Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Escravizei a ruiva

Categoria: Sadomasoquismo
Data: 09/07/2009 20:05:54
Última revisão: 13/08/2010 21:19:13
Nota 9.57
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Foi o nosso primeiro encontro. Pelo menos, o primeiro com essa intenção, os outros foram bem leves. Só preparando terreno. Só pra ela se acostumar com a idéia.

Vocês vêem, ela era virgem. E tinha certo medo, de que fosse doer, e que não fosse aguentar. Comigo, ela realmente tinha que ter um pouco desse medo. Mas não muito, afinal, eu iria devagar, no começo.

Nos encontramos depois das aulas, e viemos para minha casa. Eu moro sozinho, ninguém pra incomodar. Era uma noite fria, então liguei o aquecedor. Na cama, meu cobertor mais pesado. Já entramos nos beijando. Ela hesitante, e eu nem um pouco. Depois de alguns minutos de beijos e de agarrar todo aquele corpo (pouco desenvolvido para uma garota de 19 anos, mas delicioso em cada curva), ela nada. Comecei a pegar suas mãos, e passar por mim. Arrastei o pulso dela por quase todo meu corpo antes de ela começar a fazer sozinha. Mas depois que ela começou, não parou mais. Não parava de me acariciar, apertar e arranhar. Estava até me superando, já que eu me concentrava cada vez mais naquela bunda lisinha. Até que grande, se considerar a magreza daquela baixinha de 1,60. Era uma das coisas que eu mais gostava, adoro posições onde a guria fica suspensa em mim.

Eu achei que seria uma transa normal. Deliciosa, mas sem nada de dominação. Comecei a mudar de idéia quando, depois de muitas vezes só passando perto, coloquei a mão dela no meu pau e disse: "pega." Ela deu aquele sorriso que todo dominador sabe reconhecer. Aquele que diz "tudo o que o senhor ordenar, meu mestre", e que muitas vezes elas mesmas não sabem que lançam.

Ela começou a bater uma punheta, inicialmente sem jeito, mas foi se acostumando. E eu fiz um teste (porque pra essas coisas é preciso ter certeza, senão quebra o clima de vez): coloquei a mão por entre os cabelos ruivos dela, e fui puxando, até que fiz com que parecesse um acidente o momento em que puxei mais forte, aquela força que só uma mulher totalmente entregue ao seu macho gosta de sentir. Ela gemeu, e não foi de dor. Eu sorri, continuei puxando o cabelo dela e trouxe a cabeça dela para junto da minha. Bruto, sem delicadeza nenhuma, e recebi o beijo mais intenso daquela noite, até então.

Olhei fundo para aqueles olhos verdes, encrustados naquele rosto fino, e falei: "Você é minha."

"Sou."

"Toda minha."

"Sim, toda sua."

Puxei o cabelo com mais força.

"Minha escrava."

"Sou."

"Minha fêmea."

"Sou."

"Minha puta."

"Só tua, meu dono."

Adorei isso. Gosto quando elas sabem reconhecer que se tornaram minha propriedade, adoro mulher que aprende rápido (apesar de que não me importo de "ensinar" as que demoram mais pra aprender).

"Chupa meu pau."

"Mas eu nunca..."

Acertei um tapa no seio dela. O direito. Peguei o mamilo em cheio, ela se calou. "Tu vai aprender. Vai."

E ela foi, bem quietinha. De início totalmente sem jeito, mas logo foi se acostumando. "Isso, gostosa. Assim." E ela foi se entusiasmando. "Bem de leve, dá uma mordida. Roça teus dentes nele." Era o paraíso.

Peguei firme os cabelos dela, segurei a cabeça. Ela entendeu e parou. Comecei a me mexer eu, fuder aquela boca gostosa. Logo parei, pois o melhor era mexer a cabeça dela pra me chupar, do jeito que eu queria. E ela relaxou totalmente, era quase uma punheta, usando a boca dela.

Como era a primeira vez, resolvi dar um presente. "Como você quer começar?"

"Ah, não sei, como dói menos?"

"Vem por cima."

Aos que não sabem, a dica é boa: a mulher vindo por cima é uma das posições menos dolorosas pra ela (ou pelo menos pras que eu conheci), e dá uma ilusão de controle, fácil de quebrar. Um homem tem que ser muito bunda-mole pra não dominar uma mulher que está montando seu pau.

Dito e feito, logo ela estava aproveitando, cavalgando com vontade. Gemia alto. "Ah, gostoso! Gostoso!"

"Teu dono gostoso, minha puta."

Gemido mais profundo. Ela pára, se aproxima de mim e recomeça. Fala no meu ouvido: "Tua putinha gostosa, agora e pra sempre, meu dono maravilhoso." Gozou. Quase gozei. Teria gozado, mas mandei ela parar. "Fica de quatro."

Ela se colocou de quatro na minha cama, ansiosa. Pingava no meu colchão. Tive que parar e lamber um pouco aquela buceta. Mas, pra ela não achar que eu era bonzinho demais, lambi enquanto dava vários tapas na sua bunda. Aquela pele quase albina estava vermelha. Parei e me coloquei atrás dela. Aquela bocetinha já estava aberta no tamanho certo do meu pau. Agarrei a cintura, com força, e fui mandando ela recuar no meu pau. Apertava aquela cintura e trazia ela de encontro a mim, no mesmo ritmo que ia de encontro a ela. "O que tu é?"

"Uma puta."

"UMA puta?" Tapa.

"Tua puta. Sou tua, tua puta, tua escrava, sou tudo o que tu quiser."

"E eu sou o dono, desse corpo gostoso e de tudo que ele contem."

Puxei seus cabelos, separei em dois e fiz ela de égua. Puxava a cabeça para trás com força, ela arqueava o corpo e vinha. Realmente, aquela garota era totalmente minha, estava entregue. Eu sabia que me divertiria muito com ela, dali em diante.

Quando senti que era inevitável gozar, saí e puxei ela pra perto de mim. "Me dá a tua boca?"

"Ah, não, isso..." Tapa. No seio. Fez com que ela lembrasse seu lugar. "Você vai gostar", falei.

Ela colocou meu pau na boca e continuou a chupada gostosa de antes. Logo gozei, e não me surpreendi quando vi ela sugando até a última gota de porra, e depois continuar chupando, com que esperando mais. Pouco depois desistiu, e se colocou do meu lado. Cabeça no meu peito, em cima de mim. A buceta saciada perto do meu pau, que dava sinais de vida mas o resto do corpo precisava respirar. Ficamos os dois ofegantes, eu abraçado e ela encolhida dentro do meu abraço. Um dono protegendo sua escrava de tudo. Ela não me disse que gostou, mas passou a noite me beijando de um jeito que era óbvio que sim.

Comentários

05/01/2018 16:15:24
Conto normal
06/09/2009 00:12:43
hahaha que nada, cicy552. Vc não acreditaria quantas mulheres anseiam por ser dominadas por um macho de verdade ;-) e é preciso ser muito mulher pra dominar um homem. Pelo menos, esse homem aqui.
05/09/2009 16:00:32
sensconal
05/09/2009 15:50:58
MA-RA-VI-LHO-SO!! maravilhoso... de merda!! que porra é essa!! a mulher sempre tem que dominar o homem
02/08/2009 00:17:20
MAIS UMA MERDA QUE NEM LI E JAH DEI 0 PQ NAO GOSTEI DO SEU NOME.
09/07/2009 22:21:17
cara comeu a mulher de jeito em!
09/07/2009 21:02:31
Se você gostaria de estar no papel da minha escrava, é só escrever: [email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


castiel de supernatural fazendo sexo porno doidoporno teste de fudeludade com enteadaContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhocontos erotico meu pai tem o pau iguau d um cavalo e mi fudeubucetavideo porno de homen com fimosevideos de sexo louco e com pegada chupão, arranhãoarrumei um macho bem r***** pra f**** o c****** do meu marido contos gaybuçetacasadaquero ver filme pornô com mulher nunca troco fio jogo da Live Jaraguá colocar achei até chorarconto erotico sou tratada como puta pelo meu sogro ele adora me chingarcontos eróticos, fatos veridicos com bem dotadonovinha deixando esperma escorer da boceta debrucovídeo pornô eu estava dormindo a bunda e 20:13 me comeu na marranovinha que derao boceta e firmarãocontos eróticos de homens que gostam que suas esposas transem com outrosJoce boqueteiroConto erotico gay mão bobamae foi na missa e ilha toco siririca pornôJaponesinha dandu u cusinhu pru negam bem dotadu 4meu sogro e um cavalo pornotransas em araruamamae e filho trazando ele goza detro delasContos eroticos gay que deu a primira vez e gritou de dornegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxfoto pai fudendo com filha filho fudendo com mae e irma todas meladinhas com bastante punhetada e gozada na caravó que confessa que adora chupar o pau do seu netoFOTOS DE FODA RIJA NEGRAO BIGXvideo porno estrupo dormino abusada boanoitesinderelacontos eroticos A Dama e o Bruto fodendo com maxima velocidade e sem piedade pornoconto erotico boa noite cinderelavontade dechuar bucetagibi troca troca com família pornover vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger o pau entrou de veis ela desmaiouminha tia lig pra minha e pede pra mim dormi na sua casa eu comi sua bocetacontos eroticos entre jovens irmaos gemeosgta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetavidioporno de meninas que noa guento pau no cu e nerroconversa com coroa carente cellcachorro do nozão trelado no cu da gostosatiraramos a roupa contos lesbicosaprendendo a ser puta no tapa/contoscaderante. rabudas de. porto alegrevideos de pornodoido levou anovinha pr fode demadrugadaContos de putaria de novinha dando para o cara da rola cabeçuda sem o noivo percebertirando o cebinho da cetinha com a linguao corno saia pela porta da e o amante entrava pela janela pornoveterina fode cachorraocontosporno ele e louco pra fuder a tia " depois de tantas punheitas ela deixa fodernora safadas descobri que sogro tem a pica enormeCleide a recatada contos eroticoscoroas de fio dental tão cheia de tesão Cheguei cheguei escorregando pela sua b*****contos minha esposa e um andarilho picudocomi uma egua dentro de casa contocasos de zoofiliavídeo de morcinha fudemoveterinaria zoofilia conto eroticoporno xoxota loucas surpresaviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau duroContos erroticos pai brinca de casinha com filha e acaba fodedoMulher cagando na calsinhavideo pornohomem peludo com o penis levantado elatejando de tesaofotos menina de 15anoa mostrando agozada na busetaconto corno diamantebundas enormes aberdaaindo embora achei um viado e fui comer seu cuzinhoai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitoconto de filha bando de biquine e acabou dando a bucetaesperei meu tio viajar para comer o cuzinho da minha tia gostosona   contos eróticos reais nnnxvideos cazero.chuponas. coroa. sebosaComtos namoradas fodidas por velhos