Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Mamãe, 01

Autor: AribJr
Categoria: Heterossexual
Data: 04/02/2009 11:35:52
Nota 9.40
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

<center><tt> Mamãe –</tt></center>

<center><strong><b>MAMÃES</b></strong></Center>

<center><size=5><b>Episódio 1</b></size></Center>

<blockquote><i>Tenho 21 anos, me chamo Frederico e sou filho único.

Minha mãe se chama Denise, 45 anos, cabelos castanhos cortados rente ao ombro, corpo bem tratado – 1,75 de altura, 68 kg – olhos esverdeados, sorriso fácil e um bumbum que sempre povoou meus sonhos eróticos.

Meu pai tem 52 anos e é empresário muito metido a paquerador e, desde que me lembro, trai minha mãe com descaramento e constância.</i></blockquote>

<center>● ● ● ● ● ●</center>

Somos uma família que sempre viveu em relativa tranqüilidade, mamãe sempre foi muito mais amiga que mãe e papai, devido suas constantes viagens e casos extraconjugais sempre foi muito ausente em minha vida. Sempre tive verdadeira adoração por mamãe ao ponto de, aos quatorze anos, passar a ter sonhos eróticos com ela – muitas vezes falei e ela sorria deliciada dizendo que era normal para minha idade – mas sempre procurava meios de vê-la despida e espiava por uma fresta na porta, toda vez que ela ia banhar-se.

O tempo passou. Aos quinze anos tive minha primeira namorada com quem fiquei até meus dezessete anos, mas nunca deixei de sentir uma coisa diferente por minha mãe. Com Angelina, minha namorada, tive também minhas primeiras relações sexuais, mas era com mamãe que sonhava naqueles momentos e isso estava me deixando maluco. Me sentia sujo como se estivesse traindo meu grande amor.

Tudo começou mudar no carnaval de 2005.

— Você vai sair hoje filho? — mamãe meteu o rosto no meu quarto.

— Vou pra praia... – deixei de lado a revista que estava lendo – Vamos?

Mamãe sorriu e entrou no quarto, eu estava só de cuecas como gosto de ficar e mamãe vestia aquela bermuda de algodão que deixava ver claramente as curvas do sexo e me deixava maluco.

— Teu pai resolveu ir pra Cartuíbipia... – sentou na cama perto de mim – Acho que ele levou a Tereza com ele...

Era estranho como dona Denise aceitava tão passivamente as escapadas de papai e falava como se fosse a coisa mais normal desse mundo.

— Então vamos cair na folia... – brinquei com ela – Uma gata como a senhora não deve ficar enfurnada em casa...

Mamãe me olhou séria e depois abriu aquele sorriso angelical que derruba qualquer um.

— Vamos ver... – levantou para sair – Mas... Eu não vou atrapalhar?

— Atrapalha nada dona Denise... Muito pelo contrário... – não tinha qualquer outra intenção no meu convite – Vão ficar babando me vendo com uma gostosa do lado...

Mamãe riu e me jogou a toalha de prato que estava em suas mãos.

— Me respeita menino... Sou tua mãe, lembra?

Mas ela sabia que eu estava brincando e não voltamos a falar sobre o assunto, até perto das seis horas quando me preparava para sair.

— Vou contigo... – mamãe estava parada na porta de meu quarto – Faz um tempão que não sei o que é me divertir.

<center>● ● ● ● ● ●</center>

Na praia minha turma ficou abasbacado a me ver dançando colado com aquele fenômeno.

— Hoje tu nem me olhou... – Terezinha, uma amiga com quem estava ficando, reclamou – Tu ficou o tempo todo com tua mãe...

Brinquei com ela, mamãe tinha saído para buscar mais bebida.

— Mãe! – chamei – Essa é a Terezinha, lembra?

— E aí garota? – mamãe já tinha bebido bastante – Te roubei hoje o gato... – passou o braço pó minha cintura – Hoje ele é meu...

<center>● ● ● ● ● ●</center>

Já era madrugada quando chamei dona Denise para voltarmos.

— To a fim de me divertir filho... – mamãe parou e me olhou – Ta cedo ainda...

Mas não estava e ela começava a ficar um pouco mais solta. Voltei a insistir até que ela se resignou.

— Ta bom seu chato... – me deu um abraço colado – Mas amanhã vou voltar de novo, viu?

Moramos em um bairro um pouco afastado da cidade e, em um local deserto, parei para fazer xixi e ela também desceu para fazer xixi. A semi-escuridão e o barulho do jato da urina reacenderam meus desejos, pensei ser essa a grande oportunidade de ir além dos abraços e beijocas trocadas na avenida.

— Tu estais muito gostosa hoje... – falei quando entramos de volta no carro – Adorei ficar contigo hoje...

— Mas bem que tu querias mesmo era ficar com a Terezinha, não é?

Parei o carro e me virei para ela.

— Não... – olhei bem dentro de seus olhos – A única mulher que me interessa está aqui no carro comigo...

Mamãe ficou parada, me olhava como se estivesse assustada.

— Mas com ela tu podias fazer mais coisas... – falou baixinho.

— A senhora sabe que eu lhe quero muito... – segurei suas mãos, estavam geladas – Sempre quis...

— Você está passando dos limites filho... – puxou a mão – Sou sua mãe, lembra?

Me deu um tremor, talvez de medo ou de vergonha. Mas eu tinha de tentar e, tinha certeza, não teria outra oportunidade melhor que aquela.

— E o que é tem? – tentei passar a mão em sua perna, ela não deixou.

— Vamos parar por aqui... – foi dura – Vamos embora, já é tarde...

Olhei para ela, estava decepcionado comigo e com ela. Liguei o carro e saí em desabalada carreira, não falamos nada e a deixei na porta de casa.

— Você não vai entrar? Vai sair? – ela ficou de cócoras do lado da porta.

Olhei para ela e para entre suas pernas, não falei nada. Liguei o carro e saí sem rumo sentindo um aperto doído no peito, não olhei para trás, sabia que ela estava parada imaginando sobre o que eu lhe tinha, finalmente, declarado.

Passei o resto da noite perambulando pelas ruas apinhadas de foliões alegres, não parei em lugar algum e só voltei para casa lá pelas onze horas da manhã.

Entrei em casa e passei direto para meu quarto, não vi mamãe. Tomei um banho e me joguei na cama.

— Fred! – ouvi sua voz – Posso entrar?

Respirei fundo sem saber ao certo o que falar, senti que tinha ido com muita sede ao pote. Mamãe abriu a porta e ficou me olhando, olhei para ela e não vi sinais de mágoa em seu rosto, apenas aquele semblante de tranqüilidade só vista em seu rosto.

— Você foi para onde? – piscou – Fiquei preocupada...

Não respondi, não tinha o que responder, pois nem eu sabia por onde tinha estado apenas andei sem rumo espiando a alegria do povo.

— Saí por aí... – respondo depois de ter respirado forte.

Mamãe ainda ficou uns instantes me olhando antes de andar até ficar do lado de minha cama.

— Você se excedeu um pouco ontem... – sentou na beirada da cama – Aquilo...

— É o que eu sinto mãe... – cortei e olhei para ela – Eu não estava bêbado... É o que eu sinto...

— Teu pai chegou... – falou depois de alguns instantes.

Respirei fundo temendo que ela tivesse falado alguma coisa e, conhecendo como conheço seu Humberto, sabia que ele me escorraçaria de casa.

— E o que eu posso fazer... Te amo mãe... Te amo como mulher...

Ela apenas ficou me olhando sem falar nada. Ficou assim uns três minutos antes de levantar e sair do quarto.

<center>● ● ● ● ● ●</center>

Comentários

19/07/2014 11:07:45
top
15/05/2010 01:59:02
Bom, promete ser bem excitante..
31/12/2009 13:54:06
sensacional
23/12/2009 23:37:55
cadê o resto
13/02/2009 01:17:23
nao entendi nada.... o conto e isso? nao aconteceu nada? fantasia
04/02/2009 20:04:31
A coisa tá ficando boa!!! (http://ana20sp.sites.uol.com.br)

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


quero ver vídeo de sexo com mulher transando com outras mulheres usando aquelas picas de borracha de elástico sem garfo e comcontos da minha sogra me pedindo pra cheirar sua calcinhacontos de incesto sograpornodoido meu pai me consola depois deu chorarmarido tranza com espoza no acampamento chega mais e tranza com ela contosconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorxxx carariu grandicoletane de cobtos eroticos de travesti bem dotado ativoCoroas louco por sexo tique roludoele a enrabala e ela a cagar.se pornocontos eróticos de padastro abusivomae gostosona chora na pica grossa cabecuda do filhoporno dando a buceta noma tranza agresivacontos casada seduzida pelo caseiro picudovídeo de sexo de garotão matuto. de cueca boxe. de pau duroporno doido travetis fundenoO Riquinho e o Favelado conto gayconto eroticosgemeastia da buceta modeladas fudendoemtiada.rabuda loulinha dolecente espiada pega foca sexocontos tonando as menininhasxvídéo homem agarrar a mulher com outro homem e pegar o cu deledito comedor de gay meu zapQuadrinhos eróticos meu padrinho pauzudo me comeufui enrabada/contoscuiada fudedo com xortiu de dormivideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciameu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu macholevantou o vestido da coroa evagelica e passou a rola.comcontos eroticos com tamanco salto altocontos eronticos buraco na paredeContos eróticos d homem com éguameu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoTranzando com as velilhas tetudas debicos granderelato erotico cheirei a calcinha gozadacontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitocontos eroticos gays o principe roludotaradao fode esposa na frente da amiga que quer tanbem.comcomebuceta irma outra irma prexamorena de 58kg dando a bucetaconto eróticos padrasto chupa a estiada de 8 anosHomem comedo novinha e cobra efiando na a cobta na bocetaeu quero ver vídeo mulher tomando banho com aquelas calcinha largacutucando buceta de cadela com dedo zoofiliaxvideo negao esfregando uma pica ezajeradatransandp no presidio com a mailindo homemcoxa grossa dando pornovídeo de Kid Bengala transando com mulher brigona XVídeosconto casada chantageada pelo senhorioContos de comedores de Mendiga novinhas de 10 a 12 aninhoscolecao lambendo a cabecinha gozada na boca pornodoidodespidida de solteiro e muito sexoconto eu hetero tinha 18 anos o pedreiro me comeucontos eróticos no YouTube deixei meu filho me comersexo desleal com meninas na xotanovinha fazendo exame toxicológico xvideos.comContos d rapando a bucetaLevantaram o rabo da egua e mostrou a buceta delaHomem com pau grosso descabaça a filha dormindo contos eróticosmorena sendo arombada por rola de40centimetros entra todinhacontovporno com fotos reletos de chifresMeu Padrasto parte-01 Autor Alex - Casa Dos Contoscunhada ajuelha na frente do cunhado e engole rolavídeo pornô da negra olho torto sentando na pica e virando os olhos com tesãomeu professor de natacao me comeu gay contoFlagrei minha filha de dez anos se masturbando fiquei espantada mas espliquei a ela o que estava acontecendo e encinei a se masturbar so qiue ela quere que eu faça direto agora contos de casada na piranhagemxvideo muilher surpresa nxvideo sexo u buracucontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi elácom bumbum mais bate com bumbum mais burro tem as loira morena branquinha e a ruiva a loira morena branquinha e a ruiva bate com a bunda pula pulavirgens+perdendo+o+cabacao+da+buceta+e+do+cu++virgensseita crossdressergustavo de carinha de anjo trepanopassei o pau na bunda da minha mae e ela pediu pra eu comer elacontos gay limpar a casagay fazeno sexo com cachorro e fica engatadovi meu genro transando contocontos eroticos corno bebado esposa com fogo no rabo amigo roludoconto erotico gay na saida do bar de madrugada um travesti me estuprouincesto no colo do papai tomando cafe sem calcinhacontos eu e meu marido fomos no jogo de futebol no onibus dei pro negao eninguem viuqual a função de um corno manso assumidoMeu padrasto bella&alexcontos de sexo raspei minha bucetacontos minhas amigas fizeram uma festa e me comeram com consolo elétricocontos erotico chantagiei e depilei minha sogracontos incesto mae gtssó branquinhas gostosas tesudas encitantes transando com seu cachorro até gozarcacetudomonstrocontos eróticos meu cunhado pausudo mi arronbou todos os buracos contos eroticos de incesto seduzir meu pai sentando so de calcinha no coloContos eroticos da mãe quando ve seu filho de cueca fica louca pra acariciarconto eróticos voyeur vizinha dos fundosprovoquei meu pai calcinhacontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramconto anal orfanatomulheres agachadas com buctao reganhadosex araminhafotos os penes mais maneru do mundo porn