Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Um casal, uma moça,e a formação de uma trupe erótica

Categoria: Grupal
Data: 28/10/2009 18:32:29
Última revisão: 26/04/2018 10:30:07
Nota 9.69

Suzana é uma mulher de 39 anos. O sexo pra ela sempre foi de importância máxima, era de família. Alguns parentes trocavam constantemente de parceiros e algumas primas tinham filhos de homens diferentes, cada um de um pai. Ela é enfermeira e atualmente casada com Pedro,41 anos, que é segurança do hospital onde ela trabalha.

Bruno era filho de Suzana com seu ex-marido, mas o rapaz se dava bem com seu atual. Bruno começou a namorar com Camila, 19 anos, mulatinha. Suzana não era de reparar em mulheres – até então - mas observou que ela tinha uma bunda volumosa, não larga, mas bem cheia. O filho tinha se dado bem ao que parece.

Geralmente nos domingos Suzana se reunia na casa de algum amigo ou familiar para festinhas, churrasco na laje, essas coisas. O Bruno sempre foi meio paradão, não gosta muito dessas festas, ele ia, mas mais pra conversar e beber com os primos. Já Camila, se sentia mais a vontade, dançava com as mulheres da família, que eram danadas, bem espevitadas e sempre ela nessas festas ficava mais com a sogra e as tias de Bruno do que com o namorado. Tudo corria num clima respeitoso, embora sempre rolasse umas dancinhas mais sensuais.

Sempre quando acabavam essas festinhas, Suzana e Pedro, a noite, quando chegavam em casa sempre trepavam muito, a coisa pegava fogo. Certa vez, estavam tão eufóricos que já tarde da noite entraram no apartamento aos beijos, doidos por uma bela foda. Nesse dia, Camila dormiu lá com Bruno, isso era até comum. Começaram a se despir na sala mesmo, eles sabiam que Bruno e Camila estavam provavelmente dormindo no quarto deles. E completamente doidos de tesão, fizeram um 69 na sala mesmo, sem muito barulho, apenas uns dois minutos no máximo, só mesmo pelo fogo que estavam. Entraram no quarto e treparam loucamente.

Os dias foram correndo, e ninguém ficou sabendo que Camila tinha visto tudo isso! Suzana passou a desconfiar disso um dia em que estavam em um aniversário em um sitio e percebeu que Camila olhava discretamente a sunga de seu marido. Pedro era malhadinho, embora estivesse um pouco gordo, aliás, mais gordo do que malhado, e tinha um pau bem grosso, com 21 cm. Suzana ficou com a pulga atrás da orelha e pensou “que safadinha”. Ela então deixou pra lá, achou normal, mas os dias foram passando e Suzana ficou meio obsessiva em flagrar mais olhadas dela…Camila não olhava muito fixamente, mas que seus olhinhos constantemente procuravam o meio das pernas dele, ah isso acontecia. Um dia em que as duas estavam a sós, Suzana resolveu indagar:

- Camila, não é por nada não, mas venho reparando que você está olhando o Pedro com um jeito diferente...

A garota ficou sem graça com o comentário. Ela continuou:

- não sou menina, sei muito bem que parece que você viu algo….

Aos poucos, ia apertando ela que procurava mudar de assunto, negando, até que ela soltou que viu o casal naquele 69 descrito acima enquanto tinha se levantado pra beber água.

- Vi vocês entrando e me escondi para não atrapalhar, pois percebi que estavam excitados. Dai fiquei nervosa...me desculpe, dona Suzana.

- Não precisa se desculpar, querida,nós que devíamos tomar cuidado, pois tínhamos visita em casa, você!. Relaxe e esqueça desse assunto, ok?.

Mas quem não esqueceu do acontecido foi Suzana.

Em uma das quentes trepadas dos dois, comentou com Pedro sobre o flagra de Camila.

- Ai, Pedro...sabia que a Camila flagrou a gente naquele dia em que fizemos um 69 na sala? Ela viu tudo...oh...

Ele não se mostrou muito surpreso.

- Notei uma vez a putinha me olhando...encarando meu pau...Acho que ela gostou do que viu...

Suzana notou que ele ficou mais excitado e isso excitou ela também. E gozaram como loucos, até Suzana se surpreendeu com o ritmo da foda ao lembrarem do ocorrido. Daí em diante, algumas vezes os dois passaram a tocar no assunto, ele se excitava e gozavam muito falando o quanto Camila teria ficado impressionada com o pau de Pedro, visto que baseado no ex dela, Bruno estava longe de ter um pau comparado ao de Pedro. Foi numa noite que Suzana imaginou Pedro comendo ela, isso ela não havia idealizado ainda, ficava só pensando na cara dela ao ver a cena, falou isso a ele.

- Imagine que você tá comendo ela, querido...Metendo esse pau gostoso naquela putinha... fazendo ela gemer na sua vara grossa...

Pedro que ficava só escutando, entrou na jogada e disse que não estava (na fantasia, lógico) comendo só ela, mas as duas!

- Sim...fique de quatro ao lado dela que vou comer as duas!Vai, delicia fica ao lado da putinha que vou socar nas duas!

Suzana teve um sobressalto com essa fantasia doida e gozou como nunca. Desde que citavam Camila durante as transas, não gozavam tão gostoso. A partir de então, Suzana passou a observar Camila, não com desejo no corpo dela, mas como seria ela trepando com o Pedro. Depois, passeou a vê-la e imagina - lá com eles, na cama deles, primeiramente vendo um 69 do mesmo jeito em que estavam no dia do flagra e depois participando. Isso passou a fazer parte da trepada deles e estavam tão eufóricos com essa fantasia que nem questionavam que isso não era certo, batia o tesão e colocavam essa fantasia, era instantâneo. Até que, instintivamente, Suzana e Pedro começaram a dar sinais a Camila, soltavam piadinhas, a olhavam com desejo, tudo discretamente, sem deixar Bruno perceber. Ela não entendia nada, mas observava curiosa esses sinais. Suzana passou a sentir o quanto ela mexia com eles e passou a desejar o corpo dela. As fodanças estavam a mil, o nome de Camila era pronunciado o tempo todo, a imagem dela participando com eles deixava os dois em polvorosa. Numa noite de loucura, Suzana quase chorou de prazer com Pedro falando o tempo todo que podiam tentar transformar essa fantasia em realidade. Era mais forte do que ela como aquela menina mexia com a libido dos dois.

- E se ela trepasse com a gente?Estamos loucos por ela, não podemos fingir que não!Você sonha com isso tambem...vamos enloquecer ela fodendo conosco...

- Ai, Pedro...não fala isso, que loucura!!!Ai,tesão...Ai, Camila,trepa gostoso com a gente! Vem delicia, deitar conosco...ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Suzana e Pedro chegaram ao ápice dos desejos por Camila quando tramaram passar um fim de semana numa casa de praia alugada. Convidaram ela e Bruno, mas o mesmo ia fazer um concurso no domingo e não queriam ir, pois só iam passar a noite de sexta e teriam que voltar no sábado, mas Suzana disse que seria melhor que ele fosse pra relaxar. Eles aceitaram. Suzana se viu como uma menina sapeca, pois a intenção era deixar a Camila com eles...

Suzana deu de presente a Camila um biquíni minúsculo, do mesmo modelo que ela usava, e partiram. O sábado passou com muitas brincadeiras com ela, que não estava tão à vontade no início, mas passou a se divertir. Suzana e Pedro olhavam sempre com sorrisos maliciosos, até que perceberam que Camila estava meio que correspondendo e ria também, mas sem malicia, apenas estava ficando convidativa. Mal ela sabia o que pretendiam. À noite, numa partida de buraco, foi que Suzana tomou uma coragem que não sabe de onde tirou. Em um intervalo da partida, ela combinou com Pedro que passariam a mão nas pernas dela. Ela, àquela altura, ia se dar conta do que estava ocorrendo, e não ia ter uma reação inesperada, era o que previam.

A partida recomeçou. Suzana e Pedro não se continham ao que estavam prestes a fazer. O coração da enfermeira parecia querer arrombar seu peito. Foi aí que ela fez um sinal para Pedro tomar iniciativa. Quando Pedro colocou as mãozonas na perna da Camila, ela ficou surpresa, mas sem grandes reações. Foi a vez de Suzana. Começou a alisar por debaixo do pano a perna direita dela, enquanto Pedro estava com a esquerda. Ela suava, como se estivesse sem saída, e com certeza ela não gostaria de fazer um escândalo e deixar Bruno em situação constrangedora. Bruno, coitado, não percebia, já que é muito concentrado nas coisas que faz e, conhecendo seu filho, Suzana sabia que ele não ia se dar conta do que estava havendo, já que Camila se mostrava bem discreta, e quando ele está em situações em que está concentrado, pode cair um avião ali que ele não se dá conta. Começaram a alisar devagar, e piscaram o olho pra ela. Camila parou de jogar e disse que perdeu a vontade de continuar na partida, acompanhada por Suzana e Pedro que também disseram que estavam cansados. Quando Suzana levantou, colocou o dedo indicador na boca como se dissesse a Camila “silêncio. Fique na sua”.

O casal travesso fudeu radicalmente essa noite, esperando o que viria no outro dia. Bruno se levantou cedo pra viajar, Camila ia com ele, mas Suzana pediu a ele que ela ficasse pra arrumar a casa quando partissem. “Fique Camila, por favor. Preciso de você pra arrumar as coisas. Bruno vai fazer uma prova, deixe ele se concentrar pra isso”. Camila estava tão confusa com toda essa situação, que não disse nada, ficou meio sem jeito e Bruno se adiantou, se despediu, e saiu pela porta. Suzana deu um riso sacana para o Pedro, enquanto eles se despediam.

Depois disso foram à praia e Suzana entregou o biquíni que comprou pra ela. Camila em nenhum momento perguntou nada, ela parecia querer saber onde tudo aquilo ia chegar, a situação com certeza mexeu com ela, e ela provavelmente se excitou com alguma possibilidade. O pau do Pedro ainda não havia saído da cabeça dela e ela de início achou que iriam transar na frente dela.

Chegando na praia, resolveram passar o protetor solar nela. Camila não esboçava reação, estava dominada pela incerteza e pelo desfecho de todo esse teatro que estavam fazendo com ela. Suzana e Pedro lambuzaram a mão de protetor solar e passavam em todo o corpo daquela beldade, o biquíni ficou perfeito nela. Ela se arrepiava quando as mãos passavam perto de sua bucetinha. Os três foram pra água e ficaram brincando, até que Pedro mergulhou e a abraçou por trás. Suzana abraçou pela frente, ela ficou entre os dois e Suzana arrematou: “Camila, não estranhe tudo isso. Sabemos que o flagra que você nos deu mexeu com você, queremos apenas que você aproveite o que faremos logo mais, pois tudo o que você viu, mexeu conosco também”. Camila finalmente quebrou o silencio: “Dona Suzana, eu sei que vocês estavam meio estranhos, eu nem sei o que dizer, mas estou muito curiosa, não consegui decifrar o que vocês queriam, mas admito que agora sim vocês mexeram comigo”.

Pronto! Estava tudo combinado, saíram da água e foram pra casa. Tomaram banho no chuveirão, e ainda com roupa de praia colocaram um som. Suzana dançava com Pedro e chamou Camila. Os três ficaram dançando, Pedro enconchava Camila que parecia estar morrendo de tesão. Suzana chegou na frente dela e passaram, ela e Pedro a beijar e chupar o pescoço da moça até que não aguentaram mais e foram para o quarto, tiraram a roupa dela e Pedro a agarrou. Ficaram se beijando. Todos estavam nus. Passaram a chupa-la, Pedro chupava sua bucetinha, enquanto Suzana chupava seus seios médios, ela gemia, e dizia “que loucura!” Passaram a chupar cada seio dela, até que rolou o beijo triplo! As línguas daqueles 3 safados se enroscavam de tesão, as mãos dos 3 passeavam pelos corpos de todos! Suzana passou um lubrificante no pau de Pedro, pois Camila não estava acostumada a receber um pau daqueles, ela quando viu Pedro de pau duro, disse “Que pau gostoso! Como é grandão!” Camila abocanhou o pau de Pedro e começou a se deliciar com a tora enquanto Suzana chupava sua bucetinha. Colocaram ela de frango assado e Pedro raspava a cabeçona da rola na bucetinha apertada dela, e com um pouco de custo e ansiedade de todos, penetrou aquela xana deliciosa, e foi comendo aos poucos. Ela gemia muito agudo, isso deixou o casal louco, era um sonho virando realidade!!Suzana colocou a xana na boca de Camila, mas ela nem chupava, só gemia, era a enfermeira tarada que esfregava a buceta na cara dela...Camila passou a cavalgar o pau do Pedro ainda receosa do estrago que a pica faria nela, mas depois foi relaxando fechando o olhinho enquanto sua sogra dava tapas na bunda dela e dizia “mexe, cadelinha”, lambia suas costas, as coisas passaram a ser mais fortes. Foi a vez de Suzana sentar naquela rola, cavalgar e dizer “tá vendo como é boa? Era isso que queríamos que você experimentasse….vamos gozar, delicia”. E assim se sucedeu a foda, a primeira grande gozada de Camila foi de 4, Suzana embaixo dela e Pedro socando com vigor na putinha. Suzana gritava “goza cadela! goza pro meu macho e sua sogra tarada!” Acharam por bem que ela não desse o cuzinho naquela hora. Camila então chupou a buceta da sogrinha quando as duas partiram pra um 69, e então Pedro se posicionou e comeu o cu da esposa enquanto Camila chupava a buceta de Suzana enquanto via Pedro furando aquele anelzinho...Pedro começou a dar sinais de gozo e Suzana se levantou, beijou Camila num chupão louco, enquanto Pedro gozava horrores nas caras e bocas coladas, as duas gargalhando com rostos e cabelos cobertos de porra...

Depois disso, ligaram pra Bruno, que havia terminado a prova, avisando que ficou tarde, beberam muito, e dormiriam por lá para saírem bem cedo na segunda...Ele ficou chateado, não é pra menos, sua namoradinha ia passar a noite fudendo com sua mãe e padrasto, enquanto ele chuparia dedo sozinho. Não precisa dizer que a noite continuou, Camila estava com o tesão à flor da pele, e confessou que havia sonhado com o 69 que ela viu, mas jamais imaginava que algo assim pudesse acontecer. Foi persuadida a continuar na fodança madrugada adentro e mais uma vez transaram os 3 loucamente. Dessa vez, com muito jeito, Pedro comeu o cuzinho de Camila e não foi, em termos de posições e disposições, diferente do que aconteceu à tarde...Loucura total!!

Dois anos depois, Bruno e Camila noivaram, foi a maior festa... Bruno passou a ficar mais festeiro, bebia mais e dançava e curtia muito com sua noiva. Ficou mais espevitado, pois – curiosamente – depois daquele fim de semana em que sua namorada foi o prato principal de sua mãe e seu padrasto, o sexo entre eles evoluiu consideravelmente. Mas o casal devasso não parou de se aventurar não. No noivado estava Priscila, prima de Camila. Quando apresentada ao casal, Priscila foi devorada por olhos famintos por Suzana e Pedro. Sentiu um arrepio. Pressentindo o alvoroço do casal, Camila falou então com a prima. “Eles são bem animados, prima. Vou lhe chamar pras festas da família de Bruno, são ótimas! E acredito que você vai aproveitar beeeeeeeeeeeeem essas festas, e muuuuuuuuuuuuito”. E não é que Priscila depois de participar da terceira festa, dormiu no apartamento do casal despudorado no quarto deles? Pois é....o casal sem vergonha passaria a se especializar em “inaugurar” adolescentes. A surpresa é que com o tempo, Camila passaria a fazer “participações especiais” nesse “baile debutante”. E Bruno só aproveitando o desempenho de sua noiva, depois das aventuras dela com um certo casal e suas novas conquistas......

Comentários

07/02/2018 19:55:06
excelente
07/11/2009 19:03:25
adorei o conto, menage é tudo de bommmm,
30/10/2009 18:15:34
MUITO BOM. CONTINUA....
29/10/2009 09:04:27
conto muito bom e um show viu
28/10/2009 23:23:50
Adorei.. perfeito viu
28/10/2009 21:00:32
Que delicia de conto!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


xv minha tia tem abusetas graandevideos de encesto frances madrasta e entiado durmindo juntos e ele fica de. pau duro a noite e escosta nela e ela nao recistiver videode mulher. gozando nno pinto bem grossofotosde travesti peitudo ecusaoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarcontos de sexo raspei minha bucetamulher se decepciona por pegar o marido d********* pro negãoconto comi minha eguacontos sinhozinho mamou meu grelinhocontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhobunda nervosa caralho gozoumeu cu geme pornoconto erótico flagrei minha mãe chifrando meu pai e ela me humilhou muitoalargada e assada e arrombada contowww.casadoscontos/gayputo.commulher entupida forçando para cagar sexocontos eroticos casada estuprada pelo empregadoporno negao crava tudo de bruso ela gritabaiano chupando clitori e falando besteirasincesto com meu vô contosvideos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcaai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitoContos gays passeando de carro vestida de crossdressa.mulher vai ate ver que.estava.na.porta.era.o amigo dela.e.deu.a.boceta para.elelevídeo de sexo cazeiro com novinha tranzando co padrasto. e ele fala pra rla fica quieta para mae não ouvirvideo de porno gay fui estrupado pero mel primosexo anal hAaaaadei a xoxota para irmaomulher com marido nabalada sarano outro pornoVelho brasileiro metendo mão na buceta da neta piranhatransando cm amigo do namorado sem na morado peeceber sexo pornocontos eroticos de trepadas com tias sacanascontos de filhas enrrabadas pelos pais de pénis grandes e grossoscontos chantagiei a filha pra comer a netacontos erotico flagrado pela a sogra no banhocomendo a sogra tatiane bem gostosoconto erotico amiga da esposa da muito moleContos erroticos de empragada chinezaseduzida por um estranho contos pornoContos padrasto enteAda submissafode em terreiro de umbanda xvideo vídeos pornô certinho não quero nenhum errando dando errado por favor obrigadaconto porno perdi a virgindade com meu pai estrupador dotado passando pomadaconto erotico gay na saida do bar de madrugada um travesti me estuprouvideo de sexo magrinha tentou fugir mas fico imobilizado com o pau gigAnte no cuComi meu tio macho virgem no motel contos com fotoscontos eroricos lesbicos de lactofiliaContos encesto mae cu sangranoporno a mulhe na parede e o homem a tras e saindo gosmaconto comi uma eguavideos de sexo Dono de imóvel comendo o cu da inquilinacontos/vendi meu cu virgemxvideos paacas.com.pemagrinha na dupla penetração vaginal com dois ficam pretosxvideo so tesuda zaradacontos eroticos da secretaria crente e timidaquero ver um monte de mergulhador de 19 a 20 anos de sunga de pau bem duro peladoamo meu corninhoincestossexo com animaisminha cunhada punheteira contos reaiscontos eroticos nupcias blogspotbixa porno pretinha no boquete devagarinhodotado roludo malvado comm novinha com bucetinha muito apertadaincesto mae ver o cacetao do filho fica passada com tamanhohomem tem namorada ela ta dormindo. e a cama da irma é do lado irmao ataca a irma porno evito. melhor saitenegao pega moha mulher e fode ela toda sexos filhos gemeos da minha mulher evangelica contos eroticosfoto porno de babalu montada no cavalohttp://www.casadoscontos.com.br/perfil/182713muleke come buceta na cachoeira sem camisinha na mataConto erotico: o playboy e o malandrocaseiro homem sai e o jardineiro come cu da mulhercinquentona brincando com pauzudo dentro do carromeu padrasto tirou minha calcinha e comeu meu cuzinhovideos de encesto frances madrasta e entiado durmindo juntos e ele fica de. pau duro a noite e escosta nela e ela nao recisticonto novinha no celeiro zoofiliagostosas não aguento melo pau de merdacontos eróticos o tio com minha namoradamulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornoContos fui estud fud mãe e filhafotos de bufetas pibgando de tewaofilme potnou vide mateflagrei a novinha fudendo no mato e chantagiei contosporno com egua muito igienizadapornodoido dividio namorada com amigo do execitoVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazercontos eroticos dei para um vizinho de iptingaVideos de sexo brasileiro nem naceu cabelo na bucetinha virgem e ja ta metendo com pauzaosites porno contos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica com tesao com a buceta toda meladanora safadas descobri que sogro tem a pica enormeincesto com meu vô contos