Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha irmã mais velha

Autor: Nero
Categoria: Heterossexual
Data: 07/10/2008 01:30:28
Nota 6.00
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, tenho 19 anos, e minha primeira experiência sexual foi com a minha irmã.

Tinha 16 anos quando aconteceu, éla é 9 anos mais velha que eu, professora de educação fisica 1.69 alt. 57 kl. muto bem destribuídos.

Ela sempre foi muito sacana, sempre alegre, e de bem com vida.

Adorava esibir seu corpo, com roupas curtas, ou apertadas, e eu achava aquilo o maximo, pois éla é muito gostosa mesmo.

Um dia éla fez uma festa, aqui em casa, convidou uns amigos, nossos pais não estavão, então éla soltou os bixos, tudo regado a muita cerveja

E eu junto, cobiçando aquelas amigas gostosas que éla tem.

Num certo momento, uma das amigas dela, começou a me dar mole, já estava meio alta, e me tirou pra dançar.

Eu aínda éra virgem, conhecia buceta só por filmes e revistas, e estava louco pra perder o cabaço.

Éla se esfregava em mim, de um jeito que me deixou louco, eu tambem já havia bebido umas, e assim as coisas ficam fáceis.

Então num certo momento minha irmã chamou éla, e disse alguma coisa no ouvido dela, e éla não voltou a dançar comigo, fiquei furioso, e fui perguntar oque ela havia dito a éla.

Ela me respondeu, que disse a éla que não queria aquele tipo de situação alí,

que eu éra muito novo pra éla.

Fiquei puto com aquilo, pois éla estava bebada e com diz o ditado, "o de bebado não tem dono"

Saí dalí então, fui para um canto, e fiquei lá bebendo, e como não éra acostumado fiquei muito tonto.

Então certa hora, o pessoal começou a ir embora, e a festinha foi acabando, e eu lá "fora da gaiola".

Quando todos saíram, minha irmã que também não estava sóbria, me chamou pra ajudar a arrumar as coisas, e eu não conseguia me levantar.

Ela então veio ate mim, meio trambalhando, e perguntou oque eu tinha, e eu disse que estáva tonto e que não conseguia me levantar de onde estava.

Então éla me xingou, e disse que eu nem tinha idade pra beber daquele jeito,

e que se nossos pais soubessem´culpariam éla.

Eu então falei a éla: "eu não tenho idade pra beber, pra foder pra nada, que saco".

Ela então me ajudou a levantar, e disse:"O melhor remédio pra porre é banho frio."

E com isso foi me levando pro banheiro, chegando lá, me mendou tirar a roupa que éla me dar um banho.

Achei aquilo meio estranho, mas eu estava muito tonto pra achar alguma coisa,

e então fui tirando a roupa, e fiquei de cuéca, so que quando olhei pra éla, ela tambem estava tirando a dela.

Já havia tirado a blusa, e estava tirando a calça jens, com dificuldade pois éra bem justa, e eu ali parado olhando.

Nunca havia ficado tão perto de uma mulher, pelada e ainda mais gostosa daquele jeito.

Ela tem peitos medios e durinhos e um par de coxas, perfeitas muito bem torneadas, bronzadinha, com pelinhos loiros,um tesão.

E é claro fiquei muito exitado com aquele situação, e meu pau endureceu.

Ela então, quando terminou de tirar a calça, e ficou só de calcinha disse:"Vou aproveitar e tomar um banho também, tu não te importa né".

E eu nem respondi, estava ipnotizado olhando aquele maravilha.

Ela então disse:"Não vai tirar a cuéca, tá com vergonha, eu não me importo pode tirar já conheço bem oque tu tem aí por baixo dela."

Mas como eu iria tirar, com meu peu duro do jeito que estava, mas éla não se intimidou, tirou primeiro o sutiã, e depois a calcinha minuscula que usava, me pegou pelo braço e me levou pro chuveiro.

Começou então a me dar banho, e eu protegendo meu pau do olhar dela, e ela então falou:"Tira a mão dai se fresco, não tem nada que eu já não tenha visto aí."

Eu estava encostado na parede, a minha voz não saía, e ela então puxou minha

cuéca pra baixo de uma vez, e deu de cara com meu pau, roxo de duro, e disse:

"Ah não, não acredito que tu ficou exitado comigo, nunca viu, mulher pelada?"

Não sei como, tive coragem mais saiu, tudo de uma vez:"nunca vi mesmo e aínda mais gostosa como tu!!!

Ela deu uma risadinha e disse:"Tu deve estar de pau duro desde antes quando aquela galinha tava se esfregando em ti, né safado, e agora só tem um jeito de fazer amolecer."

E eu então, exitadíssimo disse:"Como, fodendo!

E ela respondeu:" se tu não fosse meu irmão, seria, mas como tu é, vai ter que ser uma punhetinha mesmo, se quiser bater me olhando eu deixo."

Eu não estava acreditando, ela disse que eu poderia beter uma punheta olhando pra éla, perecia um sonho.

Comecei então a fitar ela de cima abaixo e bater punheta, quando éla me interropeu dizendo:"Tu não vai contar isso pra ninguem, eu te mato, e não acostuma hein!

Ela então virou de costas, com aquela bunda escultural, durinha e redondinha, que deve ter no minimo uns 97 cm, de diametro, se apoiou na parede com as mãos, empinou ela pra traz e disse:"Vai mata a ua vontade moleque, goza logo."

E eu comecei a bater aquela punheta, eu estava fora de mim, estava descontrolado, cheguei bem perto dela, encostei meu pau na bunda dela, e ela disse:"Para com isso, senão eu saío, é ´so pra olhar,"

E eu totalmente descontrolado disse: "ahh, por favor só um pouquinho, oque que tem?"

E ela disse:"Não insiste, sou sua irmã, ja estou fazendo merda, mas isso não vou fazer."

Ela continuou alí apoiada na parede de costas, e eu atras enlouquecido de tesão, apertando meu pau com muita força, e então eu disse:"Ah, mana deixa só eu encostar, só um pouquinho, só pra ver como é que é por favor."

Ela então sacudiu a cabeça para os lados e disse:"Olha aqui moleque, vou deixar, mas não te impolga hein, e só encostar!

Me aproximei dela, naquela posição e coloquei meu pau no meio das coxas dela, peguei éla pela cintura, e comecei a puxar éla contra meu corpo, num vai e vem, e ela disse:"Paraaa, paraaa, isso não é só pra encostar!"

E não aguentava mais, e naquela hora deixei meu pau sair do meio das coxas dela, e apontei ele na buceta, ela estava com as perna meio abertas, e então num momento de total loucura meti meu pau nela,. numa ´so vez, e ela então gritou:"Aiiiiiiii,nãooooo,nãoooooo,paraaaa, que não éra pra fazer isso seu merdaaaa!"

E mesmo éla gritando eu continuei fodendo, eu estava descontrolado de tesão,

e ela então disse:

"Paraaa, me solta, me solta que eu deixo tu fazer, assim tá me machucando."

E eu então a soltei, não acreditando muito naquilo que ela disse, e então ela falou, muito ofegante:"Porque tu fez isso, não éra pra chegar a esse ponto,

sou tua irmã, se o pai e a mãe descobrem eles me matam>"

E eu então falei:"Não mana, eles não vão saber eu juro, eu juro por tudo oque tu quiser!"

Ela disse então:"Jura mesmo, então tá, vou dar pra ti, mas não aqui lá no meu quarto."

Saímos do banheiro pelados, e fomos até o quarto dela, que tem cma de casal,

ela deitou a abriu as pernas e disse:"Então vem me comer, tá esperando oque!"

E eu fui pra cima dela, e ela mesma colocou meu pau na boceta, me apertou, pra dentro dela, e começou a mexer, gemer e me morder o peito passar a lingua na minha orelha, e derrepente deu um urro e gozou gritando:

"Ahhhaaaaa, não paraaaa huuuuuiiiii,haaaaaa, ahhhhhhuuuuu, gostosoooo

gozaaaaarrrr, não paraaaaa..."

Ela gozou muito, e ficou parada com os olhos fechados, e eu pedi então que ficasse de quatro, pra mim tambem gosar, e ela disse:

"Espera um pouco"

Levantou da cama, e pegou um preservativo, na gaveta, abriu colocou no meu pau e disse:"Nada como ter 16 anos que energia hein!"

Voltou então pra cama, e ficou de quatro, com aquela bunda deliciosa virada pra mim, e eu coloquei com a ajuda da mão dela meu pau dentro dela outra vez.

Metia com força até o fim e tirava de novo, e repetia, então comecei a foder mais rápido, e sentia aquela bunda gostosa bater em mim, e com aquela visão maravilhosa não aguentei mais e gozei, tirou o corpo fora quando viu que eu ia gozar, enchi a camisinha parecia que iria estourar, e então caí exausto, ao lado dela, e ela falou:"E então, satisfeito com a merda que a gente fez, ou esta arrependido?"

E eu disse:"Arrependido eu, eu quero mais".

Mas aconteceu mais 4 vezes apenas, até hoje tenho tesão nela, mas éla não quis mais continuar com aquilo, eu eu tive que aceitar, fazer oque.

Comi éla de todos os jeito e maneiras possíveis, ela me chupou eu aprendi a chupar com éla, e foi bom enquanto durou.

Comentários

19/09/2009 18:02:34
fraco
19/09/2009 18:00:34
medio
10/05/2009 21:02:23
belo conto nota 5
09/04/2009 16:40:58
legal seu conto,uma pena vcs não continuarem.
16/01/2009 12:10:43
mto engraçado cara!!!
31/12/2008 21:01:21
gostei do teu fdp com a irmã chapada é bem mais fácil nota 7
23/10/2008 15:50:51
RAZOAVEL,NOTA2
13/10/2008 21:01:21
manero mesmo seu conto uma situação possivel (e quem me dera se fosse comigo rsrsrs)
07/10/2008 04:56:40
Só que faltou alguma coisa... E o rabinho? Não comeu? Quem começa, tem que ir até o fim. E eu não acho que ela tenha sido tão egoísta para não deixar você acabar o que começou. Vai logo, vai? Conta o resto! Ficou legal o seu conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


enfiou o nariz no cu da pưta com a buceta gozadavideos porno negao so os tapas estralandodoce nanda parte cinco contos eroticossogra porno Eça a dormircontos de desmaiei na pica grande de meu irmão no meu cucontos eróticos de larimendescontos eu e minha esposa demos carona a dois homem e meterao a pica nela..incestossexo com animaisnegao metendo em colatinaCasadoscontos ganhei uma chupeta na minha big rola da minha irma casadadoce nanda contos eroticosvideos de pornodoido levou anovinha pr fode demadrugadahistória e fotos sogra bêbada queria presente de aniversário dar o c* a vida amigos do genroassistir filmes pornos brasileiros homes com cabeca da pica esfolada e grande.muleke punhetamdocontos autorizei minha esposa para fuder com outrosafricano comeu meu cuComo devo uza vazelina navagina para lubrifica?conto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretocontos de zoofilia com pai e filhinhacontos peguei a negrinha que gritava chingava e mandava emprurrar ate o talobaiano chupando clitori e falando besteiraspatricia de faculdade gostosa gemendo muitocontos de sexo depilando a sogracontos de sexo depilada na praiamamãe quis ir na praia de nudismo contos de incestopsicologia enfrento hiv minha filha e guei ajudaCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro arranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chuparvídeo de mulher com o Playboy mostrando a bunda no conto o homem sendo o piru da xana delacontoseroticos bebendo leite de mulher lactantecasa dos contos eróticos patrão e empregadomãe e filha fudendo com travesti de calcinhair:ma virge fudendo com irmao do piru gigamteQuero assistir filme pornô mulher sendo arrombada pela uma muda de limãocinquentona brincando com pauzudo dentro do carrocontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandefinha cendo bulinada por pai enquanto dorme no sono profundo xtubComtos casadas fodidas na cadeiamomento de carinho dando mordidinhas na nuca e desce lambendo as costas até chegar no cuzinhovídeo de mulher pelada mostrando a b***** tomando banho arreganhando e ficando de quatro fazendo altas posições massadeixo unegao desmarcado goza dentroesposa descaderada pelo negãoContos chantagiei minha irmazinhacontos eroticos opostos que se atraemxsvidio puta de rupornô comendo a cunhada crioula do lado da esposa dormindoidosa masturbano de saia escmulher convulsiona de tesao no pinto monstrover video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadaContos de cochoro que estorou o cabaco da donasexo taboo com toda a família contos ineditos mães e filhos online contos de incesto Conto erótico sololupusconto erótico gay fui comido no internatomulher casada se exibindo para o encanador enguiçado e ele sem calcinha só de saiacontos casada seduzida pelo caseiro picudotarada xividioscontos eroticos sentei no colo do pirralhoiniciando meu marido experiência inversão videosxxxcontos eróticos lesbicos strapon putinha vadia vagabunda fuderpornor doido batendo poleta na varanda homemConto gay com o padrasto coxudovideos esposa gostando de ser bolinada corninhomostrando abuçeta pedindo para alguém comerchupando buseta labefo pasda mso bocsminha prima contomorena deitada para dormir nua e cansada mas seu caozinho nao deixa lanbe sua vagia e ela gstasexo taboo com toda a família contos ineditos mães e filhos online contos de incesto contoprimeirafodachupando buseta labefo pasda mso bocs