Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

ALCEU, O PIROCUDO

Autor: Leo 1000
Categoria: Heterossexual
Data: 14/09/2008 09:09:55
Última revisão: 03/05/2009 05:37:52
Nota 7.00
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

O Alceu era um verdadeiro jumento. Era um fenômeno da natureza. Seu pau era enorme. Sei lá quanto media,

Ele tinha orgulho daquele caralhão comprido e grosso. Mas nem tudo era alegria. Na verdade, Alceu sofria por ser pauzudo. Não havia mulher que quisesse transar com o Alceu, pois era um verdadeiro sofrimento trepar com ele e sentir aquela máquina invadindo suas entranhas.

Coitado, não tinha nem namorada. Sua fama já havia se espalhado por todo o bairro onde morava.

Na zona, até as prostitutas fugiam do Alceu.

- Vamo dá uma trepadinha, bem?

- Vai ti fudê, contigo nem pensar, dizia uma.

- Vai enterrar esta piroca na buceta da tua mãe, dizia outra.

- Dobra e enfia no cu, dizia uma terceira.

E o Alceu, cabisbaixo, vivia mais na punheta para quebrar o seu galho.

O Alceu não agüentava mais.

- Vocês não sabem o problema que é ter um pau grande, dizia na roda de amigos.

- Você não tem pau grande, você é anormal, alguém observou.

- Ah! Eu queria ter um pau do tamanho do seu, disse outro.

- E eu queria ter um pequeno como o seu, disse Alceu.

Diz o ditado que toda panela tem uma tampa que serve para ela. E é verdade. Inclusive no caso do Alceu.

Ele devia ter uns 22 anos quando chegou à boate da cidade uma prostituta nova. Era uma mulher uns 10 anos mais velha que o Alceu.

Numa determinada noite chega o Alceu na casa.

- Corre que chegou o Alceu, gritou uma delas. E a mulherada correu para os quartos se esconder.

Todas correram, menos uma: a novata, a puta nova que supostamente não sabia da fama de pé de mesa do Alceu.

Conversaram numa mesa. Trocaram carinhos. Combinaram o programa. E lá se foram para um quarto transar.

A putarada foi toda para o corredor que dava acesso aos quartos para ouvirem os gemidos e gritos de dor da Maristela, esse era o nome da puta neófita.

No entanto, ao invés de gritos, reclamações ou gemidos de dor, ouviram suspiros, exclamações de prazer e até juras de amor.

Era o encontro do grande com o enorme. Verdadeira pororoca de prazer.

Aquela mulher também era um fenômeno como o Alceu.

Ela saiu da zona, Foi morar com o Alceu. Vivem felizes até hoje.

Volta e meia encontro com eles passeando de mãos dadas e sorridentes.

Aquele ditado popular da tampa e da panela encerra uma grande verdade. O Alceu é a tampa que combinou com aquela panela. Para todo o sempre.

Amém.

Comentários

03/11/2008 13:44:57
Na verdade este conto realmente não tem muita graça. Mas escrevi por que conheci o Alceu e se trata de fato verdadeiro. Quanto ao tamanho concordo também. As mulheres fugiam do Alceu por que ele era tão avantajado que elas tinham horror de fazer sexo com ele já que machucava.
03/11/2008 00:23:34
Ô continho sem graça. Tamanho não quer dizer nada meu caro. O que interessa é saber usar. Tamanho é coisa de americano e tem gente que acredita.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contossou safado como minha maeencocho a irmanzinhavidios de contos errotics pai arregaça a boceta da filhacutucando buceta de cadela com dedo zoofiliaContos eroticos anal de ipatinga mgfilho socando a piroca na mae idosavídeo da pelada gostosona morena aquelas bem gostosa e morena e bem gostoso se tu não fazer carvãocasa dos contos zoofilia com viralatascontos lésbicas brigando reconciliaçãovidios pornnou que mae e filha tranza com o meismwww.xvedeo so gozadaia mais gotosademorou mas minha esposa aceitou e aproveitoucontos eroticos tesao no filhocomtos papai me fez a pita do analxxvideo enviando abraço na buceta contos casada chantageada pelo porteiroconto. andando de moto taxi. comi o cu de uma menina rabudarelato erotico cheirei a calcinha gozadaconto erotico decasais chupando pau maior 30cmxvidios novinho trasando com dorsarrando a bundinha da minha filinhavideo porno amigo do meu marido me comeu e fingi que n percebicache:I20bmnqm678J:gtavicity.ru/texto/2016115 cuzinho+delicioso contosesplendida gozada dentro da buceta da esposa do cornopornodoidomadrasta me oçhandoxvídeo a novinha tomar esperma do joelhinhofamilia surubagostosa gordinhas tirando cabeçacontos eróticos minhas amiguinhas de infanciaTenho fetiche de beijar os pés da minha namorada quando ela está usando rasteirinhaspenetração forçada do pistoludoconto erotico fodi minh sobrinh novinh 11noxvidio decotes da braquinhaarretada e gostosa minha mae conto incestocontos eroticos minha esposa fodendo com meu sobrinho menor de idadecasa dos contos esposas pagando a divida dos cornos enroladossó os conjuntos regassado metendo gozando na bunda mais bonitacobtoseroticos uma pequena apostaandrew arlindo dellavoglio casa dos contosb***** com mais de um palmo de largura no XVídeosConto flagrei com bananaMenina adora a porra do irmozinho contoseroticoscontoseroticoss xvideos5cachorro fod madamegozaminha madrasta viu meu pau moleporno doido reais emviado por amadores com novinhas descuidadasContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaoContos eroticos da mãe quando ve seu filho de cueca fica louca pra acariciarestrupocontoseroticoscorno puxa o grelo e mamabaixar xvideos da mãe enfiando os braços dentro do cu e dentro da boceta e a filha também arrombando seus dóis buracos intensamente o filho chegou e comeu todas as duas enchendo seus dóis buracosir:ma virge fudendo com irmao do piru gigamtecontos eroticos peguei uma garotinha do interior pra criar e ensinei tudo sobre sexo pra elaconto padrasto da pica enormemarido .que gosta de ser corno xpirnessa coroa coloco varias calcinhas p meteras coroas do rodeio no xividiocomi a minha tia pela primeira vezvovo gostosa seduzindo o neto contos eróticosconto erotico gay vaquejada capContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaocasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetanovinha de sainha sem calsinha perverssamau encostei a penis no cuzin dela ela ja se gozou todavideo de mulher gozando esborrifadohttp://conto me punhetaram a noite todamulher cagando com prisao de ventre pornosogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaovideospornobrasileiroscom famíliavideos de sexo filhas gemiase paievangélica Sáfadinha mostrando a bucetacontos eroticos vania minha meia irma 2vídeos porno em mendigos pede esmolas e a safada dá pra ele a bucetacontos porno gay "meu novo amigo e eu"pai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgende chortinho pensando no namorado porntravesti come cu da funkeiragordinhas costurado dando 2017 bundãocontos corno grupalcomtos papai me fez a pita do analxvidios outros purai favoritoscontos casada chantageada pelo porteiro