Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

a minha primeira vez

Autor: Lycan
Categoria: Heterossexual
Data: 02/09/2009 10:26:26
Última revisão: 24/08/2010 13:09:00
Nota 9.80
Assuntos: Heterossexual, Sexo
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá eu sou português e o meu nome é Fábio, visitei este blog algumas vezes e gostei, então decidi partilhar as minhas aventuras com vocês, espero que gostem e quero que saibam que isto é tudo verdade.

Eu sou louro quando tenho o cabelo grande, tenho olhos castanhos-claros e às vezes esverdeados, uns quilinhos a mais, mas nada de exagerado e eu acho-me um bocado feiinho. Na altura eu devia ter uns 12 anos, andava no 6º ano de escolaridade e na minha turma havia uma menina chamada Ana Sofia. Na altura a Ana era magra, de cabelo castanho-claro quase louro, de olhos grandes e castanhos-claros. Eu quando a vi fiquei completamente louco por ela e até lhe cheguei a dedicar umas pulhetas. Na altura eu não andava bem, tinha sempre pensamentos obscenos com ela, mas tentei esquecer e quase consegui até que no dia 13 de Janeiro de 2003 as coisas mudaram um bocado a meu favor. A Ana era daquelas raparigas que tinham tiques de tias, que não dão muitas confianças aos rapazes e que só ligam a marcas das roupas (eu não ligo a marcas, uma coisa que não me favorecia), mas nesse dia eu estava morto de sono como sempre e tinha acabado de tocar para ir-mos para as aulas, nós entrava-mos as 8h30min da manhã. A Ana quase nunca chegava tarde mas nesse dia chegou com 10min de atraso ia numa correria louca e foi contra mim, como estava cheio de sono nem liguei, mas à entrada na sala de aula tudo mudou só havia uma carteira para 2alunos que neste caso eram eu e a Ana (quando vi aquilo fiquei todo contente, mas ela não ligou muito). Sentamo-nos e sempre que eu tentava me aproximar ela repelia-me. Eu ficava desanimado, mas sou muito persistente e não desistia. Tanto eu como ela éramos bons alunos, mas eu não me esforçava muito e chegava-me ter positiva mesmo que esta fosse baixa enquanto a Ana queria sempre as notas muito altas. Passadas algumas semanas já falávamos um pouco, mas nada de importante. Até que eu comecei a ter notas mais altas para a impressionar, ao princípio ela ficava irritada, mas depois de um tempo até me pedia ajuda e foi ai que começou. Íamos estudar juntos para a biblioteca e começamos a dar nos muito bem, até que um dia ela me convidou para ir estudar a casa dela e eu fui. Chegamos lá, e para meu espanto a casa estava vazia achei estranho, mas não liguei nenhuma e fomos para a sala estudar, passadas umas 2horas ela perguntou-me se eu não queria fazer uma pausa no estudo e se a ajudava numa coisa, eu disse logo que sim sem saber do que se tratava.

Fomos ao quarto dela que era compartilhado com a irmã mais velha, a Ana pediu-me para ir ver uns sites que a irmã tinha andado haver. Para mim foi muito fácil já que sou barra em informática, eu pensei que ia ver sites de moda e dessas coisas, mas fiquei boquiaberto por ver que eram sites pornográficos e fiquei curioso porque nunca tinha visto nenhum a Ana ao ver que tipo de site era perguntou se eu queria ver com ela, eu todo babado disse que sim. Assim foi vimos o site escolhemos um filme que estava nos favoritos da irmã da Ana e vimos o filme sem dizer uma palavra. Eu estava com o pau grande e rijo que nem uma pedra quase saltando para fora das calças, tentei disfarçar, mas tarde demais ela olhou para mim e tanto a minha cara como a dela estavam todas coradas. Eu fiquei sem saber o que fazer e de repente ela dá-me um beijo depois do beijo empurrou-me e pediu desculpas pelo que tinha sucedido, olhamos nos olhos de um do outro e dei-lhe um beijo. Tivemos aos beijos durante um bocado até que ouvimos barulho e ela disse – é a minha irmã, desliga o computador e vai ter comigo à sala para fingirmos que estamos a estudar e assim foi, quando a Inês irmã mais velha da Ana chegou estávamos na sala a estudar pelo menos foi o que ela pensou, depois de uns 5min eu despedi-me e fui me embora todo contente para casa. Nessa mesma noite a Ana manda-me 1sms a dizer para fingir mos que naquela tarde não tinha se passado nada, fiquei triste mas concordei com ela. No dia seguinte nem conseguia olhar direito para ela, mas como íamos ter teste nem podia olhar muito senão ainda ficava com o teste anulado. O teste de matemática tinha começado eu como tinha estudado na véspera sabia a matéria quase toda, passados 30min já tinha feito o teste todo e olhei para o lado para meu espanto a Ana não tinha feito nada, era certo que faltava 1hora para o final do teste, mas ela tinha a folha em branco. Nisto pergunto a professora se podia tirar uma folha de rascunho para fazer uns cálculos e tal, e ela deixou. Mal tirei a folha do caderno escrevi logo

- O que se passa Ana? e passei o papel para ela, e ela nada, mandei-lhe outro

- A matéria do teste foi a que estudamos ontem porquê que não fazes o teste?

E ela respondeu -não me consigo concentrar

E eu -porquê?

Ela – não me lembra de nada só do que vimos e o que se passou connosco

Eu ao ler aquilo fiquei com o coração aos pulos e disse-lhe – eu dou-te as respostas e no final da aula se quiseres falamos melhor

Ela aceitou

Escrevi as respostas todas para a folha e dei-lhe a folha, mesmo a tempo ela acabar o teste e a tocar para sair. A professora recolheu os testes e saímos para o recreio, ela disse para nos encontrarmos nos cacifos. E foi encontramo-nos lá e sentamo-nos nos bancos e ela começou a desabafar e disse – eu já gosto de ti a uns tempos, mas não tinha coragem para falar contigo e os beijos de ontem e o filme pornográfico não me saem da cabeça, eu nem sequer tive reacção parecia que estava no paraíso e beijei-a. Ela parou o beijo e pediu para irmos com calma que para ela era tudo novo (e para mim também). Nos primeiros 2meses de namoro era só beijos e víamos filmes pornográficos sempre que podíamos, num dia enquanto estudávamos no quarto dela, parávamos muitas vezes e nos beijávamos como era habitual, mas naquele dia enquanto nos beijávamos as minhas mãos e as delas percorreram os corpos opostos, ela parou logo o beijo e disse para irmos com calma e eu nessa altura já estava cheio de tesão. Falamos um pouco e intervalávamos com beijos cada vez mais ardentes até que ela me pergunta se me podia tocar eu pensando que ela queria me tocar no peito ou na barriga disse que sim, mas fiquei totalmente surpreendido, quando ela agarra o meu pau por cima dos calções eu nem queria acreditar, ela mexia no meu pau e me beijava e eu nas nuvens, enquanto isso eu aproveitar para passar as minhas mãos no rabo dela com era redondinho e macio, mas tivemos que parar com tudo há pois é, a Inês estava a chegar a casa, e foi assim éramos quase sempre interrompidos nas partes melhores até uma tarde de Junho.

Em Junho ela foi passar uma semana comigo a um parque de campismo, sempre que os meus avós saiam nós aproveitávamos para nos beijarmos e tocarmo-nos cada vez íamos mais longe. Numa 6ªfeira depois do almoço os meus avós tiveram que ir ter com os meus pais (eu desde os 2anos que vivo com os meus avós, hoje tenho 18anos), e disseram que só viriam à noite.

Eles saíram e eu e a Ana aproveitamos, começamos aos beijos e depois ela começava-me a mexer no pau e eu no rabo dela, mas passado um bocado ela pede para mexer por dentro eu completamente parvo digo que sim, mas acabo por tira-lo para fora e ela agarrou-o e começou num vai e vem eu com as mãos no rabo dela puxava-a e assim fazia com que o meu pau roça-se na vagina dela era por cima do bikini, mas era muito bom. Ela de repente abaixa-se e pede para chupar eu tirei os calções e os boxers e ela começou a chupar parecia que estava num filme porno, ela ora lambia a cabecinha ora metia o pau quase todo na boca e eu gemia como nunca tinha gemido, passado um tempo levantei-a e comecei a beija-la com uma mão no rabo para nos roçar-mos e com a outra mexia-lhe num seio por cima do bikini ela exitada puxou para baixo a parte de cima do bikini e os seios saltaram para fora eram pequeninos mas muito gostosos eu louco com aquilo tudo comecei a lamber-lhe os mamilos e mordiscava ora sugava com força como se estivesse mamando, ela gemia no meu ouvido e eu louco mamando, quando de repente ela agarra os meus cabelos e puxava-me contar os seus seios, estes quase entrava por completo na minha boca, enquanto mordiscava aqueles biquinhos eriçados dela desviei a parte de baixo do bikini e comecei a passar o meu dedo na vagina, ela agarrou logo a minha mão e disse-me ao ouvido:

- eu quero sentir a tua língua na minha vagina e depois quero que me penetres com o pau e não com o dedo. Ao ouvir isto baixei-me tirei-lhe a parte debaixo do bikini e fiz como tinha visto nos filmes passava a minha língua na entrada da vagina e no clítoris ela contorcia-se toda e gemia até que passado um tempinho senti um liquido na minha boca, era estranho mas gostei muito. Levantei-me e beijei-a, enquanto a beijava passava a cabecinha do meu pau na entrada da vagina dela. Como éramos ambos virgens pensei que ia doer então deitei-a e ela agarrou-se a mim com força e eu devagarinho fui penetrando até que entrou a cabecinha e ela deu um grito. Esperei um pouco para ela se habituar e depois comecei o vai e vem bem devagarinho, eu beijava-a e agarrava o rabo dela enquanto a penetrava depois chupava-lhe os seios e ela gemia gemia cada vez mais alto, passado algum tempo comecei a sentir uma sensação até agora desconhecida doía mas ao mesmo tempo sabia bem e vinha de dentro. Paramos e ela sentou-se ao meu na colo eu ajeitei-me e voltei a colocar lá dentro o meu pau aí ela já estava acostumada, agarrou-se as minha costas e para ajudar no vai e vem pós as pernas no chão e começou de novo a gemer e a gritar:

Ai aiaiaiaiaiai isso que bom mete mais mete mete quero sentir tudo dentro de mim vá isso

Oh sim que bom vai não pares vaivaivaivai…………………………………………..

Eu a ouvir isto não aguentei e tirei para fora o meu pau e vi-me de tal maneira que até eu fiquei pasmado, a seguir faltou-me as forças e cai para o lado com um sorriso de orelha a orelha ela veio e deitou-se ao meu lado, beijamo-nos, conversamos e andamos a fazer tempo para irmos tomar banho juntos mas isso fica para o meu próximo conto.

P.s espero que tenham gostado este é o meu primeiro conto e é verídico, quem me quiser dar umas dicas para eu melhorar agradeço

Se quiserem posso contar as aventuras que tive com a Ana durante os nossos 4anos de namoro.

Desculpem o comprimento do conto e dalguns erros ortográficos.

Comentários

15/02/2010 15:01:39
excelente, um dos melhores do site.
15/02/2010 12:42:00
sensacional
03/09/2009 03:21:04
ronaldo
02/09/2009 20:49:40
Mto bom q safada ela hein ^^
02/09/2009 17:34:31
Gostei de seu conto, 10!
02/09/2009 11:59:34
nota 10.0 meus parabens vc ainda esta com ela e vc tem vontade de ter filhos com ela me conta tenho alguns contos meus

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


gosando dentro da buceta d egua d raçameu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticoscontos e xitantes a mulher do meu chefe me seduziugostaria que você mandasse primeira foto do Biel batendo punheta peladoFiz sexo com meu profeasconto alisando a sobrinha pequenacontos eroticos gaysogrobigbundagaycontos minha tia nick 2XVídeos de debulha sercoContos eroticos minha mulher e minha irma dividiram a piroca enormeesposa de mente fertil pornovideo de mulher gozando esborrifadoadvogada bem casada rabuda em viagem de trabalho é seduzida e fode gostosomostrando abuçeta pedindo para alguém comerconto na enchente comi a mulher do chefexoxota as gordinhas mais tocadas e mais gostosas gordinhas bem feitas discursos e transando e gemendofilme meu irmao me deseja fuderconto erotico motorista do ubercontos eróticos gay da cidade de tupã ?Paguei para deflorar a filha do caseiro conto eroticocomo q estourar as bolinhas sexchop sexuais na relacao sexogibi troca troca com família pornoapaixonado pelo hetero cap 4Mãeem sinaa filha chupa picaminha mulher domestica comida pelo cacetudojuju fudedofilinha novinha chega. colegio corre senta colo pai pra senti pau pai vibra na sua bundinha contosgostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticossorvetinho com vovo. incestocontos gay Mandou eu esperar vestido de putinhasogra fagar gero de pau durocontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriamorri de pornô com a Gretchen chupando uma pista de um homem no vídeo pornôvelhas festejando c negros cacetudoscontos eroticos cheia de pentelhos horriveiscontos eroticos vovôx video garotas flazinhasxvidio patroa provoca so toalha rola nelacontos eroticos cu apertado.da maepatricinha de short perdida fodendo no matocontos de incestos surubas com irma em casa nusporno dento da pestinha fui dançar e fui fudida por um pauzudocontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,Marcosxvd irma bati punheta para o irmao e nao rezisti e da pra elebaixar xvideo de aluna ta secando minha bucetaVisinhas taradas ousadas rekatos eriticos recentesPorno contos pais e maes iniciando suas meninas no incesto com carinho e muito gozoconto incesto sempre que vejp minha irmã fico de pau duro e ela cheia de tezaoconto comi minha eguamulher bonbando sua buceta ate seu grilo ficar grande e homem fica louco x videojege tarado arromba tua dona apaixonado vidio pornovirei mulher na cama contos wcontos de sexo raspei minha bucetavídeo de sexo com matuto. na piscina de sucacoroa q sabi dexa dozelo de pau duroXVídeos coletânea de mulher sendo agarrada no serviçoFazendo Cunhado Chupa a força Gay❤gostosinha abrir a bundinha para o negão para o rapnovinha gostosa tira roupa oro cunhadoistoria da netinha qui o banhava lavando su cuconto gay o nerd e o bad boy 7meu primo tirou minha cueca e cheirou minha rolapornodoido desmantelando a loira em cima da mesaConto erotico filha apanha pq estourou o cartãoencoxou a mae na camacontos louco por cunhada rabuda casada "evangelica"homem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexocontos de incesto filho arma um sequestro pra mae rabudaConto erotico anal com humilhaçao e cinto de castidade masculinamanda um vídeo de pornô aí eu não tô nem phone 5contos eroticos casada estuprada pelo empregadoxxxpastora que manda marido chupa rola e da cu pornovidio porno das dimenores fasendo sexo da buceta apertadinhamarido segura as mao da esposa para o amante enfiar o braço na nuceta dela enquanto ela grita de dorf***** pelos peões da obra contos eróticos gaysfiz minha esposa chupar seu pai enquanto fodiamosvideos porno pau gigante.na.bucetinha apertada deu emoragiaconto erotico caseiro