Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Garoto Coroa

Um conto erótico de Marmanjo64
Categoria: Heterossexual
Data: 20/12/2008 11:24:36
Nota 7.00
Assuntos: Heterossexual

Sempre fui de viver o dia de hoje para que amanha não fique arrependido do dia de ontem, muitos amigos dizem que vivo fora minha realidade, fazem diversas críticas por eu ser um coroa já grisalho e gostar de viver no meio da juventude.

Sei que as pessoas de minha idade não curtem festas, baladas, boates, deixam de viver esta parte da vida, casaram se encheram de filhos e vivem uma rotina caseira, tipo familiar.

Também gosto de minha família, adoro almoçar em uma mesa grande e cheia de familiares, mas isto não tira meu espírito de jovem, curto ir a festas e não deixo que nada mude meu comportamento, adoro entrar em uma balada e ver as gatinhas rebolando, dançando e exibindo seus lindos corpos e quando surge uma gatinha que curte homem mais velho fico a paquerar, adoro uma troca de olhar cheio de desejo e tesão, “o bom na troca de um olhar e saber que seu olhar esta sendo correspondido”.

Na semana passada estava em uma balada cheia de gatinhas bem mais jovem, surgiu uma morena de cabelos curtos, ela me fitou e ficou dançando mostrando toda sua sexualidade, percebeu que eu estava lhe observando e ficou toda descontraída se soltou de vez, aos poucos ela foi vindo em minha direção, não custou nada ela estava dançando bem na minha frente, com olhar meigo, lábios carnudos, olhos negros, um sorriso encantador, seus seios grandes balançavam conforme o ritimo da musica, seu corpo escultural gingava, ela fazia questão de empinar seu bumbum, sustentado por um par de coxas grossas e torneadas é nestas horas que eu me sinto um garoto de dezoito anos, minha mente regressa no tempo, meu corpo fica todo excitado, meu sangue ferve nas veias, o coração bate acelerado, meus músculos ficam enrijecidos, adoro estas situações me fazem lembrar das primeiras namoradinhas nos tempos de colégio, voltando ao conto.

Ela chegou bem pertinho de mim e disse.

>Pega uma bebida para mim.

>O que a gatinha quer beber.

>Pode ser uísque.

Sai e voltei rápido com uma dose dupla para ela e uma para mim, quando alcancei o copo e ela foi pegar eu puxei o copo e sua mão passou no ar, ela ficou surpresa e olhou bem nos meus olhos ai falei.

>Primeiro quero saber seu nome.

Sorriu, deu um passo para frente quase encostou a mim e disse.

>Pode me chamar de Paty e você como se chama.

>Marcos.

>Huummm, até seu nome é lindo.

Sorri, ela bebeu um gole da bebida, levantou seus olhos e ficou me fitando, olhei aqueles lábios molhados pela bebida, ela percebeu e passou sua língua bem de leve e lentamente neles, senti meu pau tremer de excitação, fui mais para frente e ficamos a centímetros um do outro, nunca imaginei que ela iria agir do jeito que agiu, abriu um botão de minha camisa e beijou meu peito, levantou seu queixo, fechou seus olhos, sua boca pedia para ser beijada, passei minha mão no lado de seu rosto e puxei contra mim, beijei seus lábios molhados, ela correspondeu com um beijo de língua gostoso, alucinante, ela estava toda excitada, cheia de desejo e prazer, gemia baixinho enquanto nos se beijava, colou seu corpo no meu, paramos de beijar e ela escondeu seu rosto no meu peito e se agarrou em mim, fiquei beijando seu rosto, seu pescoço, dei uma mordidinha de leve na sua orelha, sua pele ficou toda arrepiadinha, coloqquei minha boca no seu ouvido e.

>Adorei você.

>Não preciso dizer nada, acho que já sentiu como você me deixa cheia de tesão.

Convidei-a para irmos para um lugar mais tranqüilo para conversar melhor, ela ficou um pouco triste e disse.

>Hoje não vai dar, meu irmão esta aqui na balada e se ele desconfiar estou ferrada.

>Podemos ir até o estacionamento.

>Não posso demorar muito.

Ela saiu primeiro e depois de uns minutos eu sai e se encontramos no estacionamento, levei ela até meu carro entramos, eu nem tinha sentado direito no banco ela foi se acavalando em cima de meu colo, beijou minha boca com força, levantei sua blusa e mamei seus seios, ela abriu minha camisa e foi beijando meu peito, minha barriga, baixou minha calça e caiu de boca no meu pau, estava alucinada de prazer e tesão, passamos para o banco de trás e ela tirou sua blusa, sua saia, ficou só de calçinha, eu já estava só de cueca, com o pau para fora, duro feito pedra, deitei no banco ela subiu em cima de mim, afastei sua calcinha com os dedos e fizemos um 69 gostoso, sua xaninha estava toda melada, chupei, suguei todo o melzinho de sua xana, depois coloquei ela de quatro, tirei sua calçinha coloquei uma camisinha e pincelei a cabeça do pau na sua raxa, quando estava todo molhado forcei na entrada de sua xana,

>Vai com calma eu transei poucas vezes.

Fui forçando o pau e resvalou todo para dentro de sua vagina lisinha, ela gemeu alto de prazer, sua xaninha foi ficando molhada, inundava de tanto que ela gozava, fui socando com força, sentia ela apertar o pau, dei uma estocadas forte e ela.

>Aaaiiiii, como adoro ser fodida por trás, mete tudo dentro de mim mete vaii coroa gostooooso.

Paty, foi ficando com sua respiração ofegante, parecia que ela tinha corrido a são silvestre, respirava com dificuldade de tanto tesão que estava sentindo, rebolava no pau igual dançava na pista, seu trazeiro empinava cada vez mais, senti sua vagina se contrair e apertar meu pau todo, ficou toda molhada, escorreu até o saco, fazia barulho quando eu socana o pau na sua xana, ela começou falar.

>Aaaiii, vou gozar gostoooooso, mete, mete com força, enterre esta pau na minha boceta, vaaaiiiiii iiiiiisssssssssssss.

Seu corpo inclinou para frente, seu rabo empinou, seu cuzinho piscava, sua xana apertava o pau, rebolava e gemia alto, urrava que nem uma cadela no cio, deu uns gritinhos bem safadinhos, um gemidinhos cheio de meiguice, estava transformada em uma verdadeira putinha, peguei suas cintura e enterrava o pau todo, tirava e voltava a enterrar com força, ela dava gritinhos de prazer, senti meu pau inchar e enchi a camisinha de porra, ela desabou no banco do carro, ficou uns minutos calada, aos poucos foi voltando ao normal, sentou e falou com sua voz meiga e carinhosa.

>Marcos, adorei.

>Eu também Paty.

>Mas agora tenho que voltar se meu irmão me procurar e não me encontrar ele me entrega para mamãe.

>Tudo bem, quando a gente vai se ver de novo.

>Você tem papel e caneta.

>Sim.

Peguei papel e caneta ela anotou seu endereço e telefone, beijou minha boca com força, quase feriu meus lábios, saiu do carro e voltou para balada.

Ontem de manha liguei pra ela combinamos e saímos na parte da tarde, ficamos duas horas em um motel, isto eu conto outra vez.

Até +......

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/12/2008 15:24:57
faltou detahes importantes por exemplo:a suposta idade de cada um,etc.nota 1
20/12/2008 14:06:44
Outra à respeito da Paty...Ela não dá o cuzinho de medo que o irmão descubra....Falei....rsrssr
20/12/2008 14:05:43
Marcos...Cuidado hein? Conheço a mãe da Paty...Ela é muito brava....Ahhhhhhh....Ela respeita muito o irmão...rsrsrs....Cuidado tá?kkkkkkkkk
20/12/2008 10:54:46
sacana




Online porn video at mobile phone


posicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularvi minha irma dormimdo pelada e fiquei com tesao nelaxvvidio padrasto fasendo a enteada gosar d tesao.sexo fiocado paio meu padrato meteume o caralho na maoDou o cu para o traficante contos gayconto de filha bando de biquine e acabou dando a bucetafaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidocontos eróticos sinhozinho comendo negrascontos eroticos d maridos q gostam d veh sua mulher fuder cm pirocudo dentro d ksalésbica com p********* chuchada na garotinha gostosacoroas homens defloração vaginal relatosx vidio comtos eroticos flaguei mamãe eContos meninas dez perde cabaço pro papaisexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandoempregada safadinha Fátimaporno secretaria aser estupprada no escritorio e gozada dentro da vagina sem ela quererevangelicas na zoofilia com cachorroSoquei fundo o consolo na mamae gostosax vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadowww.xvideos novinhas dando um emprevisto pra foderGozei na buceta da crente velha contosesse cachorro foi preparado para fuder buceta de mulherporno sobrinho vai dormi mais tia e fica de pau duro embaixo do lencouIncesto- Irmão brutamontes se apaixona loucamente pelo irmãozinho gay casadoscontosmenina fudedo com xortiu de dormiconto comi minha eguasou puta e pratico zoofiliaconto erotico descobri que o marido de minha irma e honosexual acabei comendo ele e minha gostosa irmacomo chupar a buceta de uma testemunha de Jeováponto não. quebrau. cabaso da vigemamãe+mamãe.papai++nuamundobicha ver tres brasileiros novinhos se cumendo em casaraocachorro com o focinho dentro da bucetaconto erotico lesbica favelada fode patricinha a forcamulhe pelada putona do cuzao e budona so de vistido ruivaquero ver filme pornô com preguiça do Flamengo d********* de bruçoconfissoes incesto enteadoeu perdi a minha virgindade com cara da pica de 40cmvideo mloira das coxa grossa e da bunda enorme chupando uma boceta d outra loirao playboy e o menino da favela casa dos contosrelatos de traveco que colocou silicone enorme no peito e deu pro roludo mamareu. quero. ve. video. porno. com. menina. de. quize. ano. pegarno. carona. de. caminhaopegei miha esposa transando com nosso cachorrovídeo pornô de mulher arrotando dando para baixinhochegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornohistorias eroticas a pretinha magrinhatravestis dominadora fez homem casado virar mulherzinhapornor doido homem batendo poleta no banheiroirma fabiana de carinha de anjo coçando a xoxotaesposas pedem para estranhos tirar camizinha pra gozar bucetao delaso riquinho que eu amo cap 12 casa dos contoscontos erticos lufercontos casada chantageada pelo porteiroDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos ContosXVídeos caseiro eu te empurro com fosse eu não aguenteigozando dentro da buceta das lindonas nas baladassexo soumenti com corno chupando porra de macho na buceta da esposacontos eróticos família vavela minha mãe comigo no banheiromeu filho me sondava deu cu do eu comtos eroticosmeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machoContos d casada com cu arrombad por negroes traficantpornodoido pesso para dormir por que tenho medo de trovõesmae dis que filho rasgo a vuseta delacache:PjjgrxSVmoYJ:zdorovsreda.ru/texto/2013011214 so puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhavideo mloira das coxa grossa e da bunda enorme chupando uma boceta d outra loiracontos erotivos apostando baralho com sogra e cunhadabucitnhamulher dançando de vestido curto que pode aparecer a b***** dela pelada cuidar de abaixar vídeo pegadinha baixarconto comi uma eguaconto porno gay. bullyingpornoantigonovinha.comnegal pau pulsando xvidiomuleke punhetamdoarretada e gostosa minha mae conto incestocontos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudoMulher fasendo croche e dano cu pornoConto erotico filha apanha pq estourou o cartãomeninas que amolece as pernas quando o pau entra na bucetinha delas