Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Queria uma "BUCETA", mas acabei com um PAUSÃO na boca ( parte- 01 )...

Categoria: Heterossexual
Data: 28/05/2009 23:06:57
Última revisão: 23/04/2010 23:32:35
Nota 9.44
Ler comentários (35) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

“O que vou relatar aqui, aconteceu comigo enquanto estudava e ainda era muito inocente”.

Adolescente, bonita, corpo em forma, mas, nada de muito exagerado, corpo “estilo brasileira”... Essa sou eu, Paula 18 anos, estudante de nível médio, preste a entrar em uma boa universidade. Sou uma pessoa de muitos conhecidos, porém, amigos de verdade tenho poucos, dentre eles, uma amiga que por acaso tem o mesmo nome que o meu: Paula minha grande amiga...

Enfim, vamos aos fatos!

Paula e eu tínhamos muito em comum, além do nome (risos), éramos muito amigas, desde que nos conhecemos nunca mais nos separamos, sempre dormíamos uma na casa da outra, sempre saiamos juntas... Eu morava sozinha com minha mãe, ao contrario de Paula que tem uma família muito bonita, com dois irmãos mais jovens e gêmeos, os pais dela eram uma maravilha só, sempre muito educados e muito atenciosos, uma casal já com uma idade um pouco avançada, acredito que beiravam os 65 anos os dois, afinal casaram-se muito tarde e tiveram filhos mais tarde ainda.

Certa vez tudo mudou, inclusive: EU...

Numa certa noite estava dormindo na casa dela e estávamos sem sono nenhum, então decidimos conversar para “matar” o tempo, falávamos de tudo, das garotas que não gostávamos na escola, dos professores que não gostávamos e dos que gostávamos também, até que tocamos na palavra Sexo, e daí o papo fluiu, nós duas não éramos mais virgens, mas, também não éramos praticantes de sexo assiduamente, então contamos nossas poucas experiências sexuais uma para a outra, então Paula me confessou: _Amiga eu já coloquei um pau na boca... (risos). Garanto que não fiquei surpresa, sempre achei ela safadinha, afinal eu também já havia colocado uma pauzinho na boca, dentre outras muitas coisas, falamos sobre isso por um longo tempo, dizíamos que gosto tinha a porra dos caras que ficamos dentre outras coisas, ate ficar bastante tarde... Acabamos dormindo na mesma cama. Pela manhã estávamos quase sem roupas e bem agarradinhas, Paula era uma garota muito cheirosa, pele macia, corpo quente, e que corpo! Ela sim é um avião ao contrario de mim, sou bonita admito, mas não tanto quanto ela!

Não pude deixa de notar o quanto ela era linda, depois daquela noite e depois de tudo que aquela safadinha me relatou não puder mais olhar-la com os mesmo olhos... Tentei despertar desejo nela, fiz de tudo tomava banho de porta aberta, me ensaboava pra ela olhar, dormia completamente nua... Mas pra minha frustação nada funcionava, ela era uma garotinha muito safada, mas não estava caindo na minhas “cantadas”, sempre que podia falava de sexo com ela na tentativa de deixá-la tão excitada quanto eu, e por incrível que pareça nada afetava a garota... Isso já tava me enchendo: Eu a queria, e a queria logo!

Tinha que achar uma forma que deixasse ela de boca aberta e coloquei minha cabeça pra funcionar, precisava atingi-la logo já estava ficando muito louca só de olhá-la, eu queria aquele corpo, aquelas pernas grossas, cinturinha fininha, seios incrivelmente apetitosos, a bunda linda e redondinha... Mas a bucetinha... Nossa! Uma verdadeira maravilha linda! Branquinha, lisinha, e bem carnudinha...

E foi nesse dia que descobrir: Eu amo essa garota!

Então bolei um plano pra ela me notar, só precisava de uma cobaia que queria comer, chupar e fuder minha buceta depilada e cheirosinha...

Estava tudo pronto...

Era só por em prática...

Sexta-feira a noite iria dormi na casa de Paula, tudo planejado com os mínimos detalhes... Sabia bem o que fazer para ter aquela mulher só pra mim e sei como chamar bem a atenção dela e de deixá-la muito excitada a ponto de querer que eu a chupe como uma loba faminta.

5:00 horas da tarde de sexta-feira, cheguei a casa dela e não havia ninguém por La, como já era esperado,sei bem onde a chave extra fica guardada peguei e abrir a porta, na minha cabeça só rolava meus pensamentos de como cada coisa que eu fizesse valeria a pena pois tinha certeza que depois do que eu iria fazer Paula seria minha de uma vez por todas. 5:30 da tarde e já estava na hora, vou por meu plano em pratica agora: Entro no quarto dela e fico só de calcinha sem mais nada somente a espera, Dona Mariana ( mãe de Paula) estava em uma viagem com os filhos, Paula só chegaria as 6:00, e só me restava ele, que acabava de entrar pela porta da frente (Seu Pedro, pai de Paula), assim que ele colocou a bolsa na poltrona do lado da porta eu dei um grito.

Aaahhhhhhhhhhhh!!!!

Ele saiu em disparada ao meu encontro, eu estava enrolada em uma toalha no quarto dela, implorando ao seu Pedro que matasse uma barata que havia entrado pela janela... Ele ficou meio perplexo por me encontrar ali, mas logo saiu a procura da tal barata, e nada encontrou lógico... Fingi que estava muito nervosa, assim ele me levou ate a cozinha pra tomar uma água e me perguntou:

_ O que você está fazendo aqui Paula?

Logo inventei uma mentira: _ Perdi aula hoje liguei pra Paulinha pedindo o caderno dela emprestado pra por matéria em dia, ela me disse onde estava a chave e o caderno, quando entrei no quarto abri a janela pra entrar algum ar, quando a barata entra e voa em minha direção.

Eu o abracei e fingi chorar... Ele todo prestativo me abraçou e tentou me consolar, passei a Mao em seu corpo agradecendo por ele esta ali pra me proteger.

Seu Pedro era um homem relativamente velho, beirava os 65 anos como já havia dito, não era muito bonito, mas era muito simpático, sempre me tratou com todo carinho e respeito... Ate agora!

Encostada em seu corpo puder sentir seu calor e seu aroma, cheirava a trabalhador brasileiro, uma mistura de suor envolta de um aroma de lavanda, acredito ser uma perfume que ele use para ir ao trabalho, usava uma farda azul com o nome da empresa em que trabalhava, percebi que embaixo de seus braços havia uma mancha devia ser do suor, a barba esta por fazer o cabelo todo desengonçado mesmo assim ainda ficou abraçado comigo por alguns segundos ate que eu supostamente ficasse mais calma, depois de um tempinho eu o soltei e ele me perguntou por que eu estava de toalha, então inventei mais outra estorinha, pedi pra ele ir comigo ate La em cima para poder trocar de roupa, pois ainda estava com um certo medo da tal baratinha, ele muito prestativo me acompanhou.

Chegamos ao quarto e pedir que Ele se sentasse na poltrona que havia La, e ele obedeceu, de toalha fui abrir uma porta na parte de cima do armário, levantei um pouco o braço e pude sentir que a toalha na qual estava enrolada deu uma boa subida, deixando assim minha bundinha braquinha a mostrar, dei uma olhadinha pro lado e pude ver que seu Pedro não parava de olhar, me estiquei um pouco mais e assim aconteceu... Minha toalha caiu... Ele ate ficou um pouco sem jeito, mas não conseguiu disfarçar o desejo nos seus olhos...

Ele tentou sair do quarto, mas acontece que eu fui bem mais rápida que ele e o impedi de sai, acho que o assustei com minha atitude e vi nos seus olhos um tanto de receio, mas logo contornei...

Estava ali, somente de calcinha, com os seios a mostra, me “dando” pra ele, ele relutou mais um pouco, acredito que tenha sido o pudor, afinal vi que estava gostando do que estava vendo, pude ver que em sua calça logo havia se formado um volume imenso...

Não me contive e o agarrei !

Ele relutou, relutou e relutou...

Mas no fim das contas eu acabei vencendo... E ele se rendeu, o sentei na cama e ele logo passou a mão pelo meu corpo pude ver que ele babava de olhar pro meu corpo jovem e quente, me olhava como se quisesse me devorar e isso me deixou toda molhadinha, me senti tão desejada, coisa que não acontecia frequentemente, me tascou um beijo que me deixou sem ar, beijei muito na boca, mas nunca havia beijado alguém com tanta veemência, fiquei mais molhada ainda.

O deixei sentado na cama e fiquei de pé na sua frente, comecei a olhar-lo nos olhos e ele me disse meio sem força nas palavras:

_Garota, isso não está certo, você não pode fazer isso comigo...

Eu me aproximei dele, sentei no seu colo e disse no seu ouvido?

_O que não está certo e você me deixar aqui sozinha desse jeito... E coloquei a mão dele dentro da minha calcinha que já estava ensopada, ele tirou a mão de lá e pude ver ele revirar os olhos quando a aproximou do rosto e sentiu o cheiro do meu néctar, e me espantei quando ele passou a língua nos dedos e por incrível que pareça ainda disse: _ Mas que delicia!

Nossa, ai ele desistiu de lutar e se entregou de vez, me deixou em pé onde eu já estava e foi tirando minha calcinha com todo o cuidado me deixando assim completamente nua na sua frente, me virou de costas e deu uma bela lambida na minha orelha que me arrepiou da cabeça aos pés, ele sabia o que estava fazendo, me encostou na parede lateral do quarto ainda virada de costas, segurou meus cabelos e começou passar a língua em toda as minhas costas, colocou minhas mãos na parede e desceu a língua com todo o cuidado me lambuzando completamente, conseguiu arrancar de mim vários suspiros, sentir aquelas mãos ásperas e quentes no meu corpo foi uma loucura, me pediu carinhosamente para abrir um pouquinho as pernas e me segurando pela cintura mordendo minha bundinha que logo focou toda vermelha tamanha era a força das dentadas recebidas, quando ele encostou aquela língua quente, úmida e atrevida no meu buraquinho... Nossa! Me deixou completamente louca que ate esqueci porque estava fazendo aquilo.

Me dava cada linguada que eu ia ate o céu e voltava, não entendi como uma pessoa como ele conseguia ser tão, mais tão gostoso... Me virou de frente e com um fôlego só chupou minha buceta loucamente, eu implorava para ele não parar com aquilo o chamava de paizinho gostoso... Fiquei desconsolada quando ele parou, fiquei sem entender nada...

E ele disse:

_ Calma, você vai gostar mais ainda do que eu vou fazer...

Me colocou na frente da janela que eu havia deixado aberta e apoiou uma perna minha num banquinho me deixando assim completamente submissa aos desejos dele, tirou o pau dele de dentro da calça, que na verdade já estava querendo sair de lá a muito tempo...

Quando o vi, era um pau mediano nada de muito exagerado em tamanho, mas era bem grosso mais grosso que a maioria dos paus que já vi (e não vi muitos),mas era perfeito no tamanho, na forma, todo retinho e com uma cabecinha bastante vermelha linda, nesse momento ate fiquei com a boca cheia “literalmente” queria aquela delicia na minha boca logo, tentei me esquivar e me abaixar, mas ele não me deixou mover um milímetro, com uma mão na minha cintura e a outra naquela maravilha, foi aproximando da minha xoxotinha ele pensou em cuspe na cabeça, mas logo desistiu, quando passou a mão no meu buraquinho constatou que não precisaria de nada só socar e aproveitar e me falou:

_ Mais que buraquinho gostoso, acho que você espera por isso a muito tempo, vou te fuder tanto que você minha gatinha não vai conseguir dar para mais ninguém, só pra mim, vai sonhar com esse pau dentro de você.

Fechei os olhos e esperei, quando fui rasgada com uma só estocada, fui ao céu e ao inferno em menos de 10 segundos... Ele me rasgou de verdade... Pude sentir cada veia daquele pau tamanha era a excitação dele, estava tão duro que parecia um verdadeiro “pedaço de pau”. Ele rosnava no meu ouvido, depois de algum tempinho pude notar um certo cansaço nele,(acho que é a idade) quando ele me inclinou para a frente mais um pouco desse jeito ele podia colocar tudo de uma vez só, entrando e saindo, aquilo já estava me dando uma espécie de frizzon, sentia uns calafrios, uma vontade de gritar, acho que eu estava preste a gozar e não sabia afinal nenhuma garoto havia me feito gozar antes, vi que ele percebeu isso e me falava coisas obcenas no ouvidos:

_ Goza no meu cacete minha gatinha, quero seu necta quente e gostoso escorrendo no meu pau... Vamos goza?

E estocava mais e mais

_ Goza!

E me segurava mais forte me apertando mais.

Colocou as duas mãos nos meus seios, apertando-os assim... E empurrava mais, mais, mais... Me mandando gritar pra ele,e eu gritava:

_ Fode essa bucetinha meu paizinho, come todinha vai, enfia esse cacetao ate o fim vaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.

E gozei

Olhando pela janela pude ver Paula chegando em casa, com o cacete sujo com meu néctar, encostei meu paizinho na janela e me ajoelhei na frente dele, colocar aquele pau na boca era o meu sonho de consumo desde que havia visto, e coloquei.

Ai esta uma coisa que eu sei fazer muitíssimo bem: Chupar um cacete, nisso posso falar que tenho uma certa pratica... Ele parecia uma lobo, ou, uma espécie de bicho, gritando, gemendo, me implorando para não parar..

Me coloquei de uma forma que eu ficasse de costas para a porta, Paula nunca entra em lugar nenhum sem bater, caprichei, mais ainda quando ouvi os passos dela chegando no quarto, Seu Pedro não estava ouvindo nada, só o barulho que minha boca fazia no pau dele num vai e vem gostoso. Ouvi ela bater mais ele não, abriu um pouco a porta, acredito que ela sabia que tinha alguém no quarto e só deu uma olhadinha pela fresta e o que ela viu?

Sua melhor amiga de joelhos no seu próprio quarto mamando no seu pai querido, como imaginei ela não saiu de la, ficou nos observando, fingir que ela não estava la e continuei com o meu trabalho, ele revirava os olhos me chamando de putinha... Isso tudo tava me excitando, com aquele pau na boca e a minha buceta desejada de olho em tudo o que estava fazendo...

Dei uma paradinha e ele me pediu:

_Deixa eu gozar nessa boquinha deliciosa minha cachorrinha, deixa? E você promete que engoli tudinho, promete?

Eu mais que depressa prometi: Engulo cada gotinha meu paizinho...

Paula continuava no mesmo lugar, imóvel, surpresa e boqueaberta com tudo o que nos estávamos fazendo (mais que safada). Quando Seu Pedro explodia na minha boca, pude ouvir uma suspiro que vinha la de fora, mas fingir que não ouvi nada, ele chaqualava aquele pauzão na minha boca, fazendo assim que cada gotinha caísse na minha boca, pude ver nos olhos dele a satisfaçao, isso me deixou perplexa e de saber que minha queridinha estava na porta provavelmente com o dedinho na bucetinha me deixou mais e mais excitada, quando me levantei pude ouvi os passos em direção a saída da casa...

Seu Pedro se levantou meio sem jeito e disse: Muito obrigado, sua buceta é uma delícia!

E saiu

Me arrumei e sai, la fora encontrei Paula, Sentada em um baquinho na calçada, perguntei porque ela não entrou em casa e para o meu espanto ela nada comentou sobre o que ela viu e com uma cara meio desconfiada me perguntou?

Vamos entrar????

Se você quer saber se minha idéia deu certo, espere o próximo conto, não vai se arrepender, a continuação é uma DELÍCIA...

"AMOR É UMA QUESTÃO DE QUIMÍCA, SEXO DE FÍSICA"

(Provérbio popular)

Comentários

11/10/2013 17:05:12
adorei o conta,estou de ferias e parei para ler o conto,fantastico,fiquei exitado e agora o que fazer bjs
09/02/2011 00:29:45
Excelente e excitante...
03/01/2011 11:04:55
muito bom.gostei muitomanteinha [email protected]
21/05/2010 09:18:49
Delícia de imaginação. Perfeito para "chamar" para as continuações. Vou ler os outros correndo. [email protected]
21/05/2010 09:18:18
Delícia de imaginação. Perfeito para "chamar" para as continuações. Vou ler os outros correndo. [email protected]
18/04/2010 02:02:40
Conto gostoso de ser lido, com tramas e planos, do jeito que eu gosto. Parabéns. Obrigado Rackel pelo comentário tão elogioso sobre o meu conto DEPRAVADA, pois isso me incentiva a continuar escrevendo, com a intenção humilde de sempre agradar os leitores. Fico triste também pela falta de comentários, que podem ser construtivos ou críticos, mas que demonstrem o verdadeiro sentimento dos leitores. Meus contos são frutos de pura imaginação e posso te garantir que são escritos por mim de uma maneira bem sutil, onde procuro mesclar sensualidade, mistério, surpresas e até um pouquinho de senso de humor. Aproveito para lhe convidar a ler os meus outros contos no meu perfil GURU. Agradeço de coração o seu comentário. Beijos.
09/02/2010 17:34:27
Adorei!!!!Nota dez!Vc é maravilhosa!!!!Se quiser mantenha contato!!!!
09/02/2010 17:33:13
Legal!!!!!Nota dez!!!!vc é maravilhosa!!!
30/12/2009 14:08:36
adorei, Parabééns !
15/12/2009 17:03:12
KEL EM RETRIBUIÇÃO A LEITURA QUE VC FEZ DO MEU CONTO LI O SEUS! SEU CONTO É UMA DELICIA1PARABÉNS1 MEU MSN É [email protected]
15/12/2009 10:52:40
Olá...rsrs Sem querer abusar, mas precisamos falar com vc em particular novamente. Podemos ? Entre em contato. BJS
29/11/2009 01:35:00
Claro que lembro de vcs, como poderia esquecer quem deu tanto carinho a mim e a meus contos no começo de tudo.
27/11/2009 19:42:46
OI. RACKEL LEMBRA DE NÓS ?
26/11/2009 22:10:55
otimo
10/10/2009 17:24:49
Desculpe querida autora, mas pensei que estivesse postando um conto erotico em um site, nao fazendo a redaçao para o vestibular... Pode me mostrar seu diploma... Tem cada figura que aparece nesse site... vou te contar...
19/09/2009 10:20:55
CONTO MUITO BOM.MERECE UM 10!!!!!!QUE MENTE ASTUTA !!!
16/09/2009 23:13:02
adorei o conto... fiquei excitadissima...__se quiserem me add no msn
11/09/2009 18:12:00
muito dez!!!!!!!!!!!!
26/07/2009 18:43:08
Uma amiga minha me recomendeu seus contos e realmente são muito bons! Vou deixar o comentário só nesse aquí mas vou dar 10 pra todos! Escreva mais!
04/07/2009 23:13:34
Meu deus que tesão, ai que delicia. Fikei com o meu pau latejando de tanto prazer, parabens continue assim.
04/07/2009 17:27:08
Muito bommm!!! [email protected]
10/06/2009 00:41:44
o seu tbm é maravilhoso nota 10 [email protected]
02/06/2009 20:38:55
Muito bom. Segui o seu conselho e escrevi mais dois contos procurando caprichar nos detalhes. Não chega ao seu nível, mas acho que melhorei. Beijão
02/06/2009 15:57:39
Belíssimo conto. Excitante e bem escrito!
01/06/2009 11:28:54
Show de conto! Muito bom o que uma mente pervertida pode fazer... Beijos, sua devassa...
31/05/2009 14:56:51
muito bom,,,,,
31/05/2009 10:38:00
é obvio que é um conto.. e dos bons vai levar um 10
31/05/2009 02:43:55
Puts! Bom de mais! 10 Sem dúvidas! E pro tal meninodapraia, cresça e apareça rapaz! Se você não teve tesão algum com o conto, paciência. Isso é problema seu! Como pode ver pelos outro comentários agradou a todos os outros, exceto por você. Se o conto é real ou não, não vem ao caso. O que vale é o tesão e essa meta foi alcançada. Passar bem.
31/05/2009 00:54:58
hummm q deliciaaaaaaaaaaaaaaaaa amei seu conto quero saber o resto
29/05/2009 22:17:37
Para as pessoas que gostaram do meu conto, só tenho a agradecer muito obrigada pelas palavras de carinho e RESPEITO... E para as que não gostaram... Fazer o que né? rapadura é doce mais não é mole não! (rsrsrs)
29/05/2009 22:16:44
Para as pessoas que gostaram do meu conto, só tenho a agradecer muito obrigada pelas palavras de carinho e RESPEITO... E para as que não gostaram... Fazer o que né? Pradura é doce mais não é mole não! (rsrsrs)
29/05/2009 16:48:04
ei...vc acha q a mediocridade do seu conto MENTIROSO, pode dar tesão em alguem? creça um pouco mais e aprenda a contar a verdade apenas...nota? ZEROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
29/05/2009 16:18:44
voce gosta de homens masi velhos, né? eu tenho 43 anos posso me candidatar a ter os seus servços?([email protected])
28/05/2009 23:42:50
conta logo esse conto... fiquei louco .. uero saber mais gatinhaaa

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


comi a minha tia pela primeira vezcontos sobre chantagiei minha tia e q comiestupro chupando grelo grande até ferircontos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudocontos eróticos da esposa pegou a amante na cama e castigoucondominio traicao videos cuckoldfelipe e guilherme - amor em londres 4zoofilando puta gostosa fudendo com cavalo ater sair sangue com porra da bucetavidios oque casadas safadas fasem de gostoso de supresa pro maridoxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa gozado dretro da boceta delacontos eroticos dando o cuzinhi e a boceta pro molekis da vizinhancamenina criano cabelo nabusetamor sexo sem penetrarconto novinha no celeiro zoofiliafudendo morena fofinha na mata caseiros coletâneaPorno anal queroeu vou cagacumeno a safada do bundaoimagens de bucetas de riasas sexopono vinha.neguinhagostoso chupar meu amigo na chuvapenis grosso e 30 ctm fazendo a menina novinha chora e caga.sangue apois colocar em seu anuacontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu e o macho arrancando bostaConto erótico sololupuspornô anal com mulheres dando rabão gostoso tesouro com perna tá tendo mais daqueles bem quente mesmocontos eróticos putas da ruacontos de sexo raspei minha bucetaXxvideo so a cabeci.ha nela dormindoporno levei um amigo pra minha casa ele ficava elasexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha delicia paguei pra esposa do caseiro pra eu deflorar a filha do caseiro conto eroticoContos de primeira transa virgem detalhadamenteContos eroti cpa.mulher vai ate ver que.estava.na.porta.era.o amigo dela.e.deu.a.boceta para.elelePaguei para deflorar a filha do caseiro conto eroticobaiano chupando clitori e falando besteirassexo desleal com meninas na xotaFoto picudo estotando a bucetinha da casadacontos aiíiiii hum aiaiaporno-fodas no quarto e o vinnho malquero ver o ganhador do homem chupando a b***** peladoporno gabsinhacontos crossdressporno.milene ceribelebaixar xvideos da mãe enfiando os braços dentro do cu e dentro da boceta e a filha também arrombando seus dóis buracos intensamente o filho chegou e comeu todas as duas enchendo seus dóis buracoscorno manso otario contosZoofilia franco e belinhacontos fiquei com tesao flagano meu filho dano o cuputa adora trepar squirtesposa gostosa e novinha e tio roludo parte setexisvideo.pragas.do.cu.de.casadascontos de sexo crossdressingvídeo de pornô em desenho Delta lavando a louça e pegar nos peito delatortura porno linguada no clitorisencanador pasado arola na mulher de vetidinho vermelholevantando a saia daquipornopai t***** atola a rola no c* da colegial r*****afrouxou fundo um cusaudades faze sexo com a minhia esposaliteralmente engatada com dogpornodoido dividio namorada com amigo do execitodois homens a baterem punheta fantaziando ate gozarcontos/vendi meu cu virgemContos eroticos incestos bato todos dias punhetas para minha filha paulaassistir filmes pornos brasileiros homes com cabeca da pica esfolada e grande.conto erotico com crenteesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandocontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossafotos enfermeira gostosa pega rola pascienteporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidosmulher trasando cem saber com oltrogozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasO vizinho safado do 205