Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Mamãe, 04

Autor: AribJr
Categoria: Heterossexual
Data: 04/02/2009 12:01:25
Nota 9.38
Ler comentários (17) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

<center><tt> Mamãe –</tt></center>

<center><strong><b>A NOITE...</b></strong></Center>

<blockquote><i>Chegamos em casa em silêncio, mas muito tinha mudado desde quando saímos e não era por mamãe ter me chupado e ter feito eu gozar.</i></blockquote>

<center>● ● ● ● ● ●</center>

— Deve ter cerveja na geladeira – ela falou quando entramos – Pega pra gente!

Naquele momento foi que percebi que meu sonho não tinha ficado vagando na avenida, que ela também queria prolongar nossa noite, queria continuar sentindo a felicidade de ser desejada como mulher. Corri para a cozinha e voltei com a cerveja e dois copos, ela estava ajoelhada escolhendo um disco para colocar no aparelho de som, servi os dois copos e entrei para ela.

— Que tipo de música você quer? – recebeu o copo e deu um gole.

— Escolha você... – sentei no sofá.

Ela sorriu e colocou um disco de marchas de carnaval. Levantou e ficou se mexendo ao som da música, olhos fechados, vez por outra tomava um gole e eu olhando, somente olhando.

— Minha camisa está empapada de suor... – ela sorriu.

Respirei fundo quando ela desabotoou os botões e tirou a blusa vermelha deixando os seios, ainda rijos, livres.

— Que tal? – segurou o seio direito – Ainda estão durinhos, não estão?

Tornei respirar olhando a beleza do seio, o corpo sem uma gordura aparente não parecia de uma mulher com 45 anos de idade e mãe de um marmanjo como eu. Foram poucas as minhas namoradas que tinham corpo tão bem feito como o de dona Denise.

— Tudo está duro... – respondi também me referindo a meu pau.

Ela riu, tomou o resto da cerveja e saiu da sala, acompanhei com o olhar de desejos. Tornei encher meu copo e bebi quase de um gole só sentindo o doce sabor da bebida descer goela abaixo, a garrafa quase seca, fui buscar outra e quando voltei ela estava parada no meio da sala vestindo apenas uma pequena calcinha branca.

— Tu não falou que ia tomar um banho de uma hora? – lembrou.

— Só se tu for comigo... – enchi outra vez seu copo.

Mamãe me olhou e sorriu, aquele sorriso sempre presente em todos os momentos de minha vida iluminando o rosto bonito.

— Vai tomar teu banho menino! – não era uma reprovação, era mais uma brincadeira –Tira essa roupa suada...

Andei até ela como se fosse um zumbi e fiquei para em sua frente, ela me olhou, sempre aquele sorriso no rosto, e passou a mão espalmada em meu rosto. Suspirei e toquei a ponta do mamilo e ela olhou meu dedo vacilando tocando de leve, senti que seu corpo tremeu e ouvi um gemido sussurrado. Tirei a mão, ela continuou me encarando. Tirei a roupa, fiquei nu, meu pau duro apontava para frente a quase 35 graus para cima em direção a ela.

— Esse negócio não fica mole nunca? – a voz embargada.

Me aproximei e lhe abracei.

— E tem como ficar vendo uma deusa em minha frente? – sussurrei assoprando em seu ouvido.

Nos beijamos como tinha sido o beijo fora da multidão, um beijo de entrega como se fosse uma chave que abria a ultima porta. Me afastei e segurei sua mão, andei lento para trás e sentei no sofá, ela olhou e abriu as pernas e sentou em meu colo.

— Isso não está certo Fred... – sentou sobre as pernas dobradas – Mas eu quero muito...

Nos olhamos por um longo instante até que ela levantou o corpo e eu soube o que ia acontecer, o que ela queria era o que eu sempre tinha sonhado. Segurei meu pau em pé e afastei a beirada da calcinha, a vagina depilada com a pele macia e sedosa. Ela suspirou e começou a descer, estava úmida e fechou os olhos ao sentir o toque, deixou escapar um gemido e eu olhava para ela, para seu rosto, para os seios, para seu corpo descendo e uma frios estranho correu minha pele ao sentir os grandes lábios abraçando minha glande. Era um momento sem precedentes, mesmo tendo fantasiado não havia como sentir o que eu sentia naquele momento, não tinha como imaginar o toque, nem o calor vivo do sexo engolindo o meu. Não tinha como fantasiar com tanta precisão o roçar dos sexos e nem a respiração forte e sem cadência de uma mulher que se entregava para sua cria.

— Porra filho, teu pau é muito grande... – ela abriu os olhos e suspirou.

Sentou e eu estava dentro dela, a vagina parecia apertada demais e não denunciava as noites transando com meu pai. Ela levantou e tornou sentar e ficou se movendo para cima e para baixo, se esfregava em meu corpo e gemia, as narinas dilatadas, a boca entreaberta e a ponta da língua presa entre os dentes alvos, os olhos fechados e eu parado, apenas sentindo ela viver um viver que não vivia há anos.

— Oh! Oh!

Apenas esse era o som que parecia querer abafar azoada das molas do sofá rangendo e ela cada instante mais viva, mais sedenta e mais cheia de desejos. Os gemidos, os sons e os olhos cerrados por certo anunciavam os gozos sem fim. Ficamos por quase meia hora naquela dança do desejo, o álcool barrando meu gozo e ela gozando sem parar até que explodi e enchi a xoxota de minha mãe com meu gozo.

— Meu Deus... Meus Deus... – ela pinoteava e parou ao sentir o jato forte – Puxa vida! Meu Deus... Como é bom... Ai! Meu Deus... Ai! Meu Deus...

Paramos e ela se jogou para mim e nos beijamos. A vagina parecia desvinculada do corpo, tinha movimentos próprios, massageava meu pau como se estivesse agradecendo o prazer recebido.

<center>● ● ● ● ● ●</center>

<blockquote><i>O sono chegou como um manto e dormimos naquela posição extasiados pelo desejo realizado.

Ainda fiquei por muito tempo acordado, a cabeça de mamãe repousada em meu ombro, a respiração novamente cadenciada e a vagina cheia de meu esperma. Fazia carinho em sua costa e não notei quando ela dormiu e nem quando o somo me roubou o espírito.</i></blockquote>

<center><b>PARA MELHOR ENTENDER ESSE RELATO LEIA OS EPISÓDIOS ANTERIORES</b></center>

<center><tt> Mamãe –MAMÃE)</tt></center>

<center><tt> Mamãe –MAMÃE, OUTRO DIA...)</tt></center>

<center><tt> Mamãe –OUTRA NOITE LIVRES)</tt></center>

<center><tt><b> Mamãe –A NOITE)</b></tt></center>

Comentários

10/11/2016 13:38:29
10
16/05/2010 01:13:41
Excelente, muito bom....
04/01/2010 09:48:59
foi bom ler todas
31/12/2009 14:13:18
sensacional
11/07/2009 21:29:30
demorou + vc comeuu!!!!essa foi 10
24/02/2009 06:26:11
fiquei pensando nessa historia por dias... Muito bom
16/02/2009 19:24:17
Prabens filho de uma Puta
08/02/2009 03:04:43
nunca passou isso pela minha cabeça ..mas pra tu te feito ssio e porque sua mae é muito gostosa msm..
07/02/2009 10:23:00
Show de Bola!!!Parabéns!!!
07/02/2009 09:07:52
cara vc escreve muito bem, às vezes tenho a convicção que tudo isso é verdade. Continue escrevendo
07/02/2009 09:05:34
cara vc escreve muito bem, às vezes tenho a convicçao que isso é tudo verdade. continue escrevendo
07/02/2009 01:34:08
Gosto muito do tema, e a narração esta ótima. Aproveita e fica com ela de vez. Parabéns!!! ==A NOTA VALE PARA OS QUATRO CONTOS==
05/02/2009 06:58:04
Contos bem narrados mas podias ser mais objetivo.
04/02/2009 20:05:57
Pois estou dizendo... alguma coisa nova neste site está acontecendo... e vamos melhorar isso muito mais ainda.... (http://ana20sp.sites.uol.com.br)
04/02/2009 12:12:17
nossa que bom foi esta historia vc parece ser um cara bem legal mas apaixonado pela sua mãe se não fosse isto eu iria te querer beijos se quiser me add meu msn é [email protected]
04/02/2009 11:36:56
Adorei a historia, e que tesão me deu...Parabens
04/02/2009 11:35:44
Kraa essa história éah ótimaa! Li todas, vc éah um grande homem... Nota 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


um homem totlmente nucú do neltinho arrombadomae foi na missa e ilha toco siririca pornôconto erotico motorista do uberPorno contos eróticos sexo entre irmaos romance final feliz o filho da minha madrastaxxvidio em quadrinho mulher de primo caderante muito safadaxvideo sexo na praia de nudismo abricoaconto de incesto mae mulata de babydollcontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidosporno caseiro dupla penetraçao ela fica brava porque doeu o cuver videos de travestis dotadas acariciando o penis dentro da roupaestrupoanal abusoxvidio fagar a gostosa na praiarapaz pula fora quando senti que o negao ia empurrar tudoxxx vídeos novinhas aproveitando que a sua mãe saiu no pornô iradofotos de pau duro cabeçudomulher revivesse monstro xvideoquero ver as mulher tarada caseira com muco cervicalConto flagrei com bananastrapon sangue e bostamarido e mulher tomando banho na praia mulher veio um negão bem dotado e sai Escondidinho para dar uma com negãoconto erotico soquei um pau de borracha na minha esposa sem ela perceberfacebok de rio das pedras jpa rjxvidio atolo a sobrinhafilho da pica informo fudendo a buceta da mãe gostosapornoxvideos levo a gostosa anda de moto e comeu ela no matoContos eróticos de incesto mae que cuzinho guloso e o seu engoliu todo o meu cacetaoimcesto com papai ele meteu sua pica grande tudo na minha bucetinha novinhatinha pocos pelosirmao sacana espera sua irma dormir para abudar dela coloca seu pinto na boca e gosacontos erotico minha sobrinha veio em casaEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosconvecendo o enteado novinho le da o cuporno mãe possuir segredo fudendo escondido do maridoamenina do cu arrobado pelo negrao e gritandoBaixar Videos Porno Mulheres Bem Gostosas da Bunda Grande Querondo rola e Loca de Tesao Baixarto cagando nessa pica gozandomundobicha.com hetero brasileiro toma banho com amigo heterovelha descabaça a buceta na pica do cavaloConto encoxaram minha mulherpono 2017perdendo a virgimdadecontos pornos comadres morenameu conto erótico da Fiat Fiat toro vai comer elaXxvidii ela vai toma ni cusexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornotia da buceta modeladas fudendoMulher fasendo croche e dano cu pornorolas grossas e veiudas fudendo as bucetinhas e cuzinhos das mulheres da favelaqual a função de um corno manso assumidochupano pau groso na marraxvidio.comnovinha bebada faz se. xoi anal n quartzoofilia mulher da esguinchada com lmbidas de cachorroconto eroticos palmada contos ela falo chicao nunca dei o cu pra pau grossoconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosachantagiei e comi o viadinho magrinho contossexo na sala fria comendo ela depois de tirar o fio dental boa fodaprovoquei meu pai calcinhacontos eróticos chorei gritei esperneei mas aguentei tudo no c*Www.mulheresemaridoscornos/porno XVídeos mulher dormindo XVídeos mulher dormindo caindo no fornoestrupicio .pornoHOMEM FUDENOCADELA em artof zoocontos eróticos da esposa pegou a amante na cama e castigouasxxxxxcomcontoerotico chantageado por pefaç de pornMais carentes enrabadas por filhovizinha do intestino curto fodendove porno co ome cumeno amante e a filha da amantecachorro do nozão trelado no cu da gostosacontos eróticos cantada na rua não resisti e traícasadinha se esfregando nos homens no elevadorquero ver mais linda buceta bem gostosa que adora você tinha até meu marido matou na buceta gostosa no grelo bem ponto de ir para lambe chupa bem gostosinho passo a pontinha da língua nesse grelinhoSobrinho pauzudo,tia feliz. Com foto.carolzinha santos com muito putaria trepanomorena boa tocando punheta pro cadaverXVídeos as novinhas de calça folgado na fila do mercadopicudod/contos