Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

na minha casa ass: Ana

Autor: Lycan Lestat
Categoria: Heterossexual
Data: 21/09/2009 16:44:20
Última revisão: 30/01/2010 11:55:11
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A minha fantasia começa mal, mas acaba muito bem. O Fábio foi visitar um familiar que estava doente e este encontrava-se fora de Portugal se não me engano residia em França, ele convidou-me para eu ir com ele e com os seus avós, mas os meus pais não me deixaram ir. Não o vi durante 4semanas falávamos todos os dias mais do que uma vez, mas não era a mesma coisa, nos dias que se seguiram, eu tinha muitas saudades dele e masturbava-me a pensar nele, sonhava com ele e pensava em todas as nossas aventuras (mais parecia que estava paranóica).

Quando ele regressou, não perdi tempo e fui logo ter com ele. Passei esse dia inteirinho com ele, só me separei para voltar para casa (com muita pena minha), mas combina-mos que ele ia passar o fim-de-semana comigo em minha casa, infelizmente a minha irmã mais velha e os meus pais também lá estavam mas eu ia dar um jeito para estar com ele. Passados 2dias do regresso do meu amor, fui busca-lo e fomos para a minha casa mas demoramos algum tempo porque parávamos muitas vezes para nos beijarmos (abraçar não porque estávamos abraçados desde a casa dele), chegámos a casa e os meus pais e a Inês estavam à porta à nossa espera.

Os meus pais receberam muito bem o Fábio (eu estava com medo da reacção do meu pai, mas foi muito boa), passado algum tempo de estarmos em casa levei a minha mãe para a cozinha e perguntei se podia fazer lasanha (o meu prato preferido e o do Fábio também), a minha mãe disse que não havia problema porque por acaso estava a pensar fazer mesmo isso para o jantar, o meu pai levou o Fábio ao quarto e disse que podia estar à vontade e sem vergonha. Durante o jantar falámos de assuntos diversos e depois ajudámos a minha mãe a arrumar a cozinha porque o meu pai nunca ajuda e sou eu e a minha irmã que ajuda sempre a minha mãe, mas hoje a Inês também se aproveitou e foi com o pai para a sala ver televisão. Passados 30min estava tudo arrumadinho e fomos para a sala ter com eles, ao aparecer lá o meu pai foi buscar cartas e começamos a jogar os 5. Por volta da 00h fomos todos para a cama (cada um na sua, infelizmente), mas a meio da noite fui à casa de banho e quando entrei o Fábio ia a sair (que coincidência boa), puxei-o para dentro da casa de banho e começamos aos beijos, a minha língua não perdeu tempo e saltou para dentro da boca dele enquanto o meu corpo roçava no dele e a minha mão passeava pelo corpo todo dele até que agarrei o seu pau, com a excitação estava a crescer rapidamente, mas ouvimos barulho, o meu pai devia estar com insónias outra vez e então passeava pela casa até o sono vir, escondemo-nos e quando a costa estava livre fomos cada um para o seu quarto, mas sem antes darmos um beijo ardente em que as nossas línguas se tocavam eu aproveitei para agarrar aquele pau magnifico. No dia seguinte acordei por volta das 10h, passei pelo quarto de hóspedes e vi o Fábio a dormir, não aguentei cheguei-me ao pé dele comecei a passar a minha mão na cara dele enquanto lhe dava um beijo, até que não resisti mais e a minha mão foi descendo até encontrar aquele pénis gostoso, nisto ele acordou e disse: que forma tão boa de me acordares e eu respondi, fecha os olhos que ainda não terminei nisto baixei-me um pouco, coloquei o pau para fora e abocanhei-o que bom era senti-lo outra vez ele começou a gemer e a pedir que chupa-se mais rápido, foi o que fiz, mas tive de parar a minha irmã estava a chamar-me dei um beijo molhado ao Fábio e disse para ele ir tomar banho que o pequeno-almoço já estava na mesa.

Depois fui ter com a Inês, quando voltei para o meu quarto para acabar de me arranjar vi o Fábio a passar só de toalha, fiquei completamente molhadinha e com muita tesão só de imaginar a me perder novamente em seu corpo. Ao passar por mim piscou-me o olho mas não entrou no quarto achei estranho até que depois do Fábio passar passou o meu pai (ainda bem que não me agarrei a ele como estava pensando). Quase na hora do almoço vejo o Fábio com roupas que não eram dele, mas sim do meu pai achei estranho, mas não liguei e fui ter com a minha mãe até que eu pergunto onde ia o Fábio com o meu pai e ela reponde; o teu pai pediu ajuda a ele para repararem o carro (ambos na percebem nada de mecânica, mas adoram carros, mas não houve problemas o meu bebé é crânio em informática e viu como se fazia na internet, passado 2h estava o carro como novo), eu pensei depois do almoço ele é todo meu, mas não, ele foi com o meu pai a um lugar qualquer eu já estava fula, mas calei-me. Chegaram mesmo na hora do jantar, foram tomar banho (um de cada vez claro), vestiram-se e vieram para a mesa jantar. Até que depois do jantar algo maravilhoso aconteceu o meu pai explicou que durante a tarde o meu amor ajudou-o a escolher um anel maravilhoso para a minha mãe e até era bonito o anel, a minha mãe ficou toda contente adora presentes e eu também, fiquei triste e com ciúmes mas havia mais uma surpresa o Fábio também me deu um anel era lindo, saltei para cima dele aos beijos e depois é que me apercebi que estavam lá todos fiquei com vergonha, mas meu pai disse que daquela vez passava. Depois disto fomos ver um filme eu e o Fábio agarrados e tapados num sofá e a minha mãe e o meu pai noutro (a Inês não estava em casa tinha ido jantar fora com umas amigas). E aí o meu amor não se escapou como estávamos tapados com um cobertor eu passava a minha mão pelo corpo dele muito devagarinho e assim excitava-o e os meus pais não se apercebiam, nisto tiro para fora das calças o seu pau e comecei logo a punhetá-lo enquanto ele alisava a minha vagina e um seio que tesão meu deus. De repente o meu pai foi à casa de banho e logo depois foi a minha mãe, eu aproveitei e fui ao meu quarto despi-me o mais rápido que consegui e a seguir vesti uma mini-saia e um cai cai e descia a correr, quando meus pais chegaram um de cada vez eu já estava bem tapada e eles nem se aperceberam de nada. A esta hora eu completamente excitada coloco-me de costas para o Fábio, ele abraça-me e apercebesse que não tenho cuecas então com uma mão penetra o seu pau na minha vagina que o recebeu com muito amor e carinho ele quando me penetrou dá me 1beijo para eu não soltar um grito, movia-se lentamente para não sermos apanhados, eu nem queria acreditar estava a ser fornicada por trás mesmo em frente aos meus pais e eles nem desconfiavam, nisto o Fábio passa a mão por cima do cai cai eu baixo-o e ele repara que estou sem sutiã e agarra um seio começa a tocar no mamilo e quase ao mesmo tempo os meu pais levantam-se do sofá fiquei aterrorizada, mas eles desejaram uma boa noite e iam dormir que alivio. Esperamos um pouco e fomos para o meu quarto, chegamos lá tranquei a porta e o Fábio encostou-me à porta abocanhou-me um seio e enfiou aquele membro todo em mim como era bom sentir que as minha medidas estavam preenchidas era delicioso. Transcorrido essa acção não aguentei mais empurrei-o para o puff, sentei-me em cima daquele pau e comecei a cavalgar, estava com tanta tesão que pedi para ele me dar umas palmadinhas na bunda enquanto eu puxava a cabeça dele contra os meus seios, nisto o meu orgasmo começa a aparecer ele beija-me de maneira a abafar os meus gemidos e gritos. Ao que parece com aquele aparato todo o Fábio também não ia demorar a vir-se, mas antes ainda me comeu de gatas depois veio-se passados uns minutos como era bom e que saudades que eu tinha do meu homem. Descansamos e quando íamos recomeçar tudo de novo a Inês chega a casa eu deitei-me e o Fábio saio pela minha janela do quarto e entrou pela janela do seu quarto.

No dia seguinte acordamos bem cedo para fazermos mais loucuras antes de todos acordarem, mas quando acordamos já estavam todos acordados e prontos para o churrasco na casa do meu tio. Eu não sabia de nada apanharam-me completamente de surpresa, mas a churrascada será que ia ser boa?

Bem isso fica para o próximo conto

quem me quiser ajudar a melhorar agradeço

Beijos!!!

Comentários

12/01/2010 14:51:35
incrivel, vc é 10 sensacionla

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos erotico eu e minha mae fodida por um roludoassistir o filme de novinha metendo fazendo seu peito e trícepscontos eroticos casadas arrombadas por pauzudos super grossos e 25 cmhetero passivo conto reale ele bate o que Assumimos a bunda da irmãencoxou a mae na camamargarinas na buseta e no cucunhadinha linda gostosa me dando o cuzinho e gritando de dor e tezaoselinho no grelhoencontramos nossos vizinhos na praia do nudismo conto erotver conto erotico sob faxineiros velhos tarado e pirocudocontos eróticos menina dando o cuzinho vídeo safado mortalidadecomendo duas verdinhas muito deliciosa dos busão sexo e do r**** e dos peitãoconto homem velho estrupa guri pequenocoroas de fio dental tão cheia de tesão Cheguei cheguei escorregando pela sua b*****Contos erotico iseto tia e subrinhovideos porno vai passar o'fds na casa da tia e fode elaso bucetudas chorando quando a pica entroumachos da periferia marentos na punhetaxvideos criansicesete formas de medocontos de sexo depilada na praiana cama o lençol manchado revela o fato consumado fizemos um amor gostoso transando sexo faladoxvideos vermebrancowww.guarda costa da granfina pornocontos eróticos sobre cunhadabucetudacontos eroticos urei de tanto gozar minha buceta inchadacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove me estuprou dormindo quando eu tinha nove anosporno. cazano muita no vinharolas grossas e veiudas fudendo as bucetinhas e cuzinhos das mulheres da favelamulher d buceta pequena engastada c pau grandeevangelica ainda nao tinha dado o cumulher estava fazendo hidrataçao de pele na cara nao percebeu o homem sexo pornoSanto Anjo conto eroticoContos eróticos esposa e Sograapaixonado por um hetero cap 15contos de sexo raspei minha bucetairmalouca pra perdero cabaco pro irmarcasa dos contos meu marido me fez da o cu a dois picudos chorei de dorhomens roludos e picudos nu de rondoniagozei na pica do cunhado do meu marido contosO verdadeiro marido Corno . . . Simplemente adora lamber o clitoris da esposa . . . Enquanto o amante dela enche sua buceta de Porrafilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandoisso viadinho chupa minha rola engole tudo logo vai engolir ela toda nesde cuzinho apertadoquero baixa contor d bixinha azulcontos de sexo depilando a sograpilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosentecontos eroticos vovôX porno ceducindo vidraseirox pono de bundas arotando galaxvideos minotauro tarado chupando tetasfilha minha femea contocontos dormindo com meu padrasto picudomete essa piroca noeu cu mim arba porno doidolangonha conto heteroputa lambe pe do macho contotitia safada gozando esquirt contosgangbang silvio santos porno doidopriminha de shortinho roxo deitada na camameu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosnovinha olha u padrasto pelado .e bati um sirirecaminha colega foi estuprada por tres piçudos e gozaram dentro delaaninha e meu tio cacetudo com foto e todos os contossviduda.mulhe.contos eroticos A Dama e o Bruto conto erotico um desconhecido tirou o meu cabaco na vespera do meu cassmentosarrando a bundinha da minha filinhacadelas casadoscontoszoofiliaescandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidocontos eroticos minha namorada medindo o pau do dotadopica da cabesa grade colocono na buseta pornoincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornomamilos da minha mae contos eroticoseu quero mais homem pelado no da cabeça da rola bem folgado lonaouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucosXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibusputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularconto dei o cu pro meu tio emganto ele dormia gay 2017fotos padrasto come cu da emteada pau gigantefilha minha femea conto