Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A Professora substituta de Matemática

Autor: Bitelo
Categoria: Heterossexual
Data: 12/03/2009 12:58:47
Nota 9.67
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom, aqui estou Eu de volta, aos que ainda não me conhecem, meu nome é Bitelo, acompanho já a tempos os contos aqui postados, porém só recentemente comecei a postar minhas experiências .

No último conto acabei Estigando a curiosidade dos leitores sobre o Affair com a Professora de Matemática, e é esse o conto de hoje, "A professora substituta de Matemática"

O ano letivo já havia começado, vindo de uma fámilia de criação rígida, não tinha ainda me recuperado de toda represália a mim imposta nas férias, fato ocorrido por demérito de minha primeira repetência . Ah! se soubessem que viriam outras depois!!!!!!!

Bom, repetia a sexta série e meus professores eram quase os mesmos do ultimo ano .

Tudo ia muito bem, e Eu já estava até gostando daquela situação, pois já tinha maior noção da matéria que os outros alunos, o que me dava um ritmo de estudo mais confortável.

Chegando junho, a única matéria em que eu ia realmente mal, era matemática, ja haviam se passado 2 bimestres de 25pts cada e eu tinha 11pts do primeiro e 9 pts do segundo .

Mesmo assim, o que me preocupava no momento eram as férias de Julho.Por isso eu torno a reafirmar, "Aluno vagabundo e fogo!"

Bom quando as férias acabaram, ainda nos primeiros horários de aula, a Diretora apareceu na sala com um comunicado, "Caros alunos, infelizmente durante o período de férias escolares o pai de nossa querida professora de matemática Ana veio a falecer, e ela ainda muito abalada aproveitou o momento para gozar de férias vencidas e na sequência sairá de licença dada a situação . O que nos obrigou conseguir uma substituta para o cargo, e é om prazer que os apresento a professora Cristina e espero que vcs a recebam da melhor forma possível".

Cristina não fazia o tipo Professora, era uma mulher no principio de seus 20 anos e não era muito exuberante, do tipo baixinha e magra falsa . tinha cabelos negros ate o meio das costas e ainda usava aparelho, facilmente passaria como aluna do segundo grau!

Vi nas primeiras semanas de aula com ela que ela dedicava atenção especial a mim, o que nem sempre era bom, pois sempre que algum zum zum zum começava era meu nome pronunciado! Todos calados por favor, Bitelo, estou tentando ensinar se vc não se incomoda, mesmo que eu estivesse quieto!

Daí que um dia, sei lá, um desses dias em que voce olha pra alguém e pensa :

Oque eu faria com ela, ou mesmo o que ela faria? Bom, fiquei ali fantasiando e a curiosidade foi maior, resolvi investir pra ver o que dava .

Chamei ela até minha carteira e disse, Por favor Cristina, estou tendo dificuldades na matéria, será que vc poderia explicar?

Ela então surpresa com meu interesse repentino perguntou, Que parte ?

Eu disse: Tudo !!!

Ela ficou nervosa e disse : Não posso ficar aqui te explicando toda a matéria, afinal existem os outros alunos e isso seria injusto com eles .

Eu disse, entendo, mas é que realmente preciso de nota, será que não seria possível que voce ficasse depois da aula e me explicasse pouco a pouco .

Ela não morava naquela cidade e após a aula sempre pegava o onibus que a levava até a proxima cidade .

Insisti tanto que ela cedeu, "Tá bom, depois da aula te explico !"

Ahh! Como anciava pra que a aula acabasse naquele dia !

Depois que os ultímos alunos síssem ela veio caminhando em direção a minha carteira com seu vestidinho de tecido leve e um perfume meio adocicado ótimo que usava .

Puxou uma cadeira sentando do meu lado inclinou o corpo pra perto de mim e disse: "Vamos ver em que voce tem dificuldade !"

Confesso que aí já estava com o pau travado dentro do uniforme .

Depois de fazer sem dificuldades os primeiros exercícios que ela passou, Cristina acabou percebendo que não estava com dificuldades na máteria, e ficou brava, "Voce não tem dúvidas ! E me fez ficar e perder o onibus, não vejo graça nisso! Porque ?

Eu disse : E que realmente eu queria conversar contigo porém não poderia ser na frente de todos e achei que assim seria a melhor forma !

Ela ficou surpresa e curiosa, não sei o que passou por ela, mas se atentou ao que eu queria dizer !

Então eu disse : Não sei mais como agir, penso em vc a todo o instante e já não aguento mais, sei que nossas idades são diferentes, e voce provavelmente tem compromisso, afinal mulheres com qualidades nunca ficam sozinhas, mas é que dentro de mim vive uma vontade louca de voce Cristina .

Antes que eu dissesealgo mais Cristina me abocanhou, me beijava com fogo .

eu respondi suas caricias e nos atracamos ali .Já no meio daquele pega em que nos encontravamos eu conduzi sua mão até meu cacete que a essa hora pulsava latejando de tesão .

Num breve momento ela parou tudo e disse: O que é isso ? O que estamos fazendo? Isso não é certo, porém não soltava meu caralho de sua mão .

Eu olhei fundo em seus olhos e disse, seria um escândalo se nos encontrassem aqui assim, pra vc como professora seria a ruína de sua carreira, porém, eu te quero muito Cristina, te quero como mulher, sentir teu gosto, teu cheiro, teu calor, quero muito e quero aqui, quero agora .

Cristina amoleceu nesse instante como em transe, me ajoelhei de frente a cadeira dela e pus meu pau pra fora, puxei seu corpo pra perto e fiquei esfregando a cabeça do meu pau entre meio suas coxas e na porta de sua bucetinha sentindo o calor que saia daquela calcinha e o tecido úmido encostando em mim .

Fiquei de pé e deixei ela me chupar gostoso sentada na cadeira de colégio, ver ela engolindo meu pau de pernas abertas e pés apoiados naquela cadeira como uma putinha, quase me fizeram gozar, tenho a imagem marcada em minha memória como se fosse agora .

Tinha muito tesão e também queria chupa-la, levei ela então até a mesa dos professores e deitei ela dobrando seus joelhos e tirando sua calcinha meio com pressa, afastei suas pernas, puxei uma cadeira sentei e cai de boca naquela gruta depiladinha, que cheiro suave, aquele gosto adocicado e quente que sua bocetinha tinha aliados ao perfume que por causa da temperatura de nossos corpos agora exalava pela sala de aula, aquela situação toda e o medo de que chegasse alguém, me deixavam louco, mesmo que a Diretora aparecesse em pessoa ali, eu não pararia com aquela loucura .

Cristina gemia e me agarrava a cabeça, creio que ela nem lembrava onde estava ou mesmo quem eu era.

Puxei seu corpo deslizando suas costas naquela mesa e aproveitei para subir seu vestido ate quase o pescoço, podia agora ver seu corpo esguio se contorcendo de vontade como uma cadelinha no cio tinha os bicos dos seios rijos, uma barriga retinha, uma bundinha gostosa e a cinturinha de pilão, ela esperava que eu entrasse nela, como um torcedor espera o artilheiro bater o penalti.

Não quis ser gentil, enterrei de uma vez o caralho todo nela, ela soltou um grito e eu tapei a boca dela, dizendo, ssshhhh, cala boca porra! Se as serventes vem aqui nos estamos fudidos!

Estocava forte nela que quando me ouviu dizer isso, dizia: Assim, vai mais, fode mais ! Gostoso! Ah seu moleque ! Voce sabia ! Me trouxe aqui pra me comer né ! Safado ! Cachorro! seu puuuuuutoooo!!!!!!!

Então senti ela me apertar gozando forte, travando os pés cruzados que entrelaçavam minha cintura, vi parte de seu gozo escorrendo na mesa e o suor que em seu rosto que fazia seu cabelo grudar no pescoço aquela visão junto ao seu hálito quente em meio um beijo que ela me deu foram demais e acabei por explodir em gozo também, Gozei tão forte e intenso que senti minhas pernas amolecerem e meus olhos doerem, fui ao céu e voltei em alguns segundos.

Nunca imaginei que aquela professorinha era tão gostosa e que me deixaria tão consumido de energia .

Nos recompusemos e então eu a acompanhei até o ponto de ônibus onde conversávamos de forma normal e assuntos que nada nos envolviam como se nada tivessse acontecido, esperei que ela entrasse no ônibus e segui meu caminho pra casa . Senti algo em meu bolso de trás e quando fui ver o que era, estava com a calcinha de Cristina em meu bolso. Sabia que ela tinha deixado de propósito .

Depois desse dia nossos encontros eram constantes, mas isso já são outras estórias . Espero que gostem !

Até uma próxima vez!!!!

Comentários

07/02/2010 15:45:37
sensacianl
12/03/2009 13:18:34
Hummm que conto gostoso!!! Me deu vontade de ser sua profª. BJS

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


xvideo empurrando e gozando topado ate o talopai tem pauzao descomunnal e soca tudo no cusiho da filha gostozinhaxexeca mais gtz e peludinhacarroceiro socando com forsa na novinhashot apertado rola grossa se destacamulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotadoxvidios outros purai favoritosmundobicha policial me revistando na estradacaralhos gigantes e cabeçudos de héteros no pornodoidovídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaCharlene muito gostosa fode com negão dotadocontus estupro de novinhascontos de crentes caretesfilho pego a mae a pucho videus porno.comcontos de zoofilia com macaco bem dotadoCovidei meu amigo pra toma uma cerveja em casa depois comemos minha esposa casa dos contosVendedora gostosa do shoppingEle me fodeu gostosopratico anal com meu cachorrocontos de zoofilia com pai e filhinhacontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaicontos sinhozinho mamou meu grelinhobundudas com o capeta no baile funkmulher fazendo sexo e o cara comendo a bucetinha e o cuzinho dela empurrando a picona ela gemendo respirando fundo e ele empurra toda na bucetinha e filmando escondido ela vernefinhas gostosas fodendo muitovídeo pornô novinha chupando p***** grande peituda gostosa patriciane nome delagostosas com traseiro largo de biquinesirma normalista - contos eróticosgarota misterio cdzinhanegao infiando na guela da safadabumda grande fodendo caindo com perdas bambataradona nivinha loca pra dar oacuzin mas o pausudo nao esta dando conta de te comer num enta o cacetevideo de sexo levei gaia e chamei minha amiga e dois amigo pra fazer sexo gostozoporno mulheres com alta preção no cu jogs bosta longexvıdeo novınha gozando muıtohospedagem anonima site:.rueu quero GTA Marginal trabalhando na ambulância disfarçadoconto novinha marrenta estrupada pelo irmaosvideo porno com MalumandeContos negao arrombou minha esposa na minha frentequero ver filme pornô com preguiça do Flamengo d********* de bruçocontos eroticos inicio na infancia xantageada e abusada Pelo negaocontos eróticos fudendo Edileuza a mulher do amigoContos eroticos entre padre e noviçacontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhoContos fui estud fud mãe e filhapornos filmes dos xpartacuscontos eróticos transformação marquinha biquínicasada fode chamando corno falando obscenidadeslindas foto d moreninha gostosa nua peitinhno bucetinhabranquinho super big dotado enfiando o seu pinto até o talões no cuzao da novinha arrombadaquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidasMinha tia evangélica no sofá tarada contos eróticos família roludoporno nao no cu nao e groso e conmprido aaaiii de vagasobrinha e tia com pai potaria brasileiroesposa descaderada pelo negãonegras lesbicas fazendo tribadismo cabeca vs cabeca c clitorisporno cunhanda provoca cunhando d xorti ate emtra na rolacontos eu e meu sogro estuprano minha maelazarento do irmao fez sexo com a irma enquanto ela estava deitadaexvidio comi á mińha pastora da igrejacriola bumbum gg virgem primeiro anal com dotado gritaquero baixar pornô novinha sentada no sofá completando campainhacaseiro.Mae.filho.Depilacaonovinho cabaco de 15 menino sendo pego pelo tiozaohistorias de madrasta safadas com enteadoBundinha lisinha da filhinhaeu quero GTA Marginal trabalhando na ambulância disfarçadoperdendo a virgindade com o meu namorado e elearromba minha bucetamulher convulsiona de tesao no pinto monstroporno mae e filha oubrigada pagar agiotacontos sexo minha esposa nossa vizinhao caralho era tao grande e grosso que quase desmaiei com ele dentro do cuporno ela foi faser a unha dele e viu ele de pinto duro fragaXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibus