Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Meu irmão caçula

Autor: Môni
Categoria:
Data: 06/10/2008 02:09:45
Nota 9.00
Assuntos:
Ler comentários (20) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, meu nome é Mônica, tenho 28 anos, mas quando aconteceu, eu tinha 21

Estudei em colégio de freiras, até os 16 anos, tive uma educação muito rígida,

por meus pais e professores, tive meu 1º namorado com quase 17 anos, que foi quando perdi minha virgindade já com 20 anos.

Quando acabou esse relacionamento, não tive mais nenhum relacionamento fixo,

ficava um tempo, e acabava, decepção talvez.

Meu irmão na época tinha 15 anos, um rapaz bonito, e muito inteligente, mas na fase da adolecência, descobrindo o sexo.

Vivia trancado no banheiro e de lá saía, suado e pálido,cheio de revistas de mulher pelada, e posters no quarto, coisa da idade.

Sempre nos demos muito bem, havia respeito entre nos, como é natural entre irmãos, as vezes brigavamos.

Um dia fomos visitar uma tia no interior, eu meu irmão mãe e pai.

Como a casa éra pequena, tivemos que dormir juntos na mesma cama, pois não havia cômodos para todos.

Não vi nenhum problema, pois éra meu irmão e sempre nos respeitamos.

Como faço todas as noites, antes de dormir, passo creme no corpo depois do banho, e fazia isso sentada na cama já de camisola, pois sempre me senti a vontade com ele.

Mas notei que ele me olhava diferente, com os olhos parados olhando minhas pernas.

Não éra nenhuma miss, mas tinha um corpo bonito, 1.69 alt. 57kl, muito bem destribuídos, e talves por aínda não ter visto uma mulher de perto, tenha ficado curioso então não dei bola.

Então fomos dormir, e foi aí que tudo começou.

Acordei sentido algo esfregando em mim, fiquei quieta, não acreditando no que estava acontecendo, senti algo pontudo, sendo empurrado entre minhas coxas,

éra meu irmão, ofegante, murmurando coisas que não dava pra entender.

Eu fiquei em choque, com aquela situação, não acreditava que meu irmão fosse capaz de fazer uma coisa dessas comigo.

Ele passava a mão nas minhas pernas, apertava minha bunda e me puxava contra ele.

Eu então fiz um movimento brusco com as pernas e ele rápidamente se afastou de mim, e ficou em silêncio, imovel.

Não fiz nada fiquei quieta pois não queria, acordar ninguem, mas não consegui mais dormir, senti até vontade de vomitar, mas fiquei firme, como se estivesse dormindo.

Então algum tempo depois, ele começou de novo, senti que se aproximou de novo e começou a me tocar com a mão.

Fiquei quieta, pra ver até aonde ele iría.

Depois de me tocar várias vezes, e de ter se certificado que eu dormia, voltou a fazer oque estava fazendo quando acordei.

Se aproximou mais de mim, e colocou uma perna sobre as minhas, eu estava deitada meio de lado meio de bruços, e senti ele tentando subir, lentamente sobre mim.

Aquilo, estava me dando nojo, por ver meu proprio irmão se aproveitar de mim enquanto dormia, mas não sei porque eu não reagia.

Ele então, conseguiu se encaixar na minha bunda, e eu senti seu pinto que estava muito duro empurrar minha calcinha pra dentro, bem devagar, fazia com muito cuidado, pra não me acordar é claro.

Derrepente então, ele deu um gemidinho, se tremeu e eu senti uma coisa quente descer pelas minhas coxas, ele gozou, daquele jeito mesmo, por cima da minha calcinha, tamanho éra o tesão que ele estava.

Depois, muito ofegante foi saíndo vagarosamente de cima de mim, e com alguma coisa limpou a porra que estava ali em mim.

Não vou negar, fiquei com tesão, não sei porque mas fiquei, mas logo procurei me livrar daquele sentimento sujo, pelo meu irmão.

Fiquei acordada pelo resto da noite, pensando no que faria a respeito daquilo,

se falaria pra ele que vi oque ele fez, se contaria pra nossa mãe se ficaria calada como se nada tivesse acontecido.

Então amanheceu, ouvi barulho de pessoas caminhado na casa e resolvi também levantar da cama.

Eu estava cheia de porra na minha calcinha, e percebi que ele também estava acordado, e disse:* mas oque é isso na minha calcinha, huurr que nojo que coisa melequenta, oque será*

Ele continuou alí fingindo que dormia, mas sei que ele ouviu.

Fomos então embora no fim daquele dia, e ele me tratando como sempre, como se nada tivesse acontecido, brincando e tudo mais, devia estar bem satisfeito com oque fez.

Aquilo não saía da minha cabeça, meu sente tesão por mim, e eu não sei oque fazer, so que cada vez que eu pensava naquilo que aconteceu eu também ficava com tesão.

Não sei se porque éra proíbido, por ser errado ou sei lá, eu não pensava em outra coisa.

Passaram-se os dias, ele me tratava como sempre me tratou, como sua irmã,

e eu decidi então começar a provocar, pra ver se ele teria coragem de tentar me comer de verdade, e só de pensar minha buceta pulsava de tesão, mesmo contra a minha vontade.

Pois minha intensão éra aplicar um corretivo no moleque.

Comecei então a andar de calcinha pela casa, quando estáva-mos sósinhos,

ele me comia com os olhos, mas não dizia nada, e quando eu o olhava ele desviava o olhar.

Um dia tomando banho de sol no quintal, pedi ajuda a ele com o bronzeador,

e ele prontamente veio.

Virei de bruços, empinei bem a bunda pra tras, e pedi que ele passar nas minhas costas pernas e na bunda, e ele então disse:

*Na bunda trambém!

Resp.*E claro, porque algum problema de passar na minha bunda, tu é meu irmão não tem problema nenhum, tu não acha.

Ele respondeu"claro que não mana, claro que não!

E começou a passar, quando terminou largou o bronzeador no chão e saiu rápido em direção a casa.

Deixei ele entrar e fui atrás, ele havia entrado no banheiro, encostei o ouvido na porta e ouvi, ele estava batendo uma punheta, e delirando de tesão falava:

*Ahhhh,gostosa huuuu tesão ahaaaa bunda gostosa manaaaa,aiii manaaa...

E então pelo gemido que deu deve ter gozado, e eu me peguei com a mão dentro do biquine massageando minha buceta, eu tava molhadinha.

Voltei pro quintal, e resolvi provocar ainda mais.

Quando ele voltou pro quintal, todo disfarçado, eu disse,*Bruno cuida pra mim, se chegar alguem, tu me avisa, pois eu vou ficar pelada, pra tirar a marquinha do biquine, tá.

Ele arregalou os olhos e meio gaguejando disse, tttá tttá bom eeeu cuido pra tí.

Comecei então a tirar bem devagar, primeiro a parte de cima, depois a de baixo bem devagar, pois eu sabia que ele estava me espiando de algum lugar.

Fiquei ali peladinha no sol por uns 20 min. e então saí, peguei uma toalha de banho me enrolei e fui ao banheiro.

Deixei a porta entreaberta, tirei a toalha e entrei no chuveiro, esperei um pouco, e discretamente, olhei pra porta e percebi que ele estava me espiando, e então eu disse:

*Brunoooo, brunooo, traz uma toalha limpa pra mim por favor, eu esqueci de pegar.

Ele demorou pra responder, e então veio até a porta, mas não abriu e disse:

*Oque tu quer, não entendi?

Então repeti oque havia pedido a ele, e ele foi buscar.

Logo veio até a porta, e disse:

*Onde coloco a toalha?

Resp."entra e me entrega aqui hora!"

E ele não esitou, abriu a porta e veio em minha direção com a toalha na mão, mas com os olhos vidrados na minha buceta, e então eu disse:

*Tá olhando oque, numca viu uma mulher pelada?

Ele respondeu:

*Não mas eu nem tô olhando nada, tá maluca.

Ele então me entregou a toalha e saiu, rápido.

Me sequei me enrolei na toalha outra vez, e fui até meu quarto, e então resolvi deixar ele mais louco aínda.

Coloquei uma calcinha minúscula que eu tinha e um sutiã tambem muito pequeno, e disse :

*Brunoooo, Brunoooo, vem aqui, rápido, por favor!

Ele então veio correndo ver oque éra.

Quando ele entrou no meu quarto e se deparou comigo só de calcinha, ficou paralizado me olhando, e eu disse:

*Bruno, oque foi, porque tu ta me olhando assim, parece até que quer me comer, vem aqui e me ajuda a colocar este sutiã, não consigo colocar sósinha, sempre peço pra mãe, mas como éla não esta em casa me ajuda tu mesmo.

Virei então de costas pra ele, e ele começou a tentar fechar o sutiã, mas ele tremia tanto, que sempre deixava escapar.

Então ele deixou cair no chão e eu, me abaixei pra juntar e empurrei a bunda pra traz, e fiquei encostada no pau dele,por alguns segundos, e voltei, quando virei pra ele, ele estava apertando o pau dele, como se estivesse amassando, e eu disse:

*Oque foi Bruno, tu ta branco, porque tu ta segurando teu pinto desse jeito, oque foi, ficou com tesão e seu safado.

E ele então disse, quase tendo um AVC:

*Fiquei mana, fiquei mesmo, me desculpa, mais foi mais forte que eu.

E eu falei:

*Como assim, "fiquei mesmo" eu sou tua irmã, tu tem que me respeitar, seu safado!

Ele então saíu correndo, e foi pro quarto dele.

Eu estava completamente exitada com aquilo, minha xaninha pulsava de tesão,

e então não sei oque me deu, e eu fui até lá.

Abri a porta sem bater, e olha só, ele estava deitado pelado batendo outra punheta, quando me viu ficou apavorado, e tentou se esconder de mim, atraz da cama, e então eu disse:

*Puxa eu vim aqui te pedir desculpas, mas acho que tu não ficou tão magoado assim, pois até se masturbando tu esta.

Ele disse:

*Mana por favor não conta pro pai, por favor!

Eu então falei:

*Contar oque, que tu estava batendo punheta pensando em mim, ou que tu tentou me comer enquanto eu dormia, aquele dia lá no interior, hein!

Ele então, começou a chorar, e a pedir perdão, e que não sabia que eu havia visto, que ele achava que eu estava dormindo e que nunca saberia.

E eu então disse:

*Tu sabe que isso é errado não é, que se o pai ou a mão soubescem, ficariam loucos, mas eu vou te ajudar, com a promessa que nunca mais tu vai fazer outra vez e nunca vai contar pra ninguem.

Ele estava, parado sem entender nada, e então disse:

*Eu prometo mais, me ajudar como, contar oque?

E eu então disse:

*Tu não queria me comer, então vou deixar, mas fique certo que sera a unica vez, entendeu.

Quando eu disse aquilo, parecia que ele tinha ido ao céu e voltado, tamanha éra a cara de satisfação dele.

Então eu disse:

*E aí vai ficar so me olhando, não vai fazer nada, é uma chance única, logo eles vão estar em casa, e eu com serteza vou mudar de ideia.

Eu estava com muita vontade de fazer aquilo, aquele sentimento proibido tinha tomado conta de mim.

Ele totalmente inesperiente, chegou perto de mim e me abraçou pela cintura com força, com o pou muito duro, colocou no meio das minhas pernas, e começou a me chupar os peitos, como se fosse um bezerro, ele estava alucinado, de tanta tesão.

Eu então o empurrei e o levei até a cama dele, ele deitou, mas não esperava oque eu faria.

Peguei aquele pau duro, que não éra muito grande mas muito duro, e comecei a beijar a cabecinha, bem de leve, passar a lingua por tudo e num só movimento abocanhei aquele pinto e comecei a chupar, quando ele não suportou e gozou, consegui tirar da boca a tempo senão teria tomado todo o leite dele.

Então eu disse:

*Como tu vai querer agora?

Ele havia gozado a poucos minutos e o pau dele ja estava duro de novo, e ele disse:

*Quero do jeito que sempre me imaginei te comendo, fica de quatro.

Na hora me deu uma angustia, de ouvir meu irmão me mandando ficar de quatro, que quase desisti, mas o tesão éra maior que qualquer outra coisa,

e então fiquei, de quatro como ele me pediu.

Ele então veio de joelhos no chão, e eu peguei no pau dele e coloquei na minha buceta, que a muito tempo não éra comida, e falei:

*Agora faz oque tu queria, não tem calcinha pra te atrapalhar, me come pirralho me come.

E ele obedeceu meu comando, me puxou pelos quadris e começou a bombar com força, e eu a mexer como uma cadela, e com a ajudo do meu dedo, gozei, e ele não parava de me foder nem por um segundo, dondo fortes estocadas, na minha buceta, ate que não resistiu e gosou outra vez, quando eu senti inchar o pau dele tirei de dentro de mim, e ele espirrou porra em mim outra vez, ficamos ali um tempo, e fui pro meu quarto, com a conciência pesada, mas satisfeita.

Depois disso... é uma outra estória.

Comentários

13/01/2018 09:03:56
Gostoso o teu conto, adorei, fiquei excitada. Hoje sou bissexual mas admito, chupei o pinto do meu irmão várias vezes, um dia ele trouxe 2 amigos que tbm tive que chupar e admito, chupei, chupei muito e os 3 gozaram na minha boca e meu irmão me mandava engolir, o que fazia, eu gostava, eu adorava sentir aqueles jatos de leite dentro da boca. Um belo dia ele mais um amigo dele, o Daniel, eu adorava esse amigo dele, que tinha um pinto bem sacudo e muito lindo, me pegaram pois meu irmão me dizia que eu já tinha idade e já tava cheia de pelinhos e os peitinhos já estavam bem crescidinhos para poder fazer essas coisas e sabia que sempre que ele ia tomar banho, eu o espiava e ele batia punheta de propósito bem em frente a porta e gozava pra caramba pra eu ver. Adoro fazer com o meu irmão e o amigo dele, a gente faz quase todos os dias e um outro dia ele trouxe tbm o Marcelo, outro amigo dele. Os 3 sempre gozavam na minha boca e eu engolia tudo. Eu adorava e ainda adoro chupar no pintão bem sacudão do meu irmão bem que hoje os 3 são casados mas sempre conseguimos fazer, no motel, ou no mato mas sempre fazemos e é sempre bem gostoso. [email protected]
19/10/2017 17:24:58
Que delicia eu sou louco pra meter gostoso assim na minha irma . [email protected]
22/03/2017 04:04:04
28/01/2016 15:06:32
Proibido mas muito excitante você tirou o cabaso do seu irmão e com certeza ele adorou gostaria de ter uma prima assim irmã talvez não comeria mas primas ou tias com certeza
05/04/2014 23:51:32
Perdeu a virgindade com 21 anos, mas deu pro irmão aos 17 !? o.O Enfim, Mas gostei do conto :D :*
23/02/2013 18:24:38
REalmente um ótimo conto, gatinha
29/10/2009 02:55:56
OLA CACHORRINHA DELICIOSA. QUE TAL VC LER MEU CONTO, E CHEGAR A CONCLUSAO, DE QUE VC É DE CARNE E OSSO E NAO DE FERRO, E QUE VC TEM SEUS DESEJOS AS VEZES NCONTROLAVEIS, AS VEZES NAO. SENDO ASSIM, DEIXO A SUA DISPOSIÇAO MEU CONTO PARTE 1 E 2. ONDE FIQUEI COM DUAS CASADAS, E SABERAS O QTO É DIFICIL VENCER AOS ÍMPETOS. PROMETO TE FAZER GOZAR MUITO LENDO ESTE CONTO, POIS COINCIDENTEMENTE TODOS QUE RELATO SAO VERIDICOS. NO FINAL DO CONTO TEM MEU MSN PRA QUE AGENTE SE CONHEÇA MELHOR. BEIJOS CONTO PARTE 1 : http://sharoland-nn.ru/texto/CONTO PARTE 2: http://sharoland-nn.ru/texto/
29/10/2009 02:52:28
oi
14/05/2009 23:46:50
nossa como vc eh safadinha.... adorei!!! adiciona? [email protected]
11/04/2009 20:32:58
demais essa transa
05/02/2009 17:22:01
gostei pra caralho nota 1000
07/10/2008 17:59:42
gostaria de saber teu msn para nois conversar gostosa espero qu nao tenha dado o rabo tambe
07/10/2008 14:56:00
puts vc e d + garota ta de paraens quero ver continuação
07/10/2008 07:39:35
Muito bom seu conto, Monica. Escreve com sinceridade. Gostaria de ler mais. Bjs
06/10/2008 15:23:40
safadinha vc nõ quer me conhecer não sou um coroa bonitão e picudo bem grosso i meu Email [email protected]
06/10/2008 14:47:06
goste, 10, adoraria te ver...bjs
06/10/2008 11:25:16
achei seu conto otimo me add no seu msn pra gente conversarmos potranca gostosa [email protected]
06/10/2008 08:15:09
A história é boa me deixou com tesão quase o tempo todo. Msn. [email protected]
06/10/2008 06:35:31
muito bom, continue... Meu msn [email protected] para conselhos ou boa conversa.
06/10/2008 06:35:05
Legal. Então, vamos à outra história, que deve até ser mais quente. Afinal, faltou você dar mais alguma coisa para ele... a bundinha, que deve ser bem deliciosa também. Conta o resto, conta???

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


baixar pro celular videos novinha gordinha de chortinho dando pro irmao pauzudometendo com enteada nova E que gosto de uma quentinhavídeos vídeos pornográfico pai mostrando a filha para chupar até o talo se engasgando filha virando os olhosver vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger o pau entrou de veis ela desmaiouporno doido faxineira obedientecurrado na borracharia de beira de estrada conto erótico gayvideo de sexo esposa convida o amigos para fasa uma tripla penetracao ao mesmo tempo na buceta da putataradaComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gaysgostosas minisaia enos debaixodelascontos por causa do meu picao fude todas amigas da minha mãeconto erotico meu/marido transou comigo e meu sobrinho"cheiro de cu de macho"contos eroticos meu cachorrinholevei a minha noite também nua da filha me trata nua mandando minha pelada nua e vizinha tá na loja com meu pequenopornor doido batendo poleta na varanda sexoContos de incestos mamae brinca de lutar com filho ele fica com tesaofiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosconto erotico traicaochantagemxvidios novinho trasando com dorcontos-esfregando na bundinha da netinhasexos de negues arregaçando xoxotasfilhaabre as pernas qie vou te fider gostosohotwife e marido contoscontos eróticos brincando cometi o incestonovinha dado cu viguiler conto erotio descabaçando irma peluda20contos eroticos transei com meu filho gostosodupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidoconto erotico estupro cu maridoacordei galada de tanto gemer sonhei com uma ponba que me fez gemer video porno baixarminha mãe irmã vovó conto eróticoporno chupando a bucheta da minha padroa em baixo da mesa na sala de reuniõesgta faz sexed putaria sessaocontos eroticos namorada vendada pica irmãosexo porno meu pai foi ate meu quarto me chama pra conversa e me chupou ate eu gozaporno na fazenda porno doido homem chupanto a buceta ate gozartacontos tia dando o cu pro sobrinhovideo pono colocono shotinho diladinhowww.xvideos meninas com fartura de carne da buceta e rabo gostosocontos eroticos A Dama e o Bruto contos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramfotos da bucetas da sadinafui dançar e fui fudida por um pauzudonora flaga sogro espiando ela no banho batendo punhetahomens roludos e picudos nu de rondoniaesfregando no busao quando ela descuidou entrou na xanaGostosas de. Shortinho super detalhando a s partes intimas fotosque kikada cunhadinha pornoVideos de sexo sogras peitos muchoso meu padrato meteume o caralho na maocontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudoEu quero pornô com tio t***** comendo a novinha apertadinha do patinho doidoGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosapastora bucetuda de fil dentalsobrinha e tia com pai potaria brasileiroContos eróticos de gay comi o filho do amigo do meu paiContos eroticos de mae da banho filho com braço e perna quebradaencanador conto gayconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaoboquinha lizinha vidioporno gay com vendedor de porte e portacontos porno de incesto, interior da bahia com o irmao acidentado de moto, contos pornocomendo a sogra tatiane bem gostosocontos boquete pagamentovideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciameu avô estorou meu cabacinhoguia de como fuder cadelaspiranhona de espartilho e cintaxvideo filinha mimada senta no colo do papai para masturbaconto erotico de corno paraensenegras lesbicas fazendo tribadismo cabeca vs cabeca c clitorisContos de negros bem dotados rasgando cu de garotinhos brancos viadocontos eróticos reais nnnchifruda voyeur cuckqueanContos eroticos incesto com titias e crentesmulher cor de jambo anal classicoConto.erotico sogra tatoadaviduda.mulhe.porno dando a buceta noma tranza agresivamargarinas na buseta e no cunovińhas xvideo gozando sem fazer parulhoCONtos minha mae de calça legue com a buceta repartida ao meiocasada loira gaucha fode c pausudo que enche ela de porra e corno olhaCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro um uisque depois de um cigarro pornoVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazerincesto com meu vô contosposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularnovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papai