Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

EU, MEU MARIDINHO CORNO E MEU NAMORADO

Autor: BETE
Categoria: Heterossexual
Data: 14/01/2009 09:15:18
Nota 9.17
Ler comentários (12) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

EU, MEU MARIDINHO CORNO E MEU NAMORADO

Sou loira, 1,65m, 62 kg, pele dourada de sol, marquinha mínima de biquíni fio dental que uso, tenho uma bunda gostosa, meu marido adora e os homens admiram e eu faço questão de mostrar na praia o que possuo de bom, tenho 105 de quadris, já viram sou um violão, assim meu marido me qualifica e sou muito sacana, adoro uma sacanagem gostosa.

Tenho 30 anos e meu marido 45 anos, ultimamente ele tem fantasiado eu dando para outro homem, mas não topa esta parada, fica com ciúmes danado. Mas está sempre me questionando quando vou a praia durante a semana, geralmente vou sozinha sem ele, às vezes faço uma caminhada ao longo da praia que tem uns 6 km. Temos um conhecido nosso que é guarda vidas nesta praia, ele é um dos coordenadores da turma e tem 48 anos, muito conservado, nada muito, faz bastante exercício, é forte, corpo todo lisinho e na verdade é um tesão de homem, quando está de sunga vermelha do uniforme dá pra notar que tem uma rola gostosa, aparentemente grossa e deve ser grande pois faz um volume razoável. Todas as vezes que estou na praia lá está ele andando por um lado e outro supervisionando os mais jovens e sempre vem falar comigo, é educado e respeitador. Me olha toda, mas com discrição, já insinuou como sou jovem e bonita e que tenho um corpão de dar inveja a muitas mulheres e modéstia a parte, tenho mesmo e sempre falo pro meu marido que ele conversou comigo e que até me elogiou. Um belo dia de sol ele apareceu, estava de sunga preta e eu perguntei está de sunguinha diferente hoje, outro uniforme, ele respondeu, não, é meu dia de folga, e disse posso ficar um pouco com vc. Daqui a pouco vou dar uma caminhada na praia se vc quiser pode vir comigo, eu disse, é talvez. Vou queimar um pouco aqui de costas, e aproveitando, já que meu marido não está, pois é ele que faz isto para mim, perguntei, passa por favor óleo nas minhas costas, pois não consigo sozinha. Ele, lógico será um prazer, levo sempre uma canga e me deitei nela de bunda para cima, fico super gostosa e meu biquíni como já disse acima, é fio dental mesmo, mostra meu corpo todo, enfiado no meu rabo, minha bunda fica toda de fora e o fiozinho enterrado no meu rego que dá até pra ver as dobrinhas do meu cuzinho rosinha, de perto é lógico e na posição que o Jorge estava, nome do meu conhecido e de meu marido tb, dava pra ter um visual e tanto. Ele pegou o óleo e começou a passar em minhas costas, escorregando a mão pelo pescoço e foi descendo aos poucos passando óleo nas laterais próximo aos meus seios o safado, depois passou mais óleo nas mãos e foi descendo até chegar na minha bunda e nem pediu permissão foi passando o óleo nela toda e seus dedos chegaram no meu reguinho e ele passou a mão no meu botãozinho rosado, viu minhas preguinhas e disse que linda bunda vc tem e foi descendo para as pernas e alisou descaradamente, eu virei o rosto de ladinho na posição que ele estava de joelho e pude notar o tamanho de seu pau que estava todo armado debaixo da sunga. Ele terminou e disse vou deitar um pouquinho do seu lado pode? eu disse meu marido pode nos ver, mas como ele está trabalhando agora, não virá aqui, tão cedo, pode. Ele então se acomodou e encostou suas pernas grossas na mina perna e passou a outra perna por cima ficando um pouco em cima de minha bunda. Um detalhe a praia durante a semana fica meio que deserta e eu super excitada já estava toda encharcada doida para levar rola dele. Seu pau apertava minha bunda de lado, estava uma delícia, ele então beijou meu rosto de lado eu virei e deixei ele me beijar e demos um gostoso e ardente beijo de língua, mas tivemos que parar pois meu marido poderia aparecer a qualquer instante para trazer água para mim e passar óleo nas minhas costas e não deu outra, 05 minutos depois chega ele com a água e percebeu logo o que aconteceu, e disse, pelo visto hoje vc arrumou alguém para passar óleo em vc, e passou bem, no corpo todo em Jorge, ele respondeu só passei nas costas o resto foi ela mesmo quem passou, mas meu marido notou o volume ainda meio avantajado da rola do jorge, que não tinha amolecido de tudo. Bem ele disse, vou ter que ir, de qualquer maneira juízo hem vcs dois, não vão me trair. Continuei na praia me bronzeando e a minha tanguinha estava encharcada de tesão do jorge. Levantei e chamei o jorge para irmos na água, estava meio alta a maré e batendo um pouco, tenho um pouco de medo do mar. Fomos juntos um do lado do outro. Meu marido já tinha ido embora e não ia voltar, a praia continuava semi-deserta e ninguém conhecido. Dentro d’água eu entrava devagar pois a água é fria por aqui e logo tomei coragem e me molhei, veio uma ondinha meio alta e me pegou por trás, a tanguinha que usava não estava muito apertada o lacinho e abaixou um pouco, minha bunda apareceu mais ainda, a marquinha do biquine principalmente e o jorge por perto, pedi a ele que me ajudasse para amarrar melhor o biquine, ele veio e segurou um lado do biquine e sua mão ele colocou ela toda na minha bunda e veio outra onda e me deslocou ele então me segurou pela cintura e ficou por trás de mim estava de pau duro o safado, e não me soltou e começou um esfrega gostoso ele me apertava e colou seu corpo no meu e começou a me beijar a nuca, eu virei a cabeça por trás e deixei que me beijasse, ficamos igual dois namorados nos beijando e ele esfregando sua rola na minha bunda me alisava toda, ele tirou seu pau para fora e enfiou devagar na minha buceta, a minha calcinha estava de ladinho ainda meio desamarrada, é de lacinho dos lados, entrou fácil sua rola e ficamos metendo ali gostoso, eu me virei de frente pra ele e joguei as duas pernas na sua cintura e deixeu sua rola entrar gostoso ai então colamos um beijo gostoso ele me abraçando me apertado e enfiando sua rola todinha dentro de mim mais ainda, queria dar tb a minha bunda pra ele mas não era o local, queria chupar sua rola mas não dava, teria que ser outro dia. Eu gozava sem parar e ele disse, vou gozar em vc, posso esporrar dentro de sua buceta, eu disse, pode meu macho gostoso, esporra tudo na sua puta, na sua cadela, na sua safada, vai goza gostoso dentro de mim, quero sentir sua porra toda jorrando. E ele gozou gostoso e ficamos ali mais um tempinho para as coisas acalmarem fomos saindo devagar da água, amarrei meu biquine melhor e saímos de mãos dadas como se fosse marido e mulher, mas naquela situação viramos amantes. Ele ficou mais um pouco comigo, me beijou e disse, adorei, estou apaixonado por vc, quero mais e eu disse, se convide e vá na minha casa sábado a noite, vamos a uma baladinha, dançar um pouco de forró, vc vai no nosso carro, eu, meu marido e vc, topa?. Ele logo disse que sim. Bem continuando, chegou sábado à noite, o Jorge chegou as 21h todo bonito, eu abri a porta, ele entrou, como meu marido estava no quarto, eu lasquei um beijo demorado nele e gostoso, seu pau logo ficou saliente e encostou na minha barriga, eu estava de camiseta branca com uma tanguinha fio dental branca tb minúscula, ele passou a mão na minha bunda e me alisou o safado, dentro da minha casa com meu marido presente, só não tava vendo nada e logo ele perguntou se era o Jorge que chegou, eu disse que sim e ele, falou faz sala para ele aí que vou terminar de ver esta novela, ele adora novelas, parece um viado, meu maridinho corninho, mas é muito gostoso ele, eu fiquei com o Jorge na sala, sentei do lado dele e adivinhem, passei a mão em seu pinto gostoso, tirei ele para fora e comecei a chupar aquela tora gostosa, deliciosa, era maior que a do meu marido, uns 22 cm, meu marido 20 e me deliciei, se meu marido levantasse da cama e viesse na sala ele colocaria sua rola pra dentro da calça, e fiquei ali só chupando e ele fazendo de contas que estava conversando comigo, arranjei um vinho para ele tomar e continuei meu boquete, adoro chupar uma rola gostosa, ele não estava agüentando de tanta tesão devido ao clima dentro da minha casa com meu marido por perto, ele disse vou esporrar não vou agüentar segurar, e segurou minha cabeça abaixando e forçando sua rola eu coloquei ela dentro toda, quase engasguei, ele melou minha boca com sua porra e eu engoli um pouco e o restinho deixei escorrer do lado na minha boca, e passei aquela porra nos meus lábios, e beijei ele, fiz ele sentir o gostinho de sua própria porra e se meu marido viesse iria perceber ou no mínimo sentir o cheirinho de porra no ar, eu estava com a tanguinha encharcada até escorreu meu caldinho pelas minhas pernas de tanta tesão, queria sentar naquela vara, mas ainda era cedo e meu marido poderia levantar a qualquer instante, deu o intervalo da novela e ele veio, só deu tempo dele, o Jorge, abotoar a calça, seu pau ainda estava meio duro, o carinha é fera, tem uma virilidade impressionante. Meu marido notou alguma coisa no ar parece que viu o volume da calça do Jorge, mas não insinuou nada, apenas perguntou se eu tinha dado uma bebidinha para o Jorge, eu disse, sim um pouco de vinho, ele falou tb vou tomar um pouco. Tem um sonzinho na sala, meu marido disse, coloca uma musiquinha e vamos ensaiar um pouco o forrozinho, vamos esquentar o esqueleto e assim eu fiz, coloquei a música de forro, e comecei a dançar com meu maridinho, ele tb safado, apertou-me e me fez rodar e minha camiseta subiu um tanto, minha bunda chegou a aparecer, o corno do meu marido parece que fez de propósito e logo a seguir ele disse acabou o intervalo da novela, vou acabar de ver, e disse pro seu amigo, Jorge, dança um pouco com ela para não perder o embalo, eu adorei a idéia e disse legal, vem Jorge, vem dançar comigo, o meu marido ainda estava na sala, eu aproveitando da situação peguei o Jorge pela mão e trouxe ele até junto de mim, e colei meu corpo no dele, e dançamos bem colados, o Jorge me agarrou legal e me encoxou logo, meu marido vendo aquilo, disse, hum, está aproveitando heim Jorge, e ele, o safado do Jorge, falou, tb com uma mulher dessas. A sua esposa é bonita e muito, muito gostosa vc sabe melhor do que eu, apenas estou tirando uma casquinha de leve, mal sabia meu marido que o safado já tinha me comido e eu chupado sua rola dentro de casa.

Queria mesmo que ele me comesse ali em pé dentro da minha casa, meu marido foi ver tv e nos encoxamos mais ainda, ele levantou minha camiseta e me deixou praticamente nua, fiquei só de tanguinha e a camiseta toda levantada, ele me alisava toda, minha bunda, minhas pernas, meus seios, me lambia a nuca me beijava e eu me soltei toda não tava nem ai mais, se meu marido ia pegar, queria dar para ele de qualquer maneira, o danado tirou sua rola para fora e enfiou na minha buceta encharcada de tesão, eu fui a loucura, passei meus braços em seu pescoço e mexia, ele me virou de costas e enfiou sua rola por trás na minha buceta, ai que delícia, estava adorando aquilo eu dizia enfia tudo na sua puta, na sua vadia, na sua piranha, eu estava que nem uma puta. Adorando dar para ele, estava vidrada nele e começando a me apaixonar por aquele homem gostoso, delicioso. Eu disse, goza meu macho, enche sua puta de porra, meu marido está quase vindo e quero sua porra dentro de mim, depois vou dar minha buceta para ele chupar e lamber sua porra, ele vai adorar, vou dizer que é minha porra, ele vai tomar e lamber tudo. Vai, goza meu macho gostoso, quero dar para vc todo dia, quero dar minha bunda tb, adoro dar o meu cuzinho gozo muito quando enterram uma vara gostosa no meu rabo. Ele então gozou bastante, me inundou com sua porra, ele tirou seu pau de dentro de minha buceta e colocou pra dentro de sua calça e ficamos de frente um para o outro dançando agarradinhos, corpo colado, o safado ainda estava com o pau duro, meu marido chegou e continuamos dançando, meu marinho foi logo dizendo, estão gostando heim, parecem dois namoradinhos tirando um sarro aposto que está de pau duro e minha mulher com a buceta encharcada de tesão, o Jorge disse, só um pouquinho, afinal sua mulher além de linda é o maior tesão, tenho que admitir e ele disse, vcs dois vão continuar colados aí, Jorge vai bebendo mais um vinhozinho que vou dar um trato gostoso em minha mulher depois vamos sair para dançar um pouco em outro lugar, numa boite de baladas. Bem, meu maridinho corninho me levou para o quarto e me deitou na cama e me lambeu e chupou todinha, chegou na minha bunda lambeu meu cuzinho e depois chupou minha buceta, eu estava delirando com aquilo, sou bastante safada como vcs. podem perceber, lambendo minha buceta toda e logo foi descendo porra do Jorge que estava dentro de mim e foi escorrendo para a boca do meu maridinho que lambia gostoso e me fazia delirar de tanta tesão, eu estava gozando muito, adoro ser chupada na buceta e no grelo e ainda mais com minha buceta encharcada de porra e meu marido lambendo tudo, sua boca estava lotada de porra e ele então me beijou gostoso com a boca com gosto de porra misturado com o meu gostinho meu leitinho que tb derramei em sua gostosa boca. Ele veio então e enfiou sua rola na minha buceta e mexeu bastante, me fez gozar de novo e gozou muito tb, ficamos nos beijando um pouco com as bocas meladas de porra do Jorge, que gostoso. Levantamos, fui ao banheiro primeiro tomar meu banho, ficar novinha de novo para os meu dois homens, meu marido e seu amigo, agora meu amante, meu namorado. Meu marido tomou banho tb, se vestiu e ficou conversando com seu amigo na sala eu fui me aprontar para sair com eles, iríamos a uma casa de dança, dançar forro, bolero e mais. Vesti uma saia tipo tecido fininho, meu esvoaçante, quase transparente, dava para visualizar minha calcinha, ou melhor minha tanguinha enfiado no rabo, estava de tanguinha branca nesta noite e uma blusa tb de tecido fino, meus seios são pequenos e durinhos e quase sempre estão pontudos, como se estivesse excitada os cabelos soltos, loiros, bem maquiada, me olhei no espelho e pensei estou pronta e apareci para os dois na sala, ficaram de boca aberta, meu marido disse dá uma voltinha para gente te ver, ele disse nosssa, vc ta linda e deliciosa e vc Jorge o que achou, o Jorge logo aproveitando a deixa falou, sua mulher e muito bonita e sensual, nós deixa doido assim. Fico excitado só de ve-la assim não fique com ciúmes só estou elogiando. Eu respondi, obrigada e disse vamos nos divertir um pouco.

Saímos no carro do Jorge, meu marido foi com ele no banco da frente e fiquei sentada bem no meio conversando com os dois, meus olhos estavam o tempo todo nos olhos do Jorge que me via pelo retrovisor do carro. Chegamos na boite de dança e ocupamos uma mesa logo ao chegar, na lateral.

Pedimos uma jarra de vinho porque todos nos gostamos de vinho tinto suave e bebemos, passou alguns minutos a música tava boa, meu marido me tirou para dançar, e dançamos um bom tempo, o Jorge ficou na mesa minha bolsa estava lá, ele não foi dançar com ninguém, voltamos para dar uma descansadinha e meu marido falou querida depois vc vai dançar um pouco com o Jorge, ele tb quer dançar com vc. Tomamos mais umas taças de vinho e logo a seguir o Jorge me chamou para dançar, pegou na minha mão e fomos de mãos dadas para o meio do salão como se fosse marido e mulher, ou melhor mulher com o amante, eu de aliança ele não. Começamos a dançar gostoso os corpos colados, pois queríamos mesmo era tirar um sarro gostoso, como dois namorados, ele encochava e foi logo armando a barraca, ou seja seu pau já estava duro e o danado colocou ele do lado direito para baixo, e seu pau ficava bem no meio da minha xana, ele apertava e eu mexia já estava excitada minha calcinha estava ficando encharcada de tesão, queria beija-lo ali mesmo mas meu marido ainda dava para nós ver. ele foi me levando dançando para o lado oposto onde meu marido estava sentado e o salão encheu bem, não dava para ser vista mais, eu lasquei um beijo gostoso, dançávamos e nos beijávamos ao mesmo tempo, estava uma delícia, beijando outro homem, num local onde meu marido estava, sem nos ver é claro, apesar dele saber que estávamos tirando um sarrinho não nós via beijando, eu colada nele, ficamos quase uma hora assim gostoso, voltamos para a mesa ele com o pau duro eu excitadíssima, ele me conduzia pela cintura, sentamos na mesa, meu marido eu e ele, a poltrona era em ele, ficamos os três quase juntos, o Jorge deu um jeito de ficar bem perto de mim, quase colado, sua perna encostava na minha e descarado ficou com a mão direita em baixo da mesa só para ficar alisando minhas coxas, ele foi subindo devagar minha saia, estava quase na calcinha, quando meu marido disse, vou ao banheiro, fiquei esperando vcs dois que demoraram bem, estou apertado e levantou-se não deu para perceber que eu estava com a saia quase toda levantada e a mão do Jorge nas minhas coxas, foi só meu marido sair das nossas vistas eu abracei o Jorge e beijei o danado muito e alisava ele, seu pau por cima da calça e ele me alisava toda enfiava o dedo na minha xotinha que estava encharcada, mas paramos logo, meu marido podia voltar a qualquer instante e não queria que ele nos visse na aguarração, afinal tínhamos que nos mantermos assim meio escondidos, apesar dele ter nos visto tirar um sarrinho lá em casa quando dançávamos na sala. Já era bem tarde da noite, umas 3h da manhã, tínhamos bebido um pouco além da conta, principalmente meu maridinho que esboçava cançasso e já bochejava de sono, íamos já saindo da mesa e ele disse, bem, Jorge, vc vai dirigindo mesmo, eu vou no banco de trás e minha mulher vai com vc na frente, eu disse ta bom querido, pode ir até dormindo, quando chegarmos em casa de chamo, até em casa demorava uma hora mais ou menos. Pagamos a conta, dei o braço para o meu marido e o Jorge foi do meu lado e de vez em quando ele passava a mão na minha bunda o danado. Chegamos no carro o Jorge destravou as portas o meu marido sentou e deitou logo no banco de trás, o Jorge sentou para dirigir em me sentei depois, antes já começava armar uma boa, quando sentei, levantei minha saia quase na altura da minha calcinha, estava com as pernas toda de fora, meu marido deitado no banco de trás, o safado do Jorge, tirou seu pau para fora da calça e me mostrou eu estava doidinha para chupar aquela rola gostosa e queria mesmo sentar no seu pau, mas não dava, o Jorge, alisava com uma das mãos minhas pernas, eu levantei mais ainda minha saia, e melhor, resolvi abaixa-la toda, como era de madrugada ruas desertas, sem movimento, resolvi fazer uma loucura gostosa, tirei minha saia, tirei minha calcinha fiquei só de blusinha caso alguém me visse na rua, eu não estava nua, mas estava toda de fora, falei para o Jorge dirigir devagar, eu então levantei e coloquei minha perna esquerda do lado dele, e depois me virei de costas e de lado, peguei seu pau e coloquei na minha buceta e ele enterrou tudo, meio de lado meio sem jeito, estava gostoso assim mesmo, mas não dava para fazer movimento nenhum, pedi a ele que parasse o carro mas não desligasse, para o meu marido não acordar, assim ele iria achar que o carro estava andando ainda, o Jorge então assim fez, parou o carro, eu me sentei de frente para ele, em cima de seu pau e cavalguei que nem uma cadela no cio, subia e descia, e olhava pro meu marido dormindo e eu fudendo com seu amigo gostoso com ele ali perto, não sabia se ele estava dormindo realmente, pelo ao menos parecia. O Jorge disse chupa meu pau, quero gozar na sua boca, vamos e assim fiz, sentei no meu lado e chupava sua rola grossa, o Jorge colocou o carro para andar achávamos perigoso ficar ali parado aquela hora, enquanto ele dirigia, eu o chupava, engolia aquela vara toda, que estava melada e com gosto de minha buceta, estava uma delícia, o Jorge passava a mão direita na minha bunda e enfiava o dedo no meu cuzinho, ele disse to doido para te fuder gostoso e comer também esse seu rabo delicioso, vc vai me dar este cuzinho hoje, não vai, eu disse vou me dar toda pra vc sabe aonde na minha cama com o meu marido do lado vou fuder com vc o resto da noite e quero que vc durma com a rola dentro de minha buceta e vamos acordar os três nus aí meu marido vai notar o que aconteceu e eu explico que estávamos todos grogues, e não sabíamos bem o que fizemos. Mais alguns minutos eu chupando o Jorge o gostoso, disse não vou agüentar mais, vou gozar na sua boca, então enfia mais tirei a blusa fiquei nuazinha e disse a ele para esporrar no meu rosto, nos meus seios e na minha barriga, e não ia limpar queria a porra dele desde a minha boca, meu rosto, meus seios e minha barriga, ele deu outra paradinha só para fazer isto, esporrou como eu queria, me lambuzou toda de porra, inclusive meu rosto, continuou a dirigir, eu vesti minha blusa e coloquei minha saia sem a calcinha e ele guardou sua rola, ele me beijou e eu disse gostou, depois em casa tem mais. Chegamos, abri o portão com o controle e falei, hoje vc vai dormir conosco, na minha cama com meu marido do lado. Acordei meu queridinho ele meio grogue ainda, eu peguei ele de um lado, e o Jorge pegou do outro, entramos em casa e coloquei meu marido na cama, tiramos sua roupa, estava meio quente, deixei ele nu na cama e tb falei vamos logo para cama do jeito que estamos tire sua roupa, vamos deitar os três nuzinhos, eu doida para meter com ele, fiquei no meio o meu marido mesmo sonolento passou o braço na minha cintura o Jorge veio e já de pau duro me abraçou tb do outro lado, e começou a me lamber toda, a me beijar, começou me dando um beijo gostoso e depois foi descendo, chupou meu pescoço, passou as suas mãos massageando meus seios, chupou cada um dos meus mamilos e chupou meus dois seios, e foi descendo, eu entregue aos seus carinhos, o braço do meu marido ainda estava passado em minha cintura, ele pegou e colocou a mão do meu marido em cima de minha buceta e foi descendo com sua língua maravilhosa me chupando o umbigo, minha barriga, me alisava toda, passava as mãos em minhas pernas e subia com elas até minha buceta que já estava encharcada de tesão doida para levar vara gostosa, ele então começou a passar os dedos na minha buceta com a mão do meu marido em cima, ele não tirou a mão do meu marido, ficaram as duas mãos, ele enfiou dois dedos do meu marido em minha buceta, e deixou eles lá, eu já estava gozando com tudo aquilo, ele continuou a me chupar e foi descendo a língua, a boca e começou a chegar mais perto de minha buceta, me lambia nas laterais das pernas, passou pela minha xana, deu uma chupadinha de leve no meu clitóris com os dois dedos do meu marido ainda dentro de minha buceta, ele quase lambeu os dedos do meu marido. Ele então tirou a mão do meu maridinho e colocou seu braço em cima dos meus seios, eu aproveitei e peguei sua mão e fazia eu mesmo movimentos com a mão dele em mim, estava muito gostoso, o Jorge chegou onde ele queria, na minha buceta ele lambeu, chupou ela toda, sugava meu clitóris e me levou a loucura, eu gozava sem parar e não agüentava mais ele me chupando, eu gritava de prazer, chamava ele de meu macho, meu homem gostoso, meu tesão, meu amante, meu namorado, ea dizia me fode agora, enterra sua vara gostosa em mim, me come toda aqui pertinho do meu marido e ele veio então com sua vara duríssima e enfiou com vontade, entrou escorregando, eu estava melada do meu leitinho que tinha gozada sem parar, ele me apertava deitou em cima de mim, me fudia gostoso, me virei e fiquei em cima dele e cavalguei igual uma égua dando pro seu cavalo, subia e descia em sua rola que tava toda melada ai deitei de novo e ele falou que ia gozar e se podia esporrar em meu rosto, no meu pescoço, eu disse, esporra então, chupei um pouco sua rola estava melada de minha porra, achei uma delícia, ele tirou de minha boca e esporrou muito nos meus olhos, na minha boca, no meu rosto no meu pescoço e depois eu coloquei sua rola na minha boca e mamei o resto, deixei dentro da minha boca não enguli e disse, vamos deitar e dormir deste jeito, está quente hoje e quero acordar com meu marido e vc do lado e eu toda esporrada com cheiro de sua porra na boca e no rosto, e vou deixar meu marido me beijar e me lamber toda com o gostinho que vc deixou em mim e vou falar baixinho no ouvido do meu marido quando ele estiver me fudendo, vou dizer é gostinho meu com a porra que seu amigo deixou em mim, na minha boca, no meu pescoço, no meu rosto, lambe tudo meu corninho gostoso, eu adoro vc por me entregar a outro homem gostoso, sem vc estar participando e na minha cama com vc do lado, é muito gostoso, vc deixa eu dar a bunda para ele, quero dar minha bunda para ele que só vc já comeu, eu disse que não iria dar para outro, mas não vou resistir quero dar meu rabo pra ele tb, quero ser toda dele, quero namorar ele aqui dentro de casa, com vc aqui, vendo nós dois, vc deixa, meu querido maridinho corninho delicioso, e não é que o safado do meu marido disse, pode, vc pode ser toda dele e aqui em casa comigo v vendo e quem sabe participando tb. Ele disse adorei a idéia. E gozou muito na minha buceta e falou baixinho meu ouvido gostei da porra dele tb, eu disse qualquer dia destes vc lambe a rola dele quando estiver metendo em minha buceta, vc vai sentir meu gostinho e deliciar com a rola dele que vai estar melada com meu leitinho e depois ele goza e vc mama a porra que descer da minha buceta, topas, ele disse, é claro minha querida de vc topo qualquer parada.

Um detalhe, meu amante e amigo de meu marido tinha ido embora bem cedo antes do meu marido acordar, fui com ele até a porta ainda nua, beijei ele na boca abracei e disse volta meu gostoso no dia que vc quiser, sou toda sua e dá próxima vez vc terá uma suspresa mais gostosa, vou dar o que vc está querendo, minha bunda, será toda sua e vc vai me comer igual ao meu marido, sem camisinha adoro sentir a rola dentro do meu cuzinho e sentir a porra jorrando lá dentro, vc tb vai gostar e ele respondeu já estou de pau duro, não pode ser agora, eu respondi, não meu marido está acordando e tem que ter mais tempo, quero uma preparação primeiro, ta bom, agora vai meu gostoso.

Gostaram, espero que sim, qualquer dia destes continuo contando mais algumas proezas minhas. Quem tiver alguns casos parecidos com o meu pode enviar por email, vou adorar ler.

Bjs a todos.

Comentários

05/11/2013 01:11:32
Fantástico, Maravilhoso. Espetacular!.. Goozei, gozei muito! Parabéns pelo conto.. Continue assim!
23/10/2009 08:12:29
nota dez faz comigo isso gostasa [email protected]
23/10/2009 02:31:26
Maravilhos
20/01/2009 19:54:54
Nota 10, fiquei muito excitado, estou com o pau duraço! parabéns!!!
15/01/2009 12:34:05
Gente, desculpe, não coloquei meu emaiL, segue abaixo. [email protected], não sou pretenciosa me chamando de bonita e gostosa, sou mesmo e meu marido e meus namorados tb acham qq dia destes envio uma foto minha de biquine para vcs que me escreverem mandem uma foto de vcs tb se quiserem adoraria, bjs. BETE
15/01/2009 07:22:49
Bom conto adorei você, sua putinha, acordei agora e já gozei lendo essa história safada, é verdadeira? Se for parabéns pra você e pro seu corninho, leia as minhas também, são verídicas, e acredito que vai gostar .
15/01/2009 01:49:38
O MELHOR CONTO ERÓTICO QUE EU JÁ LI.
14/01/2009 19:05:03
Oi Bete! Fantástica sua história, mas gostaria de uma sugestão? Pq vc não diviu em partes essa sua história, acho que ficaria mais emocionante! Valeu um dez!
14/01/2009 12:37:31
QUERO SABER SEU E-MAIL, O MEU É [email protected]
14/01/2009 11:17:37
nossa não aguentei já bati uma punheta
14/01/2009 10:45:48
eita!! esse conto me deixou de pau duro>>vc deve ser bem gostosa mesmo>>eu tbm sou salva-vidas bem forte e gostosão!! tinha coragem entrar na minha rola de 25cm? vc vai adora..gostosa!!
14/01/2009 09:49:10
muito bom, queria conhece-la, me escreve ja que seu marido deixa, gozo na boca dele se ele quiser, rsrsrsrs [email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


vidio disexe porno yotubevídeo de Juliana Paes toda nua umbiguinhohomens roludos e picudos nu de rondoniaContos de caseiros negros idoso bem dotado comendo cu de patroas brancasexperimentar sexo anal mesmo sendo heterossexual pode ser perigosogay bebezão putãobaxinha cochuda casada vingando xvideosconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelaquero ver um filme pornô com anão com a patroa dele debaixo da saia dela e o cara cheio charuto no c* delecontos erotico de zoofilia mulher estrupada por boismae tarada chupa boceta de filha gravida incesto contos eroticosconto erotico corno na lua de melcontos de mulheres que virao cenas de casais transando e se masturbarao contos pornôs mulheres lindas super gostosas que seus maridos liberaram para dar para seus amigos que tem paus bem grandes maior do que os deles elas adoramvídeo de morcinha fudemocontos de sexo depilada na praiameu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.putas gostosa sexo filho come mãeescondoxvideo novinha gostosa tesão daquela P9irma ve a outra de caucinha e ker chupar elalouras peludas taradas fudedoras malucas chamando palavraonovinha olha u padrasto pelado .e bati um sirirecacontos eroticos minha irma novinha peidou quando tirei o cabaco delaxvideo novinha gostosa tesão daquela P9quitandeiro tarado pornocorno ve a mulher metendo comtrinta machoconto adoro ser cadelinhadeixei minha mulher tranzar com negao megaate quanto centimetros poso colocar no meu cuchupando a rola do primo devagarindobunda sendo invadida pela primeira vez gaybaixa xvideo coroa venhia nao gueto pica deternos apaixonados cap 7 conto gaycontos eroticos a crentinhaContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adorouapaixonado por um hetero cap 19meu tio me  bucetinhas teste pra insistoxvidio confio no amigoConto erotico anal com humilhaçao e cinto de castidade masculinaXapeleta grosa nucu da loira xvideoX video comendo ninazinha menor 18novinha sentada ensima do cassete abrindo a bucetinha com os dedoscontos,eroticos,de,gays novinhos sendo estuprado por jovens craquesquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidasmulher engata com cachorro grande e nao consege desengata pornoouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucosRelatoa erodico de geyse arruda contando como.perdeu a vingidade do.buceta e do.cuzinhoContos eroticos casais e pintudos fantasiasMuitasex .com gaby pornolhomens com rolas veiúdas transandovinha perdendo a virgindadecontos na despedida de solteira dei pro negao bem dotadoContos eroticos irmas gulosas mamando no pauzao grosso do irmao e de mais cinco amigos pauzudos dele na piscina de casafavelenta xvideoContos eroticos de casada puta dos vizinho roludo corno duplapelego pauzudo nuaninha e meu tio cacetudo com foto e todos os contosstexto lindo pro namorado que patessa que foi eu que fizpirnobuceta freirasnamorada faz surpresa fc pelada mostra buceta bem gostosahomem se enxuga nu e a mulher abre a porta senquerer pornoXVídeos de debulha sercodoce nanda parte cinco contos eroticosxvídeos 10 mamae fas cudoce mae efilhoCONTOSPORNO.insetos.nenémquando voltei entrei no quarto da minha irmazinha e vi ela se mastubando dei uma bronca nela contos de incestovídeos porno caseros esposinha fazendo suruba com 3homconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travestirelatos minha esposa chegou toda chupadaem casavideo porno inedito de mulher gozando descontrolada no vibradorporno com vizinha que chega de.mudança coroahomem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexocontos eroticos vesti uma mini saia para meu sogrovídeo pornô ginecologista idoso não resiste a bucetinha apertadinha da paciente e a estrupa forçainiciando meu marido experiência inversão videosxxxNovinhas fazendo safsdesas na sala de aulacontos eróticos pular pulavídeo pornô homem c****** no pau do outro homem saindo bosta do c* do Cupim na pica no c******** e grossacasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetaxvideos as vigindades das mendigascontos corno beija pés humilhadoComo devo uza vazelina navagina para lubrifica?Contos eróticos a gordinha e personal trainercache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho Foto de pika pulhetando mundobicha.com hetero brasileiro toma banho com amigo heterocontos cu da tia