Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O meu mulato - 2 (continuação)

Autor: Ed
Categoria: Homossexual
Data: 22/11/2008 14:42:15
Última revisão: 25/07/2015 03:22:28
Nota 9.82
Assuntos: Homossexual, Gay, Oral, Anal
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A partir daquele dia em que dei pela primeira vez ao meu mulato (ver relato O meu mulato - 1) passei a ser também a mulherzinha do meu mulato. Todas as vezes que ele precisava esvaziar o leitinho dos culhões despejava todo esse leitinho na minha boca ou na minha bundinha que sempre aconchegavam toda aquela rola agradecida.

Tivemos muitos outros encontros. Num desses encontros tive a pica de meu mulato na boca por quase 2 horas. Ele adorava sentir o pau dentro da minha boca, que aconchegava bem gostoso aquela rola, com a minha lingua envolvendo e fazendo carinho naquele mastro e, assim, ficava simplesmente chupando aquele pau, deitado e com a cabeça no seu colo até ele gozar e eu tomar todo o leitinho. O meu prazer era dar prazer ao meu homem e ve-lo gozar gostoso.

Depois de gozar e de me fazer engolir todo o seu leitinho ele não me deixou tirá-lo da boca. Assim, tive que manter aquele pau gostoso na minha boca, sentindo ele ficar mole, sem mexer com a língua por algum tempo, de acordo com as suas ordens. Enquanto isso ele falava que minha boca era deliciosa e aconchegante e que eu era a fêmea dele e outras coisas que me deixavam feliz...

Depois de uns 25 minutos me mandou começar a brincar devagarinho com a língua e o pau dele foi crescendo devagar... quando estava bem duro ele segurou a minha cabeça e fodeu a minha boca até gozar de novo. Depois manteve-o na minha boca, e o senti ficar mole de novo. Cheguei a dormir com a cabeça em seu colo e o seu pau na minha boca, como se fosse uma chupeta. Só tirei o pau dele da minha boca quando ele deixou. Me sentia uma fêmea submissa e obediente ao meu macho...

Muitas outras vezes ficamos assim nessa brincadeira oral e enquanto ele mandasse eu ficar com o pau dele na boca, obedecia ao meu macho e ficava com a minha chupeta na boca, sentindo o seu cheiro, com a cabeça recostada em seu colo e o meu nariz encostado em sua virilha.

Noutros encontros, adorava quando o meu mulato gozava na minha bundinha e permanecia plugado em mim, esperando folego pra recomeçar a bombar. Nao dava pra resistir ser usado pelo meu mulato novamente e tê-lo plugado por muito tempo, fazendo pressão com o cuzinho para tê-lo dentro de mim, juntamente com o seu leitinho...

O mais maravilhoso disso era me sentir entregue e totalmente à disposição do meu macho para satisfazê-lo.

Como muitas tardes o Paulinho ia para o terraço e, muitas vezes, os outros meninos, nem sempre podia estar com o meu mulato, que ficava me esperando no quintal da casa abandonada. Quando eu não aparecia para chamá-lo, ele sabia que não poderia recebe-lo, embora pensasse que o motivo era a minha mãe estar em casa.

Mas mesmo sendo comido pelo Paulinho e pelos outros meninos, também queria ter o leitinho de meu mulato pois achava um desperdício saber que ele ia para a casa abandonada tocar uma punheta quando eu não aparecia... assim, resolvi fazer uma limpeza num dos quartos da casa abandonada e deixar escondido lá um cobertor para estender no chão e poder me deitar com o meu mulato.

Assim, quando não podia me encontrar com ele no início da tarde, ele sabia que eu iria aparecer na casa abandonada por volta das 6 horas quando minha mãe já estava em casa mas entretida com as novelas.

Assim podia também satisfazer o meu mulato e evitar que ele jogasse o seu leitinho fora numa punheta. Nem que fosse com a boca eu recolhia o leitinho de meu macho para que ele pudesse dormir melhor a noite. Nem sempre eu gozava, principalmente quando já tinha sido comido mais cedo pelo Paulinho e pelos outro meninos mas sentia prazer em estar totalmente à disposição do meu mulato para satisfazê-lo e dar-lhe muito prazer.

Ele era insaciável e todos os dias queria me comer pelo menos umas duas vezes. Dizia que eu era a sua namorada e que nenhuma mulher que ele conhecera antes lhe tinha dado tanto prazer e que o tinha chupado tão bem quanto eu... ele adorava as minhas mamadas...

Mais que namorada, me sentia a sua mulherzinha. Gostava de lhe dar prazer e de estar à sua disposição, obedecendo todas as suas ordens e oferecendo a minha boca ou bundinha, da forma como ele quisesse usar para sentir prazer...

Um dia tive que passar a noite sozinho pois a minha mãe foi visitar a minha avó, que estava adoentada.

Assim, o convidei para ir dormir lá em casa e ele aceitou na hora! Passei a noite toda sentindo-o dentro de mim e mantendo-o plugado na minha bundinha ou então abraçadinho a ele em conchinha, sentindo o seu pau e o seu corpo colado ao meu e, às vezes, sendo acordado com ele tentando enfiar o seu pau na minha bundinha, gozando e depois voltando a dormir, para me acordar de novo algum tempo depois bombando aquele pau dentro da minha bundinha e me dando leitinho novamente... foram muitas gozadas dele na minha bundinha... nao dá pra resistir ter um macho me usando a noite inteira... foi uma noite inesquecível... foi maravilhoso me sentir entregue e totalmente à disposição do meu macho para satisfazê-lo.

Continuar com o macho dentro de vc, sentindo o cuzinho todo esporrado e fazendo pressão pra não sair nada...até reiniciar a foda e depois a porra escorrendo a cada bombada... posso passar muitas noites assim... e realmente aconteceu outras vezes pois a minha mãe ia com cada vez mais frequência passar a noite com a minha avó.

Numa noite o meu mulato trouxe umas roupinhas da irmã e me obrigou a vestir: uma calcinha, um soutien e um baby doll bem sexy. Fiquei muito gostosa e depois que me deitei com aquelas roupinhas ao lado dele, me senti como se fosse a sua esposa e estivesse em lua-de-mel. Me deitei quietinha e esperei meu homem tomar a iniciativa... ele passou a mão pelo meu corpo, levantou o soutien e ficou apertando os meu peitinhos com os dedos. Depois me virou de bruços, abaixou a minha calcinha até o meio de minhas coxas e começou a passar a mão áspera na minha bundinha macia.

Sabia que ele ia me comer a noite toda e que ia receber o seu leitinho, que tanto gostava. Tinha que estar a disposição dele para lhe dar prazer. Me excitava saber que teria de me entregar e ficar submissa aos seus caprichos de macho. Foi delicioso...

[email protected]

Comentários

20/10/2017 08:28:40
Meu lindo, gostei das tuas experiências com esse mulato. Como apreciadora do anal, me senti vivenciando cada cena. Vi num comentário seu que vc gosta de ser traído pela esposa. Meu ultimo relato, é sobre isso. Tua opinião é muito importante para mim. Me visite. Beijinhos.
18/10/2017 07:09:06
Hummm, muito bom! Me fez lembrar as aventuras juvenis. Na nossa rua morava um menino que adorava brincar. A gente se revezava em encoxá-lo. Nem sei se cheguei a comer a bundinha dele. Bons tempos. Se puder, leia a minha primeira vez com uma mulher no mato. Abs.
20/09/2016 19:40:56
Kd vc?
01/03/2016 18:45:24
Volta sim! Muito excitante o que vc nos conta!
Lx
25/07/2015 03:26:12
Olá Canário Livre. Obrigado pelo elogio... vou voltar a contar as minhas experiências, que são muitas e deliciosas para mim...
20/01/2015 20:32:07
Pena ter parado de escrever!
09/09/2014 12:11:13
bom demais
15/02/2013 16:24:32
Tá bem contado... Mas dez gozadas no cu numa noite é um çerto exagero...
21/05/2009 16:21:44
Queria estar no lugar do mulato e saborear um cuzinho tão tesudo.
23/11/2008 13:36:13
Pena que não sou seu mulato, gostoso!!!!!!Queria poder dar e comes os dois tesudos!!!!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


mulher gosando de mas qe xega espirra lange.compilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosentecontos erticos lufersobrinha ainda sem peitinho 13 contoBucetainchadaxvideomobileincesto no colo do papai tomando cafe sem calcinhaContos padrasto enteAda submissacomi egua nova contovelhas festejando c negros cacetudosnovinha engole pau do paulaocontos mulheres cinquentona nao aguenta pau com super cabecagozando dentro da mignonzinhaconto porno me depilaram todinhapornô b***** grilada da novinhacuzao areganhado p cavaloswing video mulher beija depois de levar gozada na boca de outroporno de mulheres tentando fiji de pica grandemeu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosaConto dando sonifero enteadabiba boqueteras pornomuleke come buceta na cachoeira sem camisinha na matamolekes.pelados.com.a.rola.melada.de.espermasexo contos eroticos comi minha prima d menor nordestinacontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitoContos eroticos mamaeeee uii aiivideo de sexo narido xifrado com a comlhadaporno socorro meu genro fode malFamiliasacana queridi.ho da mamaemulher transando com picasdeborrachaxvideos comedo uma mele buchudaContos eróticos confissôes de umà crente safadadavs contos eróticosconhado se aproveitando da conhada porreporno pirno buceta saindo gosmacontos gay ajudando meu pai fechar a venda 2quero ver todos os filme que As Mulheres Ricas pegando a xoxota na cara dos homens com a imagem bem grande e g****** na boca descendo embaixo na boca deleamarados com cordas e mulheres tatendo punheta ate eles gozar xvideosconto erotico esposa liberadaflagrei a novinha metendo no matinho e chantagiei contostva bucetagostosa gordinhas tirando cabeçavídeo pornô intrigada e padrastoemtiada.rabuda loulinha dolecente espiada pega foca sexocoletanias maior pau do mundo pornocurrada pelos negões no carnavalcontus estupro de novinhasComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gaysPorno contos mamaes iniciam suas bonequinhas no incesto todos juntinhos com papais dando leitinhos na camapornor corno gosa na buseta melada de porra domegaoCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro padrasto e intendenda gostosobbw q curta peidar contos reaisvideo olhei peludo no banho deu vontade de chuparcontos eroticos gays o principe roludofeminizaçao esposa cu grosso contosexo real conhadas nuas banho pau bizarro tesaocomendo traveco na casa abandonadabuceta d penuargalson come a vagabunda no bar enquanto conversa com amiga pornoporno mãe possuir segredo fudendo escondido do maridosexo ruiva nu riuseduzida por um estranho contos pornocontos de homens casados e suas escapulidascontos eroticos com viuvas ricas e sedutorasxexoleitinhoBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAcontos eroticos aprendendo a dirigirfilme pornô com a Socorro lido RT xxxfiume porno garoto senti tezao pela crentinhamulher gorda e velha com as pregas do cu frouxa peidando porraEm Família: Parte 1 Autor Sr G casadoscontosenfiando o dedo na cabacinha delacontos de sexo raspei minha bucetaContos de insesto. Irma gostosa e sua melhor amiga dando a buceta pro seu irmao roludo do pau grande e grosso e cabeçudo comer com vontade.contos eroticos menino esfolo minha esposamenina+bem+novinha+nua+dadi+seu+cu+vigi+para+padtastogosto de tomar leite de homemandrew arlindo dellavoglio casa dos contospeguei meu padrasto transando com meu vizinho e fiquei com tesaoPai chupando e amassando os seios e vagina da filha e passando a mao na vagina dela ver video calcinha molhadax.vídeos pornô família risquinha irmão e irmã novinhosver somete vidio duas pica grade na buceta virger saiu sange