Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

COMENDO A CUNHADA cont.

Autor: negato
Categoria: Heterossexual
Data: 11/04/2009 11:58:29
Última revisão: 13/04/2009 08:28:49
Nota 7.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá caros leitores este é meu primeiro conto. Depois que encontrei o site leio os contos aqui escritos todos os dias, e digo que alguns escritores são magníficos, sabem realmente como despertar o desejo nas pessoas, já fiquei excitado com muitos contos que li. Tenho 27 anos, negro, 85 kg, 1,86cm de altura, mãos grandes, calço 44. O fato que vou narrar é verdadeiro so não vou citar nomes. Ela é irmã da minha mulher, uma loira linda maravilhosa, tem 1,61 de altura, cerca de 60 kg, seios médios empinados e durinhos como eu nunca havia tocado, sentido em minhas mãos, uma bundinha que é uma maravilha redonhinha empinada, daquelas que você olha e de imediato fica excitado, 21 aninhos de idade. Ela veio passar uma temporada em minha casa pois havia brigado com o marido. Ela linda como é tomando banho no meu banheiro todo dia, andando de toalha pela casa, é difícil resistir, o desejo estava presente em mim o tempo todo. A minha mulher trabalha o dia todo e a noite vai pra faculdade então eu e minha cunhada ficava muito tempo juntos devido o meu trabalho ser de plantão. No dia que jamais será esquecido por mim e por ela também, eu acordei cedo como sempre fui levar minha mulher no trabalho, ao chegar nos despedimos um celinho, um desejo de bom trabalho e até a noite, voltei pra casa, mas antes passei na padaria comprei uns pão de queijo e ao chegar em casa estava a minha cunhada apenas de baby doll fazendo café,era composto de duas peças a parte de cima era uma blusinha de tecido bem levinho e transparente que deixava os bicos dos peitinhos dela todos amostras, aqueles bicos durinhos parecia que iriam furar a blusa o shortinho do mesmo tecido pude perceber que ela não estava de calcinha fiquei meio que paralizado quando eu a vi, fiquei ali olhando e admirando aquela beleza em minha frente por alguns instantes, pois nunca a tinha visto vestida daquela forma só havia visto ela de toalha e já ficava muito excitado e ver ela daquela forma me deixou maluco de desejo e superexcitado. Ela olhou pra mim e disse que foi cunhado? eu fiquei sem resposta, então ela perguntou aconteceu alguma coisa? eu disse: não, sei que você é minha cunhada e que lhe devo respeito mas é uma maldade sua comigo você ficar vestida desse jeito. Ela olhou pra mim ficou em silêncio por alguns segundos, sorriu, veio em minha direção, se aproximou me deu um beijo no rosto e falou bem no meu ouvido. " Cunhado você me deseja? porque estou assim pra você, quero que você me dê todo prazer que deu pra minha irmã esta noite eu ouvi vocês". Fiquei surpreso com o que acabara de ouvir, porém maravilhado. Sem pensar em nada dei-lhe um beijo na boca e senti ela estremecer em meus braços, levei-a pro quarto, não o meu quarto, mas sim o dela deitei-a na cama e fui beijando seu pescoço, fui descendo cheguei até aqueles peitos maravilhosos, aqueles mamilos durinhos comecei a mamar como nunca tinha feito na vida estava louco de desejo e ela só gemia não dizia nada fiquei por muito tempo beijando e acariciando aqueles seios, pois eu não tinha pressa queria aproveitar o máximo continuei a descer beijando-a nessa hora eu ja tinha tirado a parte de cima do seu baby doll e fui chegando ao seu humbigo e continuava a descer tirei o seu shortinho e vi aquela bucetinha linda toda molhadinha, comecei a passar a língua ao redor dos lábios de sua bucetinha e vi todo aquele gozo então ouvi ela dizer nossa como isso é bom meu mex nunca fez, não perdi tempo cai de boca ela se retorcia, gemia e começou a falar me come cunhadinho faz de mim sua putinha, me come, quero sentir esse pênis preto dentro de mim ela me virou, subiu em cima de mim e começou a cavalgar e dizia isso cunhado, que delícia, maravilha eu nunca tinha sentido um pau preto dentro de mim e vi ela gozar eu que estava no ápice do prazer não pude mais me segurar e explodi num gozo jamais tido antes igual, ela caiu pro lado e ficou me olhando e disse bem que minha irmã tinha dito você realmente é muito bom, mais uma surpresa pra mim pois nunca tinha imaginado que minha mulher fazia comentários desse tipo, ela falou ainda que queria algo que eu tinha feito com a irmã e que eu teria que fazer com ela também. Então eu perguntei, o que cunhadinha? ela responeu meu cuzinho ainda é virgem e eu quero que você seja o primeiro. Beijei-a fortemente e disse: você terá seu desejo atendido cunhada, mas vai ficar pro próximo conto. Se gostaram mande email para [email protected], bjos e até o próximo conto. Não critiquem os erros de português, ok?.

Depois de ter desfrutado de todo este prazer fomos tomar um banho e repor as energia, eu estava meio atordoado com o que estava acontecendo, na verdade eu não estava acreditando que minha linda cunhada estava nua no meu banheiro tomando banho e eu estava junto. O prazer que eu acabara de ter era real, e ainda não havia terminado, algo de muito bom ainda estava por vir, eu sabia que seria bom,´so não imaginava que seria tanto. Ela pegou o sabonete e começou a ensaboar a mão e acariciar o meu pau, lavando-o e quando terminou de tirar toda a espuma que havia ficado nele, ela se abaixou e começou a passar a língua em volta da cabeça o meu pau latejava, ela descia sua língua até as minhas bolas e retornava pra cabeça, nessa hora eu já estava louco que ela abocanhasse e mamasse logo o meu pau e foi o que aconteceu. Ficamos assim por uns cinco minutos eu parado e ela mamando que nem uma bezerra desmamada, ja estava perto de encher sua boca com o meu leite, mas eu ainda tinha uma missão pela frente, comer o seu cuzinho. Então fechei o chuveiro peguei uma toalha sequei-a e a levei pro quarto novamente. Deitei-a de bruço e comecei a beijar a sua nuca, fui descendo bem devagarinho quando estava chegando perto daquele rego vi que ela estava toda arrepiada, continuei o meu trajeto e quando minha língua chegou a beira do seu anel senti seu corpo todo estremecer fiquei passando a língua ao redor, ela enpinava a bundinha deixando todo aquele cu rosinha amostra pra mim. Então meti a língua e pude ouvir o seu gemido. Fiquei por um bom tempo metendo a língua e massegeando aquele cuzinho, enfiava o dedo tirava, tornava a enfiar e ela gemendo, quando percebi que ja estava bem relaxada e que estava pronta, passei cuspe na cabeça do pau e comecei a empurrar o cacete naquele rabo e como era apertado, mas não desisti continuei até ver a cabeça entrar. Nesse momento ela tentou fugir e disse: tá doendo, segurei-a e disse calma, relaxa, logo você se acostuma aproveitei e dei mais uma empurrada ela gemeu, parei por alguns instantes até ela se acostumar, fui fazendo leves movimentos, um vai e vem bem devagar ela foi relaxando o pau foi entrando e quando vi o saco ja tava batendo na sua buceta e quando ela percebeu que tudo o que tinha de entrar ja estava dentro deu uma olhada pra tráz e sorriu. Fui aumentando a velociade do movimento, ela rebolando, gemia e gritava come cunhado, come esse cu que ninguém comeu, come ele todo seu, faz de mim sua puta eu sempre quiz um pau pretão dentro mim, eu sabia que seria bom aiaiaiaaaiaai, enche esse cu de porra cunhado, enche, vou gozaaaaar, atendi o pedido dela gozei, gozei tanto naquele rabo foi algo diferente, ela só dizia: que delícia, que porra quentinha aaiiii que maravilha senti suas pernas tremer, ela então deitou-se eu pude ver o contentamento em seu olhar. Foi indescritível, vi que minha cunhada era uma verdadeira puta na cama, só lhe faltava um macho de verdade. Tesão por ela sempre tive, mas jamais tinha imaginado que um dia iria transar com ela. Caros leitores não sou um escritor, tentei aqui relatar um fato que me aconteceu, obrigado por lerem e pode criticar a vontade, do mais meu muito obrigado.

Comentários

13/04/2009 10:06:16
legal
13/04/2009 09:34:38
Não precisava repetir o conto todo, se era continuação...
11/04/2009 19:19:58
Bom conto, mais aindo pode melhorar. fica com um 7
11/04/2009 19:19:12
Bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


gozou na bunda da irma lavano loucavídeo de sexo negão lascando a b***** de magrinha SonhadaLiliane trepando com seu cunhadoporno doido sapatona transando♥♡♥♡♥♡♥♡porno com mae mae tentando risis tircontos de sexo depilando a sograForcei minha mae e ficar nua conto incestocontos de sentadinha com o cuzinhocontos eroticos comeu a testemunha de jeovacontos veridicos com enteadascontos veridico de incesto marido pego no flagra a esposa ensinando o sobrinho mega dotado a fudecontos eroticos so no cuzinho da gordinhamãe vê filho pelado dotado fica louca e fode com ele pornô iradocontos mae filho lambe cona esporradaSodomizando mae e filha contoshistórias eroticas os flintstones sr pedreirazoofilia morena dos desejos anunciocontos eroticos agresivos de meninas lesbicas gostosas virgensPorno anal queroeu vou cagamulheres mortas com a bucta scheia de porraabusada cruelmente por um negro roludo pornolais minha enteada da xoxota apertadinha contoscontos eroticos varios homens arrombaram meu cuGTA comendo na rua mostrando a bundinha calcinha vestidos aindaenteada madura mamou rola do padrasto contosvelho roludo come filha familia tdcontos exitantes nora tarada passeando com sogro tesudomae dis que filho rasgo a vuseta delapubis depilado contoscontos de sexo depilada na praiadando com dorbuceta pro pai irmaovídeo caseiro de sexo com a namoradinha pedindo para namorado com meu com filho dela devagarzinho ela muito escandalosavidioporno/fodanaconstrucaover mulher gritando de tesão saindo gosminha do grilo da sua buceta grandea minha mae obrigou meu padrasto tira a minha virgindadeWww.vidioerotico.deminas.geraís.com.carolzinha santos trepano no churrascomasturbados na camxvideos gostosas esbugalhou os olhos quando o pau grande entrou tudo de uma vezLoirinha Gata Magrinha Recebe Pau Enquanto Ler Um Livro baixar olineContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhoporno gabsinhazelador comeu minha mulher nA minha frentecontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigascontossou safado como minha maesou evagelica e nao tive em casa e procurei fora contos eroticoContoeroticonovinhosafadoConto porno velho comendo meninafudendo esposa e a mae delacontouma foda com a professorarelatos eroticosgosto de ser traidoxxx vídeo Pai percebe qui sua filha ta virando mulher e sente vontade de comer -youtube -site:youtube.comAs Panteras o padrasto irmaos maeContoPorno dotado estourando as prega do viadinho novinhoTodas fotos.de.cabacinhos.das.novinhas.gostosa .i.kuzinhos.gostosonovinha panhando o cachorrinho pra lammber sua bucetinhagosada no trem lotadoBaixinhas tesudas d 4mulherez de anjinho capetinha e de calcinha vermelhaSobrinhas safadas relatos atuaisEgua ciscano a Buçetaflagras escolas picantecontos eróticos putas da ruacantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgemminha cunhada punheteira contos reaismoças todas cagadas e meladashttp://conto me punhetaram a noite todaContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaContos erótico a calsinha da cunhada noviha cheirava mixoesposas pedem para estranhos tirar camizinha pra gozar bucetao delasadoro ser enrabada conto eroticogritei quando ele botou na minha bucetavideos de negao com tres negras bundudas rebolando de xotinhos curtinhos bem gotosascontos gays tio e sobrinhocontos eroticos feminizaçao do garotinho maeisso papai soca fundomacho coloca aparelho na xana da safada para enxergar o fundo do buracocontos de sexo raspei minha bucetacontos eróticos peguei minha esposa com um travestizoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamentePadre não é homem conto eróticosfilme porno "labios encharcados"comi a minha tia pela primeira vezmeu cu é todinho teulevantei o vestido da minha nora contosvideos porno velhor comedor da cabeça do pau rombudana hora do sexo o que pode ser feito com o halls pretomulher com mulher pode uza bolinha vaginas