Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Gabi & Grazi

Autor:
Categoria: Heterossexual
Data: 06/09/2009 13:12:22
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Durante uma semana mal consegui olhar para Grazi, Gabi também não falava comigo. Eu também evitava ficar com a galera da rua, até porque tinha o Fabinho, era meu amigo e eu inaugurara o rabinho de sua namorada sem a mínima piedade. Durante o café da manhã de quinta feira meus pais me avisaram que na sexta à noite irímos viajar, era tudo o que queria fugir daquela rua, dar um tempinho... Viajar naquela altura dos acontecimentos era uma boa saída para meus problemas sexuais … ou depois como descobri, era apenas o início deles.

Ao chegar em casa me assustei ao ver os pais das meninas, era meu fim … finalmente Gabi resolvera contar tudo, estava explicado o motivo delas não haverem isso à aula. Eu caminhava como um bio para o matadouro, agora minha vida chegara ao fim, meu pai arrancaria meu couro e com muita sorte o pai delas não faria o mesmo.

Entrei com a sensação de que meu estômago sairia pela boca ali mesmo na sala, eu suava frio... a mãe das meninas foi a primeira a notar e logo espichou o comentário dizendo que devia ser alguma virose pois as meninas também andavam estranhas … era o fim. Passei quase que voando pela sala mal pronunciando um “oi “ entre os dentes. Ainda bem que já arrumara minha mochila quanto amis cedo papai pegasse a estrada, melhor! Deitei e terminei dormindo a tarde toda, rezando para não ter pesadelos!

Acordei com mamãe verificando se eu estava febril, papai já se preparava pra sair, o carro já estava arrumado, até minha mochila eles já havia se encarregado de levar. Tomei um banho para ver se melhorava o astral, troquei de roupa e desci na captura de algum sanduiche.

Durante todo o trajeto até nosso destino eu continuava alheio a animação dos meus pais. Eu nem percebera se estávamos seguindo para a serra ou para a praia, e acho que nem lembrara de saber o motivo daquele fim de semana inusitado. O fato de sumir das vistas de Gabi e Grazi já era uma boa causa.

Fizemos uma parada rápida para abastecer … devíamos estar chegando pois mamãe tagarelava sem parar no telefone dizendo que já estávamos quase chegando. Realmente em menos de 15 minutos entramos em um tipo de hotel fazenda, muitos chalés, um lago enorme … enfim dois dias de calmaria! Eu certamente voltaria mais calmo.

Paramos de frente a um chalé grande, cercado por um varandão... havia um carro já parado na garagem, devia ser algum amigo de papai que o convencera a passar um fim de semana longe do trabalho. Para meu espanto ao chegar na porta lá estavam sentadas na frente da lareira a deliciosa dupla de problemas que eu tanto quis fugir. As meninas logo vieram falar comigo, foi Gabi que se apressou em pegar minha mochila e levar até o quarto, aliás dormiríamos os três ali … era o paraíso apresentado por duas diabinhas loiras. Eu estava mais do que assustado...o que afinal aquelas duas iriam me reservar? Gabi parecia me comer com os olhos...percebia uma malícia naquelas contas azuis... já Grazy tinha aquele olhar meigo...parecia como eu estar sentindo saudades de nossas tardes quentes... o melhor era esquecer.

Logo após a chegada fomos para o restaurante jantar, as meninas sentaram-se ao meu lado...Gabi parecia querer me provocar, Grazy como sempre quieta. Nossos pais ficariam até mais tarde, nós descemos a pé a ladeira que nos levaria ao chalé...Grazy se aninhou no meu braço e pude perceber a troca de calor entre nós... Gabi apenas me olhava de lado...descia a nossa frente, de forma a fazer com que eu notasse sua bundinha rebolativa … tentação.

No chalé Gabi resolveu ir para o quarto dormir e deixou eu e Grazy à vontade, não demorou muito para que nos dois nos beijássemos, o calor entre os dois era grande...descemos para a garagem onde dentro do carro podíamos ficar mais a vontade...a saudade e a vontade era grande...no carro de papai acabamos por matar aquela vontade...era gostoso ficar com ela mas em nada lembrava a sensação vivida com Gabi.

Já no quarto Gabi parecia um anjo dormindo, ficamos na sala até que nossos pais chegassem...antes de dormir eu precisaria me aliviar … a pressão era demais para um adolescente. Todos já dormiam quando me levantei …. precisava tocar uma ou não dormiria. Fui para a varanda do fundos, ali era longe dos quartos e dava para uma área deserta...escondidinho poderia dar uma bela relaxada. A varanda era escura... e se alguem na casa acordasse era fácil perceber. Escolhi um canto calmo e já ia partir pra covardia quando percebi que não estava sozinho...Gabi se adiantara quando me vira entrar no banheiro e parecia ter lido meus pensamentos...a diabinha estava lá...silenciosamente ela mais uma vez me ofertou aquele rabo quente e destemido....dessa vez foi ainda melhor, apesar da falta de jeito. Voltamos pé ante pé para o quarto exalando cheiro se sexo. Na manhã seguinte Grazy me acordou, iámos fazer uma caminhada numa das trilhas...nossos pais haviam madrugado para andarem a cavalo. Lá fomos nós em direção a uma das cachoeiras da região. O Local era maravilhoso, deserto... tinha uma piscina natural... não demorou muito pra Gabi se atirar na água com um biquine provocador...Grazy e eu entramos em seguida...começamos os três a brincar na água...Gabi como sempre atirada livrou-se do biquine...e nua se esfregava em mim observada por Grazy que resolveu acompanhar a irmã....logo fui obrigado a ficar nú e a brincadeira ia esquentando com as duas se esfregando em mim. Saímos um pouca da água e ficamos em uma espécie de clareira cercada de pedras … ali as duas me surpreenderam...Gabi foi a primeira, montou sobre meu pau latejante e se deixou penetrar...senti quando rompi seu lacre ela deu um gritinho gostoso e se entregou ...cavalgava como uma deusa loura...gozamos ali juntinhos, observados por Grazy. Ficamos ali...depois de um mergulho voltamos para aquele cantinho mágico, as duas meninas pareciam querer me provocar, uma sobre a outra, se esfregavam e se acariciavam....Gabi chupava a irmã com uma maestria que podia de longe perceber os espasmos de Grazy... não demoraram a fazereu nunca imaginaria ve-las assim. Meu pau estava quase estourando de tanto tesão...passei a chupar Grazy enquanto ela me mamava delicadamente... depois virei a de bruços metendo minha lingua naquele rabo intocado. Mas Grazy como sempre não se deixava penetrar...era só ralar. Gabi ao contrário se abriu como uma flor que desabrocha....me levando ao delírio...exaustos voltamos para o chalé...

Comentários

AFL
13/06/2012 01:57:06
Adorei, pena que não teve fim, tem continuação?
20/09/2009 17:33:06
Muito show esse conto minha nota 10
06/09/2009 15:29:15
UAL SENSACIOANL
06/09/2009 15:23:31
q conto delicioso

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


cachorro com o focinho dentro da bucetaver contos eroticos em que maes sao flagradas pelas avos fudeno com os filhos pauzudoscasei com um velho brocha mas levo machos pra casa contos eroticosporno namorada nao gue da cu mai eu votetaconto me tornei corno calcinha do macho negro delavidio de foda de cunhado dormindo na casa da cunhadaa mulher e amante apertalas bolas pornoXsvideos timida depilando o super dotadoexecutiva casada puta de negao contoscontos eroticos titio flacou eu e meu primo na infancia"meio abertinho" gay contofui pedir carona em uma kombi e fui estrupada e casada contos eroticoenfianp atr o talo no cuCONTO EROTICO FILHO CARALHUDO ARROMBA MAE TODA NÕITEMulher andando de fildental arredor do homem ai depois o homem aranca no dente e gosa na buceta delavideos de coroas homens procurando coroas de zendo taduedoquem quebrou meu cabaço foi meu painão coube tanta porra dentro da buceta da gostosavídeo de homem se masturbando e g****** no copo e mulher bebendo no café da manhãcontos.porno gay um.namoro americano cap 29magrinha na dupla penetração vaginal com dois ficam pretosraffa_ka maromba safadoContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudimulher com marido nabalada sarano outro pornohistoria porno gay paguei um boquete pro anivesariantedois dotado fetendo com forca e tirando sangue da bucetinha da moleca assanhadaconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cuvideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidoconto porno saiu sangueContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhacobertura conto gaydeu remeduo p/ mae dormi efode com elafaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidomae belisca querendo chupa buceta da filhanovinha brasileira encara pau enorme e chora ponodoidoContos Gays Sobre Valentoes : Casa Dos Contoscontos eroticos casada estuprada pelo empregadonegoia pauzudosconto erotico briococrenye de verdade é aquele crente sabioContos de putaria de novinha dando para o cara da rola cabeçuda sem o noivo percebermeu sogro e seu irmao me funderam juntos contos eroticosTravesti inceto desde pequenaminha irma chorou quando tirei seu cabacinhocachorro estorou a bundinha da gostosa de minisaiabeceta melecada fazeno barulinho fudenocontos eróticos vovó transando com cavaloContos.Ingravidei.minha.irmanmarido e mulher tomando banho na praia mulher veio um negão bem dotado e sai Escondidinho para dar uma com negãover video e filme de veterinaria chupano abuceta da e gua na fasendacontos erotico minha mae insistiu eu fazer nudismocontos anais + caminhoneiro enrabador da jeba grandever video de mulheres sentando e amaçando latinha x videodeu duas mexidinha e gozando em cima da buceta pornônovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornomeu padrasto me iniciou na zoofiliaaproveitando que o seu irmao nao ta em casa e dando assistencia pra cunhada video pornomeu vizinho gordinho passo aqui so pra mim da uma chupada videos xconto erotico fiz chantagem e comi o cu da minha maeContos eróticos de mães evangélicas e filhascomendo traveco na casa abandonadacontos eroticos patricinha é humilhada e estuprada por grupo de amigoscontos eróticos família roludoapostei minha mãe com meus amigos conto erotico analDou o cu para o traficante contos gaycontos novinho bundudo virou menina dos molequeshttp://zdorovsreda.ru/texto/201109691morena boa tocando punheta pro cadaverblogger comedorcasada gozando veja fotover lésbicas lésbicas se esfregando até gozar em perigosos de músicascomendo minha cunhada que veio morar com agente aspanterasvidioporno ae menias que xoro no poubigodinho do ritler videos pornoCármen e a patroa contos eróticoscache:I20bmnqm678J:gtavicity.ru/texto/2016115 .dei o cu pro cachorro e acabei engatado