Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Fim de semana perverso com a Titia (1ª Parte)

Autor: KáhH
Categoria: Heterossexual
Data: 13/06/2009 04:14:21
Nota 9.14
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi gente!Meu nome é Karina e tenho 19 anos.Modestamente falando,eu chamo bastante a atenção dos homens ; tenho 1,64,cabelos loiros longos um pouco abaixo dos ombros,seios pequenos mas gostosinhos e firmes,coxas bem grossas e uma bunda muito,muuuito grande!rsrsrsrs.... Esse é o meu primeiro conto,ele ficou meio longo,eu ia separar em mais partes(ele tem duas) mas não queria deixar vcs esperando,rsrsrsrs.Espero que gostem :

Eu moro na capital de São Paulo com meus pais e meu irmão,numa casa em cima da oficina do meu pai(aliás,futuramente eu falarei mais sobre a oficina).Minha mãe tem uma irmã(minha tia),ela se chama Luíza e mora no litoral de SP,e ela tem um segredo que poucos sabem:Ela é "acompanhante".Ela é minha melhor amiga,é como se fosse minha mãe.Nem todos na família sabem do segredo dela,mas os que sabem a rejeitam,não aceitam sua profissão e isso não faz sentido,é uma profissão como qualquer outra.

Eu sempre fui pra casa dela nas férias,feriados e até fins de semana,pois eu adoro ela.Depois que meus pais descobriram a profissão dela,eles não quiseram mais que eu fosse pra lá,mais eu continuei indo do mesmo jeito.

Quando eu era criança,eu sempre via que íam homens na casa dela e que eles íam pro quarto e ficavam muito tempo lá e faziam barulho,mas eu não entendia nada.Com o passar dos anos,eu fui crescendo,perdendo a inocência e começei a entender o que ela fazia.E também com o passar dos anos,eu fui crescendo e me desenvolvendo cada vez mais,e os clientes dela começaram a me notar ali,sempre perguntavam se eu era parte do programa e se eu também era "acompanhante",mas ela sempre dizia que não e me deixava de fora dos programas.Ela foi reparando que praticamente todos clientes mexiam comigo,e sempre queriam me incluir no programa mas não tinha jeito.Meus pais são ótimos pais,e me criaram com rigidez em relação a sexo,sempre me disseram que era errado e que eu não deveria namorar,mas eu sempre preferi ouvir minha tia.

Ela algumas vezes me perguntou se eu gostaria de participar de alguns programas,que eu iria ganhar dinheiro também mas eu não aceitava.Com o tempo eu fui pensando bastante nas propostas dela,mas continuava não aceitando.Depois da minha primeira relação sexual(que eu contarei em outro conto),eu começei a pensar mais seriamente nas propostas pois ganharia dinheiro ou presentes da minha tia,e além disso,eu estaria transando com vários caras,e isso seria ótimo.Um tempo depois da minha primeira relação,1 mês pra ser mais exato,eu decidi que eu iria participar de alguns programas,se a remuneração fosse boa.

Chegou um feriado prolongado,em que eu não teria aula na quinta e sexta feira.Na quarta de tarde,eu arrumei minhas malas e peguei o dinheiro que eu tinha ganhado da minha tia no feriado passado,ela me deu 50 R$ só por eu ter deixado ela transando com um cara na minha frente.Eu peguei esse dinheiro que eu tinha guardado na minha gaveta de calcinhas pra pagar a viagem de ida,os 2 ônibus que eu tinha que pegar pra chegar na rodoviária e pra comer na rodoviária também,ainda sobrou um dinherinho pra comprar umas bobeiras pra comer no caminho.Chegando lá,minha tia me buscou e nós fomos até a casa dela.Nós chegamos e fomos assistir a TV,ela logo me disse:

- E aí Ká,já pensou na minha proposta??

Eu tinha contado pra ela no telefone uns dias atrás que eu tinha transado,e que tava pensando nas propostas dela,eu queria ganhar um dinheirinho a mais,então eu disse:

- Acho que eu vou aceitar sim viu tia?

Ela deu um sorriso,e foi pegar uma latinha de cerveja pra ela.A gente continuou assistindo TV,quando o telefone toca e ela atende,fica uns 15 minutos conversando e dando risada,dava pra perceber que era um cliente,e ela estava negociando com ele e deu pra ouvir ela falando :

- Pode deixar,tá combinado sim,ás 9 da noite hoje mesmo!A sua loirinha?Ela tá aqui sim,quer ouvir a voz dela?Tá bom,fala com ela aqui!Beijo,tchau!

Ela me passou o telefone,e o cara pergunto se eu tava afim mesmo,e eu disse que sim,ele ficava me fazendo perguntas,mas eu estava muito tímida,então eu disse:

- Ah,de noite você pergunta vai?

Ele deu risada e disse que tudo bem,e que a noite eu não sabia o que me esperava,eu ri e me despedi,então desliguei o telefone.Minha tia disse:

-Ká,quando você deu pro cara lá da oficina,você chupou o pau dele?

Eu disse que sim,e ela falou:

- A éh?Vamos ver se você aprendeu então...

Ela foi até o quarto,e trouxe um dildo(pinto de borracha) e disse:

- Me mostra aí como você faz amor...

Ela me fez um carinho no rosto e colocou o dildo na mão e sorriu e mandou de novo eu chupar o dildo pra mostrar como eu fazia.Eu chupei com toda vontade,pra mostrar pra ela que eu sabia como fazia.Mas o pinto do cara que eu tinha transado era pequeno,e aquele dildo era bem grande,então ficava difícil de colocar tudo na boca,eu engasgava mas consegui me sair bem.Ela bateu palmas e disse,orgulhosa:

- Óóó,minha sobrinha já sabe chupar uma piroca heim?hahahahhaha....

Nós duas demos risadas,e em seguida pegou o dildo e me mostrou como ela fazia.Eu aprendi a chupar

assistindo vídeos pornô então eu já sabia como era,e parecia que ela era expert também.O tempo foi passando e quando já estava anoitecendo,o telefone toca novamente,ela atende e começa a conversar.Pelas risadinhas safadas eu já entendi que era um cliente,mas não era o mesmo de antes.Após um tempinho conversando com o cliente ela fechou a cara,parecia meio assustada.Ela aparentava não estar gostando do quê estava ouvindo,mas acabou dizendo:

- Tá bom então,amanhã de manhã o senhor passa aqui e a gente negocia ok?Tá bom,tchau.

Eu perguntei quem era,ela disse que era um cliente com gostos estranhos e que ele viria na casa dela no dia seguinte.Eu pergunto que gostos eram esses mas ela muda de assunto,dizendo que já tava na hora de nós irmos tomar banho,pois em 2 horas o cliente daquele dia estaria lá.Eu obedeço e vou em direção ao quarto dela,onde fica a suíte.Nós sempre sempre que acabávamos de tomar banho andávamos com a toalha enrolada no corpo,então eu axei que não seria diferente se estivéssemos nuas.A gente vai até o banheiro e tiramos nossas roupas,nós nunca tínhamos reparado uma na outra,mas naquela hora,na anciedade e no tesão de atender um cliente,eu tiro meu top e minha calça jeans,tiro o sutian e fico só calcinha,e espero ela tirar a roupa também.Ela estava com um vestido branco com rendas,muito bonito.Quando ela se despiu e ficou ali peladona na minha frente,eu fiquei observando o corpo dela e pensei:Nossa,minha tia é um tesão!

Ela é um pouco maior que eu,deve ter 1,72m,cabelos castanhos longos,um rosto muito bonito com um sorriso encantador,um quadril largo com uma bundona,e pra finalizar com chave de ouro,um par de tetas enormes e caídas,com mamilos marrom-claros bem largos,e uma buceta grande com pelos ralinhos.Eu fico ali olhando para ela sem dizer nada,sentindo um tesão que eu nunca tinha sentido antes,era tesão por uma mulher,mas mão era uma mulher qualquer,era a minha amada titia.Então ela repara o desejo nos meus olhos e diz:

- Que foi?Gostou do que viu amor?Nunca tinha me visto pelada é?

Eu fiquei tímida e não disse nada,só fiquei olhando pra cara dela com os olhos arregalados e meio assustada,pois minha buceta estava começando a ficar molhada de tesão,e eu nunca tinha sentido isso por uma outra mulher.Ela foi chegando perto de mim sorrindo,e disse:

- Tá sentindo tesãozinho pela titia,bebê?

Eu continuei sem fala,só fui dando passos para trás.E como ela era uma prostituta de luxo,de boazinha e moralista ela não tinha nada,então não acharia errado transar com sua sobrinha ali mesmo.Quanto mais ela chegava perto,mais eu ficava assustada e ao mesmo tempo,excitada.Eu dei mais 2 passos pra trás até que encostei na parede,ela pois os braços em volta da minha cintura e disse:

- Fala com a titia amor,ficou excitada quando me viu pelada?

Eu ainda não conseguia falar nada,pois aquele tesão que eu estava sentindo me deixou assustada e sem palavras,então balançei a cabeça fazendo sim.Ela deu uma risada com cara de safada e foi aproximando o seu rosto ao meu.Ela fechou seus olhos e me deu um selinho e viu minha reação,que foi automaticamente ficar com um olhar assustado,e todos meus pelos do corpo ficaram arrepiados.Ela percebeu que eu não reageria mal,então seguiu dando beijinhos no meu queixo,na bochecha e na boca,quando ela começou a beijar meu pescoço,meus pelos pareciam que iam ser disparados do meu corpo como mísseis.Eu soltei um gemido baixinho,então ela parou de beijar meu pescoço,me agarrou com força deixando meus braços presos no meio dos seus e me lascou um beijão molhadíssimo e delicioso,parecia que queria me devorar,e eu reagi do mesmo jeito.Enquanto nossas línguas se entrelaçavam,ela apertava meus peitos e se jogava mais ainda em cima de mim,me esmagando na parede.Ela para de me beijar,olha para a minha cara e diz:

- Sua tarada,tah gostando de se esfregar com a titia né?Então hoje você vai aprender o que é transar com uma mulher de verdade,sua safadaa...

Ela me puxa pelos cabelos deixando o lado esquerdo do meu rosto sem nenhum cabelo,e me dá várias lambidas da bochecha até a minha boca e eu ponho a língua para fora.Ela entende o recado e dá vários xupões na minha língua babada,enquanto enfia a mão na minha calcinha e começa a mexer na minha buceta.Ela me larga,me dá um tapinha na cara e diz:

- Sua puta,senta na privada e arregaça as pernas pra titia,vai putinha!

Eu sorrio e obedeço,consigo abrir bastante minhas pernas,pois desde os 9 anos de idade eu fazia ginástica olímpica(parei quando acabei o colegial),então eu tenho bastante flexibilidade.Ela tira a minha calcinha,gospe na minha xota e espalha a baba com a mão,pra minha xota ficar ainda mais molhada,então começa a me xupar.Na primeira sugada que ela deu na minha buceta,eu soltei um urro de tesão,parecia que estava levando cargas de eletricidade por dentro.A língua dela quase se enrolava no meu clitóris,eu não parava de gemer um segundo.Eu senti uma pressão na minha xota,e meu tesão começeu a aumentar mais ainda,então eu percebi que iria gozar na boca da minha querida e amada titia.Eu estava em êxtase,gritava de prazer.Eu gritei:

- Não para tia,eu vô gozá,eu vo gozá!!!

Ela abriu minha xota com os dedos da mão esquerda e começou a dar uns tapinhas com a outra mão,enquanto guspia dentro do buraco da minha xota.Eu berrava de prazer,então de repente,meu liquidinho vaginal vaza pela minha buceta,escorrega pelo meu cuzinho até a tampa da privada,eu estava ofegante como se tivesse corrido uma maratona,então ela me manda ficar de joelhos no chão.Eu obedeço,então ela agarra minha cabeça e esfrega minha cara no meu melzinho que tinha caído na tampa da privada,e diz:

- Tá vendo?Esse é o sinal de que você é uma vadia!Você é uma cadela,gozou feito uma verdadeira vagabunda né?Agora lambe tudo,cachorra da tiaa!

O telefone toca,então ela manda eu lamber tudo que sobrou,por que eu ia levar mais ainda.Ela vem correndo ainda falando no telefone,aponta para o chuveiro e faz um sinal,querendo dizer pra eu tomar banho rápido,então eu entendi que o cliente tava chegando.Ela termina de falar e me diz:

- Ai meu amor,a gente vai ter que terminar nossa brincaderinha outra hora,o Mauro(o cliente) já tá chegando,ele vai ter que vir mais cedo porque ele tem que ir na festa de aniversário da irmã da esposa dele,daqui a meia hora ele tá aqui!Fica de 4 rápido!

Eu não intendi o porquê que eu tinha que ficar de 4,mas obedeci rapidamente então senti uma dor imensa na bunda,e senti uma coisa dura e fina entrando no meu cú,soltando água quente,então eu disse:

- Pára tia,oquê que vc tá fazendo???

Ela disse mechendo ainda mais o objeto,me fazendo ver estrelas:

- Eu tô lavando seu cú com o chuveirinho,por quê o Mauro vai querer esse rabão né,então eu preciso lavar pra ficar limpinho!

Eu sentia muita dor pois ainda era virgem de cú mas não reclamei,aguentei firme.Ela depois de uns segundinhos tirou o cano do chuveirinho do meu cú e mandou eu lavar o resto do meu corpo pra ficar bem cheirosinha pra ele.Ela lavou o cú dela também e levantou,as 2 estavam se ensaboando uma de frente pra outra,então ela me deu um outro beijaço de língua,terminou de tomar banho e saiu do chuveiro,eu saí logo em seguida.A gente se secou,se perfurmou e colocamos uma mini-camisola cada uma,que era a vestimenta que o cliente queria que nós usássemos.Nós ficamos apenas de calcinha por baixo da camisolinha,e em mim ficava parecendo uma camiseta,pois minha bunda é MUITO grande,então a camisola tinha que dar um belo contorno pra passar pela minha bunda,ficando bem pequena.A gente arruma a sala,se olha no espelho para vermos se estávamos atraentes e realmente estávamos,estávamos lindas.

Eu estava muito anciosa,então minha tia mandou eu me sentar em uma das cadeiras envolta da mesa de jantar que ela me daria uma Smirnoff pra eu relaxar.Ela traz algumas garrafas para nós 3,coloca todas em cima da mesa e abre uma pra eu beber,pra eu relaxar.A gente fica sentada uma de frente pra outra enquanto eu dou uns goles e ela acaricia minha coxa,que estava completamente fora da camisola.Em pouco tempo a campainha toca,ela se levanta com pressa e manda eu sentar do outro lado da mesa,pois ela iria recepcionar o cliente.Eu sento onde chega menos luz para ele não me notar,pois eu ainda estava muito nervosa,afinal,eu só tinha transado com um homem antes dele(conto sobre a minha primeira vez outro dia).

Eu ouço ela dando oi para ele,e ele com uma voz grossa de macho diz:

- Ooi,nossa,hoje você se superou heim?Tá uma delícia!

Ela sobe correndo as escadas puxando ele pela mão,eles começam a se beijar e ele nem nota minha presença ali,era o que eu queria mesmo.Ele joga minha tia no sofá,abre as pernas dela,põe a calcinha dela pro lado,coloca a camisinha naquela vara já dura e começa a meter na buceta da minha tia com força,parecia que estava estrupando ela.Durante os gemidos dos dois,ela diz:

- Ai seu cachorro,tá doendo,vai mais devagar...

Ele dá risada,dá um tapa na cara dela e a manda calar a boca,então eu solto uma risadinha.Ele na hora parou de meter na minha tia,vira o rosto e olha pra minha cara e diz,aparentando estar muito contente:

- Olha só quem tá aqui,a minha loirinhaa!!

Eu imagino:Ai caralho,por quê eu fui dar risada?Agora me fudi!

Ele se levanta,esfregando o pau melado e diz:

- Vem gostosa,vem pro seu negão!(Ele era um negão lindo,alto,musculoso e tinha uma vara grande e grossa,que eu estava com medo de encarar)

Eu dou um sorrisinho e me levanto e vou na direção dele andando devagar,então ele me puxa com agressividade pela camisola e me lasca um beijaço molhado,muito bom mesmo.Ele me manda tirar a camisola,eu tiro e ele me faz dar uma voltinha pra ele ver o conjunto da obra,então ele dá um tapão na minha bunda e diz:

- Caralho,que loira rabuda!Ah,esse rabo já é meu!

Eu e minha tia rimos e ele me colocou apoiada no sofá,levantou o pouco de seda da camisola que sobrava pra fora da minha

bunda,tirou a minúscula calcinha que ficava escondinda entre as bandas da minha bunda,ficou admirando por uns

segundos aquele popozão escultural e finalmente começou a passar o dedo indicador na entradinha do meu cú, assim eu percebi que ele iria comer minha bunda, e fiquei morrendo de medo pois nunca tinha dado o cú,então apertei a mão da minha tia pra me dar um apoio moral naquele momento.Ele colocou aquela mão grande e áspera de macho na frente do meu rosto,deu um tapinha e disse:

- Baba nos dedo do seu negão,vai!

Eu obedeçi e encharquei os dedos dele com meu linguão babado.Ele voltou para atrás da minha bunda e começou a esfregar o mesmo dedo indicador bem na entradinha,pra deixar meu cú bem molhado pra facilitar a entrada dos seus dedos e mais tarde,daquele enorme e grosso pedaço de carne negra.

Depois de umas esfregadinhas,ele começou a enfiar o dedo e eu senti um pouquinho de dor,mas que não era insuportável.Dali a pouco,a dor aumentou um pouco,pois já eram 2 dedos mas eu ainda conseguia aguentar,e os beijos e lambidas que minha tia me dava no rosto e na boca me ajudavam bastante a aguentar.Quando ele enfiou o 3º dedo a dor começou a incomodar,eu soltei um gemidinho de dor e apertei as mãos da minha tia então ele reparou que estava machucando e parou.Ele disse:

- Ah,não aguenta no cuzinho não,puta?

Deu umas cutucadas com o pinto no meu cú e repetiu a mesma frase,então me puxou pelos 2 braços e me agarrou,me deixando presa entre os fortes braços dele com meus 2 braços grudados entre os meus peitos e o peitoral dele,e me beijou enquanto o pau dele roçava na minha barriga,quase no final da camisola.Ele continuou me beijando e foi andando me empurrando em direção á mesa,quando eu esbarro com a bunda na mesa,ele me levanta pelas pernas,e eu entrelaço minhas pernas em volta da cintura dele enquanto ele quase me engole com aquele bocão.Ele me põe sentada na mesa e diz:

- Na bucetinha você aguenta,né?

Eu dou um sorriso e faço que sim com a cabeça,ele me empurra pra eu deitar na mesa e então ele coloca outra camisinha,pois a que ele estava usando já tinha caído.Ele foi enfiando devagarinho,e foi aumentando a velocidade,até o ponto em que nós dóis estávamos perdidos no tesão,aquela tora estava estorando minha buceta por dentro.Nós ficamos naquele entra-e-sai por um tempão,enquanto minha tia assistia do sofá se masturbando,pois estava adorando ver sua sobrinhazinha querida dando feito uma vadia(igual a ela rsrsrs).Eu percebo que ele estava gemendo com mais intensidade,ou seja,iria gozar.Ele me puxou pelo cabelo e disse:

- Desce da mesa e se ajoelha,e 'titia",você também.As duas vão tomar um banho de porra agora!

Nós duas obedecemos ás ordens dele e nos ajoelhamos na frente dele uma do lado da outra e nos beijamos,para enlouquecer ele mais ainda.Ele enfiou o pau no meio da boca das duas,nós lambemos o pau dele as duas ao mesmo tempo,então ele socou inteiro na minha boca e eu mamava naquela pica enorme como se fosse um nenem mamando numa mamadeira.Ele tirou da minha boca e mandou as duas colocarem a língua pra fora,nós obedecemos,então ele socava o pau na boca de uma,tirava e socava na boca da outra.Fez isso umas 3 vezes e então começou a bater o pau na minha língua,e soltou um grande jato de porra dentro da minha boca.Eu não engoli, e ele me mandou beijar minha tia com a porra dele na minha boca.Eu novamente obedeci sem reclamar,e foi uma delícia de beijo,nossas línguas brigavam com aquela porra quentinha no meio,e escorria pelos nossos queixos.

Ele disse,esfregando o pau melado na minha cara:

- Ô loira,vai descansar esse corpão um poquinho por que agora é a vez da titia,mas se prepara,porque dessa vez esse rabão não me escapa não viu?Agora vaza vadia..(e deu um tapa na minha cara)

Eu fui para o banheiro lavar o rosto sujo de esperma,passar uma água gelada na buceta só pra refrescar,pois afinal,depois de todo aquele tempo fodendo na mesa,ela já tava ardendo.Eu lá lavando a minha amiguinha,e conforme eu ia esfregando ela e ao mesmo tempo ouvindo os gemidos da minha tia e do Mário,minha bucetinha começou a ficar não só molhada por causa da água,mas também pelo meu melzinho,que nascia cada vez mais que ao mesmo tempo eu esfregava minha xota e ouvia o gemido dos dois lá na sala.As esfregadinhas pra resfrecar começaram a ficar mais fortes e profundas se tornando uma masturbação muito gostosa,e eu gemia no ritmo dos dois.

Depois de um tempo me masturbando,completamente perdida no tesão,eu ouvi alguns passos em direção á porta do banheiro,então ela abre com força e bate na parede,era o Mário.Ele entra no banheiro gruindo como um gorila e não fala nada,só me puxa pelo cabelo e me joga na privada sentada de frente pra ele.Ele abre minhas pernas e começa a chupar minha xota,ela chupava bem demais,eu gemia feito uma cadela e a barba mal-feita dele fazia cosquinhas na minha buceta e nas minhas coxas.De repente ele se levanta e fala:

- Agora você não escapa loira,seu cuzinho é meu!Vai,se levanta e se apoia na privada vadia!

Eu queria agradar ele e estava pronta pra experimentar como que era sexo anal,então eu obedeci e fiquei na posição que ele tinha mandado,com a bunda na direção do pau dele.Ele gospe na minha bunda e deixa a baba escorrer pra dentro do cú,então espalha com o dedo e começa a cutucar meu buraquinho virgem com a cabeça daquele pauzão preto.Minha tia chega com um vibrador rosa na mão sorrindo,e eu lembro de já ter visto ela usando,era um vibrador de plástico a pilha que tinha partes de borracha que giravam.Ela se agachou do meu lado,entre a privada e o box do chuveiro e disse:

- Toma amor,é só enfiar e aproveitar!

Ela deu risada,me beijou,passou o vibrador já ligado na minha lingua e ao mesmo tempo na língua dela,então nossas línguas passavam em volta do vibrador e se tocavam,e de repente,eu senti que a cabeça dele tinha entrado e eu senti uma dorzinha,mas continuei lambendo o vibrador e a língua gostosa da minha titia.Ela deu o vibrador na minha mão e disse :

- Agora enfia querida,ter essa tora negra na sua bunda e esse amiguinho na sua xaninha vai ser a sensação mais deliciosa que vc já sentiu na sua vida!

Ela me deu outro beijo,engatinhou até os pés do Mário,beijando desde os pés dele até as coxas,chegando no saco ela tirou a parte do pau dele que já tinha entrado,não era muito,mas estava doendo.Quando ela tirou,começou a chupá-lo,lambia o saco enquanto masturbava ele,depois começava a socar aquele picão na boca,enquanto ele enfiava 2 dedos no meu cú e eu me masturbava com o vibrador,que realmente estava me deixando louca de prazer.

O telefone tocou,então ela saiu correndo pra atender e ele enfiou com força até um pouco mais do quie tinha enfiado antes,doeu bastante,então eu soltei um gemidinho de dor e ele puxou um pouquinho.Ele dava leves empurradinhas pra ir entrando centímetro por centímetro.A cada centímetro que ele mentia eu sentia mais dor,mas o vibrador me ajudava a me distrair.Começa a doer muito,então eu percebo que já entrou quase tudo,e as bolas dele já estavam quase encostando na parte de baixo da minha bunda.A dor estava imensa,e ele ignorava meus gritos de dor e metia mais,e pra me ajudar a aguentar a dor, eu enfiava e tirava mais rápido o vibrador pra me dar mais prazer.Já estavam saindo lágrimas dos meus olhos por causa de toda aquela dor,mas aquele gorilão ignorava meus pedidos pra ele parar.

A dor começou a se dissipar um pouco,pois meu cú já estava alargado.Toda aquela dor aos poucos começava a se tornar prazer,e eu dava algumas reboladinhas no mesmo ritmo que o pau dele e o vibrador entravam,e realmente estava começando a ficar uma delícia.Meu cú ainda ardia,mas o tesão naquele momento estava bem maior do que a dor,então eu a ignorava e empurrava ainda mais o pau dele.No ápice dos nosso tesão,nós 2 gemíamos muito,ele por meter naquele cuzinho recém-arrombado e eu por estar com meus 2 buraquinhos preenchidos,o que era muito gostoso.Nós ficamos uns 15 minutos naquele fode-fode,minha bunda estava queimando e minha buceta também,mas o tesão era muito e eu estava sentindo que iria gozar,enquanto ele já tinha gozado 2 vezes na minha bunda,o gozo dele escorria pela minha bunda,passava pela minha xota,pelas minahs pernas e pingava no chão,tinha até no meu pé.

Eu começei a sentir vindo aquela explosão de prazer,então no meio de berros de prazer eu gritei:

- AAAAAAAAAAAI SEU CAVALÃÃOOO,TÁ VINDO,TÁ VINDOOOO!!!

Então eu senti meu melzinho quentinho escorrendo pelas pernas junto com o gozo dele,já estávamos exaustos,quase caindo.Ele disse,ofegando muito:

- Gostô de dá o cuzinho pro seu nego,né gostosa?Gostô né?Agora vem,me xupa que eu vô gozá de novo,vem!

Eu me ajoelhei e senti muita dor no joelho por causa da posição que eu estava naquele tempão,mas eu chupei ele do mesmo jeito.O pau dele tava com um gosto diferente,pois tinha estorado todo om meu cú,mas eu não senti nojo,chupei do mesmo jeito até ele gozar de novo na minha boca,e eu engoli toda aquela porra quentinha.Ele sorriu passando a mão na minha testa suada e saiu do banheiro.Eu fiquei ali caída no chão ofegando com a cabeça apoiada na privada,enquanto passava a mão na língua e passava devagarinho na buceta,sentindo ela ardendo.

Depois de um tempinho deitada ali,eu resolvi ir tomar banho. Eu estava tomando uma ducha rápida pra ir dormir,pois já estava quase dando 21:00,que era quando ele iria embora.Estava lá embaixo do chuveiro me ensaboando toda e lavando minhas 2 entradas que queimavam como se eu tivesse jogado pimenta lá dentro.Eu fecho os olhos pra deixar a espuma dos meus cabelos cair, e quando eu abro os olhos,quem está do lado de fora do box me observando tomar banho?Claro,era ele.

Ele abre a porta do box me olhando da cabeça aos pés com cara de tarado e diz:

- Ô delícia heim?Desse jeito eu não aguento loira,você toda ensaboadinha,gostosinha assim,ninguém resiste...

Ele já estava de cueca,mas ele a tira de novo e entra no box já me agarrando e me beijando.Eu olho pro reloginho que tinha na pia do banheiro e vejo que já eram 20:55,então eu digo:

- Para seu loco,você tem que ir naquele aniversário com sua esposa!(eu sorria)

Ele beijando meu pescoço e minhas tetinhas disse:

- Ah,eu quero mais é que foda-se,você é gostosa demais minha loira!

Mesmo estando gostando das carícias dele,eu disse,ao mesmo tempo beijando ele e saindo do box:

- Não,já chega,vai embora vai,eu tô toda ardendo meu...

E ele,me encostando an parede e me beijando diz:

- Mais minha looora,você é tesuda demais,só mais umazinha vai?

Eu saio do banheiro me secando com a toalha ignorando ele,mas ele me joga em cima da cama e já se joga em cima se mim,chupando meus peitos e descendo a língua pela minha barriga,até chegar na minha bucetinha que não estava mais ardendo tanto assim.Eu já não resistia mais aos encantos dele,e acabo cedendo.Ele chupa minha xota por uns segundinhos,então deita do meu lado,levanta minha perna esquerda segurando ela,me deixando de lado com ele e com a xana abertinha.Ele meteu o pau sem perguntar nem nada na minha xana,e começa a gemer no meu ouvido e beijar meu pescoço,bochecha e boca.Enquanto ele me fodia ali de ladinho,a porta do quarto da minha tia estava aberta,e dá de frente pra sala,e eu vejo que minha tia estava ao telefone conversando com uma cara meio que de medo,mas eu não conseguia ouvir a conversa,pois estava muito entretida ali com aquele negão metendo tão gostoso.

Ela olha pra mim,sorri e manda um beijinho,eu corresponde mandando outro beijo e fazendo um sinal pedindo pra ela vir também,e ela faz outro sinal dizendo que iria.O Mário gemia no meu ouvido e eu gemia junto,e a gente trocava beijos molhados enquanto ele apertava meus seios que balançavam com aquelas fortes metidas que ele dava na minha buceta.Como ele estava sem camisinha,ele tirou o pau da minha buceta um pouco antes de gozar,ficou ajoelhado em cima da cama, na minha frente e gozou na minha barriga.

Minha tia chegou correndo querendo participar mas já era tarde,então ela lambeu a porra na minha barriga e depois limpou o pau do mário com a boca.Depois disso,ele lavou o pau no banheiro pra não deixar pistas que ele esteve conosco,se não a esposa dele descobriria.Depois que ele lavou aquela arma,ele se vestiu,me deu um beijo e minha tia o levou até a porta pra ele ir embora,então eles se beijaram e ele deu uma chupada nas tetas dela.

Depois que ele foi embora,eu fui tomar um banho e escovar os dentes pra dormir.Quando eu saí do banheiro com a toalha enrolada no corpo,minha tia estava sentada na cama,me puxou pela toalha,me colocou em seu colo como se fosse uma criança e disse:

- Ah minha princesa,não vai dar pra gente terminar nossa brincadeira agora não viu?É por quê amanhã de manhã vem um cara buscar você...

Ela me deu um selinho e deitou.Eu perguntei quem era o cara mas ela fingiu que estava dormindo,eu sabia que ela estava acordada,mas preferi ficar curiosa mesmo.Eu coloquei a mesma camisola de antes e uma calcinha,mais ou menos do tamanho da outra,e minha tia dormiu pelada.Eu me deitei ao lado dela sentindo aqueles peitões grudados nas minhas costas,e os pelinhos da xota dela raspando na minha perna.Ela clocou o braço por cima de mim e nós dormimos.

Eu acordo com a luz do sol iluminando meu rosto,quando eu abro os meus olhos,minha vista está meio embassada,mas eu consigo enchergar um homem sentado numa cadeira do lado da cama perto das minhas pernas,olhando pra minha cara e passando a mão em minhas pernas....

E ISSO CONTINUA NA 2 ª PARTE.ESPERO QUE TENHAM GOSTADO DESSA, NÃO PERCAM A 2ª !!

Comentários

06/09/2009 21:05:30
SENSACIOANL
15/06/2009 14:32:58
bom.....
15/06/2009 13:49:12
Como você já tinha dito que era grande me preparei pra ler tranquilo...
14/06/2009 21:05:42
Excelente!
13/06/2009 09:38:50
Adorei!! como faço para poder ter esseprezer todo com vc delicia escreva pra mim em [email protected] que já estou com tesão só de te imaginar posta uma fotos
13/06/2009 09:32:49
Delicioso.... mto bom mesmo.... fico a espera do restante... adorei demais.... me excitou mto... parabéns....
13/06/2009 09:17:31
MUITO BOM MAS E UM LIVRO DE 800 PAGINAS, KKKK

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


crente contocontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu querianovinha arregaca buceta doendo muitozoofila como faze teu. cachorro te lambe sem t machucarhttp://conto me punhetaram a noite todaconto erotico pegador popular da escola heterovidio porno tarado enfiando pinto por baixo do xorte da mulhercontos eroticos com dean winchestercontos por causa do meu picao fude todas amigas da minha mãezoofilia no Congo pesadacasa dos contos meu marido me fez da o cu a dois picudos chorei de dorvídeos de veias tirando a caucinha dando o cu pra velhobucetas beiçudas de sogravidios pornô homem de .moto come a gostosa que passa na ruagaroti gay pauzudp ttansar c homem cacetudo e grisso vidio pirnoVendedora gostosa do shoppingvideo fazendo dp pra sartisfaze o maridopegou fogo no travesseiro da atriscontos casada chantageada pelo porteirodescobri que minha sogra lambe uma buceta porno.caldo de buceta sujahistoria porno gay paguei um boquete pro anivesariantebatando o joelhinho na mesa xvideosvídeo de sexo pornô garganta hipertrofiada engolindo monstro hiper dotadocontos eroticos minha mae com aminesia"mostra o seu que eu mostro o meu" vídeo pornomae estrupa filho goza pau brasileirocontos eroticos como eu virei puta de um velhosexo ela nao quis da so acariciarquero v vidios d megao d pau grand gosano dentro da buceta d menina novingaler contos erodicos fui abuzada antes da sirugiaPrefeito Sandy crentinha s***** metendohostorinha emquadrio porno mai tranza com seu filhovídeo pornô Sport segurando marido comendo o cuzinho da comadre a forçamulher de shortinho jeans desfiadinho socado na ruaquero ver filme pornô com mulher nunca troco fio jogo da Live Jaraguá colocar achei até chorarlactofilia porno em sao carlos spcontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelazoogay 2016www.xvideos novinhas dando um emprevisto pra foderconto eroticos lésbico putinha vadia vagabunda piranha fuder tapa na cara buceta xoxotacoisinha do pornô bumbum na nucaabaixar porno gratis amor no cu nao amor vai doer eu vou botar so a metadeCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro Buceta criando pentelho fudendo brasileira adultacasada qui aforao pauzudomenina bem magrinha de oculos com seu papai no pornoConto erótico bricadeiras eradas com o paivídeo pornô com boneca de silicone de 80 kilos pela XVídeo pornô"felipe e guilherme - amor em londres"so cu fudidos de diaristascontos eroticos de santinhascomedor enrabando professora virgemporno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhoo tio tarado estrupando a sobrinha clitado de dorConto incesto garota de 09 aninhos popozudasogra na cama dormindo com camiseta do superman e genro no sexoamoxoxota gtacontos erotico coroacasado comendo onovinhoFelipe e Guilherme- Amor em londresvidio de mulheres mostran do a buceta eh conto faz xixixvideos desleal branquinha dando pro negaomulheres chupando e nholindo toda poreasexo deixando mae com bunda doendo contoporno doido travetis fundenoler relatos d velhos d pau gigantes q arrombaram asmulheresvideo porno de mulher dano a sua buceta desfarçada para o primo familia sacanarevesando no cu da gravida pornoeu sento no seu pau voce mim abraca e mim beija gostoso pornoContos eroticos dona de casa, coroa, casada evangélica pega novinho cacetudofrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadoponodoido meu pai e minha babagostosas não aguento melo pau de merdagey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geyWxvidio comedo di ciuamoxoxota gta