Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O meu mulato - 2 (continuação)

Autor: Ed
Categoria: Homossexual
Data: 22/11/2008 14:42:15
Última revisão: 25/07/2015 03:22:28
Nota 9.82
Assuntos: Homossexual, Gay, Oral, Anal
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A partir daquele dia em que dei pela primeira vez ao meu mulato (ver relato O meu mulato - 1) passei a ser também a mulherzinha do meu mulato. Todas as vezes que ele precisava esvaziar o leitinho dos culhões despejava todo esse leitinho na minha boca ou na minha bundinha que sempre aconchegavam toda aquela rola agradecida.

Tivemos muitos outros encontros. Num desses encontros tive a pica de meu mulato na boca por quase 2 horas. Ele adorava sentir o pau dentro da minha boca, que aconchegava bem gostoso aquela rola, com a minha lingua envolvendo e fazendo carinho naquele mastro e, assim, ficava simplesmente chupando aquele pau, deitado e com a cabeça no seu colo até ele gozar e eu tomar todo o leitinho. O meu prazer era dar prazer ao meu homem e ve-lo gozar gostoso.

Depois de gozar e de me fazer engolir todo o seu leitinho ele não me deixou tirá-lo da boca. Assim, tive que manter aquele pau gostoso na minha boca, sentindo ele ficar mole, sem mexer com a língua por algum tempo, de acordo com as suas ordens. Enquanto isso ele falava que minha boca era deliciosa e aconchegante e que eu era a fêmea dele e outras coisas que me deixavam feliz...

Depois de uns 25 minutos me mandou começar a brincar devagarinho com a língua e o pau dele foi crescendo devagar... quando estava bem duro ele segurou a minha cabeça e fodeu a minha boca até gozar de novo. Depois manteve-o na minha boca, e o senti ficar mole de novo. Cheguei a dormir com a cabeça em seu colo e o seu pau na minha boca, como se fosse uma chupeta. Só tirei o pau dele da minha boca quando ele deixou. Me sentia uma fêmea submissa e obediente ao meu macho...

Muitas outras vezes ficamos assim nessa brincadeira oral e enquanto ele mandasse eu ficar com o pau dele na boca, obedecia ao meu macho e ficava com a minha chupeta na boca, sentindo o seu cheiro, com a cabeça recostada em seu colo e o meu nariz encostado em sua virilha.

Noutros encontros, adorava quando o meu mulato gozava na minha bundinha e permanecia plugado em mim, esperando folego pra recomeçar a bombar. Nao dava pra resistir ser usado pelo meu mulato novamente e tê-lo plugado por muito tempo, fazendo pressão com o cuzinho para tê-lo dentro de mim, juntamente com o seu leitinho...

O mais maravilhoso disso era me sentir entregue e totalmente à disposição do meu macho para satisfazê-lo.

Como muitas tardes o Paulinho ia para o terraço e, muitas vezes, os outros meninos, nem sempre podia estar com o meu mulato, que ficava me esperando no quintal da casa abandonada. Quando eu não aparecia para chamá-lo, ele sabia que não poderia recebe-lo, embora pensasse que o motivo era a minha mãe estar em casa.

Mas mesmo sendo comido pelo Paulinho e pelos outros meninos, também queria ter o leitinho de meu mulato pois achava um desperdício saber que ele ia para a casa abandonada tocar uma punheta quando eu não aparecia... assim, resolvi fazer uma limpeza num dos quartos da casa abandonada e deixar escondido lá um cobertor para estender no chão e poder me deitar com o meu mulato.

Assim, quando não podia me encontrar com ele no início da tarde, ele sabia que eu iria aparecer na casa abandonada por volta das 6 horas quando minha mãe já estava em casa mas entretida com as novelas.

Assim podia também satisfazer o meu mulato e evitar que ele jogasse o seu leitinho fora numa punheta. Nem que fosse com a boca eu recolhia o leitinho de meu macho para que ele pudesse dormir melhor a noite. Nem sempre eu gozava, principalmente quando já tinha sido comido mais cedo pelo Paulinho e pelos outro meninos mas sentia prazer em estar totalmente à disposição do meu mulato para satisfazê-lo e dar-lhe muito prazer.

Ele era insaciável e todos os dias queria me comer pelo menos umas duas vezes. Dizia que eu era a sua namorada e que nenhuma mulher que ele conhecera antes lhe tinha dado tanto prazer e que o tinha chupado tão bem quanto eu... ele adorava as minhas mamadas...

Mais que namorada, me sentia a sua mulherzinha. Gostava de lhe dar prazer e de estar à sua disposição, obedecendo todas as suas ordens e oferecendo a minha boca ou bundinha, da forma como ele quisesse usar para sentir prazer...

Um dia tive que passar a noite sozinho pois a minha mãe foi visitar a minha avó, que estava adoentada.

Assim, o convidei para ir dormir lá em casa e ele aceitou na hora! Passei a noite toda sentindo-o dentro de mim e mantendo-o plugado na minha bundinha ou então abraçadinho a ele em conchinha, sentindo o seu pau e o seu corpo colado ao meu e, às vezes, sendo acordado com ele tentando enfiar o seu pau na minha bundinha, gozando e depois voltando a dormir, para me acordar de novo algum tempo depois bombando aquele pau dentro da minha bundinha e me dando leitinho novamente... foram muitas gozadas dele na minha bundinha... nao dá pra resistir ter um macho me usando a noite inteira... foi uma noite inesquecível... foi maravilhoso me sentir entregue e totalmente à disposição do meu macho para satisfazê-lo.

Continuar com o macho dentro de vc, sentindo o cuzinho todo esporrado e fazendo pressão pra não sair nada...até reiniciar a foda e depois a porra escorrendo a cada bombada... posso passar muitas noites assim... e realmente aconteceu outras vezes pois a minha mãe ia com cada vez mais frequência passar a noite com a minha avó.

Numa noite o meu mulato trouxe umas roupinhas da irmã e me obrigou a vestir: uma calcinha, um soutien e um baby doll bem sexy. Fiquei muito gostosa e depois que me deitei com aquelas roupinhas ao lado dele, me senti como se fosse a sua esposa e estivesse em lua-de-mel. Me deitei quietinha e esperei meu homem tomar a iniciativa... ele passou a mão pelo meu corpo, levantou o soutien e ficou apertando os meu peitinhos com os dedos. Depois me virou de bruços, abaixou a minha calcinha até o meio de minhas coxas e começou a passar a mão áspera na minha bundinha macia.

Sabia que ele ia me comer a noite toda e que ia receber o seu leitinho, que tanto gostava. Tinha que estar a disposição dele para lhe dar prazer. Me excitava saber que teria de me entregar e ficar submissa aos seus caprichos de macho. Foi delicioso...

[email protected]

Comentários

20/10/2017 08:28:40
Meu lindo, gostei das tuas experiências com esse mulato. Como apreciadora do anal, me senti vivenciando cada cena. Vi num comentário seu que vc gosta de ser traído pela esposa. Meu ultimo relato, é sobre isso. Tua opinião é muito importante para mim. Me visite. Beijinhos.
18/10/2017 07:09:06
Hummm, muito bom! Me fez lembrar as aventuras juvenis. Na nossa rua morava um menino que adorava brincar. A gente se revezava em encoxá-lo. Nem sei se cheguei a comer a bundinha dele. Bons tempos. Se puder, leia a minha primeira vez com uma mulher no mato. Abs.
20/09/2016 19:40:56
Kd vc?
01/03/2016 18:45:24
Volta sim! Muito excitante o que vc nos conta!
Lx
25/07/2015 03:26:12
Olá Canário Livre. Obrigado pelo elogio... vou voltar a contar as minhas experiências, que são muitas e deliciosas para mim...
20/01/2015 20:32:07
Pena ter parado de escrever!
09/09/2014 12:11:13
bom demais
15/02/2013 16:24:32
Tá bem contado... Mas dez gozadas no cu numa noite é um çerto exagero...
21/05/2009 16:21:44
Queria estar no lugar do mulato e saborear um cuzinho tão tesudo.
23/11/2008 13:36:13
Pena que não sou seu mulato, gostoso!!!!!!Queria poder dar e comes os dois tesudos!!!!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos de sexo selvagemcom velhosesfregou e gosou na xeca da amiga uhhhmulher muito gostosa pedi varios para gozar no cuzinho muoto apetardocontos eróticos esposa foi e*******' no comício do político e dehomens gostam de esfregar nos pelinhos da vaginavideos sexo incesto filha reda calcinha pro papai fude elacontos lesbicos e penitencia no conventover gostosas que presisou rasgar o seu chortinho de putinha para dar a bucetaxvideos. buçetá de eguaincesto tirando virgindade de garota de oito anos no semáforoquem quebrou meu cabaço foi meu paiLevantaram o rabo da egua e mostrou a buceta delapornô doido comadre entre pica grande negãopornô vai consertar geladeira e ela transa com Letíciaconto erotico gay meu pai vendeu meu cu por 100 reais pro seu/amigocontos eroticos de mai traindo eafinha espiando escondidavídeo de sexo amador brasileiro de Osasco Eloisa oliveira dando o cu para doisdormi de calcinha com meu filho e dei pra elecontos eroticos dei para um vizinho de iptingaPeço assistir video pornografico quente ao vivo, de meter o pau fundo e brincar dentro da vagina, eu chupando outro pau bem gostoso, gemendo de prazer incansável,entrou gosada chanaRelatoa erodico de geyse arruda contando como.perdeu a vingidade do.buceta e do.cuzinhoandrew arlindo dellavoglio casa dos contosnovinha de chinelo havaianas contospiranhona de espartilho e cintaquero ver um monte de mergulhador de 19 a 20 anos de sunga de pau bem duro peladodei o cu video para o time inteiro de futebolcontos erotico amamentei dois garotoslesbicas se vingando da rivalpornodoido meu pai me consola depois deu chorargosada dentro da buceta de surpresa.sexo em famíliaconto erotico a menina crente classicoEu Queria arranjar uma queria que passasse um filme para mim né e mulher pelada para mim entendeuvideo da minha jeba arrombando o padreconovinhas ninfetas tao novas que nem peito tem aindamulher cagando enquanto dava a bucetacomo amasiar um bum-bum super sexomenina que nao tem peito masgoza no pau gradever contos de tio q criou sobrinha e depois fudeu ate nu cuvídeos de pornô com homem com homem o homem chamando shampoo no pinto do outro e lambuzando de xixiconto filho pirocundo dando banho na maenovinhobonitinho de quatro pede rola grossano cucontos de sexo raspei minha bucetanovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaiconto gay meu colega aceitou da o cucontos eroticos agresivos de meninas lesbicas gostosas virgensincesto com meu vô contosgostosas. culpado roludasfodendo o putynho gayFotos de picas alargadoras de cu de gaysVideos de sexo brasileiro nem naceu cabelo na bucetinha virgem e ja ta metendo com pauzaofilme pornô com a Socorro lido RT xxxpaniqueti lavando gosarda pirniacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendotentando meter com pinto inchadoconto de como come meu maridoquando voltei entrei no quarto da minha irmazinha e vi ela se mastubando dei uma bronca nela contos de incestovideos de sexo, lambeçao de barrigamamãe+mamãe.papai++nuacontos transando com cunhado mais novovidio de pono gya com tio com briquendo polo cu do seu afilhado mundobichacache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho contos eróticos chorei gritei esperneei mas aguentei tudo no c*vídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhoeu mostro a Deus e o Diabo que eu como esse comer aquikkkkcontos arronbaram meu cuzinho de menininha virgemmulher e homem tirando a roupa da mulher Valendo Nada superar chupando priquitoconto erotico com crentenovinha dando.uma segirada na piroca do primo no quartoContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudipassando a mao no decote e chupando os peitoscontos eróticos no YouTube deixei meu filho me comerviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau durobuceta tao grande ce edtufo a calcinha coroacontos eroticos Robertameu sogro isasiavel comtoimagens e videos de coroas tesudas metidas no sexo kente ate esporrar fora e mostrando a cona inchada com labios longosContos: Mulher casada adora da o cu para o marido, mais antes faz lavagem no intestino.minha cunhada me procurou para trepar