Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

padrasto

Autor: habbib
Categoria: Homossexual
Data: 21/09/2008 17:24:45
Última revisão: 21/09/2008 17:27:35
Nota 9.58

Fui criado sem pai, lá pelos meus 8 anos minha mãe se juntou com um homen, que na época eu achava-o muito lindo, um Baiano, cabelos lisos, bigodes, peludo, via-o sem camisa quando muito calor, isto começou a dar-me uma louca vontade de ver ele pelado, acho que, por não ter pai via nele o homen da casa, mas não tinha geito, moravamos em um quarto e cozinha, dormiamos eu meu irmão menor em uma cama e eles em outra, e a noite via os vultos deles transando, me dava uma vontade louca de chegar perto, pois minha mãe gemia muito, e eu não sabia porque, bem o tempo foi passando, eu sempre olhava para o meio das pernas dele, sabia que ele notava, mas nunca falava nada, quando eu completei 11 anos tive um problema de saude e precisava ir ao hospital das clinicas, e de manhã minha mãe me levava, no nosso bairro só tinha uma linha de onibus, e ia sempre cheio, bem, minha mãe estava gravida e numa segunda feira levou-me novamente, e neste dia meu padrasto foi junto, pois saiu mais tarde de casa para o trabalho e pegaria o mesmo ônibus, cheio, deram um lugar para ela, e ficamos em pé, logo apareceu um lugar e ele sentou-se, e como voltou a encher sentei no seu colo, senti logo seu pau, ageitei-me bem e fiquei com ele no meio de minha bundinha, mexia as veses e senti que ia ficando duro, ele passou as mãos em minha cintura e me apertou contra seu pau, fiquei assim uns vinte minutos até chegar no ponto final, ao descer fomos eu e minha mãe e ele ficou, mas eu sentia aquele calor em minhas nadegas, bem voltamos e minha mãe trabalhava de doméstica, foi ao seu emprego perto, e eu fiquei em casa, quando era lá pelas 5 hs meu padrasto chega, e me encontra na cozinha limpando, sentou-se e falou, gostou de sentar em meu colo hoje cedo, disse que sim, perguntou, quer vir sentar-se outra vêz, eu estava perto, pois a cozinha era pequena, fui ele me abraçou e seu pau durissimo começou a se esfregar, e falou é isto que gosta, sempre esta de olho em mim, ai falei que sim, e pediu para eu baixar a calça ele também baixou a dele e começou a me cutucar, como doia muito, pediu-me para ficar quieto, debruçei na mesa e ele passou saliva e foi enfiando bem devagarinho sentia aquele pau enorme entrando em mim ia realizando meu desejo, bombou muito e gosou, tirou de mim e deu para eu chupar fíz com muita vontade e gosou novamente e engoli tudinho, foi uma delicia, bem logo apoz minha mãe chegou, começou a passar mal, ele levou-a para o pronto socorro e ele ficou internada, para não perder a criança, ao voltar para casa, pediu-me para dormir com ele, durante a noite, foi aquela transa me tratava com muito carinho, eu chupava seu pau como um sorvete delicioso, e dormia no seu peito cabeludo, foi assim 4 dias que minha mãe ficou no hospital, ele me tratando como sua mulherzinha e eu feliz, bem no sábado seguinte, iamos jogar bola no campinho, e eu tinha 4 amigos que eram maiores e falando de sexo, pedi para ver o pau de um deles, e pediu para eu pegar, o fíz, e comecei a chupar, fomos atráz de um prédio que estava em contrução e ele me enfiou e meteu muito, ai vieram os outros tres e também meteram, fomos saindo e o guarda da construção me chamou, o moleque vem aqui, fui com medo, pois era um senhor moreno alto, ai falo-me, você gosta de uma pau hem, fiquei sem geito, ele falou não quer brincar comigo que estou com tesão, fui e entrei no seu quartinho na obra, e tirou-me a roupa e a dele e ví a maior vara até hoje, foi ennfiando e eu não aguentava, mas passou um gel e com geitinho enfiou tudinho, fui sentindo enfiar e sair e ele deu uma gosada parecia um jato de agua, sai todo dolorido, prometendo voltar, chegando em casa fui banhar-me na bacia, e a noite fui eu e meu irmão assistir tv na casa de um amigo de minha mãe, já que não tinhamos, ao chegar só estava o marido sr Ismael que eu sempre ficava de olho nas suas pernas, este dia sentou-se na minha frente, na mesa, pois não era sala como hoje com sofá, e virado para mim esticou as pernas e ví seu pau enorme sendo alisado, olhou-se, sorriu e falou quer passar as mãos, levantei e passei a mão, disse que r ir ao quarto, pedi para meu irmão ir lá fora, e fui, tirou-me a calça e começou a me alisar, deitou-se em cima de meu corpo e passou saliva e começou a me enfiar outro pau enorme, me abraçava e dizia que eu era muito gostoso, gosou saimos do quarrto, chamei meu irmão e fomos para casa, no caminho ele perguntou-me você esta dando para o pessoal todo, quero ver o hora que a mãe saber, falei para ele não falar nada que eu gostava, como ele tinha 8 anos não entendia muito, chegamos em casa meu padrasto estava na cozinha esperando-nos e falou que demoramos muito, e pediu para meu irmão ir dormir, depois fomos nós, minha mãe já estava dormindo e falou-me quando eu deitar venha deitar ao meu lado que estou com vontade, ai falei e minha mãe, ele disse que já dormia e profundamente, deitei-me ao seu lado e ele foi enfiando-me, abraçou e começou a cutucar e gosou, senti seu leite quentinho em minhas entranhas, fiquei assim até amanhecer e minha mãe perguntou-me porque eu dormi com eles falei que estava com vontade e ficou por isto, bem nesta época, eu trabalhava em uma pequena oficina que fazia peças de gesso, eramos em quatro garotos, o mais velho 17 anos e os outros 14e 15 anos entravam de tarde, quando cheguei falei para o meu amigo, como é seu pau, comecei a falar e tirou e me mostrou um pau bonito lindo reto e deu para eu mexer, ai, baixei a calça e falei quer me comer, passou saliva e foi enfiando, gosou pela primeira vêz na vida disse-me, ao sair de mim aparece o dono na porta e falou, o que voces estão fazendo não tem vergonha, ficamos calados já na hora de ir almoçar ele foi, quando seu Miguel veio falar comigo, disse que iria chamar minha mãe, implorei para não fazer, faria o que ele quizesse, ai falou vc deixa eu te comer também, afirmei e ele tirou o pau para fora, era também grande baixei a calça e enfiou-me foi muito gostoso, dai em diante fiquei sua comidinha todo dia, do meu padrasto também, iamos no campinho era fila para me comer, mas antes tinha que transar com o vigia, queria ser sempre o primeiro, e sabado a noite ia na casa do nosso amigo e sempre dava um geito de meu irmão ficar fora e me comia muito gostoso, com isto fiquei a comidinha de muitos em nosso bairro, tive muitos amantes, até que arrumei um coroa muito lindo e ficamos juntos já faz 30 anos hoje estou com 60 ele com 77 e já não transa mais e estou sem transar a muito tempo não encontro alguem como quero um coroa que seja bonito como o meu, eu também fiquei um coroa bem apessoado, mas não acho ninguém, quem estiver procurando como eu me envie o email, gosto agora só coroa, e com pau pequeno .

Comentários

27/01/2013 11:56:48
na minha vida eu com 18 anos já dei por enquanto para 4, 2 coroas, e dois namorados, ah! é muito bom..
12/10/2009 22:48:54
muito legal sem frescuras
06/06/2009 15:48:25
Caraca que coisa linda, um padrasto baiano uauuuu quero ele, um abraço
22/05/2009 21:45:59
affff que fila da puta dando o toba para todos afff
21/05/2009 18:58:42
Pena os erros de português, mas tu és o máximo. Um beijo no teu saco
13/02/2009 01:42:41
to ai como vc tbm é só m chamar [email protected]
07/01/2009 16:50:47
ótimo conto gostei muito
07/01/2009 16:50:47
ótimo conto gostei muito
04/10/2008 01:33:18
Comecei com 7 a brincar com outros garotos e aos 13 tive meu primeiro homem adulto. Que saudades daquele tempo! Era viado sem ter com o que me preocupar. Bastava estudar e ser viado dos machos e machinhos.
27/09/2008 06:46:06
Cara tu é uma bicha muito escrota não achas? vai gostar de dar o cu assim em outro canto, alem do mais meu querido voce perdeu muito tempo dando o cu e nao aprendeu direito a lingua portuguesa, desculpe mais haja erro de portugues. valeu
22/09/2008 17:46:40
Caraca ... isto sim é um VIADO. O resto é conversa. PARABÉNS, espero que encontre um novo AMANTE.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


video de porou dirano vigidade da namoradafe vedtidoAbusada de calça leguemagrinha e a amiga desputando o mesmo homem dotado analContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeucasado tem tesão em mamar cine porno spgay fazeno sexo com cachorro e fica engatadopornô caseiro da Mayara do colégioporno mhnha mae e irma sao putas 1 contofilme porno filho da mae corno froxo ta cansado do trabalhoinara puta dando pro sogrovídeo pornô caseiro sabor chupança buchoperdeno as prega saino bosta caseirovadia casada dano d quatro q bagunca todo cabelo safada xvideosmostrei a buceta meu genro comeu conto eroticoesposa fudida por sobrinhos e sogros contos eróticosminha mulher fodemdo com e olhando para mim com cara de safada gemendo gritando e chamando dizendo ta bom corno corninho ta vendo tua mulher semdo comida fudidacontos mamae baby doll vermelho filha sem calcinhacontos eroticos vovômulher sadica conto eroticocarol celico fudendo putinhagenro e sogra conto50 tons de gizvídeo de Kid Bengala transando com mulher brigona XVídeoscontos eroticoscu virgemdoce nanda parte IV contos eroticosxv novinha querendfo centin um piru na bucetab de cachrrocontos tomei coragem e dei pro meu filho pauzudoporno loira quadriu grade americana pornoCoroas louco por sexo tique roludoxvide coroa gritando emportugues quando toma rola grossa e cabecuda na xanahomen ve a visinha no banheiro fica louco porno doidoamiguinhos gay loirinhos fazendo troca trconto erotico motorista do uberpornô doido de cetona de mini saia sem calcinha sentando na rolacadela lambendo o meu cacete e fudendo conmigo videomulheres gelo gande metendo piquito da outraMACIEIRA SEXO PORNOtravestis negra brasileira dotada no motel ganha punheta tremendo muitotia novinha dacu dominocontos coroa implorando por uma picaprima gosta da minha pica ele pega e burta na bucerta dela novos contos eroticos de maes dandos suas calcinhas usadas como premio pros filhosatrevida gozando com o cunhadocontos erotico meu filho me bateu e botou moralcondo o marido sai potrabalho pornomulher com grelo grande encara um big pau vejadoce nanda parte cinco contos eroticoscontos feminização forçadamulher com grelo grande encara um big pau vejaConto erotico fui cagar na moitacunhado comendo o bucetao da cunhada de frango assadoxexoleitinhovideo d masoquismo sensacao gostosa fortrd caricias q causam dor e leva ao orgasmo video completoTio Fudeu minha buceta e eu gosteiO dinha que comi o cu da minhA mae bebAda contos,fotosde travesti peitudo ecusaoincesto com meu vô contoscontos com fotos de donas de casa normais sendo fudidas por varios homens e muleques pintudosdupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidoorgia com minha irma contosarrando a bundinha da minha filinhacontos eróticos família roludoconto homem levando a primeira vez a sua mulher pro protibulo pra se fodidahttp//mulheres de camisola sem calcinha da.bucetinha peludinhacontos de sogro metendo pau na noracomo q estourar as bolinhas sexchop sexuais na relacao sexocaderante. rabudas de. porto alegrenovinhas safda.encheu a buceta.de sabao liquido.para se sartisfazermeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticolesbica transando com a amiga ate ela vira o zoinhovideos dedadas de negao troncudo ativo em cu de ninfeto gostosoxvideos criansicevídeo pornô da cachorro satisfazê-lo cachorro satisfazendo sua donax vidio vovinha safada caiucomo q estourar as bolinhas sexchop sexuais na relacao sexocontos eróticos novinho punheteros Parabéns felicidadescontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudowww.contos deixei titio chupar minha bucetinha na minha infância