Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

A Sobirnha carinhosa

Um conto erótico de O Desejo
Categoria: Heterossexual
Data: 26/07/2009 17:07:09
Nota 5.00

Bem antes de mais nada, gostaria de relatar que foi um um acontecimento veridico, nao apenas um conto, mas algo que se pode ser chamado de

a vida real!

Bem, para os envolvidos nao tenham seus nomes, aqui relacionados chamarei as pessoas de nomes ficticios.

Bem, meu nome é Marcelo, e o que aconteceu comigo, tem apenas um ano. Eu sempre fui o tipo do cara que sempre gostou de morar sozinho, pois sempre gostei de ter minha privacidade e sai da casa dos meus pais quando eu tinha 20 anos, ja fazendo faculdade e morando num apartemento que meu pai tinha. Minha familia nao é rica, mais se pode dizer que pode viver com tranquilidade. Mas algum tempo depois isso ja faz uns 2 anos eu já estava morendo só, e Como de costume, na epoca do recesso da faculdade eu ia sempre viajar, ou pra ilha, ou pra algum lugar legal, como sergipe, chapada diamantina, pois a bahia é muito linda. e sou baiano evidente. Eu tinha um irmão mais velho chamado, André, ele tem 38 anos, é casado e tem duas filhas lindas, a Gabriela e a Priscila. Uma com 16 e a outra com 14 anos. E meu irmao morava com sua familia num interior da bahia, onde eu cresci tb junto com ele e tudo mais. Eu iria viajar para Ilha, uns colegas tinham me chamado para alugar uma casa na ilha de itaparica, na bahia mais só que meu mano, me ligou para saber como estavam as coisas, e eu comentei que sairia de férias em um dia e ele me convidou parar, passar um semana la, eu nao queria ir, na verdade queria curtir o mar a praia, e os brothers e quem sabe, conhcer alguem especial. Eu sou do tipo de homem que gosta de mulheres especiais, nao as metidas e tiradas a patricinhas, sempre fui uma cara honesto e nunca e sempre de boa codulta. Mas resolvi ir para o interior ficar na casa do meu mano, pois a esposa dele e as minhas sobrinhas gostavam bastante de mim e meu mano tinha prometido churrasco clube, rs, entao resolvi mudar de local das férias. Depois que decidi viajar pra casa do André, passou-se o dia, e logo que sai da facul, fui direito pro AP trocar de roupar, peguei minha passagem e peguei o buzú, A viagem foi boa e assim que cheguei, minhas sobrinhas estavão me esperando na rodoviaria. Nossa do tempo que eu tinha visto elas, ambas haviam crescido bastante, tinham se transfomado de crianças e moças, lindas. A Gabi tinha 16 anos e era a mais bonita das duas, Mais a Priscila a mais novinha também estava muito bonita. Elas me levaram até a casa do André. A Esposa do meu irmão a Luiza me recebeu muito feliz, era uma mulher muito querida pela nossa familia, e ela tb gostava muito de mim como minhas sobrinhas. Me instalei num dos quarto de do primeiro andar, onde também eram o quarto das filhas do meu irmão. Elas eram muito apegadas comigo, desde muito novas, e eu também sempre gostei delas, como muito carinho. Mas meus olhos notaram que elas haviam crescido, e que estavam formosas, como a mae. A Gabriela principalmente, parecia aquelas garotas que os rapazes adorariam cantar e namorar. Alem de formosa, eu havia notado, que seu corpo tinha guanhado curvas e uma silueta de uma mulher desejavél. Mas tirei meus olhos, pois era minha sobrinha e eu nunca na minha cabeça teria coragem de olha-la de outra maneira, até por que era a filha do meu irmao mais querido. A noite André chegou do Trabalho e nos comprimentamos, jantamos, e fomos converçar um pouco sobre nossas vidas, e nossas correrias, e a Gabriela apareceu, dando um abraço no seu pai, e também me abraçou, me deu um beijo no rosto e disse que ja ia dormir. Eu fiquei arrepiado, pois a Gabi estava vestida com um shortinho muito curto, que deixava a mostrar suas coxas grossas, e bem desenhada.eu sentir o seu perfume gostoso, de quem ja nao era mais menina e sim, uma mulher. Mas me descolei do seu abraço desejando uma boa noite. André perguntou se eu nao sairia pra curtir minhas férias, eu naquele momento disse que nao pois estava me preocupando, com aqueles pensamentos, que eu estava tendo.e me despedi do mano para voltar pro meu quarto. Tive a idéia de tomar uma ducha para tentar esquecer aqueles pensamentos, e em baixo da água quente, fiquei a imaginar, o rosto da Gabi, seu sorriso, seu olhar, que tinha ficaod feliz ao me ver, mas pra mim, apenas saudade de ver o tio. Sai do banho e fui me deitar, mas não conseguia pegar no sono, então desci pra cozinha para beber um copo de agua e a Gabriela estava fechando a porta da geladeira. Meus olhos foram estacionar, no corpo escultaral que ela tinha. Reparei na sua roupa, que também deixava ela muito sensual. Ela vestia uma shortinho curto daqueles de pijama feminino, e e uma blusinha bem decotada, com os cabelos longos, na cintura, lisos, e castanhos, escorrendo pelas costas, nossa, eu esqueci que meus olhos estavam a admirando, e me assustei quando ela perguntou se eu estava com sono, eu voltei a mim, respondendo que nao, e pedi desculpa por ter descido, aquela hora, e ter encontrado ela vestida daquela maneira, e ela sorriu dizendo que eu estava ligando pra uma bobagen, e perguntou o que eu queria, mas eu mesmo abri a geladeira e peguei a agua que queria beber. Parecia exagero meu mais nao, eu fiquei perdido pelo sorriso dela, Depois que coloquei o copo na pia, e me virei ela estava atras de mim, e me perguntou se ela poderia desabafar comigo, e eu disse que sim, que podia sim, pois ela era minha sobrinha querida. Ela queria terminar com seu namorado, pois ele tinha ameaçado bater nela, se ela o deixasse, e quanto mais ela falava, eu ficava olhando pra ela e vi seus labios, lindos, sua boca era muito bonita. Para consola-la eu escontei a cabecinha dela no meus ombros, e eu senti que ela estava se sentindo protegida. Ela me abreçou e quando isso aconteceu, meu pau endureceu, e dentro da minha bermuda, ela sentiu que eu me exicitei com o abraço dela. Eu me desculpei, mais ela disse que nao era pra que eu me preocupasse, pois eu tava sendo um homem amavél com ela, entao disse a ela que tinha que ir dormir e novamente pedi desculpas, e subir a escada correndo, com minha consciencia fervilhando. Fui direito para o banheiro tomar uma duchada, para esquecer aquele ocorrido. Na manha Seguinte, desci para ir tomar cafe´, e m inha cunhada me perguntará por que eu nao tinha tomado café da manha com eles, e eu disse que tava muito cansado, por isso demorei de acordar, mais na verdade tava sem coragem de encarar o rosto da Gabriela. Passei o resto da manha em casa, tomando banho de piscina e comendo um churrasquinho e batendo papo com a Luiza. Aquela converça com a Gabi não me saia da cabeça, nem a imagem dela. A noite depois da janta, fui jogar playstation, um futebolsinho com mano, na televisao para lembrar a epoca do velho futebol, e depois de muitas outras coisas, ja era um pouco tarde e eu fui me deitar.Quando ja estava para pegar no sono, eu ouvi vindo de longe o sonho do chuveiro ligado, e muito curioso, fui ver o que era, e pela porta entre aberta do banheiro, vi a Gabi, se preparando para tirar suas roupas para tomar a sua ducha, ela estava uma delicia, no shortinho dela.e fiquei reparando ela até que ela saiu do banho e eu voltei pro meu quarto para que ela nao me visse. Na manha seguinte de domingo, eu e o mano preparamos uma picanha, e uma fraudinha, bem gostosa na brasa, nossa, o cheiro da carne fazia lasbusar os labios. As mulheres estavao tomando banho de piscina e derrepende vi a Gabi saindo da agua parecendo uma sereia, seu corpo estava todo molhando e brilhava como o sol. Ela havia sentado na mesa ficou quetinha e acho que em seus pensamentos, pensando no namorado dela. e eu fui la para converçar com ela. Perguntei o que ela tinha e ela me pediu para ir comigo até a sala de jogos, e la fui surpreendido pois ela me deu um abraço e disse que queria ter um homem que cuidasse e desse carinho pra ela e fiquei apenas envolvido pela situaçao, e vi aquela boca gostosa se aproximando e colou na minha, ela me agarrou e começou a me morder as orelhas, dizendo eu era o tipo de homerm que deixava ela apaixonada.ele me dizia que nao demorou a notar meus olhares, e que viu que eu queria te-la quando notou o volume do meu pau, quando elame abraçou aquela noite. Sem pensar em nada, librei os seios grandes de impinados, da parte de cima do biquini, e dei uma chupada, delizando os labios, pelo biquinho, ela gemia, tao gostoso que eu nem lembrei que era minha sobrinha nos meus braços. Ela tinha 16 anos, mais tinha um corpo de uma mulher ja madura, eu so teria aquela chanse, entao tratei de aproveitar, e nao parei de beija-la e fui beijando seus labios, sua cintura, o pescocinho dela, e fui descendo mais, até que cheguei nas coxas gostosas da minha sobrinha, e dei uma chupada tao gostosa, entre as coxas dela, que quase fui a loucura, eu a levantei e a coloquei sobre uma mesa que tinha la, e tirando a parte de baixo do biquini dela, comecei a lamber, a buceta dela, eu nao queria parar de lamber, mais ela queria que eu penetrasse nela, eu a segurei em meus braços, coloquei ela no chão e enfiei o pau na buceta dela, bem devagarinho pra sentir ela toda em mim, ela me chupava, inteiro, nossa, foi uma delicia, e de tanto nos amar-mos, gozamos ao mesmo tempo, um coladinho no outro feito conchinha. Ela apressada se arrumou, e eu tambem vestir meu short de banho e voltamos juntos com muita fome pra terminar de comer aquele churrasco. Bem, fico até feliz de lembrar, pois voltei pra minha cidade, mais ela quando completou 18 veio me visitar recentemente e pelo apoio do destino eu estava solteiro, e ela ficou em minha casa, e foi um final de semana, muito gostosa pertinho dela. e até hoje temos um carinho muito grande um pelo outro, mais hoje ja estou namorando, e ela respeita isso, e eu tb rsrs,... abração a todos!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/07/2009 22:24:52
bom...meio longo
27/07/2009 01:07:29
Cara, odeio ser chato mas tem hora que não agüento. Óbviamente você é muito preguiçoso em relação á escríta. Esses "tb" que tem aos montes no texto, tem que tirar isso. Se tem preguiça de escrever certas palavras, não escreva. Com certeza você não revisou esse conto porque achei uns 100 erros ortográficos nesse texto. Confesso que me deu preguiça de ler esse texto sem parágrafos. O fato que é longo até que vai, agora sem separar e deixar essa muvuca ai, Deus que me perdõe. O conteúdo não é dos melhores mas já ví piores por aí. Estou te dando essas criticas porque esse é o propósito dos comentários, não estou querendo te esculachar. Nota quatro porque podería ter sido MUITO melhor. Passar bem.




Online porn video at mobile phone


www.porno zoofilia.com/dando buceta virgem engatada dois cachorros?podolatria contos professora gustavoconto erotico estupro cu maridosexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornoamarando a filha pra chupa buceta e mete a liga no buraco da buceta primeira vez que ela sente uma lingaconto mulher sede a chantagem de garoto tranzarpeguei na cinturinha e soquei tudo sem ela perceber no cuzinho ai amor nao quero mais vc me maxhucou xvideoscontos eroticos virei vadia novinhamulher beijando a mulher na boca pelada no titubearRelatos de zoofilia cao estrupavinha perdendo a virgindademãe tentando resistir as artimanhas do filho pornocontos eróticos bem depravado de bem picantenegona sendo arrombado por negao tonato video porno grátiscasa dos contos de nick malconContos de comedores de Mendiga novinhas de 10 a 12 aninhosarromba meu c* que é para quando o c**** chegar em casa meu c* tá toda arrumadinha XVídeosMas que dor horrível conto pornovídeo de novinha querendo perder a virgindade com japonês cobrando no gesso XVídeosFotos d negao fudeno cazadacomendo minha cunhada que veio morar com agente aspanterasColetania de foto de buceta peluda por baixo da saia.xvideos Botando rola Pra Fora E sarrando bem gtzpés chulé contoPorno mulher gritando muito na pica do jumento e o. Jumento encaxou até o talo. b****** assaltou a casa e meteu a mão na boca da Neide da novinha e fez a transar com ele a força vídeo pornôtia perucas carinha de anjo nua peladavideo porno fundeno cuzinho a fosaconto erotico boquete bokete mamadaeu quero mais homem pelado no da cabeça da rola bem folgado lonanegão barbarizou a novinha de bruçoswattpad contos eroticos pai e filhasenfiou o nariz no cu da pưta com a buceta gozadaporno coroa sendo desrespeita por novinho e leva ferro na buceta e porrameu irmão me viciou em chupar pau conto gaynao adianta chorar vou rasgar sua bucetinhaporno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhoconto estorei o cabresto na punhetaconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cusexo porno meu pai foi ate meu quarto me chama pra conversa e me chupou ate eu gozameu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosfudendo francy vestidinhoxvideos gostosas esbugalhou os olhos quando o pau grande entrou tudo de uma vezContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeuenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheiocomendo duas verdinhas muito deliciosa dos busão sexo e do r**** e dos peitãoEncoxada no transporte público contos eróticoContos eroticos seios mordedo forteGeisy Arruda mostrando a buceta alteradaselinho no grelhoconto padrasto da pica enormeescritor lipe casadoscontosviolentada na escola contonu onibos lotado os homens se revezaram para me fuder e passar a maocorno chamou negao pra fuder mais nao gostou de ver a mulher adorandonovinho.geminho..de.pau.durofilme porno home nergro sorca vara na imtiadavideos de encesto frances madrasta e entiado durmindo juntos e ele fica de. pau duro a noite e escosta nela e ela nao recistiirma gemeas ciumes por isso se chupam em videos pornomassage ando a cunhada contobocete nu travetiaContos de insesto. Irma gostosa e sua melhor amiga dando a buceta pro seu irmao roludo do pau grande e grosso e cabeçudo comer com vontade.O Ativão do Morro 2 - Casa dos Contoshomens metalirgico cacetudpsmarisa chupando meu paualivat xxxvídeopassou a mão na rola do padrastodormindoporno negra sitorinha rabu enpinadoconto gay cacetao tioquero ver as evangelicas toda nua e peladinha vigen pernas a bertas peito de fora durinhodando na borracharia de beira de estrada contos eróticos gaysContos gay novinho que foi rasgado por varios homensmeu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosaporno serena ali doeuas coroa que fumo um maço de cigarro pornôcrossdress betinha 4Conto porno virgem deflorada por traficante pauzudo da favelacontos eróticos fui da o cu e cagueinao acreditei mas o pirralho meteu a pica na minha bucetadando com dorbuceta pro pai irmaoxvideos rolas chapuletadascaseiro.Mae.filho.Depilacaoconto erotico gay minha tia me transformou em meninacolokando o pau na boca da irmanzinhq dormindoContos eroticos maniaco por seiosporno coeiO vizinho safado do 205bem quietinho cornitudeflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contosContos lambendo chulepai t***** atola a rola no c* da colegial r*****contoseróticospublicadosemadorocuzinho cabacoGTA da mulher de calcinha o ventilador homem pelado homem pelado homem pelado homem pelado homem pelado