Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Mamãe, 04

Autor: AribJr
Categoria: Heterossexual
Data: 04/02/2009 12:01:25
Nota 9.38

<center><tt> Mamãe –</tt></center>

<center><strong><b>A NOITE...</b></strong></Center>

<blockquote><i>Chegamos em casa em silêncio, mas muito tinha mudado desde quando saímos e não era por mamãe ter me chupado e ter feito eu gozar.</i></blockquote>

<center>● ● ● ● ● ●</center>

— Deve ter cerveja na geladeira – ela falou quando entramos – Pega pra gente!

Naquele momento foi que percebi que meu sonho não tinha ficado vagando na avenida, que ela também queria prolongar nossa noite, queria continuar sentindo a felicidade de ser desejada como mulher. Corri para a cozinha e voltei com a cerveja e dois copos, ela estava ajoelhada escolhendo um disco para colocar no aparelho de som, servi os dois copos e entrei para ela.

— Que tipo de música você quer? – recebeu o copo e deu um gole.

— Escolha você... – sentei no sofá.

Ela sorriu e colocou um disco de marchas de carnaval. Levantou e ficou se mexendo ao som da música, olhos fechados, vez por outra tomava um gole e eu olhando, somente olhando.

— Minha camisa está empapada de suor... – ela sorriu.

Respirei fundo quando ela desabotoou os botões e tirou a blusa vermelha deixando os seios, ainda rijos, livres.

— Que tal? – segurou o seio direito – Ainda estão durinhos, não estão?

Tornei respirar olhando a beleza do seio, o corpo sem uma gordura aparente não parecia de uma mulher com 45 anos de idade e mãe de um marmanjo como eu. Foram poucas as minhas namoradas que tinham corpo tão bem feito como o de dona Denise.

— Tudo está duro... – respondi também me referindo a meu pau.

Ela riu, tomou o resto da cerveja e saiu da sala, acompanhei com o olhar de desejos. Tornei encher meu copo e bebi quase de um gole só sentindo o doce sabor da bebida descer goela abaixo, a garrafa quase seca, fui buscar outra e quando voltei ela estava parada no meio da sala vestindo apenas uma pequena calcinha branca.

— Tu não falou que ia tomar um banho de uma hora? – lembrou.

— Só se tu for comigo... – enchi outra vez seu copo.

Mamãe me olhou e sorriu, aquele sorriso sempre presente em todos os momentos de minha vida iluminando o rosto bonito.

— Vai tomar teu banho menino! – não era uma reprovação, era mais uma brincadeira –Tira essa roupa suada...

Andei até ela como se fosse um zumbi e fiquei para em sua frente, ela me olhou, sempre aquele sorriso no rosto, e passou a mão espalmada em meu rosto. Suspirei e toquei a ponta do mamilo e ela olhou meu dedo vacilando tocando de leve, senti que seu corpo tremeu e ouvi um gemido sussurrado. Tirei a mão, ela continuou me encarando. Tirei a roupa, fiquei nu, meu pau duro apontava para frente a quase 35 graus para cima em direção a ela.

— Esse negócio não fica mole nunca? – a voz embargada.

Me aproximei e lhe abracei.

— E tem como ficar vendo uma deusa em minha frente? – sussurrei assoprando em seu ouvido.

Nos beijamos como tinha sido o beijo fora da multidão, um beijo de entrega como se fosse uma chave que abria a ultima porta. Me afastei e segurei sua mão, andei lento para trás e sentei no sofá, ela olhou e abriu as pernas e sentou em meu colo.

— Isso não está certo Fred... – sentou sobre as pernas dobradas – Mas eu quero muito...

Nos olhamos por um longo instante até que ela levantou o corpo e eu soube o que ia acontecer, o que ela queria era o que eu sempre tinha sonhado. Segurei meu pau em pé e afastei a beirada da calcinha, a vagina depilada com a pele macia e sedosa. Ela suspirou e começou a descer, estava úmida e fechou os olhos ao sentir o toque, deixou escapar um gemido e eu olhava para ela, para seu rosto, para os seios, para seu corpo descendo e uma frios estranho correu minha pele ao sentir os grandes lábios abraçando minha glande. Era um momento sem precedentes, mesmo tendo fantasiado não havia como sentir o que eu sentia naquele momento, não tinha como imaginar o toque, nem o calor vivo do sexo engolindo o meu. Não tinha como fantasiar com tanta precisão o roçar dos sexos e nem a respiração forte e sem cadência de uma mulher que se entregava para sua cria.

— Porra filho, teu pau é muito grande... – ela abriu os olhos e suspirou.

Sentou e eu estava dentro dela, a vagina parecia apertada demais e não denunciava as noites transando com meu pai. Ela levantou e tornou sentar e ficou se movendo para cima e para baixo, se esfregava em meu corpo e gemia, as narinas dilatadas, a boca entreaberta e a ponta da língua presa entre os dentes alvos, os olhos fechados e eu parado, apenas sentindo ela viver um viver que não vivia há anos.

— Oh! Oh!

Apenas esse era o som que parecia querer abafar azoada das molas do sofá rangendo e ela cada instante mais viva, mais sedenta e mais cheia de desejos. Os gemidos, os sons e os olhos cerrados por certo anunciavam os gozos sem fim. Ficamos por quase meia hora naquela dança do desejo, o álcool barrando meu gozo e ela gozando sem parar até que explodi e enchi a xoxota de minha mãe com meu gozo.

— Meu Deus... Meus Deus... – ela pinoteava e parou ao sentir o jato forte – Puxa vida! Meu Deus... Como é bom... Ai! Meu Deus... Ai! Meu Deus...

Paramos e ela se jogou para mim e nos beijamos. A vagina parecia desvinculada do corpo, tinha movimentos próprios, massageava meu pau como se estivesse agradecendo o prazer recebido.

<center>● ● ● ● ● ●</center>

<blockquote><i>O sono chegou como um manto e dormimos naquela posição extasiados pelo desejo realizado.

Ainda fiquei por muito tempo acordado, a cabeça de mamãe repousada em meu ombro, a respiração novamente cadenciada e a vagina cheia de meu esperma. Fazia carinho em sua costa e não notei quando ela dormiu e nem quando o somo me roubou o espírito.</i></blockquote>

<center><b>PARA MELHOR ENTENDER ESSE RELATO LEIA OS EPISÓDIOS ANTERIORES</b></center>

<center><tt> Mamãe –MAMÃE)</tt></center>

<center><tt> Mamãe –MAMÃE, OUTRO DIA...)</tt></center>

<center><tt> Mamãe –OUTRA NOITE LIVRES)</tt></center>

<center><tt><b> Mamãe –A NOITE)</b></tt></center>

Comentários

10/11/2016 13:38:29
10
16/05/2010 01:13:41
Excelente, muito bom....
04/01/2010 09:48:59
foi bom ler todas
31/12/2009 14:13:18
sensacional
11/07/2009 21:29:30
demorou + vc comeuu!!!!essa foi 10
24/02/2009 06:26:11
fiquei pensando nessa historia por dias... Muito bom
16/02/2009 19:24:17
Prabens filho de uma Puta
08/02/2009 03:04:43
nunca passou isso pela minha cabeça ..mas pra tu te feito ssio e porque sua mae é muito gostosa msm..
07/02/2009 10:23:00
Show de Bola!!!Parabéns!!!
07/02/2009 09:07:52
cara vc escreve muito bem, às vezes tenho a convicção que tudo isso é verdade. Continue escrevendo
07/02/2009 09:05:34
cara vc escreve muito bem, às vezes tenho a convicçao que isso é tudo verdade. continue escrevendo
07/02/2009 01:34:08
Gosto muito do tema, e a narração esta ótima. Aproveita e fica com ela de vez. Parabéns!!! ==A NOTA VALE PARA OS QUATRO CONTOS==
05/02/2009 06:58:04
Contos bem narrados mas podias ser mais objetivo.
04/02/2009 20:05:57
Pois estou dizendo... alguma coisa nova neste site está acontecendo... e vamos melhorar isso muito mais ainda.... (http://ana20sp.sites.uol.com.br)
04/02/2009 12:12:17
nossa que bom foi esta historia vc parece ser um cara bem legal mas apaixonado pela sua mãe se não fosse isto eu iria te querer beijos se quiser me add meu msn é [email protected]
04/02/2009 11:36:56
Adorei a historia, e que tesão me deu...Parabens
04/02/2009 11:35:44
Kraa essa história éah ótimaa! Li todas, vc éah um grande homem... Nota 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


vídeos vídeos pornográfico pai mostrando a filha para chupar até o talo se engasgando filha virando os olhoseu sento no seu pau voce mim abraca e mim beija gostoso pornopirnobuceta freirasgta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetaatrevida gozando com o cunhadocontos eroticos/comeu novinha peludinhamulher trasando cem saber com oltrodesejo o pai sair e comeu a madrastagostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosgozei na boca no caminhaoEm Família: Parte 1 Autor Sr G casadoscontosfudendo uma putaconto eroticogay fazeno sexo com cachorro e fica engatadoO Certinho e o Desleixado (Capítulo 3) casa dos contosvideos de coroas loiras da bunda grande vendo genro de pau durovideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaas bucetas mais esgassadas gozandosogra na cama dormindo com camiseta do superman e genro no sexomeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticocontos erodicos de primos sendo extrupado pelo lekXvidio enfindo.o pechupando a bucets dela depois metendo a casdeta con muito tesaoXVídeos de debulha sercoContos eróticos a gordinha e personal trainerwww.xvideos.bucetaovirgensXvideosarretadavidios d senhora com corpo gostoso e seios parados e arebitadosmeu tio me  http://linkshrink.net/7coxzDcontos de sexo depilando a sogracontos com fotos de donas de casa normais sendo fudidas por varios homens e muleques pintudossogras com genrosbucetasnovinhas das bundás gandê xvdeoscrenye de verdade é aquele crente sabiomulher transando na subida do Ilha Porchat São Vicenteentrequei minha vigidade pri maridi da minha tia contopornodoidocasal liberal cornocontos eróticos eu vi minha tia amamentandoContos vendo os cavalos treparem sexo madrinha coloca bumda buceta na cara da subrinha que ta de castigomamilos da minha mae contos eroticosvidros prno insetos fodendo mae emprensada coroas do sapsapcrente contoporno incesto filha perguntapai o que e sexo e ele mostramulher tenta fugi pica mostruosa brutal no cuirma normalista - contos eróticoscoroa novinha transando da put e da das tigresa da preguiça do pornô filme do Rio São Paulovideos de pornodoido levou anovinha pr fode demadrugadacontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelaporno do padre fudeno casada comfusaMulher gostosa dw vestinho coladinhos fudendopegou fogo no travesseiro da atriscontos de sexo depilando a sogracontos pai atolou tudo no cuzinho d filha.com fotosandrew arlindo dellavoglio casa dos contosporno gey peando priminho pre. adolesente e jovem tanbem xvidiosSou a cadelinha do cão labrador contosx videos casada safada dando para padrinhode casamentoFamilia Sacana pornoquitandeiro tarado pornomelhoor jeito para chupar um cuzinho pornofoda incesta mae dormindo bem profundo tipo estupro putaria brasileira cenas fortes de estrupo mae sexoputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularporno pai e filhinha no maio sarovedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedoporno sarando na coroa na frente do corno no onibosguei dando cu p avestraz s zoofilialevando a cunhada para tomar injeção no bumbumvideo fazendo dp pra sartisfaze o maridoporno gozando na bouca da filinha que dormiaporno nao percebi mas ela pegou no meu pauqual a posicao que temos que fazer quando damos o anus e para o espesma na escorrer para a vagina