Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Que tesão é o padre Otávio, gozei na boca dele!

Autor: Celine
Categoria: Heterossexual
Data: 02/06/2009 16:47:57
Última revisão: 07/04/2010 00:19:08
Nota 8.81
Ler comentários (19) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Não sei o que iram pensar de mim mas, vou logo direto ao assunto; estou loucamente apaixonada pelo padre da minha cidade!

Como à algum tempo meu casamento não anda nada bem, e por nunca ter sido feliz realmente com meu marido, acho que isso ajudou à ocasionar os fatos.

Meu marido se chama Antônio e ele tem 44 anos, é super grosso comigo, bebe o dia inteiro diariamente, mas apesar disso é empresário e nem sei como consegue tocar os negócios bêbado como sempre. Não tenho nenhuma atenção dele a vida dele são os amigos de copo, o trabalho e as mulheres com quem ele me trai. Não tivemos nenhum filho em 5 anos de casamento, fizemos tratamentos mas não deu em nada por que ele não seguia as recomendações médicas e não para de beber,e eu acabei por desistir e me conformar, afinal seria muito pior colocar uma criança no mundo para ter um pai assim.

Me desculpem, nem me apresentei! Meu nome é Celine, mas todos me chamam de Cel e tenho 29 anos. Sou morena jambo, tenho um rosto bonito e leves traços orientais nos olhos que são um pouco rasgadinhos e da cor de mel. Essa combinação de pele bem morena com olhos orientais, me dão a aparência de uma índia e para completar, meus cabelos são bem escorridos e compridos, só que não são pretos, são castanhos claros e com mexas douradas nas pontas que eu tingi. Sou alta (1, 85 cm), meu corpo é de dar inveja a muita menina de 16 anos. Tenho seios médios e durinhos (naturais) com aureolas pequenas e rosadas, cintura fina, abdomen 0% de gordura (malho), quadris largos, mas sem celulite, um bumbum de brasileira (grande+carnudo+redondo+empinadinho) e também coxas não muito grossas, mas bem torneadas. devo tudo isso às misturas de raças em minha família (Alemãs, negros, chinês e mexicanos). Já meu marido, passa longe disso! Ele é gordo, não gosta de tomar banho, e a barriga chega à tampar o pinto dele que deve ter no máximo uns 10 cm.

Bem, voltando ao assunto, o padre Otávio...áh...padrer Otávio! Ele é lindo, deve ter uns 30 à 35 anos, 1, 95 à uns 2,00 M de altura...ele é muito alto, por que minha cabeça bate no seu peito e eu tenho 1, 85 cm. Mas, retornando ao padre Otávio, como ele não anda o tempo todo de batina, já pude perceber que tem um porte físico bonito e pode-se dizer atlético. Seu tórax é bem definido e saliente, seu abdomen e todo dividido tipo tanquinho, bem diferente daquela barriga de geleia do meu marido. Suas costas são largas e definidas...tem um bumbunzinho delicioso, tem coxas bem grossas e musculosas, proporcional à todo o resto do seu corpo, e seus braços têm bíceps que parecem esculpidos e lapidados por mãos de artista...áh...ele tem pelos no antebraço que só fazem aumentar minhas fantasias e o meu tesão sobre como mele deve ser quando está nu. Será que tem pelos pelo o resto do corpo...será que o peito dele também é cabeludo como o braços? Ai, eu daria tudo para vê-lo sem as roupas ou aquela batina negra que cobre todo o seu corpo! O rosto dele...ai...é lindo também! Ele é bem moreno (bronzeado), acho que de tanto trabalhar no sol em uma horta-pomar que tem nos fundos da casa paroquial. Seus olhos são verdes amendoados e tem grandes cílios que realçam aquele olhar de derreter o coração, suas sobrancelhas são grossas e bem desenhadas, tem uma barba serrada, que sempre imagino ela roçando em mim todinha, sua boca é maravilhosa, tem um sorriso lindo e dentes bonitos.

Sonho quase todas as noites que ele me pega em seus braços e me beija com aquela boca gostosa, e acabo sempre acordando toda molhadinha.

Como meu marido chega todos os dias muito tarde, tenho muito tempo livre e fico sempre sozinha em casa malhando, pintando telas ou escrevendo no meu diário. Em um desses dias a campainha tocou e quando atendi, adivinhem quem era? Exatamente; o padre Otávio em pessoa! Minhas pernas ficaram bambas, meu corpo todo tremia e congelei por alguns segundos até soltar a voz e dizer quase que sussurrando:

_P...pa...padre Otávio, que prazer recebê-lo em minha casa! Entre por favor!

Ele:

_Olá Celine, obrigada por me receber! Com licença.

E entrou meio ofegante.

Gente, ele tava simplesmente lindo, pra não dizer gostoso!! Só que pelo contrário que vocês possam estar imaginando, ele não estava arrumadinho não e muito menos de batina; ele esta somente com um macacão jeans bem surrado e a camisa amarrada na cabeça, igualzinho à esses mecânicos gatos fazem...tipo aquelas toucas árabes, e para completar, o'corpo to molhado de suor e suas roupas e mão todas sujas de graxa...tem coisa mais sexi que isto?! Não tem, né! Ele chegava brilhar de tão suado e pela primeira vez pude ver o seu peito desnudo...todo cabeludinho como eu imaginava...coberto apenas por uma das alças do macacão! Então como num estalo despertei daquele transe temporário, que aquele homem, aquele corpo...aquele cheiro de macho, me provocavam. Eu parecia estar hipnotizada pela voz dele e por aquele cheiro forte de suor, que exalava pelo ar me inebriando totalmente, e disse à ele que se sentasse; mas, ele quase que me cortando a frase, me respondeu:

_Não! Não posso, não tenho tempo! Só parei aqui porque saí do pomar com tanta pressa que me esqueci de abastecer a caminhonete e agora ela parou por falta de combustível...por um acaso, você teria um pouco para me arranjar, só para que eu consiga chegar até a casa de dona Carminha?

E eu respondi:

_Olha, combustível eu não tenho, mas eu posso te dar uma carona com o meu carro...é mais rápido!

Ele baixou a cabeça coçando a nuca, pensou por alguns segundos, mas acabou aceitando. Então lhe perguntei o'que ele tinha de tão urgente com a dona Carminha para ele largar tudo assim e ter ir as pressas para tão distante, pois essa senhora de uns 80 anos morava praticamente quase fora da cidade num casebre dentro do mato e no meio do nada. Aí ele me respondeu que o coroinha tinha ido levar mantimentos para ela, e à encontrou muito doente, nas últimas mesmo e que nem o reconhecia mais e voltou pra me avisar para eu ir até lá para ver se não é o caso de interná-la ou até mesmo fazer a extremunção dela.

Eu querendo ajudá-lo, lhe propus que tomasse um banho, pois como poderia tratar desses assuntos no estado em que ele se encontrava...parecia mais um mecânico gostoso do que padre! Ele me interrompendo novamente, disse que não, que não havia necessidade porque não havia trazido roupa alguma. Então, eu disse à ele que não se preocupasse que eu daria um pulo rapidinho na paróquia e pediria para o Cosme que é um rapaz que cuida de tudo lá ajudando o padre Otávio no que ele precisa, para ele pegar as roupas necessárias para ele usar, era só me dizer qual era a roupa, e ele acabou concordando e me explicou o que era para eu pegar lá. Então fui até o meu quarto pegar uma toalha limpa e um roupão para ele, e expliquei que teria que tomar banho em minha suite, pois o banheiro principal da casa estava em obra e sem água. Ele com uma cara de preocupado me pergunta:

_E o seu marido, não irá se zangar e pensar mal? Não pegará ele chegar e me pegar tomando banho em seu banheiro particular do quarto!

E eu respondi:

_Não, porque além de chegar tarde todos os dias, ele não se importaria nem se saísse um homem de dentro do armário! Eu para ele só sirvo de enfeite para exibir para os amigos e colegas da empresa, aqui em casa sou invisível para ele. Pode tomar seu banho tranquilo!

Nesse momento ele parou de pé em minha frente segurou na minha mão direita, e me disse que não falasse daquele jeito porque Deus não gostava, e mais todo aquele papo que todo padre fala para alguém que tem algum problema...blá, blá, blá...etc. Eu não conseguia pensar em mais nada a não ser na mão dele na minha e em seu calor da pele na minha pele. Então eu meia que sem graça sentindo um calor no meu rosto, lhe entreguei a toalha e o roupão e lhe mostrei a porta da minha suite e fui buscar minha bolsa. Quando já ia me dirigindo ao portão da garagem lembrei que não havia pegado a chaves do carro e voltei, só que elas estavam em cima de uma mesinha de cabeceira ao lado da minha cama e eu teria que entrar no quarto, e o padre Otávio estava lá...o que eu ia fazer?! Então arrisquei, fui até lá e empurrei a porta devagar, para não assustar o padre e entrei nas pontas dos pés sem fazer barulho. Chegando até à mesinha peguei as chaves e...foi quando ouvi o chuveiro ligar e o barulho da água caindo, olhei em direção ao banheiro e vi que a porta estava entre aberta! Quase que instantâneamente me invadiu um misto de curiosidade e extinto de fêmea, não consegui resistir, e novamente nas pontas dos pés me dirigi até a porta do banheiro para dar um a espiadinha na esperança de ver nem que fosse pelo menos a silhueta dele no boxe acabei vendo muito mais que isso. Eu aproveitando o barulho do chuveiro empurrei a porta lentamente mais um pouco, e vocês não vão acreditar no que vi! O padre Otávio não estava no chuveiro, mas sim, de pé em frente ao espelho como veio ao mundo...PE, LA, DÃO mesmo...e se olhava nu no espelho e eu atrás da porta imóvel, quase tive um orgasmo só de vê-lo nu de costas para mim...que bundinha gostosa ele tem, que coxas grossas...peladinhas! E aquelas costas largas de macho...uma loucura!!Olhei para o espelho para ver se conseguia vê-lo de frente, mas o lavatório o tampava do quadril para baixo...foi uma tortura, mas isso me excitava cada vez mais, me deixando toda molhadinha e minha xoxota toda melada, contraía-se de tanto tesão por aquele homem másculo e viril. Eu só conseguia pensar em como seria ele de frente, como seria o pau dele, ou com o seria o seu gosto, o cheiro de seu sexo?! Meus mamilos de tão durinhos quase furavam o tecido da blusa e o meu grelinho doía de tanto tesão e desejo de sentir o pau dele me atravessando, a boca dele tocando a minha...me beijando e percorrendo todo meu corpo, mas logo me bateu um remorso, me sentia mal por ele ser um padre. Foi neste instante que vi quando ele se abaixou e pegou algo no chão próximo ao cesto de roupas para lavar e se levantou virando de frente...áhf...que visão ES-PE-TÁ-CU-LAR!!! Meu Deus quase caí pra trás, ou melhor, quase invadi o banheiro e caí de boca naquela tora maravilhosa...maravilhosa é pouco...FE-NO-ME-NAL! Sem estar dura era muito grossa e devia medir uns 16 cm (mole) e a cabeça era grande e vermelha...imaginem essa máquina em ação, deve ser enorme quando está dura! Ele era como um jumento, seus testículos não tinham muito pelo, mas eram grandes e pareciam pesados de tanto sêmen acumulado pelos anos de sacerdócio. Vizinha estava quase gozando, quando percebi que o que estava na mão dele era uma calçinha minha que tinha colocado no cesto para lavar pela manhã e deve ter caído sem eu perceber. Era uma calçinha minúscula na frente e menor ainda atrás, era preta de rendinha e totalmente transparente. Havia sido usada por mim durante à noite e retirei de manhã para tomar banho. Ele segurava ela entre aqueles dedos brutos (grossos)...aquelas mãos enormes e olhava fixamente para ela, parecia estar imaginando como é que ela devia ficar em mim!

De repente ele apertou a calçinha com uma das mãos, como se fosse amassar um papel e ela sumiu todinha dentro da mão dele e ele levou a mão fechada com a calçinha dentro e apertou contra o seu peito. Como se quisesse imaginar algo, ele fechou seus olhos! Sua mão do peito foi subindo...subindo...até chegar no rosto, e ele começou a cheirá-la e a passá-la pelo rosto, e depois passou a beijá-la e a cheirá-la de novo repetidamente, até que notei sua pica subindo...nossa, era imensa!! De onde eu estava eu pude calcular aproximadamente uns 20 cm ou mais...eu caí de joelhos, porque não pude aguentar e levei minha mão até a boceta para aliviar minha explosão de tesão, abaixei de quatro e com as pernas abertas, enfiei dois dedinho...metia, tirava e esfregava meu grelinho com vontade de receber aquela tora dentro de mim, não precisei de 3 min para chegar ao orgasmo...quase gritei no gozo mas pus a mão na boca. Então olhei de novo lá pra dentro, ele continuava com a minha calçinha esfregando ela no rosto, e percebi que agora além de beijar e cheirar, ele agora metia a língua nela e lambia inúmeras vezes...acho que queria sentir e saber como era o meu gosto. Depois de fazer isso repetidamente, com a outra mão, segurou seu membro pesado de tão grande e grosso, e o apertou iniciando uma deliciosa punheta, primeiro devagar...depoi...foi aumentando a velocidade cada vez mais que até soltava uns gemidos as vezes abafados, outras vezes alto...pensando ele estar sozinho ali, nem imaginava que eu assistia à tudo de camarote...kkkkk! Ele se masturbava com tanta violência que o pau dele já estava todo vermelho e brilhando, as veias do pênis estavam tão salientes que parecia que iam estourar a qualquer momento, então vi quando segurou na beira da pia ainda se masturbando e apertou os olhos exclamando:

_CELINE!!!

E o vi mirar no vaso que era ao lado da pia...jorrou muita porra branquinha...parecia um cavalo mijando, mas não era mijo, era tudo sêmen...se bobear dava até pra encher 1L de porra. Nesse exato momento tive outro orgasmo instantâneo só de ver ele gozando daquele jeito, e na distracção daquela emoção que me invadiu de repente, sem querer esbarrei numa cadeira fazendo-a arrastar-se e produzir um ruído agudo e alto! Ele ouviu, e num pulo só veio em direção à porta se enrolando na toalha, eu saí correndo para ele não me ver, entrei rápido na garagem peguei o carro e arranquei com tudo cantado pneu! Chegando à paróquia, meu coração quase saía pela boca e minhas pernas tremiam, nem sei como não atropelei alguém, só sei que quando vi já estava lá! Fiz o que tinha que fazer na paróquia e voltei pelo caminho pensando em tudo o que havia acontecido. Será que ele me viu, ou, por que será que ele fez aquilo...será que sente algo por mim? Isso eu não sei, só sei que agora, depois disso vou pagar pra ver, e se ele realmente me quiser, me entregarei à ele de corpo e alma... por inteiro! Se ele me quer, serei dele, não importa mais nada para mim, agora sei que oque eu quero é viver essa paixão!

Ao chegar em casa, não via a hora de entrar e olhar nos olhos dele. Entrei e não o vi na sala, então deduzi que ainda estivesse no quarto e fui até lá, só que desta vez sem tomar nenhum cuidado e fui entrando porta à dentro. Quando eu entrei, lá estava ele de roupão de joelhos no chão rezando e pedindo perdão à Deus, nem percebeu que eu estava lá, pois estava muito compenetrado em suas súplicas e perguntei:

_Padre Otávio você está bem, algum problema?

E ele se levantou com os olhos vermelhos balançando a cabeça dizendo que não, e me perguntou:

_Você trouxe as coisas que preciso?

E eu respondi que sim e entreguei à ele a sacola, mas me fez outra pergunta:

_Celine, por um acaso você esteve neste quarto antes de sair?

Então respondi com outra pergunta:

_Por que está me perguntando isso?

E ele me disse...

CONTINUA...

Espero que tenham gostado, votem neste e, não deixem de ler a continuação (Que tesão é o padre Otávio, gozei na boca dele - parte 2)

Comentários

07/04/2010 11:27:57
Ainda bem q o conto é antigo, assim poderei ver a outra parte logo, é muito cruel escrever e deixar a gente esperando pela segunda parte.... E se td isso for verdade... vc é bonita, inteligente, larga desse marido idiota q vc tem... arruma um bom emprego e seja independente e feliz, vai ser muito mais diviertido... isso lógico se vc não fizer esse padreco largar a batina....rs.
11/08/2009 17:47:17
MUUUUUUUITO BOA A SUA HISTÓRIA. QUERIA TE CONHECER. POE UM E-MAIL, MSN QUALQUER COISA. VAI CHOVER PICA PRÁ VOCE. UM BEIJO NO TEU GRELINHO
06/08/2009 18:27:00
estou doido para ver a segunda parte
07/07/2009 11:33:11
poxa uma delícia, esse padre tem telefone?
03/07/2009 10:18:49
adorei seu conto celine )me add para contar mais detalhes ok e adoraria foder essa bucetinha sua [email protected]
23/06/2009 11:36:07
Parabéns seu conto está fantástico!
19/06/2009 16:28:06
Meu E-mail é [email protected]
15/06/2009 16:39:13
Fiquei com pena e acabei dando 10.
15/06/2009 16:37:10
Mas que merda. Esse negocio de continua no proximo capitulo, um conto que estava bom, parece novela da Globo. Por isso e so por isso, nota 0.
15/06/2009 16:35:12
Mas, que merda. O conto estava bom, mas, detesto esse negocio de continua no proximo capitulo. Parece novela da Globo. Por isso e, so por isso, nota 0.
12/06/2009 15:05:16
À quem interessar, escrevam para o E-mail ([email protected]
12/06/2009 14:50:42
Gente mt obrigada! Talves na prróxima semana postarei a 2ª parte que estará ainda mais exitante, beijos!!!!!
10/06/2009 01:52:36
Garota continua logo esse conto é uma verdadeira delicia adorei acad palavra muito excitante
03/06/2009 18:20:15
Sei conto está uma delícia, apresenta alguns erros. Faça uma revisão. O comentário que vc deixou no meu conto "Tirei o cabaço da filha da vizinha" me deixou babando de vontade, mas acho que vc não leu a primeira parte dele, onde eu me descrevo...Depois de ler, acho que muda de idéia, principalmente depois de ter arranjado esse padre.
03/06/2009 15:31:06
Celine você me deixou de pau na mão...
03/06/2009 11:40:12
Oi Celine se você gosta de dar o cuzinho me escreva pois adoro comer, quem sabe rola. [email protected] ou meu orkut [email protected]
02/06/2009 21:52:14
Ficou um gosto de quero mais. Parabéns. Estamos esperando a parte 2.
02/06/2009 17:06:12
massa meu msn é [email protected]
02/06/2009 16:50:19
Gente Não percam a parte 2 é ainda melhor e mais picante!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


encanador negrao come mae e filha enquanto concerta o cano da casacontos erotico minha sobrinha veio em casaconto caralhudoseita crossdressercontos eróticos sou gostosa e acabei seduzindo meu irmao gostoso e acabamos no sexoa cinquentona gritava não ia aguentarcomendo a sogra gostosa mttezaoporno nao percebi mas ela pegou no meu pauXVídeos minha esposa queria dar para o negão mais da metade da metade podendovidiopormo de mulier que noa aguenta pau no cu e bera naoracontos contos meu marido me arrumou um novinhoconto gay "todas as formas de amor"contos eroticos de feminizaçao parte 2esposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandoesposa de mente fertil pornoconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversariocasa dos contos dei meu cu e meu xoxotao inchado por rola sou putona taradayoutubebucetadPorno contos eróticos sexo entre irmaos romance final feliz o filho da minha madrastacontos eroticos namorado de mamãe tem piça ggmulheres agachadas com buctao reganhadopopa.da.bundagozaXsvideos bem dotado masturbando no carroconto de padrasto socando a punhetasarra novinha da b***** bem bonitinha pornôMeu voyer filhomadrinha coloca bumda buceta na cara da subrinha que ta de castigocontos eroticos tia bucetuda no onibus e menino casetudoConto gay com o padrasto coxudocontos eroticoscuzinho sem pregascorno frouxo contosse masturbando com sexechop ate gosarneta sentindo opau du avo duroporno mae tepa com namorada filha com a filha pezeteConto erotico tirando a roupa no baralho pro tioConto erotico magnatarevesando no cu da gravida pornover video porno mae gts malhando em casa sem calcinha seu pai verXVídeo mulher desagrada para gozar e g****** toda horafernanda puro desejo gamg bang contoscolica o pinto na buceta com saiamarido .que gosta de ser corno xpirncontos erotico minha sobrinha veio em casaContos eroticos socaram a rola na buceta da minha esposa e a engravidaraovidio de comedor gozando na portiha do cu da casadacontos eroticos, isso chupa meu peito esfrega meu grelinho faz sua putinha gozarfilme porno brasileiro pai mostra para filha seu pau monstro e ela se assustabaixar vídeo pornô coroas esfregando na caixanovinha do canil conto eroticonegras da fo pra pirocudo e chorao xvidio.comvideos de sexo filhas gemiase paicrossdress historia betinha 25contos saunas velhos chubbys gayscontos da minha sogra deixando a calcinha pra mim cheirawww.guarda costa da granfina pornoporno incesto mamãe dese jeito nao consigo desfarsar meu tezaosubrinha olhando seu tiu nuContos com fotos velhos fudedores chupadoresfilme pornô de Cibelle encravado em 2017contos eroticos gays bombeiro sarado hetero me fudeu sem docontos eroticos aprendendo a dirigircontos eroticos/dois gorotos negros picudos fuderam minha namorada a forcawattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto bonitobranquinho super big dotado enfiando o seu pinto até o talões no cuzao da novinha arrombadasexybemmaisvelhas loucas do hospício dando o cu gostososwing video mulher beija depois de levar gozada na boca de outroconto erótico minha empregadinha novinhabucetascontoxvideos meu tio dei ou manusearconto um mulato superdotado para minha esposinha branquinha e magrinha b*******calçinhas dentro dos reguinhos da buceta e do cuoi sou casada bati o carro do meu marido pra ele nao sabe levei na oficina mais nao tinha dinheiro contos eroticosengolimos rebolando de fio dentalpassando oleo sabor morango e fazendo boquetipor favor senhor eu nunca fiz sexo anal pornosexo deixando mae com bunda doendo contofilme de sexo com a minha sogra de remédio por meu sogro dormir