Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Diário de uma vida incestuosa - Uma punheta com vovó

Autor: Led2006
Categoria: Heterossexual
Data: 27/08/2009 12:16:38
Nota 9.56

Depois de ler vários relatos sobre incesto, resolvi escrever o que se passou na minha infância, ou seja, uma adolescência incestuosa, onde aconteceram diversos fatos que mudaram minha vida para sempre, poucos tiveram a chance de passarem por tantos acontecimentos que muitos condenam, mas duvido se na puberdade ninguém se imaginou transando com a mãe/pai, tia(o), irmã(o)etc.etc. Este Diário é o meu, acontecimentos de uma vida incestuosa.

Tudo começou nos meus 16 anos, morava no interior de São Paulo, numa chácara, isto já faz 26 anos, hoje estou casado com 42, mas apesar de terem se passado alguns anos, ainda guardo na memória aquele momento.

Morava com meus pais e minha avó, mamãe com 39, papai com 42, vovó com 63 anos, eu estava no auge, o tesão a flor da pele, virgem, louco para dar uma trepada, mas naquela época e ainda por cima morando no interior tudo era mais difícil.

Batia várias punhetas, imaginava trepando com várias meninas, até que um dia minha mãe passou a povoar meus pensamentos.

Tudo aconteceu ao levantar-me, papai já havia saído a trabalho, vovó dormia, dirigi-me ao banheiro, ouvi o barulho do chuveiro, era mamãe tomando banho. Parei diante a porta, pensei, olhei para a porta, a fechadura de antigamente a chave era grande e por sorte a do banheiro não tinha, havia apenas um trinco por dentro para travar.

Meu coração acelerou, pensei em espiar e olhar mamãe no banho, não pensei duas vezes, ajoelhei-me, nunca havia presenciado tal cena, subiu um arrepio pelo corpo ao ver mamãe sob o chuveiro, ’ nua, ensaboando o corpo, meu pau subiu imediatamente, instintivamente abaixei meu calção segurei-o e comecei uma punheta cadenciada, maravilhosa, fazendo minha mão subir e descer, cobrindo e descobrindo a glande, causando um tesão incalculável, olhava fixamente pela fechadura, rosto colado a porta para não perder uma cena, um movimento, olhava para o corpo de mamãe com seus 39 anos, uma delícia, seios grandes, mamilos pontudos, dava para ver que estavam eretos contrastando com suas auréolas também nem tão pequenas, suas nádegas grandes, mas não exageradas, estava de lado uma das mãos nos seios a outra entre as pernas passando o sabonete, estava louco de tesão, até esqueci que se tratava de minha mãe, de repente ela virou-se ficou de frente, só aí vi como era peluda sua boceta e dava a impressão de ser enorme, talvez pela grande quantidade de pelos, percebia que eram aparados na virilha, bem cuidada, mas o triangulo que se formava era espesso, segurava para não gozar, tamanha minha excitação, parava os movimentos de vai e vem que fazia com as mãos, tentando retardar ao máximo meu gozo.

Percebi que mamãe apertava os seios e continuava com a mão entre as pernas, só aí percebi, estava de olhos fechados, seu rosto transparecia uma excitação, não acreditei, estava se masturbando.

Estava atônito, meu tesão aumentou, acelerei os movimentos, iria gozar junto, não via mais nada em minha volta, meu erro, esqueci de vovó, sentia meu pênis inchar estava quase ejaculando, ouvi uma voz ao longe, mas na verdade estava bem atrás de mim, era vovó, tocou me ombro com a mão, quase desmaiei, puxou-me pelo braço, notei em seu rosto um ar de ira, talvez pela cena presenciada, o neto espiando a filha ( a própria mãe) e se masturbando, acho que era muito prá sua cabeça.

Levou-me para o meu quarto, fechou a porta, a esta altura meu pau sumiu, tesão acabou, minha voz não saía apenas ouvia a voz de vovó, que apesar de brava não xingava, falava calmamente.

- BETO! (meu nome) SEI QUE VC É JOVEM, E SENTE DESEJOS, MAS ESPIONAR A PRÓPRIA MÃE! ISTO PASSA DOS LIMITES!COMO PODE FAZER ISSO?.......É UMA FALTA DE RESPEITO!.VOU TER QUE CONVERSAR COM SEUS PAIS!

Não proferi uma palavra, fiquei quieto, esperando o desfecho, virou as costas e saiu batendo a porta, não mais sai do quarto, fiquei esperando mamãe entrar, gritando, fazendo escândalo.

A porta do quarto abriu, vi a sua silhueta, pensei: - É AGORA! ESTOU PERDIDO! Ouvi a voz de mamãe:

- BETO! Não respondi, chamou novamente: - BETO! ESTÁ DORMINDO? NÃO VAI CHEGAR ATRASADO A ESCOLA! ESTOU SAINDO, MAS VOLTO ANTES DO ALMOÇO! Beijou-me o rosto e saiu..

Respirei aliviado vovó não havia dito nada, pelo menos por enquanto.

Mas minha calma não durou muito, vovó adentrou pelo quarto e parou diante a cama, olhou-me fixamente nos olhos por algum tempo, sem nada dizer.

Não conseguia fixar o meu olhar ao dela, meus olhos baixaram e percorreram seu corpo estático, notei algo estranho, só agora tinha percebido, estava de camisola e pela claridade que entrava pela porta dava para ver sua silhueta, estava apreciando e analisando aquele corpo maduro, quando falou: - E ENTÃO BETO! O QUE VOCÊ TEM A ME DIZER?...VAMOS FALE! SEI QUE VOCÊ É JOVEM E SENTE DESEJOS, MAS TEM QUE SE CONTER!....NÃO PODE SAIR ESPIANDO A TODOS POR AÍ!VOCÊ TAMBÉM JÁ ME ESPIONOU.. É CLARO QUE NÃO SOU VELHA! NÃO IA QUERER PERDER TEMPO!

Não sei o que aconteceu, mas as palavras saíram sem pensar:- CLARO QUE NÃO VOVÓ! A SENHORA É LINDA! .... TEM UM CORPO BONITO!A ACHO MUITO BONITA!

O que veio acontecer, nem eu acreditei na hora, vovó sentou-se aos pés da cama, colocou um a das mãos em minhas pernas e acariciou-a levemente.

Subiu-me um arrepio pelo corpo ao sentir aquela mão tocar-me tão carinhosamente que senti meu pau começar a levantar, estava com tanto tesão que qualquer coisa me levava à loucura, como dizem: MATANDO CACHORRO A GRITO!...Doido para sentir uma boceta.

Vovó continuou acariciando minha perna dizendo: - AH! QUER DIZER QUE O NETINHO ACHA A VOVÓ BONITA?...Respondi: - SIM, VOCÊ É LINDA!

Sorrindo disse: - MAS JÁ PENSOU EM MIM QUANDO ESTÁ.....VOCÊ SABE O QUE!.

Meu nervoso já não mais existia conversava tranquilamente com vovó e notei que a conversa estava esquentando, e coloquei lenha: - CLARO QUE JÁ!...COMO DISSE A ACHO LINDA.... UM CORPO BONITO!..MAS A RESPEITO MUITO!

Sorrindo, chegou mais perto de mim, olhou-me e disse, sem pensar duas vezes: - QUER QUE A VOVÓ TERMINE O QUE VOCÊ COMEÇOU? Não havia entendido direito, mas logo que pronunciou as palavras pousou suavemente a mão sobre meu pênis e apertou, sorrindo disse: - DEIXA A VOVÓ TERMINAR! O NETINHO NÃO PODE FICAR ASSIM, FAZ MAL.

Após apertar levemente meu pau, retirou a mão e ficou me fitando, parada, os olhos não mexiam, olhávamos estáticos um ao outro, meus pensamentos estavam longe, subitamente voltei a realidade, notei o rosto de vovó pálido, ao mesmo tempo rosado, parecia estar arrependida pelo que fez, eu estava adorando, dava prá ver meu pau armando o circo.

Mas para minha alegria não parou por aí, senti vovó segurar meu bermuda e puxar pelas minhas pernas até tirá-lo, em seguida fazendo o mesmo com a cueca, meu pau saltou duro, o tamanho não fazia vergonha uns 17cm, grosso e cabeçudo, parecia um cogumelo.

Vovó olhou como se há muito tempo não via um cacete, e estava certo, não via mesmo. Estava com um sorriso nos lábios, segurou meu pênis e disse: - COMO É LINDO, GRANDE E GROSSO. DELÍCIA!.......A VOVÓ VAI FAZER BEM GOSTOSO!....VOCÊ VAI ADORAR!

Senti sua mão subir e descer levemente, subiu um arrepio pelo corpo, um tesão nunca sentido, sabia que não iria agüentar muito tempo, meus testículos doíam de tanta excitação, realmente tinha que me aliviar.

Vovó curvou-se e beijou a cabeça do pênis, tentei empurrar sua cabeça de encontro ao meu pau, para tentar fazê-la chupar, não deixou dizendo: - HOJE NÃO! VAI SER SÓ UMA PUNHETINHA!.....SE O NETINHO SE COMPORTAR, AÍ SIM VAI GANHAR MUITA COISA! E sorriu.

Fechei os olhos, mas em seguida os abri, não queria perder uma cena se quer, a mão de vovó continuava a apertar meu pau, subindo e descendo levemente, cobrindo e descobrindo a glande, me arrancando espasmos de prazer.

Ouvia a voz de vovó:- ESTÁ GOSTANDO MEU NETINHO?..VOVÓ VAI LHE DAR MUITO PRAZER!...QUANDO FOR GOZAR AVISA! Eu falava palavras inter cortadas por gemidos: - ISSO VOVÓ! APERTA!...PUNHETA BEM GOSTOSO! VOU GOZAR PARA A SENHORA! ISSOOOO! TESSSSÃÃÃÃÃÃÃOOOOO!

- AH! O NETINHO ESTÁ GOSTANDO! ESTÁ SE SOLTANDO! ISSO FALA! FALA PALAVRÃO VÓVO ADORA OUVIR! DEIXA-ME COM TESÃO!

Foi acelerando os movimentos, já não agüentava mais, meu pau estava estourando de duro, meu tesão aumentava a cada movimento, sentia meu cacete inchar cada vez mais, estava prestes a me esporar todo, mas queria prolongar ao máximo aquele momento, notei a mão de vovó entre as pernas, se masturbando, seus olhos abriam e fechavam, tremendamente excitada, uma senhora de 63 anos, safada e com o tesão a flor da pele, arrisquei um pedido: - VOVÓ TIRA A ROUPA! DEIXA TE VER NUA! DÁ PRÁ MIMK VOVÓ! DEIXA TE COMER?

- NÃO! JÁ FALEI! HOJE VAI SER SÓ UMA PUNHETA! MAS VOU SER BOAZINHA COM VOCÊ? VOU FAZER VOCÊ GOZAR BEM GOSTOSO!, Curvou-se e engoliu meu pau praticamente todinho, senti sua garganta, balançou a cabeça de um lado para outro, me arrancando gemidos, me fazendo retorcer na cama, mas para minha tristeza voltou a me punhetar. - VIU MEU NETO? VOU LHE DAR MUITO PRAZER AINDA!..MAS COMO DISSE SE FOR BONZINHO! Não podia mais esperar, queria gozar, pedi para vovó ir mais rápido que estava quase gozando: - ISSO! VAMOS MAIS RÁPIDO! VOU GOZAR! CHUPA MINHA ROLA VOVÓ! ENGOLE MINHA PORRA!

Não tirava os olhos do meu pau, punheta rapidamente enquanto sua mão se movimentava quase com a mesma rapidez entre as próprias pernas, se mexia, estava quase gozando também, soltou um gemido alto e estremeceu PR[aticamente soltou meu pau, a filha da puta estava gozando, e parou a punheta na melhor hora, fiquei olhando aquela cena que me acompanharia por toda a vida,

Vovó respirava ofegante de olhos fechados sentindo os últimos espasmos, voltou à realidade depois de alguns minutos, olhou-me e disse com um sorriso safado nos lábios: - AGORA É SUA VEZ, MEU NETO, QUERO TODA A SUA PORRA!

Agarrou meu pau e começou uma punheta querendo arrancar minha porra rapidamente, eu me contorcia, minhas pernas estavam rígidas, parecia que estava levando choques, ia gozar, vovó percebeu, era safada. Entendia tudo, soltou meu pau novamente, tirou os seios para fora, nossa eram grandes, mamilos enormes rígidos pela excitação, aureolas escuras, quase desmaiei de felicidade, estiquei a mão ela tirou e repetiu novamente: - NÃO HOJE SÓ A PUNHETA! E RIU!

Tive vontade de a mandarela tomar no cu, porque judiava assim de mim?

Começou novamente a punhetar agora praticamente com os seios encostados ao meu pau:- VAMOS NETINHO! GOZA! VAMOS! DÁ SUA PORRA PRÁ VOVÓ!

Praticamente gritei: - VOU GOZAR SUA PUTA! VAI TESÃO NÃO PARA! TOMA MINHA PORRA!

Senti meu inchar, o primeiro jacto, acertou o rosto, vovó colocou meu pau entre os seios, e os apertou fazendo uma espanhola maravilhosa, minha porra saia com tanta força que batia no queixo, escorrendo pelo pescoço.

Estava louco de tesão, nunca havia gozado tanto, foram vários jacto de porra, espessa, viscosa, parece que nem vovó acreditava. Um prazer nunca sentido, não queria que parasse, mas tudo que é bom dura pouco, meu pau doía, vovó enfiou na boca e lambeu toda a porra deixando-o limpo.

Sorriu e disse: PRONTO MEU NETO! PROMETI O QUE PROMETI! FOI UMA DELÍCIA! DÁ PRÓXIMA VEZ, VOU LHE DAR UM PRESENTE ESPECIAL, deu-me- um leve beijo nos lábios, e disse:

- DEIXA ME LAVAR! VOCÊ ME DEU UM BANHO! NUNCA VI TANTA PORRA ASSIM!

Apenas olhei pra o seu rosto, seios e pude ver, realmente era muita porra, estava toda melada, relaxado e mais leve agora, apenas fechei os olhos e adormeci. CONTINUA. [email protected]

Comentários

12/09/2010 02:19:24
Você é um neto e tanto! Que tesão...
11/04/2010 19:38:30
Deu tesão. me deixou de páu duro, esse já é o quarto conto que leio, as bólas do meu saco estão doloridas! To com uma vontade louca de comer um cú! Já comi o cú da minha mulher hoje de manhã, ela ainda se queixa de dor, é que meu páu é grande e grosso! To com ele pra fora, e estou masturbando ele, daqui a pouco vou gozar, e esporrar tudo no chão!
29/01/2010 16:17:25
Adorei.Que pena que eu nao tenho uma vó.
19/12/2009 20:33:14
sensacional, incricel, quase gozei nas caçsa
28/09/2009 17:05:26
Quase gozei, espero muito mais, parabéns.
28/09/2009 17:04:47
Quase gozei
05/09/2009 01:45:31
muito bom, adorei, vamos para a continuação...
yen
27/08/2009 15:49:15
Legal
27/08/2009 13:23:48
Bacana!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


casa dos contos eroticos evangelicaporno secretaria aser estupprada no escritorio e gozada dentro da vagina sem ela querertravestd nusvideos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcasou virgem porque meu tio so chupava minha bucetinhamamae nao suporta rola do amante na bucetagay transando de songaprofessora safada falando putaria pro donzelocomtos exitantesfei a buceta pro meu primo mais novo contos eroticosquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****tadinha chorou pra na da o cu xvidiox cabacofoto pai fudendo com filha filho fudendo com mae e irma todas meladinhas com bastante punhetada e gozada na caracompetição de nudismo pintudos mais cabeçudoconto erotico amamentando velho negrovideo de mae assustada com o tamanho do cassete do filhocontos pornos comadres morenasoca no meu rabo na buceta e goza na minha boca video pornôcoroa e varoa safadamulher esculhanbando is outros no comentario do nariz thifanycontos de sexo com meu pai metiii vaii issoconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorconto de rasgaro meu cuzinho virgem com a pica grandecenasexocom visinhaporno contos pelo zpcontos,eroticos,de,gays novinhos sendo estuprado por jovens craquesContos eróticos gay meninos maldososAssiti pono meu pai mim comer e meu irmao tb eróticocontos porno gay "meu novo amigo e eu"contos eróticos sogra pediu pra ver minha rolawwwxxvideo filhinha meche o bumbumvideos de ninfetas transando com irmai anbos osdois novinhosAonde tu não me debruço no tapete XVídeoscontos eroticos com fotos madrinhas coroas com novinhos roludosquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosmagrinhas soquem pauzao. de 30 cm mulher amarrada e sendo torturada pica do dotadonegaopau grande e grosso porno so com novinhas sendo cruelmente aregacadaxvideos nao resisti ao padrasto dotado q fode sem do ela gemendo muitoFredzoo pornoseja ativo dia 27 estarei vídeo pornô adoro que você vai vir te dariavídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhoos cara chegaram passando a mao na gostosa depois fuderam ela porno a.focaquero assistir vídeo de sexo de patricinha filha de empresário rico trepando com namoradomulher toma susto com rola bucetas molougostosa infia bolinha explovisa na buceta e vai treparContos um caderante estrupou minha bucetaContos eroticos socaram a rola na buceta da minha esposa e a engravidaraorelatos.picantes arebentou cabaco da novinha com muito choro pau grandeChupadoras mãe e filhinho contoseroticoscomo e a sensaçao de fazersexso pela primeira vezvideo porno inedito de mulher gozando descontrolada no vibradorconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelaMeu marido era louco pra me ver com uma picona toda socada dentro de minha buceta e na minha bunda e eu fiz sua vontade!filme de sexo pura selvageria de chupar e chupar agressivo mesmosobrinha contocontos eroticos minha esposa fodendo com meu sobrinho menor de idadecontos erotico mestre de obra.pausudchupou a buceta da india ate ela gozarfudeu a buceta lozinha da mamaeconto cracudo noiado gay contonovinha fechar o olhos e faz biquinho pra levar gozada na caraMeu marido é um corno e viado do primo delex vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadogemendo que vai cagar enquanto toma pica no cuviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou imagem de prima novinha e pequena mostrando o priquitinho para o seu primo novinhoflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contosxvideos o chifre mais bem tomadovidio disexe porno yotubevideo. pono mulheres guichado porra de tezaocazal maduros mamado jutos uma picaporno pagando dívida com a mulher e a mae5 contofilha minha femea contopauzudo passando a vara no meninocontos eroticos vovôvideu di pornor comendo de clatocontos eroticos/comeu novinha peludinhaporno pradrastro bebo fosando a em teada fode a fosaporno novinha foi cariciada na escola contosReta do Pedreiro Pelado Heterosexo pregando no fagarvidio porno tio me cumeu na varanda do quintauWxvidios velha trepando com seu trazeiraofilha fica brava ao levar gosada dentroleitinho do papai contos gaymulheres bostas scatcontos eroticos me entreguei p meu genro k me fez d putaconto erotico nora carenti fudendo cm sogro pirocudovideo d masoquismo sensacao gostosa fortrd caricias q causam dor e leva ao orgasmo video completoContos eróticos gay 'ñ faz isso comigo'Contos Gays Sobre Valentoes : Casa Dos Contosme empreste magrinha abrindo a b***** com pau enorme do negãomelhores meninas de porno prima com avô de 50 citimetrocalçinhas dentro dos reguinhos da buceta e do cu