Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Meu melhor amigo tirou o meu cabaço

Autor: ttaa
Categoria: Heterossexual
Data: 23/08/2009 17:00:30
Nota 8.60
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou uma morena alta, corpo tipo “tudo em cima” e quero contar agora uma experiência inesquecível que foi a minha primeira vez.

Eu tenho um amigo de infância. Ele se mudou para a minha rua quando tínhamos apenas seis anos e sempre fomos muito unidos. Crescemos juntos e nunca tivemos tanta amizade com outras pessoas como um com outro. A primeira vez dele foi aos 14 anos e ele me contou tudo na maior naturalidade, o que aconteceu com todos os relacionamentos dele. Todas as namoradas que ele arranjava tinham ciúmes de mim e nós nunca entendíamos, afinal, ele era o meu melhor amigo e vice versa.

Eu achava que ele nunca me olharia como mulher e também nunca tinha pensado nele como homem.

Um dia tivemos a oportunidade de acampar juntos. Também foram alguns parentes e nossos pais. Passaríamos quatro dias na beira de um rio e ficamos muito animados pois gostávamos muito de pescar.

Logo no primeiro dia decidimos descer o rio para pescar com uma tarrafa. Tivemos que ir para muito longe porque esse tipo de pesca é proibida e teríamos sérios problemas se fôssemos pegos. Ninguém mais quis ir conosco, então fomos só nós dois.

O local onde começamos era realmente muito longe e não havia uma só pessoa no raio de quilômetros. Tirei minha camiseta para que o sol pudesse deixar a marca do biquíni. Ele preferiu ficar de roupas para não sentir muito frio já que precisaria mergulhar.

Logo fiquei cansada e me deitei numa praia para pegar um pouco de sol enquanto ele continuava jogando a tarrafa. Comecei a enxergar meu amigo diferente, reparei que ele tinha as costas largas, os braços fortes e um peitoral maravilhoso que aparecia sob a camiseta molhada. Desci um pouco mais meus olhos e reparei em um bumbum redondinho e as coxas torneadas. Quando ele se virou um pouco eu pude perceber o enorme volume que seu membro fazia sob o calção. Fiquei louca e quase morri de vergonha quando vi que ele havia percebido que eu estava olhando.

Ele veio e se sentou do meu lado dizendo que queria descansar um pouco. Tentei me levantar para entrar na água e ele me segurou dizendo que queria conversar.

- Eu vi você me olhando. – Ele disse.

-Não era nada não.

-Não precisa ficar com vergonha. Eu também andei te observando e acho que você ta ficando muito gostosa.

-Espera aí! Nós somos amigos!

-Calma! Eu não to fazendo nada! Não quero te magoar. Só queria que soubesse que já tem um tempo que me sinto estranho quando tô com você... com vontade de...

Eu não pude dizer nada e ele começou a me tocar. Nos seios que se eriçaram imediatamente, na barriga que se arrepiou toda e entre minhas pernas me deixando tonta. Eu dei um grito:

-Pára! Eu não quero que a minha primeira vez seja assim no meio do mato!

-Eu já sabia que você era virgem, não precisa ficar com medo. Pela nossa amizade, pode confiar em mim. Eu vou fazer ser especial.

Tentei escapar outra vez mas ele me segurou com força e disse que tinha tara por virgens. Que ele me faria gritar era de prazer e começou a arrancar o resto da minha roupa. Fui ficando ainda mais louca, mas tentava reagir pra ele não perceber.

Ele pediu pra eu ficar calma e foi me tocando devagar. Eu já tava com 18 anos e nunca ninguém tinha chupado os meus peitinhos daquele jeito. Delirei.

Arrancou minha calcinha e massageou o meu grelinho com dois dedos. Depois meteu o dedo do meio na minha bucetinha e fez um entra e sai delicioso. Depois dois dedos e quando estava bem molhadinha e relaxada consguiu enfiar o terceiro. Quando ele tirou o calção eu entendi porque ele me preparou tanto: seu pau era ENORME!!!! Grosso pra caramba e cheio daquelas veias grossérrimas. Que delícia de cacete!!!

-Já provou um desses? Então abre a boca!

Ele me fez chupar aquele caralho delicioso e disse que não ia gozar na minha cara porque isso ele só fazia com as putas. Depois disse que queria provar do meu mel e caiu de boca na minha bucetinha.

Depois de chupar bastante metendo aquela língua deliciosa ele disse que já era hora do meu cabaço ir embora.

- Abre essas pernas que eu vou desvirginar essa bucetinha gostosa!

Eu abri as pernas me contorcendo de tesão e ele encostou a cabeça daquele pau na minha bucetinha. Me segurou pela cintura e eu dei um grito de dor quando ele meteu tudinho de uma vez sem dó.

-Ai, que delícia! Adoro tirar um cabaço! Encher meu pau de sangue dessa buceta apertadinha!

Deixou um pouquinho parado para eu poder me acostumar e logo começou a bombar devagarinho.

Eu comecei a pedir mais e mais e ele começou a bombar cada vez mais forte me levando ao delírio.

- Ta gostando, né safadinha! Então toma, gostosa, toma o pau do seu macho. Adoro essa bucetinha apertada. Vai arrancar o couro do meu pau!

-É? Então come! Come essa bucetinha que você adora! Vou ser sua putinha hoje! Mete tudo, mete, vai!!!

Você quer ser minha putinha hoje é? Então é assim que eu vou te tratar! Vira de quatro!

-No cuzinho não!

-Tá bom! Na bucetinha, mas de quatro, igual uma cachorra!

-Então vem meu cachorrâo!

Fiquei de quatro e ele meteu com força.

-Que bunda mais gostosa!- Disse ele dando uns tapinhas.- Toca uma siririca pra mim, toca.

Coloquei dois dedos no meu grelinho e toquei a siririca mais gostosa da minha vida sentindo aquele cacete enorme entrando e saindo.

Não agüentei esperar mais e gozei deliciosamente. Eu olhava pra baixo e via meu melzinho derramar na areia. Fui apertando mais a minha bucetinha pra agradar ele até que ele não agüentou mais:

- Agora eu vou encher essa bucetinha com a minha porra!

- Não! Goza fora que eu tenho medo de engravidar!

- Adoro quando você fica com medo. Sua bucetinha fica ainda mais apertada. Mas tem uma coisa... mulher minha não sai sem porra não.

Então ele me segurou com força e gozou dando um grito de prazer. Senti aquela porra quente dentro de mim e o pau dele pulsando ao sair. Mesmo já amolecendo ele me fez chupa-lo novamente. Depois abriu minhas pernas e ficou vendo a porra escorrer e bolinando a minha bucetinha, me chamando de gostosa, de vadia, de safada.

Passei dois dias com minha bucetinha inchada de tanto ele bombar, mas valeu a pena porque foi gostoso demais.

Isso já faz uns dois anos e logo eu volto trazendo outras deliciosas histórias que vivenciei com meu amigo desse dia em diante.

Comentários

FFB
26/05/2017 01:09:05
Minha primeira transa com minha melhor amiga foi escondido pois ela so tinha 14 anos e eu 16, ela é branquinha cabelos longos e ondulado tamanho normal ''linda'' continuando...como era escondido eu não podia leva ela pra casa então marquemos de mata aula pra ir para uma casa que tava abandonada antes dela aceita eu sempre falava minhas experiencias pra e deixa ela com muito tesão, ao chegar na casa nós conversamos um pouco pois ela tava com vergonha '''Não vou dar detalhes do que aconteceu''' mas fiquemos quase 3hs fazendo sexo nessas 3 horas ela ela gozou de 3 a 6 vezes e eu como sou muito demorado para goza, gozei apenas 2 vezes...Quem quiser saber mais é so procura http://facebook.com/FelipeFurtadoBaia que eu fala tudo detalhe por detalhe, obs: a segunda gozada fui na segunda rodada na mesma hora
14/09/2009 19:39:08
valeu, Manu Mendingo! então dá uma olhadinha em outro conto meu "Meu melhor amigo me fodeu denovo"e vê se aprova o que meu amiguinho safado andou aprontando...
06/09/2009 01:32:38
Conto firmeza essa seu =] Ah, vo confessa 1 coisa, eu tbm naum tiro fora pra goza naum, mulher minha tem q leva porra
26/08/2009 03:10:48
bom conto, ele somente deveria ter aproveitadu mais essa oportunidade,q tava tendu nas maõs;..
26/08/2009 00:51:31
OoO invejaa... minha primeira vez foi um desastre total !!! mas inda tenho a esperança de que as próximas sejam melhores!! Contoo delicioso o seu!! Amiguinhoo danadoo!!
23/08/2009 18:40:36
ehhh amiguinha safada ehhhrsrsrs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eróticos dei pra estranhos pelo buraco na paredenovińhas xvideo gozando sem fazer parulhosexo ela nao quis da so acariciarcalcinha rendada minha mãe que me inicioucontos e histórias de pai tarado não aguentou e comeu a filha de sete aninhos gostosinhacomendo duas verdinhas muito deliciosa dos busão sexo e do r**** e dos peitãoxvidio enfinhei ate otalo e gozei dentroconto porno gay. bullyingbucetaque tenham o monte pubiano volumosoComtos casadas fodidas na cadeiacontos eróticos da esposa pegou a amante na cama e castigoumachostesudotia camisola sem sutiaDEI PARA MEU FILHO NO SOFAolha amor que jeba gostosamoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nuvidio eline falando seu nome eem qunto fode vidio pornoporno abordado da égua rapazMulher gostosa dw vestinho coladinhos fudendocontos de mulheres que virao cenas de casais transando e se masturbarao contos eroticos A Dama e o Bruto gatinha. trepanfo. pau. 50. citimetrumamãe dar a buceta para mimas encoxada só coroâs videosporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delaporno contos pelo zpContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhopés chulé contoConto erotico.no cuzinho da caderantevanessinha dias/casadoscontosComi a garota tolinhalangonha conto heterovvgg sexoirmao sacana espera sua irma dormir para abudar dela coloca seu pinto na boca e gosaBem novinhas apertadinhas fudendo com coroas dotados sentiu dor no zap zaptransandp no presidio com a maiencoxada casa dos contosEm Família: Parte 1 Autor Sr G casadoscontosgretchen mua chopano 2007adorocuzinho cabacoDhcs xvideoso vídeo de um homem e uma mulher dançando pelada com botãozinho para minha boca sem travar para não escolher se eu quero ou não aquele é minha nota porfavor aquele pretoBuceta criando pentelho fudendo brasileira adultaesposa casadas bunda ggg pertinho gostosocontos erotico eu e minha mae fodida por um roludonorinha ve o pau do sogro duro e faz sexo com eleconto erotico sou tratada como puta pelo meu sogro ele adora me chingarenteada madura mamou rola do padrasto contosbucetuda xoxota acucaradapredador de viado contos eroticosAbrir filme de sexo caixa de molho tirando a virgindade das moças de 18 anos gostosacontos as calcinhas da minha sobrinha branquinhacontos por causa do meu picao fude todas amigas da minha mãepapai da pica grossa tirou meu cabacinho e eu gozei gostosoconto no cinepornoela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafopraticante de zoofiliamulher buceta apertada chora fudendo ç negro dotadohomens passando o dedo na buceta das mulheres e elas alteradasxvideos comedo uma mele buchudaver uma crente casada casano um pauzudo pra dar o cuquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidascontos veridico de incesto nora fode com seu sogro bem dotado pra pagar dividaContos eroticos minha mulher e minha irma dividiram a piroca enormepornor doido homem batendo poleta no banheiroconto gay virei namorado do tio viuvoefaç de porncontos eróticos chorei gritei esperneei mas aguentei tudo no c*Conto erotico gay o bom filho a casa torna capitulo 10ela cagou no meu pau conto erotico