Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha Priminha Desde Novinha (3º Capitulo)

Categoria: Heterossexual
Data: 19/02/2009 09:31:46
Última revisão: 05/12/2009 15:51:36
Nota 9.24
Ler comentários (21) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Logo após nos deitarmos e colocarmos outro filme, ela passou a perna em cima da minha cintura na direção do umbigo, pos a mão em meu peito e ficava fazendo carinhos no peito, descendo barriga abaixo. Com a parte interior da coxa ela ficava alisando, passando por cima do meu pau que claro já começava a endurecer e com a cabeça em meus ombros, ela me dava beijinhos de vez em quando. Falei que ela tava a fim de me excitar mesmo, ela riu e perguntou se seria possível, respondi claro que sim, deixando-a toda boba. Mas acabei falando que era pra parar por aí, ela com um tom de voz meio triste perguntou o porque, e falou “vai me dizer que você não deixava a tua namorada te excitar também”, mas Carol, ela era a minha namorada, me excitava e depois a gente transava e fazia tudo o que queríamos. Eu não vou deixar você ficar me excitando pra depois não poder fazer nada, na mesma hora ela me responde que era só eu querer que ela faria o que eu quisesse, olhei pro seu rosto e falei que era melhor a gente dormir pra não fazermos besteira.

Eu sentia uma dor na consciência por de certa forma está deitado na cama com a minha priminha e quase que a seduzindo e também sendo seduzido, não a achava preparada pra qualquer tipo de ato sexual, por a achar meio nova e claro ela mostrava muito ingenuidade, por mais que tentava me passar que já era uma mulher madura, coisa de adolescente. Ela percebendo que realmente eu estava com vontade de dormir (o filme não estava ajudando, muito ruim) me perguntou novamente se íamos dormir juntos na cama da minha mãe. Falei que sim afinal estávamos sozinhos mesmo, só não poderia falar com a minha mãe depois porque ela de repente não ia gostar. Ela demonstrou alegria com a minha afirmação que dormiríamos juntos e falou que ia trocar de roupa, eu também fui em meu quarto e coloquei um short tipo de futebol que devido aquele tecido que tem por baixo do short, que parece uma cueca toda furadinha que já vem no próprio short, eu sempre não colocava cueca por baixo e também continuei sem camisa. Já a Carol voltou vestida com uma camisa de pijama bem folgadinha e com um shortinho azul bem apertado tipo de ginástica e acho que ela estava sem calcinha, porque dava pra ver aquela bucetinha bem dividida, rachada no meio do short, assim que entrou no quarto me perguntou se eu tinha gostado de sua roupa e subiu na cama, dando uma giradinha mostrando aquela bunda monumental, falei que ela tava linda. Apaguei a luz e soltei o restante do filme, a Carol queria terminar de assistir. Ela continuou deitada ao meu lado com a perna entre as minhas e com a mão em meu peito fazendo carinhos, sempre descendo barriga abaixo. Comecei a dormir, eu realmente apaguei e geralmente costumo ter o sono meio pesado, mas de repente após uma leve cochilada eu acordei com a televisão que estava com o sol bastante alto e a Carol estava de joelhos na cama e me chamando bem próximo ao meu ouvido, fingi que ainda dormia e deixei pra ver. Ela vendo que eu não acordava começou a me balançar, daí eu a ouvi falando que realmente eu tinha o sono pesado, ela abaixou o volume da televisão e voltou na posição que estava, começou novamente a me acariciar e foi descendo com a mão, rapidamente ela estava com a mão em cima do meu pau e ficou com a mão parada, sem eu perceber o meu pau começou a endurecer, ela percebendo começou apertar o meu pau e alisava e falava que eu tinha o pau grande e nunca imaginava que poderia segurar no meu pau, na verdade ela quase que sussurrava com medo de me acordar, ela retirou a mão de cima do meu short e logo em seguida senti a ponta de seus dedos passando pelo elástico da cintura do short e logo ela começou a sentir os meus pentelhos, parecia que cada coisa que ela tocava as batidas de seu coração ficava mais rápida, ela foi abaixando o meu short bem devagar e viu que eu estava sem cueca, meu pau de repente saltou do short dando um belo susto na Carol, que falou “Porra que piru é esse”, era a primeira vez que eu a ouvia falar dessa forma. Meu pau é tamanho normal 18x9, nada exagerado. Ela ficou assustada e ficou sem saber o que fazer, eu acho que ela ficou com medo de me acordar. Não sabia se guardava o meu pau ou se esperava pra ver se eu ia acordar, ela esperou um pouco e viu que eu não acordava e muito menos me mexia, então ela finalmente tocou em meu pau e começou a fazer uns carinhos estranhos que realmente dava pra sentir que era a primeira vez em que ela segurava e via um de verdade, até ela segurar o meu pau de uma maneira certa demorou um pouco. Ela colocou meu pau todo pra fora, deixando o elástico do short abaixo do meu saco e começou uma movimentação até aparecer à cabeça por inteira, ela deu um suspiro e se levantou um pouquinho até poder ver totalmente o meu pau, que já estava escorrendo o liquido seminal. Ela passava as mãos no meu saco fazendo carinho, se empolgando, ela se ajeitou mais um pouco ficando de joelhos na cama e pode enfim por as duas mãos em meu pau, alternava uma no saco e a outra na base, depois colocava as duas no pau, depois resolveu dar uma atenção na cabeça, deu pra ouvir os seus sussurros meio que se perguntando se eu estava fazendo xixi, pois ela não conhecia aquele liquido que saia da cabeça, cada vez que ela fazia um movimento de “pré-punheta” saia mais liquido. Com a ponta do dedo indicador ela tocou a cabeça toda babada e percebeu que não era urina, que era bem parecido com clara de ovo (essas foram as suas palavras) e que não tinha cheiro. A Carol foi mais ousada e passou o dedo em toda a cabeça e de todas as formas, tipo querendo coletar aquele liquido “diferente” e quando ela achava que já estava com o dedo bastante molhado, ela levou o dedo até a boca, passou a língua, esperou uns segundos e enfiou o dedo todo na boca ficando lambendo, parecia até que o seu dedo era o melhor sorvete do mundo. Quando tinha acabado, novamente ela foi passar o dedo. Quando ela tocou em meu pau e começou puxar para aparecer à cabeça, ela reparou que saiu mais liquido. Nesse momento eu já não estava mais agüentando, estava quase gozando com a situação. Me batia uma vontade de a atacar de uma vez e ao mesmo tempo me dava uma vontade de não a deixar fazer mais aquilo. Só que à vontade de sentir prazer venceu e deixei pra ver até onde ela ia com aquela brincadeira de descobertas. A Carol percebeu que quanto mais ela acariciava meu pau mais liquido saia, daí então começou a primeira punheta feita pelas mãos da Carol, ela fazia com as duas mãos e depois ficava só com uma mão, enquanto a outra coletava o liquido pré-seminal e tornava a chupar os dedos, essa brincadeira levou uns 5 minutos até eu não agüentar mais e gozar fartamente em suas mãos, cada jorrada de porra dava pras ouvir os sussurros da Carol de espanto. O mais difícil de tudo foi me segurar para não gritar ou gemer, eu não sou aqueles atores de filme pornô que quando gozam parecem até um porco morrendo onde fazem uma gritaria doida, mas tive que controlar as minhas reações. A Carol rapidamente guardou o meu pau todo gozado dentro short e se levantou para possivelmente ir lavar as mãos. Minutos depois ela retornou ao quarto e se deitou junto comigo, só que dessa vez eu já estava deitado de lado, ela aproveitou e se deitou de conchinha chegando o seu delicioso corpinho junto ao meu.

Galera vou parando por aqui, só pra não ficar cansativo. Depois eu volto com mais, se vocês aprovarem e quiserem saber mais. Até a próxima, se quiserem contato enviem e-mail para:

[email protected]

GALERA TÔ NO MSN, QUEM QUISER CONTATO: [email protected]

Comentários

03/11/2014 14:54:41
Puta tesão... assim foi que eu e meu amiguinho conhecemos também o que era punheta, porra ... antes de experimentarmos coisas mais "profundas" (na bunda, logicamente...).
30/03/2014 15:22:48
O sorte!
07/04/2013 21:45:43
Bom conto
16/08/2012 13:15:20
Vejamos se continua melhorando...
28/04/2012 21:26:12
Não é bom como os anteriores...
13/07/2011 11:19:27
já tou melando rsrsrsrsrsrs
05/09/2010 20:35:37
quero conhcer sua prima, tenho quase a mesma idade q ela
22/12/2009 17:45:02
puxa agora foi otimo,nossa,parabens,faltou pouco para mim gozar aqui
14/11/2009 22:35:51
ual, quase gozei
16/09/2009 21:31:29
Muito bom, talvez a melhor série que li nesse site. Parabéns! Você sabe fazer a gente sonhar...
07/08/2009 07:31:27
Vamos lá isso ainda vai rolar um cabaço.
27/05/2009 00:16:15
to gostando, mas pensei que a coisa ia começar com os filmes.
13/05/2009 00:51:31
muito bom mesmo!
10/05/2009 20:34:22
apesar de ser muito nova sua prima eu sei como é as crianças nesta idade são muito taradas eu aj passei por situasoes parecidas mas nunca fis sexo com uma n tenho coragem ^^ mas o conto ta otimo parabens
07/04/2009 10:01:38
Muito Bom... hoje eu termino a novela. Tô lendo aos poucos Diegão, mas tá muito bom. Parabéns.
26/03/2009 10:14:52
muito gostoso eu quase gozei
26/03/2009 10:13:46
24/03/2009 23:47:02
vamos a continuaçãooo. nota 10
08/03/2009 22:38:49
Deu pra passar bastante excitação
07/03/2009 17:45:42
Puta que pariu, tô ficando louco. Conta o resto cara, pelo Amor de Deus.
02/03/2009 16:44:35
continua aí

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Casadoscontos ganhei uma chupeta na minha big rola da minha irma casadax videos. Voyer . Sexo. poe so a cabecinha senao eu gozonovinha que derao boceta e firmarãocuzinho apertadinho rosto lindinhoporno xxvideos meninas sentodo o cu em cima do pau mostando a bucetacontos eroticos de mulher de manausRelato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliademorou mas minha esposa aceitou e aproveitousexo com homens islan aforçando mulher gostosagostsona dando o cu pro negao roludo egritandoFazendeiras e seus contos eroticos picantesCONTO EROTICO FILHO CARALHUDO ARROMBA MAE TODA NÕITEporno vidios mulher vestida de mamae noeu engatada com cachorroarmei muito bem armado e conseguir comer minha esposa junto com outro macho pauzudocontos incestos mãe mais lidos 2017fotos voyeur mulheres de bruços de calcinha boxerconto homem velho estrupa guri pequenotia marta safada deixa exfrega meu nesse rabofudida por um tio pirocudo contoXvidio enfindo.o pecontos eroticos primeira vez inesquecivelTenho fetiche de beijar os pés da minha namorada quando ela está usando rasteirinhascasa do conto meu irmao me encoxouporno gay com vendedor de porte e portavelhopintudocontosdei o cu e a buceta pro meu primo e me arrependihttp://migre.me/w4IgEminha mulher fodemdo com e olhando para mim com cara de safada gemendo gritando e chamando dizendo ta bom corno corninho ta vendo tua mulher semdo comida fudidaporno doido chochotinassenas com carinho massagem beijos abraço pegadas palavras romanticas casal apaixonado e sexocontos erotico meu pai tem o pau iguau d um cavalo e mi fudeuconto erótico eu minha esposa na cachoeiraempresario comedor de casadas cssa dos contos eroticoscontos eróticos de esposinha branquinha fazendo Dp interracial com vibradormarido pintinho e cu guloso"cheiro de cu de macho"MACIEIRA SEXO PORNOfotos incetos do sexo com entiadas pau gigantes comendo novinhasContos eróticos tarados na madrugadaPriscila soca vibrado na bucetacontos apalpando sogra perto do sogrocontos eroticos varios homens arrombaram meu cuhttp://www.casadoscontos.com.br/perfil/182713video porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maisconto alisando a sobrinha pequenapornor doido homem batendo poleta na varandapadrasto enteada falei de sexo brasileirowwwxxvideo filhinha meche o bumbumgosto muito de praticar zoofiliavideos de pornodoido levou anovinha pr fode demadrugadapesquisar, na ora do sexo porque tem qui assobra dentro ds bucetacontos eroticos de gravidez de gemeas com gravidezsexo gay contos valentãoMulher auto e gosano gostosocontos eroticos insestos família unida papai mamãe e meu irmaovídeo de Juliana Paes toda nua umbiguinhomeu amigo me punehtouhistoria de mulheres casadas que fazem dupla penetraçao e foram descobertassou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhogalson come a vagabunda no bar enquanto conversa com amiga pornoirmão bem dotado tirando o c***** da sua Irmã Dulcemeninas novinhas de mini saia e fio dentallindasvídeo de pornô senta na minha pica rebola Dodômulher cagando enquanto dava a bucetachantagiei a freira contocontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriamulher sendo mastrubada no honibos pro um estranhomeu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.min engravida amor porno sacanacomi meu melhor amigoconto estorei o cabresto na punhetax.vídeos pornô família risquinha irmão e irmã novinhosuma mulher transando com cavalo a outra olhando e focou com votade de entra debaixo e ela ficou com medo da peroca do cavalocontos eroticos dei a bundinha por balaspassei o pau na bunda da minha mae e ela pediu pra eu comer elamolequinhos emeninos de treze q quonze anos perdendo a virjindafe do cizinho pela primeira vez vidioscontos gay limpar a casacontos eroticos picantes camioneiros estuprando putas na estradamaio gozada de mulheres fumando cigarro asseste videocoroa grisalho com uma chapeleta muito grande comendo um garoto novinhoconto dei o cu pro meu tio emganto ele dormia gay 2017doce nanda contos eroticoscontos eróticos da tia com seu sobrinho jovemcorno veno esposa dano cu e falano que nao guenta pornodoidoporn bumbum peito enpinadinhos de mae filhameu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosaporque o quando nomoramos os homens ficam pegando na bunda da mulherprimeira. vez dei meu cuzinho pro vigia. xa. obra. guey contos. eroticoscorno prefere se masturbarenfiar mangueirá liguada no cu da guarotasou casada e dei o cu para outro homemdei meu leite materno para ele contos eroticos.prima de pijaminha curtinho vai dormi com o primo mais novo e fuderampau alejado fodeno estourado abusetaloirinhas da minha região, estou doidinho para acabar com seu sufrimento sexualcontos de sexo depilando a sograx negona budona lascadaporno caseiro amiga não acredito q o pau do meu marido é grande e pago pra ver