Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

como tudo começou

Categoria: Heterossexual
Data: 12/08/2009 14:08:15
Nota 10.00
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Como tudo começou

Sou um tarado por sexo, tenho 38anos e muito vigor e admiração pelas variáveis do sexo,sou casado e amo muito minha mulher, mas isso não impede que eu a traia de forma contumaz, um sentimento de traição me persegue depois, mas isso não vem ao caso, neste instante.

Quero relatar como começou esta obsessão pelo sexo e os detalhes que me tornaram o homem que sou.

Era o ano de 1976, tinha eu apenas 6 anos de idade e uma empregada doméstica chamada Marlene,deixe eu descrevê-la como me lembro.

Ela era negra, de aproximadamente 15 anos á época, com peitinhos normais e sua bunda grande, magra, cabelos e os olhos pretos.

Trabalhava e morava em minha cas por que seua pais não tinham dinheiro para sustenta-la e minha mãe com pena a trouxe para casa e a usava como domestica, pagando um salário e levando-a a escola no período noturno.

Durante o dia minha mãe trabalhava e Marlene ficava conosco, eu meu irmão e minha irmã.

Meus irmãos ainda iam para ao maternal e eu estudava pela manha no primeiro ano, voltava sempre as 11 horas pois era pertinho de casa e em Brasília não havia muito como se perder em suas ruas retas.

Chegava em casa e almoçava com Marlene e esperava ate as 17 horas pela chegada do resto da família.

Mas um dia algo diferente aconteceu, vi Marlene muito nervosa, como se tivesse com problemas, fiquei olhando e a vi pegar o dinheiro que minha mãe deixava para emergências, ela nunca me deixava só e neste dia ela disse para que eu esperasse que ela iria ali e já voltava, eu disse que queira ir também e chorei, não teve remédio, me levou.

Ela desceu do apartamento onde morávamos e encontrou com um homem. Ela pediu para que eu ficasse no canto de uma pilastra escondido para que ninguém me visse e que já voltava, obedeci e ela se enfiou em um vão de escada que era pouco utilizada pelos moradores.

Claro que minha curiosidade e meu medo de ficar só me levaram a segui-la e foi lá que eu quietinho pude observar minha primeira experiência de voyeur.

Marlene pelada estava com as mãos encostadas á parede, arrebitando a bunda e o homem pelado por trás a comia com força, sacolejando seu corpo, com barulhos e gemidos que eu já havia escutado antes no quarto de minha mãe quando uma vez me escondi no guarda roupas dela.

O homem parecia siderado, tirou o pau da bucetinha dela e a fez chupar, ela ajoelhou e começou a lamber o pau dele de uma forma como se estivesse lambendo um sorvete, e depois enfiava na boca ate o fim, ele então arqueou as costas e começou a grunhir e arfar gozando na cara e nos peitos dela, me retirei e voltei ao meu esconderijo inicial, esperei por cerca de 30 minutos, senti um cheiro muito forte, como se estivessem queimando mato e descobri muito tempo depois que era maconha.

Depois de algum tempo ela me levou para o apartamento e pediu segredo sobre tudo que eu havia visto, mal sabia ela que eu havia visto muito mais do que ela julgava.

Depois de alguns dias, aquelas imagens não saiam de minha mente e me sentia estranho ao pensar nelas, dava um calor tão bom na parte de baixo do meu corpo que me sentia entorpecido, foi quando toquei no pintop e ele respondeu, uma sensação de prazer me invadiu e eu não sabia o que fazer, ficava lá so olhando e pegando nele, ate que cansava e guardava.

Depois de uns 10 dias do ocorrido Marlene novamente parece nervosa e agitada e novamente o mesmo homem estava lá a cena se repetiu, só que desta vez o cheiro de mato queimado foi logo no inicio.

Mas desta vez algo deu errado, ao me esconder para observá-los trepando derrubei uma lata de tinta e eles me viram, marlene se apressou em me repreender e me levou para fora do local onde estavam, ameaçou me bater e eu ameacei a ela também se me bater eu conto tudo para minha mãe.

Ela fez o que não se pode fazer frente a uma ameaça, recuou e disse que estava udo bem e que me levaria pra comprar doces em um mercadinho perto dali, que era so esperar um pouco, o homem saiu do lugar onde estava e veio falar com ela e pude ouvi-lo dizendo que voltava outro dia que tinha que ir.

Ela ficou com cara de poucos amigos e discutiu com ele, eu só na minha sai de perto e fui andando, ela largou o homem lá e veio atrás de mim e me levou realmente para comprar doces, sô que ela não comprou, ela roubou os doces e eu vi, pensei mais um segredinho.

Ela passou o resto da tarde nervosa e no dia seguinte após eu ter chegado da escola, me chamou para almoçar e disse que estava com vontade de lavar o banheiro e se eu ajudava a ela, eu disse que sim.

Ela então ensaboou o chão com muito sabão em pó e tirou a roupa mandando que eu ficasse totalmente pelado, nunca tinha visto uma mulher pelada, mas adorei. Ela então deitou de costas no chão ensaboado e mandou eu ir por cima dela e encaixar o piruzinho na xana dela. Adorei meu pinto em formação ainda não tinha as dimensões que tem hoje, mas endureceu ante a novidade e ficamos ali ela me ensinanndo comofazer e deslizando no sabão, lavamos o banheiro e ela me levou ao quarto dela .

Mandou que eu deitasse e ficou passando a buceta na minha cara, mandou que eu colocasse a língua para fora e ficasse com ela dura, obedeci e senti um gosto tão bom e um cheiro gostoso de fêmea no cio, chupei ate não poder mais e depois ela me chupou muito e as sensações eram muitas mas estranhamente não gozava, e ficava alucinado.

Tornei-me seu escravo pessoal e sexual, fazia tudo que ela me mandava, desde buscar pequenas coisas na padaria até chupar sua buceta até que ela gozasse.

Jamais falei ou falarei a minha mãe sobre o que aconteceu naqueles dias de infância e nos outros da adolescência, pois Marlene ficou conosco por mais de 5 anos e ficará em minha mente por toda a minha vida pois devo a ela parte do sucesso que consegui em minha vida sexual, mas com certeza devo a ele a minha adoração por negras e por adorar chupar bucetas.

espero que gostem

Comentários

12/08/2009 15:09:03
Ou REDCAR vc gosta de tudo, nunca vi vc dá uma nota baixa, um texto ruim, uai tudo bem.
12/08/2009 14:59:41
muito bom gostei

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


XxvideosVizinha gostosa de shortinhomulher com priquito grande fazendo sexo com Renata tudo mudassecontos erotico meu pai tem o pau iguau d um cavalo e mi fudeuveterinaria zoofilia conto eroticovídeo pornô de mulheres que não aguentaram levante 4 cenasmorena boa tocando punheta pro cadavercontos eroticos feminizaçao do garotinho maecontos eróticos os melhores eu e minha esposa recebemos uma visita de um casal de idadeposo enchuga o meu priquitominha mulher domestica comida pelo cacetudocontos eróticos eu e meu sobrinhocontos eroticos minha irma novinha peidou quando tirei o cabaco delamulheres mortas com a bucta scheia de porraEu tava em casa com meu amigo no sofá ai minha esposa saiu do quarto peladinha ai ela deu a buceta a nois dois casa dos contosmagrinha chego trme na picaggFamília Sacana Tufos -comendo as irmãs safadinhascú do neltinho arrombadocorno prefere se masturbarabraçando por trás incesto relatocontos buc branca cacete 40cm foto corno otário ao extremo contos eróticosver somete vidio duas pica grade na buceta virger saiu sangeXVídeos n****** com dente black power cabelo black power metendoo coroa nos comeu contovizinha fudendo na hora do almoçocoroas de fio dental tão cheia de tesão Cheguei cheguei escorregando pela sua b*****contos na despedida de solteira dei pro negao bem dotadovideos porno amador fiz minha prima dos labios carnudos mim mamarcontos eroticos A Dama e o Bruto imcesto com papai ele meteu sua pica grande tudo na minha bucetinha novinhatinha pocos pelosxxx bunda grandeconto em familiaMENiNO TIRAN DO OCHORTESmenino menoridade inocente porno gayxvidio homem velhoe mulher bem velha tranzandojantar em familia mulher senta no colo do marido e começa a transar sem a familia desconfiar pornoporno paudentri da bucetamasturbados na camdoce nanda contos eroticosgosto de tomar leite de homemchupando o grelo de uma loira mulher chupando beijo tchaucontos erotico pegando a mulher no flagratava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contosfudendo esposa e a mae delacontocontos mulher de amigo short coladosossegado sexo mulher cornocontos casada chantageada pelo porteiroquero baixar pornô novinha sentada no sofá completando campainhaabusando sarrando a coroa velha contoberoticoporque o quando nomoramos os homens ficam pegando na bunda da mulherincesto com meu vô contosMinha namorada seduzida pelo papo do pagodeiro contos de mulheresbonecadoprazecontos erotico curvada frente namoradoafrouxou fundo um cuvídeo sexomoleque aquijaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratisbuceta da novinha tufadinha bucetao deitado de ladomulheres que sentem desejo sexual por cavalo zoofiliacontos de fio terra e straponmulher pensa que a amiga é mulher mas é um travesti com um pau bem groso e vai dormi com ela em casa e acaba temo um supresa e transa pornocasado sendo penetrado no seu cuzinho pelo amigo,devagar e suave.negão barbarizou a novinha de bruçosChupadoras mãe e filhinho contoseroticoshttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branqueloconto erotico gay vagejada capvideo dondoca e maridi bisexualContos eróticos: Rabetao da minha sobrinha sarrando na minha picapegei minha tia no banho buseta carnudabucetinha novinha estralandoxvideosgostosas não aguento melo pau de merdacontos de crossdresser forçadovidio porno de uma mulher tirando aroupa bem relaadamente para faz xexocavalo fudendo mulher com estorcada forteengolindo porta no ônibus na viagemcontos erotico chantagiei e depilei minha sograTitio gozando nas minhas tetinhas contos eróticos