Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Orgia em Jeri

Autor: Izis Egpcia
Categoria: Grupal
Data: 27/01/2009 13:13:21
Nota 9.43
Assuntos: Grupal, Orgia em Jeri
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Karen era uma jovem mulher no auge dos seus 25 anos, era uma bem sucedida advogada de um renomado escritório. Tinha um corpo de causar inveja, pernas grossas e bem torneadas, um bumbum a brasileira, grande, redondo e empinado, seios médios e durinhos, uma cinturinha do tipo violão, uma pele bem bronzeada, cabelos pretos e longos, e uma carinha de anjo, que deixava os homens loucos. Órfã de pai fora criada pela mãe, numa cidade pequena praieira do interior, perdera a virgindade aos 18 com um primo, formara-se aos 23 e há 3 anos morava em São Paulo, dividindo um belo apartamento com uma amiga tb advogada.

Sensual por natureza, gostava de acentuar as suas belas curvas com roupas bem coladas, adorava ver seus colegas babando quando ela passava todos os homens do escritório já sonharam em possuí-la, um sonho que todos sabiam ser quase impossível de realizarem visto que ela não dava bola para nenhum. Um dia sua empresa fora contratada para fazer uma auditoria na cidade de fortaleza, e ela iria com mais três colegas, Diego, um jovem estagiário recém contratado de estatura mediana, cabelos castanhos e lisinhos, olhos claros e um jeito bobinho de típico filhinho de papai, Tomas, um homem já com seus quarenta anos, muito atraente e metido a conquistador e Willian um homem forte, com corpo atlético que de acordo com ele mesmo era fruto da natação que praticava desde muito jovem. Karen estava muito entusiasmada passariam 1 semana no Ceara é ela a muito não tomava um bom banho de mar. Chegaram em Fortaleza sexta-feira pela manha, foram conduzidos ao hotel e logo depois a empresa para a qual prestariam o serviço, era uma empresa de turismo, Karen logo chamou a atenção dos homens do local, trabalharam normalmente e o gerente ofereceu-lhe umas cortesias para passarem o fim de semana na praia de Jericoacoara, e obvio que todos aceitaram.

Partiram no final da tarde do mesmo dia, chegaram a cidadezinha de Jijoca de onde tiveram de seguir em outro carro de tração ate a paradisíaca Jericoacoara, todos ficaram encantados com a beleza noturna da cidade, levaram as malas para o hotel e depois caíram gandaia, a cidade era linda não haviam ruas pavimentadas, não havia transito de carros, não havia a poluição a qual estavam bem habituados, os hotéis eram estilo chalés e as casinhas dos moradores locais eram um charme a parte, os quatro curtiram bastante as agitadas boates do local, voltaram para o hotel no dia seguinte iriam fazer os passeis que a cidade oferece. Acordaram bem cedo o dia amanhecera lindo tb não havia como ser diferente, Karen vestia uma bela saída de banho e por baixo um biquíni azul, os três rapazes ficaram loucos, com roupa de praia era ficava ainda mais tesuda. Tomaram café em frente ao mar e seguiram com um guia para conhecer as belezas locais, a cidade pela manha era ainda mais bonita. Saíram com o guia e foram ate a belíssima lagoa da tatajuba onde iriam poder tomar banho, era período de baixa estação e com exceção deles não havia mais quase ninguém na lagoa, sentaram-se no bar molhado e resolveram pedir algo para beber, Karen excitou um pouco, não queria beber pois de certa forma estava lá a trabalho, mais por insistência dos amigos acabou cedendo., conversa vai, conversa vem, alguns copos de cervejas, e a conversa começa toma um rumo inesperado: Sexo, Tomas tentava instigar Karen com perguntinhas apimentadas, que ela já envolvida pela bebia despudoradamente respondia, uma certa hora ela decide tomar um banho pq sente que a bebida esta querendo fazer efeito, levanta-se tira a saída de forma bem sensual deixando os rapazes loucos ao vê-la só de biquíni, e desfilando entra na lagoa, os três decidem entrar também, Diego afasta-se um pouco do grupo.

-Você consegue adivinha para onde ele foi? – Tomas pergunta sussurrando no ouvido de Karen a arrepiando toda.

-Não faço a mínima idéia. – Responde fingindo ingenuidade

-Aposto que foi se aliviar, e por sua culpa, vc ta um pecado com esse biquíni. – Tomas se aproxima ainda mais de Karen a puxando para seu corpo fazendo sua o seu membro encostar na bunda dela, que nada faz para impedi-lo ou o repreende-lo. Cai a tarde e o guia os leva de volta para o hotel, Karen e Tomas durante todo o trajeto de volta trocaram olhares maliciosos, chegando ao hotel Karen vai para o seu quarto, cai sobre a cama exausta o passeio e todo aquele sol a deixaram morta, e lá deitada lembra-se do assedio de Tomas, e ficou pensando no que sentira, o pênis dele parecia ser bem grande ela leva a mão ate sua grutinha, que só de lembrar dera sinal de vida, enfia a mão por dentro do seu biquíni e começa uma gostosa siririca, quando estava quase gozando, um susto, alguém bate na porta do seu quarto, ela vai atender, são os rapazes trazendo vinho e algumas taças.

-Olá minha querida – A voz sensual daquele homem aumenta ainda mais o tesão que ela já estava sentindo. – Trouxe um vinho para saborearmos juntos enquanto decidimos o que faremos a noite, ela meio sem jeito acaba deixando-os entrar.

-Tudo bem eu ia tomar banho, mais eu tomo depois – Os quatro servem-se de vinho, Karen ainda estava um pouco tonta da cerveja, os quatros bebem e conversam nem percebem o tempo passar, Karen já estava bem ébria quando de repente Tomas diz.

-Quando cheguei vi que vc estava pensando em mim.

-Quem te disse isso? –Ela fala sem entender

-Os seus seios, seus biquinhos estavam durinhos, Uau. – Karen enrubesceu na hora.

-Ora mais que audácia sua, sai já do meu quarto. – Fala enfurecida

-Que é isso, eu sei que não é isso o que vc quer, vc me deseja tanto quanto eu lhe desejo, eu vi isso lá na lagoa, e estou vendo isso agora. – Ele aproxima-se de Karen beijando-lhe a boca, nossa como ele beijava bem, ela tentou repelir mais acabou se deixando levar pela bebida e excitação, Tomas solta o laço da calcinha do biquíni de Karen e vai de encontro a sua grutinha encharcada.

-Huummmm, ta toda meladinha, que delicia. – Ele a guia ate sofá a fazendo sentar abre bem sua pernas e cai de boca naquela fenda, enfiando sua língua e fazendo Karen enlouquecer, sem nem se incomodarem com a presença dos outros rapazes.

-Aiii seu cachorro, me chupa assim vai. – Ela começa a rebolar na boca de Tomas, ele enfia o dedo na entradinha de Karen enquanto mordisca a lingüinha da sua xaninha.

-Aaaaiiii que gostoso. – Ela geme loucamente, Diego olha para Willian e se levanta indo de encontro ao devasso casal, ele beija a boca de Karen que retribui.

-Eu quero mamar no seu pau – dia despudoradamente fazendo o inexperiente rapaz ficar paralisado, Willian muito excitado com tudo que vira bota e seu membro já duro pra fora se ajoelha no sofá ao lado dela e diz.

-Toma piranha, mama no pau do Willian mama. – Ela olha para Willian lambe os lábios e abocanha todo aquele membro, grande mais não muito grosso e cheio de veias ela chupa Willian enquanto suas mãos libertam o pau de Diego, era de tamanho normal, ela começa então um delicioso revezamento mamando nos dois, Tomas continua enfiando sua língua quente na buceta inchada de Karen que tendo espasmos goza na boca do colega de trabalho, que suga tudo, excitado ele enfia seu pau na boca dela, pronto agora eram três cacetes para ela se deliciar, Diego em instantes goza melando toda o rosto de Karen, Tomas e Willian riem da inexperiência do rapaz, Dominado pelo tesão Willian levanta Karen sentando-se no sofá e a puxa, ela vira-se para ela abre as pernas e vai sentando lentamente no pau dele, começando um delicioso vai e vem, depois vira-se para Tomas e pede com voz de choro.

-Com o meu cuzinho. – Tomas fica em êxtase a deita mais sobre Willian ficando com uma visão privilegiada daquele cuzinho apertadinho, cai de boca enfiando primeiro a língua e dando leves cuspidinhas para deixá-lo bem molhadinho depois começa enfia seu pau, primeiro a cabeçinha e numa estocada enfia o restante. Ela geme e começa a rebolar, totalmente dominada pelo tesão de ter dois homens dentro de si, e rebola freneticamente seus gemidos podiam ser ouvidos do corredor do hotel, ela continua rebolando.

-Agora é minha vez. – Diego diz para Tomas, que sai dando espaço para o garoto que numa estocada enfia todo seu pau no rabo de Karen.

-Aaaaiiiii que gostoso. Vem Tomas, vem que eu quero mamar, Tomas enfia o pau na boca de Karen, que o engoli por inteiro, Diego Soca fortemente em seu rabo enquanto ela rebola e Willian goza em sua buceta a enchendo de leite quente e fazendo-a gozar também, algum tempo depois é a vez de Diego esporrar seu jato no cuzinho dela.

-Agora é minha vez de enfiar nessa bucetinha maravilhosa. - Tomas puxa Karen enfiando seu pau na grutinha cheia de porra.

-Eu tb quero comer o cú dessa putinha vagaba. –Fala Willian a enconchando por traz e enfiando seu Pau no cuzinho dela, refazendo um delicioso sanduíche agora de pé, ela agarra Tomas com suas pernas empinando ainda mais sua bunda para Willian, que com soca todo seu pau naquele rabinho gostoso enquanto massageia sua vulva e tomas Chupa os seus seios mamando e mordiscando levemente. Ela goza amolecendo todo seu corpo, os dois saem de dentro dela a fazem sentar no chão.

-Agora vai tomar leitinho na boquinha, igual piranha de filme pornô. – Ela engoli o pau de Tomas e depois o de Willian revezando no boquete, Diego entra na brincadeira, e ficam sendo mamados pela boquinha carnuda de Karen, Willian anuncia o gozo.

-Abre a boca de vagaba pra tomar leitinho vai. – Ela abre a boca e receber o jato de Willian, engoliu tudinho sem deixar cair nada, fazendo depois o mesmo com Tomas e Diego. Depois se deitam exaustos os quatro. E ali mesmo no Chão do quarto de Karen caem no sono.

Comentários

10/02/2009 00:13:44
ahahahaha todo mundo gozando toda hora!! ate parece né!! fala serio!!! aahhahahaha
10/02/2009 00:12:54
ahahahahaha todo mundo gozando toda hora!!! até parece ne!!!
02/02/2009 12:15:43
a eu lá
28/01/2009 11:19:23
muito bom
27/01/2009 18:37:49
Nossa fiquei com um puta tesão!!!!
27/01/2009 14:53:47
Que tesão de conto, maravilha de tensão
27/01/2009 14:02:48
Excelente!!! Raro conto, com qualidade. Nota 10 Se com três foi bom, posso participar??? Mais um vai melhorar ainda mais!!! [email protected]
27/01/2009 12:53:24
Show ... muito gostoso...gostaria de estar em seu lugar

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos de zoofilia com macaco bem dotadoencoxou a mae na camawattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto bonitoestrupocontoseroticosporno violento da ruiva doiz homemhomem empurra na vara na jumenta até gozarbuceta gang gang varios machos da familia italiana fodendo minha filha putaenfiou o nariz no cu da pưta com a buceta gozadafui abusado quando era adolecente, nao saou gay, mas me ecxito com porno gayempurando o gatilho no prikito delapornodoido desmantelando a loira em cima da mesacotos.eroticos.de.coroas.com.muleki.jegimulheres da bunda grande dando cu de bruço pro kid bengalanovilhas darno o cu sexoporno muito beidona no pauconto erotico flagrei meu irmao comendo mamaeconto erotico guto e elainecontos eu e minha esposa demos carona a dois homem e meterao a pica nela..seja perguntei a vida de sexo de travesti pornô com a nossa prima de vozcontos porno clareira da cadelagueixa mijonaconfissoes como fiz pra seduzir meu cunhadoxvidios outros purai favoritospornocaseirogosandodentroXVídeos de debulha sercomelando buceta com salivatitia safada gozando esquirt contos incestosve.avaca da minhas vizinhas tarada lindo bucetaocinquentona brincando com pauzudo dentro do carroMulher enfregrando a rola do jumento na bucetaincesto com meu vô contosContos tetas bicudas e sem sutiãvideos e tags de coroas sentindo tesao vemdo filme de fodanegao da rola gigante com menina burguesinhacontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhogostosa novinha virgem orgasminhovídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulherpunhetamdo no cinema boafodamithlee pron vidoUm hétero machista e homofóbico apaixonado por um índio 4Conto sexo anal casada estrupadacalça legue mostrando abuçetao vizinho safado do 205 conto gaycontos eróticos de homens peões de obras fazendo sexo com outros homenscontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramcontos eroticos praia nudismo irma maecoroa peituda de buceta peluda fidendo depois da festaConto no interior vi mamae pelada ela disse vou te capa cacetudocenas de filme porno que mulher goza como nunca se viu nna vd na bc de um travistipadrasto cavalovideo eróticospapai me ensinando tudoestrupoanal abusoistorias mulheres estrupadas no cu virgem pau grande elas quase morreuas coxas da minha mâe contos eroticoscriola da buceta inchado lwva gozada dentro que eacorrevi minha namorada branquinha virgem sendo fodida por um velho pauzudo/contos eróticoscache:I20bmnqm678J:gtavicity.ru/texto/2016115 mau encostei a penis no cuzin dela ela ja se gozou todaconto erotico comendo rabo da dona da verdureiracomedor de mulher alheia nu apanhavideo na praia de jericoacoara ceara sexo porno na praiacontos sinhozinho mamou meu grelinhoesposa gostosa e novinha e tio roludo parte seteComedor de mulher de corno campo grande mscazal maduros mamado jutos uma picapauzudo passando a vara no meninoloirinha tentou correr do negao pra ele num te comer mais num deubucetuda xoxota acucaradatrês machos rasgando o c* da n***** pedindo mais v**** dupla 300 e relaxada aberta chupando sem parar na boca v****contos chupei o grelinho da enteadinha a forçae já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoraxvideo da tia com medo a som brinha gozado na boca dela