Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Insistência do empregado

Autor: Dani
Categoria: Heterossexual
Data: 27/10/2008 16:49:56
Nota 8.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bem, descobri recentemente este site e por curiosidade após ler alguns contos criei coragem e vontade de contar minha história.

Me chamo Daniela, hoje tenho 20 anos, mas na época tinha 16 anos, morena clara, olhos e cabelos castanhos, 1.65m, um bom corpo, ao menos sempre chamei a atenção dos homens em geral.

Moro com meu vô e por ele ser muito rigido e ciumento, eu só ficava escondida dele pois ele jamais permitiria eu namorar, então tinha de ser escondida.

Nos finais de semana ele sempre vai ao sitio, em outro municipio, então eu aproveitava a brecha que tinha nos finais de semana pra sair, conhecer pessoas e ficar também.

Eu e meu vô moramos no mesmo lugar onde fica o escritório e numa casinha no fundo do quintal mora o Manuel que é ajudante geral do meu vô, tem 1.80m, não é bonito mas um bom corpo e trabalha aqui muito antes de eu vim morar aqui, pois eu lembro dele desde que eu era criança.

Desde os meus 14 anos ele ficava me cantando, me paquerando, jogando ideinhas, mas no fundo ele sabia que só estava brincando, mechendo comigo, pois jamais passaria na cabeça dele ter algo com uma "patricinha", ainda mais pela diferença de idade (ele tem o dobro da minha idade). Mechia mais mesmo por ser natureza dos homens de paquerar mulheres bonitas.

Isso foi indo até meus 16 anos, quando já estava muito muito acostumada com as paqueras, mas ai já eram mais fortes, elogiando meu corpo, minha bunda, seios...

Confesso que já começava a me encher quando num dia normal ele mecheu e eu falei pra ele ficar na dele pois já estava cansada das cantadas dele mas nada resolveu pois ai que ele me paquerou mais ainda e nesse mesmo dia ele passou por mim e de propósito esbarrou em minha bunda, mas nada falei.

A partir daí ele começou a investir pesado, esbarrava sempre em mim quando passava e eu estando distraída me dava beijo no rosto. Como eu não reclamava,ele continuava afazer cada vez mais vezes. Confesso que com o tempo eu já não estava mais firme pois eu muitas vezes me sentia carente por estar sozinha na maioria das vezes.

Um certo dia, ele chegou na porta de entrada da casa, todo suado pois estava trabalhando e o sol estava bem forte, estava com as mãos meia sujas e pediu se eu pudia tirar a camisa regata dele. Não vi problemas e a tirei, só que minhas mãos encostaram no corpo dele suado e ele veio pra frente fazendo o corpo dele encostar no meu me molhando com o suor dele e o afastei pondo minhas duas mãos abertas no peito dele pra evitar mais aproximação. Ele pegou no meu pusso, e minha mão estando molhada com o suor dele, ele passou minha mão no meu próprio rosto, aí ele passou a mão dele em meu rosto, passando os dedos pelos meus lábios, mas aí ele foi interrompido pois meu avô acabara de chegar.

Confesso que nesse mesmo dia me masturbei como nunca imaginado ele. Foi a primeira vez que isso me aconteceu.

No dia seguinte meu vô saiu de manhã como de costume numa quarta feira pois ele é professor e foi dar aula na faculdade e eu fiquei em casa e o Manuel pelo quintal.

Eu estava como de costume por estar dentro de casa, mini blusa de alça, shorts curto e sandália.

Ele sabendo que eu estava sozinha e lembrando do dia anterior, me chamou na porta de entrada pedindo um copo d'agua. Fui levar mas ele não queria água, disse pra mim que queria continuar de onde parou e disse que ele estava louco, então ele tirou a camisa, jogou a agua nele e botou minhas mãos no corpo dele que nem anteriormente.

Mandei ele parar e ele me falou que eu era muito gostosa e que ele não ia fazer nada que eu não quisesse. ele botou a mão em meu rosto, foi deslizando o dedão pelos meus lábios e foi lentamente botando ele em minha boca. Nessa hora eu segurava a mão dele pra não parar. Ele me abraçou, tirou o dedo de minha boca e me beijou, botando a língua em minha boca e eu comecei a corresponder. Beijos muito demorados. A mão dele nessa hora já estava passeando pela minha bunda, por dentro do shorts.

Ele me deitou no sofa, tirou minha mini blusa e já que eu estava sem sutiã pois não gosto de usar, ele começou a chupar, beijar, lamber meus seios, descendo pela barriga, umbigo, tirou meus shorts, minha calcinha e começou a me chupar de uma forma maravilhosa, muito gostosa. Era muito tesão, eu gozava muito.

Depois de um bom tempo, ai foi minha vez, comecei a mamar ele de uma forma bem gostosa, me acabava com o pau dele e pedi pra ele bombar em minha boca até ele gozar, pois eu queria muito. E como ele gozou, tinha muito tesão por mim.Ai em seguida, ele puxou minhas pernas pra cima e começou levemente a bombar em minha bucetinha, e como era grande e gostoso. Eu não queria que ele parasse nunca. Ele deu uma parada, me botou sentada no colo dele e continuou a bombar de novo. Gozei tantas vezes que até perdi a conta.

Quando terminamos ele falou que entendia que eu só transei com ele por eu estar carente e por ser uma espécie de desafio pro meu vô que me proibe pois eu uma "patricinha gostosa" e ele um "empregado feio". Respondi pra ele que ele poderia estar enganado e ele falou que tinha certeza disso.

Então no dia seguinte, meu vô novamente não estava, ai eu então botei um vestido de alça que vai até antes do joelho, novamente sem sutiã, chamei ele na porta de entrada. Ele ao me ver repetiu falando que o que tinha acontecido ontem ficaria no mais puro segredo e pediu desculpas. Cheguei perto dele, com um braço abracei ele, com o outro, abaixei o ziper dele, me joguei no colo dele ele estando de pé, e como estava sem calcinha, falei pra ele então pedir desculpas de novo pois ele iria me comer agora e já fui beijando ele bem gostoso e rapidamente ele já tava me bombando nessa posição maravilhosa.

Hoje em dia, 4 anos depois dessa primeira vez com ele, até hoje ele trabalha aqui e ele sempre me convence a transar com ele pois ele sabe de todos meus pontos fracos,sabe tudo que gosto, todas as brincadeiras que já fizemos juntos e meu vô nem imagina.

Quem sabe um dia eu conte mais uma aventura.

Quem quiser entrar em contato pra trocar informações meu msn é [email protected]

Comentários

20/05/2009 10:36:28
muito bom seu conto,eita empregado de sorte
27/10/2008 17:15:19
nossa, mas s vc m conhecesse,garanto q iria deixar esse cara de lado gostosa,pois sou jovem e cheio de fogo.
27/10/2008 16:21:02
o texto ta bom, faltou um pouco mais de detalhes,... nota 9 pra vcme add ai no msn.. pra gente conversar depois.. [email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sexo em familìa safadao ver novinha de roupas curta e fica b punheta pensando nela e ela nao gostouNovinha da cuzinho no enlevadosenhora de idade pratica zoofiliaporno muler de roupa transparente mostando a calcinhaxvXVídeos gay com truculênciaidosa masturbano de saia escConto erotico- mete seu pauzudo, come a sua mae putacontos erotico chantagem e submissão de casal novinhovídeo pornô com novinha com peitinho parecendo uma laranja metendo muitocontos eróticos pular pulanovinha virgem tora a roupasmostrando s calcinhaporno vai casa com porra de.outrovideu di pornor comendo de clatoContosveridicos contados por novinhasprofessora gostosa da etec contos eroticoscarolzinha baixinha gostoza trepanocontos erotico amamentei dois garotosvídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhocasada fode chamando corno falando obscenidadesComo se escreve “ manda video porno ” em inglespornor média vai examinar uma grávida e estrupadacontos eroticos, isso chupa meu peito esfrega meu grelinho faz sua putinha gozarmoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nucontos de sexo raspei minha bucetasexo ela nao quis da so acariciardeu o cuzinho pela primeira vez e pede poe devagar porque ta doendomeniina lavano abuctacontos eroticos peguei uma garotinha do interior pra criar e ensinei tudo sobre sexo pra elapornor doido batendo poleta na varanda sexoXVídeos gay com truculênciamaetrepando com a sua filha e ela goza a jatocontos eroticos ganhei um boquete no pokertravesti come cu da funkeiravedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedoxvideos o chifre mais bem tomadonovinhas que gostan de fica só de shortinho para ecita paiperdi a virgindade pq quiz conto incetoporno levei um amigo pra minha casa ele ficava elacomentários350 anal de meninasmenina que nao tem peito masgoza no pau grademelhoor jeito para chupar um cuzinho pornobocete nu travetiaRelato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliaXVídeos novinhas Idelmar negão arrombando tudoconto erotico com crenteimagens de mulheres chupando o peito uma da outra com muito prazerlesbicascontos eróticos loba adoro inversãocoxando disfarsadamente e rabuda deixandoPorno contos maes lesbicas ensinam masturbacao as bem novinhas iniciacaomulheres que nao aguentaram dar o rabo pra bem dotadosporno irma tremendo no pau ate o fundoSite porno de facio asseçocontos de scatbrincando escanchada contos pornoxvideos gay cu rasgadaicontos eroticos sou viciado num cuzinho de machobaixinha gostosa perdendo as pregas do c* e gritandoContos casal achou um comedor topa tudocontos de casada na piranhagemMinha irma adolecente taradinha em conto eroticofotos. de pirocasde cavaloConto gay com o padrasto coxudocontos eroticos corno deixa o proprio filho foder a mulherpadrasto enteada falei de sexo brasileirovídeo da vizinha ela é pornô chama o marido da outra novela saindosexo deixando mae com bunda doendo contoas bucetas mais esgassadas gozandoporn xxx mulher paga divida e corno vendo ela chorar de dorenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheioBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAnovinha brasileira encara pau enorme e chora ponodoidoperdendo as prega saindo bosta caseiromuler m as calcinhas lancesda xoxotasvideo porno fundeno cuzinho a fosafilme pornô com a Socorro lido RT xxx