu algumas lágrimas escorrer dos olhos, enxuguei-a com beijos e meti mais um pouco, ela gemeu e cravou as unhas nas minhas costas e numa só estocada firme coloquei todo meu pau dentro daquela xaninha apertadinha. Fiquei parado um tempo. Ela gemia, murmurava e logo comecei um entra e sai, ritmado.Tirava até a cabecinha e voltava a enfiar firme. Ela convidou-me para gozar com ela. Pedi que segurasse um pouco mais, segurasse até não agüentar o gozo e sim, vamos gozar juntos. Bombeando meu pau na buceta, ora beijando, ora chupando, ora dando mordidinhas nos seios médios ainda sobre a camiseta. “Não agüento mais, vou gozar, goza comigo por favor.”

“Sim, também estou segurando o máximo, então vamos gozar juntinhos.”

Ela cravou mais suas unhas em minhas costas. “Goza comigo, me chama de putinha, de piranha..goza amor...”

Chamando de minha putinha, minha piranha, avisei que estava gozando e pedi “Goza minha putinha, goza fêmea no meu pau, goza junto comigo, piranhinha safada gostosa gulosa!”

Nos abraçamos mais apertados e gemendo gozando juntos. Sentia meu pau latejar dentro daquele latejante, quente e molhada buceta. Sentia um volume muito grande do gozo dela. Ela suando, me beijando me abraçando. “Delicia você. Quero ser sempre a tua putinha, tua piranha. Quero dar sempre e tudo pra você, meu gostoso. Vou tirar todo meu atraso e extravasar meus desejos.Me fode, me come sempre.”

Abraçadinhos e trocando juras de mais fodas, nossas respirações foram voltando ao normal. Entre carinhos, beijos nos levantamos e fui lavar-me no banheiro. Quando ela veio também, pedi que apenas colocasse uma saia ou vestido que fosse assim para o motel. “Você é doido mesmo, minha xaninha está toda molhada e gozada. Este cheiro de porra, de sexo irão perceber.”

“Ninguém irá perceber, vamos sair daqui direto para o motel, gostosa. Somente eu e você que saberemos que está sem calcinha e toda gozada na tua deliciosa bucetinha.”

Guardou a bermuda e a calçinha dentro do guarda roupa, vestiu um vestido preto de alçinha com sensual decote, pegou a calçinha e colocou na bolsa. Escovando os cabelos e sorrindo pediu “cuida bem de mim, me ensina, me faça sua putinha, sua piranha soltinha. Diga e me ensina a fazer tudo.” Com promessa de fazer tudinho com ela e para la, saímos para pegar o carro e irmos ao motel.

LASCA

Comentários

02/12/2008 12:55:57
eu conto é muito bom,parabéns.
06/08/2008 14:07:55
Ufa, seu conto passa muita sensualidade. Parabéns.
06/08/2008 11:42:05
Tudo na medida certa. Sem enrolação e sem poupar os detalhes que interessam. Nesses casos ninguém nem questiona se é conto ou relato. Parabéns.
05/08/2008 18:19:11
Espetacular, meu amigo

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sexo forsado com shortinho jeansContos erotic eunovinha escondida vendo irmao menor se mastubandoconto comi a coroadou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaoesse cachorro foi preparado para fuder buceta de mulhercornos de belem porno contos 2017contos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosno cuzinho da esposa do amigo q estava viajandocontos eroticos entre irmas e irmaos de montes claros mgnao acreditei mas o pirralho meteu a pica na minha bucetacontos eroticos coroa casada bancaria viajo a trabalho e traiu pela primeira vezporno familha sacana opai bravo e afilhar virgemcontos da minha sogra me pedindo pra cheirar sua calcinhaPorno anal queroeu vou caganegoia pauzudoschantagiei a freira contoporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelmeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoConto erótico bricadeiras eradas com o painovela tieta do agreste transando com sobrinhofraquei minha mae peituda dando no quarto para meu primo roludoconto foto pirua cacetao gozada linda loirinha chorando no pau do cara e gemendo muito querendo mudar fundo maluquinhanovinhos chinêses comendo cadela zoofiliaxvideos incesto tia provoca garoto de. roupa transparente simplesmente nua por baixoporno contos alberto comeu minha mulherbiquine mulher cazada safada.e asim na praiaacompanhando que Rominho ligouesposa da cu sangra e estremece porno caseiroContos eroticos : transei com a cavalona loura da xotona peludabrasileira novinha do rabao com calcinha de redinha batendo punheta pro rapais ela geme muito na ohro qui ele ta gozandocontos eroticos caguei no pausó branquinhas gostosas tesudas encitantes transando com seu cachorro até gozarporno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhocontos de sexo raspei minha bucetacontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundaxvideos incesto tia provoca garoto de. roupa transparente simplesmente nua por baixodei o cuzinho meladinho contosgarotinha na siririca no bicamGostosas de. Shortinho super detalhando a s partes intimas fotosvideos porno velhor comedor da cabeça do pau rombudacorno eu confessopadrasto enteada falei de sexo brasileirover contos eroticos em que maes sao flagradas pelas avos fudeno com os filhos pauzudoscontos de sexo depilada na praiagozando.na.loirinha francycasado sendo penetrado no seu cuzinho pelo amigo,devagar e suave.macho coloca aparelho na xana da safada para enxergar o fundo do buracohistoria dos k fizeram zoofila pela primeira vezcontos eroticos titias putas sobrinhos roludosContos eroticos seios mordedo fortemulher d fiu dentau atolado no raboxvideos. buçetá de eguaCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro contos de incesto sogramulher em pornô de cavalo e se estraga todinha sair sangue do c*video de porou dirano vigidade da namorada vedtidoengolindo porta no ônibus na viagemSexo animal cachorro emrola pito na bucetinha da puda taradonaHOMEM FUDENOCADELA em artof zoobranquinho super big dotado enfiando o seu pinto até o talões no cuzao da novinha arrombadamao boba na noiva pegando nos peito dela porno dentro do cinemaconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretovideos de sexo louco e com pegada chupão, arranhãoCovidei meu amigo pra toma uma cerveja em casa depois comemos minha esposa casa dos contosTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comerconto eróticos padrasto chupa a estiada de 8 anosconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cupornô grátis sobrinha Fala tio sua pica não vai caber na minha b********mulher sendo mastrubada no honibos pro um estranhomarido se assusta vendo a quantidade de porra que sua esposa derrama no pau do outro caravídeo de sexo pornô garganta hipertrofiada engolindo monstro hiper dotadovidio de ponodoido tarado rasgando o cuzinho da maecoroa pelada toda melada de margarinaRelatos de zoofilia cao estrupamulher falando juramento de gemido vídeos pornôcontos de sexo no carro metiii mais vaiEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortime empreste magrinha abrindo a b***** com pau enorme do negãoloira esposa enquanto marido dorme ela fica engatada no dog gigante e goza de dor contos eroticosContos eroticos fui estuprado por travesti do pau grande e cabesudo meu irmao despresa minha cunhada e ela da a bucetinha gostosa para mimvideos de porno doido com coisas indessemtemulher centa na bengalaquando ajudei minha mae a manter a forma 2 conto eroticoconto erotico viado novinho arrombado por dois coroas dominadoresvodioporno de meninas que nao guento pau no cu.e beroContos eroticos com donas de casa que foi arrombada pelo cunhado pirocudoporno gay com vendedor de pote e portavideo porno chamei meu genro para mim ajudar e dei para elecontos pequenina e punheteiratitia batendo punheta sobrinho rola cabeçudaxvideos ruansafado e a coroa chupanocontos eroticos de incesto no coloContos Eróticos De. Fui Ajudar A Dona VeraConto erotico tia dano cuzinho pro sobrinho titaContos edoticos da.dk nbanho no meu filhomeu padrasto me pegou no colo contos eroticosestava batendo punheta e os dois viu passei a rola neles porno gay