Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

CAMINHONEIRO VIAJA E DEIXA SUA MULHER COM TESÃO EM CASA

Autor: Marmanjo64
Categoria: Heterossexual
Data: 28/10/2008 00:45:56
Nota 8.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Estava na festa de aniversário de um amigo Pedro, onze horas da manha, todos os presentes já estavam alegres, bebendo com as latinhas de cerveja nas mãos, a mulherada toda nadavam e conversavam na piscina, falavam alto parecia um bando de gralha, lá na piscina rolava uma bebedeira das grande, quando anunciaram que o almoço estava servido foi uma correria, as mulheres invadiram a mesa em minutos, como sou meio tímido fiquei de lado observando a festa, notei que uma mulher não tinha entrado na água, estava com um olhar triste e ficou fora da turma mais animada, eu estava sentado na área do lado oposto de onde foi servido o almoço, sozinho bebendo minha cerveja tranquilamente, ela sentou na minha frente a uns cinco metros, estava vestida com uma saia curta que tampava só a metade de suas coxas e quando ela sentou a saia ainda subiu um pouco, deixando quase toda aquelas coxas de fora, olhei para ela e neste momento ela cruzou seu olhar no meu, ficou sem jeito, meio que encabulada, por ter notado que eu estava olhando suas pernas, notei que ela também era um pouco tímida, não pude deixar de olhar suas belas pernas, seu cabelo loiro e comprido balançava com o vento, seus lábios carnudos dava um toque sexi, naquele rosto lindo, seus seios pequenos, com uns biquinhos durinhos estavam quase furando o pano de sua blusa, ela não estava usando sutiã, dei uma olhada geral naquele corpo maravilhoso, por mais que tentei disfarçar, ela percebeu, levantou e saiu de onde estava e foi para o outro lado no meio da turma.

Já era quatro horas da tarde e o pessoal começou a sair, eu estava sentado no mesmo lugar, bebendo e de olho naquela gata, depois do almoço ela começou beber, notei que ela bebia com vontade, pareceu que ela queria ficar bêbada, não ficava sem uma lata de cerveja na mão, conforme o tempo passava ela foi mostrando que estava gostando de minhas investidas.

Meu amigo veio até onde eu estava perguntou se estava tudo bem, disse que estava ótimo, ele ficou uns minutos conversando comigo e eu fui logo perguntando quem era aquela mulher, ele disse que ela era a Carmem, mulher do vizinho de seu irmão, o seu marido era caminhoneiro e ela estava acompanhando sua cunhada.

Quando meu amigo saiu, ela se afastou das outras mulheres e veio sentar na mesma cadeira que estava sentada de manha, fez que nem estava percebendo minha presença, sentou e abriu suas pernas me deixando ver sua minúscula calçinha branca enterrada na sua xana, levantou seu rosto olhou para mim e parou seu olhar no meu, não tive duvida que aquele olhar não era de mulher fiel, mostrou ser uma safadinha, quando ela colocou a lata de cerveja nos lábios derramou cerveja de propósito nos seios, olhou para mim e passou sua mão por dentro de sua blusa, um de seus seios saltou para fora, passou seus dedos no biquinho dele e fechou seus olhos, passou a língua nos seus lábios, suspirou e fez um gesto de quem estava excitada, a safada estava me provocando propositalmente, com a maior cara de pau, fiquei de telespectador da sena de exibicionismo sexual que ela fazia questão de fazer com a maior naturalidade.

Carmem olhou para mim, fiz que não estava percebendo, olhava para outro lado, ela não agüentou e disse,

>Você não gosta da turma, fica ai bebendo sozinho, parece que esta curtindo uma solidão.

Fiz que não tivesse notado que ela estava falando comigo, fiquei olhando para onde estava, ela levantou e veio sentar na cadeira perto de mim e.

>Dou uma moeda por este seu pensamento.

>Não precisa pagar se você quiser te digo em que estou pensando.

>Então diz logo.

>Estou pensando em uma mulher maravilhosa, linda que conheci, a gata é muito sexi, estou doido para trepar com ela.

Carmem fechou seu rosto, ficou desapontada com minha resposta, achei que ela iria levantar e sair, ela não sacou que a mulher de quem falava era ela.

>Nossa isto que é paixão, gostaria de conhecer esta sortuda.

>Quando estiver na frente de um espelho, você estará vendo a mulher de quem estou falando.

Ela perdeu o rebolado, ficou sem jeito, seu rosto ficou vermelho, ela ficou com ar de vitoriosa, toda convencida, sorriu com um jeitinho safado.

>Será que esta mulher vai aceitar ficar com você, quem sabe ela é comprometida e não vai poder satisfazer suas pretenções.

>Que ela é casada eu já sei, também sei que seu marido fica fora de casa durante dias e eu acho que ela fica cheia de tesão e quem sabe ela esteja afim de um homem que mate seu desejo, assim ela não vai mais precisar se masturbar.

Ela estava abrindo a boca para falar chegou o marido da sua amiga, irmão do Pedro e disse.

>Carmem vou levar você e a mulher com as crianças para casa, porque nos decidimos ficar aqui no sitio até mais tarde, vamos começar jogar truco e quando nos começamos jogar não temos hora marcada para parar.

Ela levantou e foi onde sua amiga estava com as crianças, tive uma idéia e coloquei em prática imediatamente.

>Eu já estou indo para cidade se você quiser posso levar o pessoal, assim você pode ficar aqui e jogar a vontade.

O irmão de Pedro comemorou, foi onde estava sua mulher e falou para ela que eu os levaria todos para a cidade, em poucos minutos nos já estava entrando no portão do condomínio onde eles residiam, quando parei o carro desembarquei, abri o porta malas para tirar os brinquedos das crianças, notei que ela tinha deixado sua bolsa no banco de propósito, a mulher do irmão do Pedro entrou com seus filhos e ela acompanhou até a entrada, eu fiquei fazendo cera, sabia que ela iria voltar e não deu outra, logo ela veio andando como quem estava com presa, falando alto para sua amiga ouvir.

>Deixei minha bolsa ai dentro do carro.

Eu já estava sentado na boléia, ela abriu a porta de traz para pegar sua bolsa e disse.

>Moro no apartamento de nº 37, venha amanha na parte da tarde.

>Sua amiga não vai perceber.

>Ela trabalha na parte da tarde e seus filhos vão estar na escola.

Disfarçou e saiu rápido como estivesse apresada para alcançar sua amiga que estava olhando na entrada do prédio.

No outro dia cheguei à recepção disfarçado de vendedor, falei com o recepcionista, disse que dona Carmem do AP,37 estava esperando minha visita, ele falou com ela pelo interfone e fui autorizado entrar.

Quando cheguei à sua porta ela já estava esperando de pé na porta, vestida só com uma camisola preta transparente, entrei e ela foi logo agarrando em mim, beijando minha boca com tesão, um beijo molhado, gostoso, sua língua chegava tremer tocando a ponta da minha, meu pau ficou duro feito uma estaca, ela foi logo tirando minha camisa, beijando meu peito, levou menos de um minuto para me deixar peladão, meu pau saltou contra sua barriga, ela abaixou e colocou-o na boca até onde coube, passava a língua por toda sua extenção, até o saco e lambeu minhas bolas, subiu com sua língua pela minha barriga, não deixou que falasse nem uma palavra, colou sua boca na minha e beijamos com tesão, ela estava excitadíssima, alucinada de prazer, tirei sua camisola e percebi que ela estava sem calçinha com sua xana toda depilada, seu desejo era imenso, sua tesão estava acima de seus princípios, poucas vezes eu tinha visto uma mulher com tamanha tesão, beijei seus seios, mordisquei seus mamilos, fui descendo passando minha língua pela sua barriga, abaixei e coloquei com minha boca na sua xana e que xana linda, carnudinha, com um clitóris médio, durinho, passei minha língua em redor dos seus grandes lábios, fui aproximando de sua raxa, quando enterrei a língua na raxa de sua boceta, ela delirou, gemeu feito uma leoa selvagem, chupei seu clitóris com força, pegava ele com os lábios a pertava e puxava para fora, ele esticava e voltava, ela urrava de tesão, fiquei passando minha lingua, naquela xaninha linda por vários minutos, senti suas pernas tremerem, sua xana inundava e eu sugava o seu melzinho, chupava e engolia aquele liquido gostoso, ela gozava constantemente, meu pau estava colado na minha barriga de duro que estava, chegava tremer quando eu a sentia gozando, levantei dei mais um beijo na sua boca, ela foi para cima do sofá, ficou de quatro, eu fui por traz e dei mais uma chupada na sua boceta e coloquei a cabeça do pau na sua raxa, o passei por dentro dela e coloquei na entrada de sua xana e penetrei bem devagar, cada centímetro que entrava e curtia, sentindo aquela xana linda engolindo meu pau, sua vagina estava lubrificada, lisinha meu pau foi deslizando até encostar meu saco na sua bunda, fiquei um tempo parado, ela começou a rebolar, iniciei um vai e vem bem lento, fui aumentando aos poucos, ela urrava, gemia e pedia para socar com força, senti seu corpo ficando com a pele arrepiadinha, seu bumbum ficou duro, passei a mão nos seus seios e senti-os petrificados, duros pelo tesão que ela estava sentindo, sua vagina se contraia e apertava meu pau da cabeça até o saco, ela urrou alto, gritou feito uma doida, sentindo um orgasmo alucinante, sua xana chegava pingar, escorreu até o saco, sua respiração estava ofegante, empinou bem seu trazeiro e eu soquei com mais força, chegava doer quando meu saco batia na sua bunda, meu pau inchou e jorrei porra bem no fundo de sua vagina, chegou doer a cabeça do pau de tanta porra que saiu, ela desabou, enterrou seu rosto no sofá, ficou molzinha, quando ela recuperou suas energias fomos tomar um banho junto, ela passou sabonete no meu corpo todo, suas mãos macias desligavam pelo meu corpo, meu pau ficou duro novamente, a peguei por traz e encaxei o pau no seu rego, ela esquiou seu corpo para frente e empinou bem seu trazeiro, coloquei o pau no seu cuzinho e enterrei-o com duas estocadas, senti seu cu ficar regaçado, ela gritou de dor, mais não pediu para parar, ficou parada e logo começou a rebolar sua bunda, gozamos juntos.

Nesta tarde ainda trepamos mais duas vezes na sua cama, mas nunca mais eu fui ao seu AP, ela que vem uma vez por semana aqui na minha casa, ficamos amantes e nem penso em parar de trepar com ela, a gata é muito gostosa e como é casada não fica pegando no meu pé, quanto ao marido dela, eu nem o conheço e não faço questão de conhecer, só não quero que ele pare de viajar, porque enquanto ele estiver viajando eu sou o homem que mando na sua linda mulherzinha.

Comentários

28/10/2008 21:10:47
ai, que amante feliz!! amei o conto... nota 10... bjks
28/10/2008 15:32:18
Bom, mas poderia ter mais emoção.
28/10/2008 04:51:03
Caracaaaaaaaa.....Pela primeira vez leio um conto em que a mulher não dá o cuzinho pela primeira vez...rsrsrsr....Em todos os contos o cara tira o cabacinho do cuzinho....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


ver video de porno na facudade gosando forteimpressando gostosa na parede porno doido analmeus patroas adoram chupar a minha bucetaxvidios outros puraimulhe trazando com dois hemConto erótico chupa bucetacontos eroticos gay virei chupeteiro dos senhoreconto coroa bunda gigante sodomizadaxvideo empurrando e gozando topado ate o taloporno mae e filha oubrigada pagar agiotapaguei mas gozei gostoso na filha evangelica da empregada minha contossexo anal hAaaaameu padrasto me vigiava tomar banho um dia ele comeu meu cunegal pau pulsando xvidiocontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitofoto de muie com bucetas largasmarido se assusta vendo a quantidade de porra que sua esposa derrama no pau do outro caravídeos vídeos pornográfico pai mostrando a filha para chupar até o talo se engasgando filha virando os olhosquero ver zoofilia cachorro comendo a coroa cabeluda bem gostoso organiza que tesãogay fazeno sexo com cachorro e fica engatadoenfianp atr o talo no cupanteras porno estemdeu a roupa e deu o cu pro pesoContos eroticos irmã gêmealoira esposa enquanto marido dorme ela fica engatada no dog gigante e goza de dor contos eroticoscontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putaPorno contos mamaes iniciam suas bonequinhas no incesto todos juntinhos com papais dando leitinhos na camameu cu é todinho teuempresários do pau grande transando com homens mais lindo do mundo e musculosos e gostosos na pisina mete o pau grande que sai sangue misturado com gala gostosascasa dos contos eroticos a maninha cabaço ai maninho tira ai aibobiça no mato xxxconto erotico casada crente no tremgozou na bunda da irma lavano loucaimagens de bucetas de riasas sexotavinhomg casa dos contosentregei uma pizza e mepagou com boqueteAbusada de calça leguecontos de afilhada cavalona com padrinho coroa de pauzaocontos chantagiei a filha pra comer a netahistorias eroticas perdi minha virgindade anal e vaginalestupro chupando grelo grande até ferirvideo sexo mulherzinha nova traindo seu marido com cunhado mulekãogostosas da bundonadormindo mae efilha eo pai pornodoidovideo porno padastro tomando cafe e entiada estidando pra prova de sainha mostrando a calcinha brancanotando pica no cu arrombado gay de japonesmontei um armario pra uma coroa ela me atacou e chupou meu pau tv bucetaminha esposa me falou q quer sentir outro pau na sua bucetafesta de cdzinhas no cine porno 2017Contos eroticos me vinguei da minha esposa e comi dois cuzinho finalmulheres estupradas por varios homens roludos ao extremofilha assiste porno no quarto e mae e comida por outro e mae escuta barulho estranho e vai ver o que e e ve a filha se masturbandocontos eróticos primeiras experiências com siririca com mulheres mais velhaentrequei minha vigidade pri maridi da minha tia contonando ta duendo nando ai minha buceta nando ceta poinhndo tudoconto erótico de novinha q transou em acampamento evangélicocontos mamae baby doll vermelho filha sem calcinhaela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafoxvideos sogras de pernas abertas em frente dos genrosmulher casada d vicosa mg d calca apertada na bucetaamigo gay bundudo liso vestido de mulher na festa conto gaysou mulher vou confesa que que dormia com meu primo e dei pra ele quando senti que ele tava de pau duro e eu logo mi exciteiminha irma chorou quando tirei seu cabacinhonora flaga sogro espiando ela no banho batendo punhetagosando vom o cachorrofilha adotiva safada com mae e pai contosnovinha dado cu viguicasadinha se esfregando nos homens no elevadorporno ela parecia ser tranquilamamete muitEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosVendedora gostosa do shoppingloira linda enfia sextoy grande e gfoso at gosarPriscila soca vibrado na bucetaCoroa pelada trazia com marido estupra ela não reclama de nada ela ficacontos eros chule do pintorcontos de incesto irmao assistindo tv com a irma novinha e comendo ela abracado por tras