Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

as loucuras de minha filha 1 parte

Autor: darcknicth
Categoria: Grupal
Data: 19/10/2009 18:37:55
Nota 9.33
Assuntos: Grupal, Menage
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi gente, eu não sou um bom narrador, mas irei me esforçar para que todos entendam.

Por meu texto ser muito longo eu estarei postando em partes.

Mas adiantarei que na realidade, tudo e verídico, colocarei de uma forma real, pois eu nunca relatei esse caso para outra pessoa, e por razões de sigilo e proteção a pessoa eu troquei os nomes.

Meu nome e Carlos têm 42 anos, no momento estou separado, moro sozinho em recife-PE.

Bem, tudo que irei narrar é verídico, aconteceu com minha filha e eu, o nome de minha filha e Débora.

No ano que tudo isso aconteceu Débora estava com 16 anos, eu já estava separado da mãe dela, e eu moro em outro bairro que ela.

Em uma de suas visitas em minha casa, ela sempre reclamando de tudo, eu sempre achava ela muito chata, ela reclamava por minha vida sem namoradas, sem querer ter um relacionamento serio.

Eu nunca dei muita atenção a suas reclamações em relação a isso.

Mas certo final de semana. Débora veio para minha casa, e foi tudo muito estranho, ela chegou me deu um beijo no rosto, não reclamou de minha arrumação na casa, não questionou sobre nada, achei estranho ela me perguntar se eu iria sair com alguma mulher no sábado, fiquei sem saber o que responder, pois ela sempre reclamava da minha solidão, mas nunca me fez uma pergunta desse tipo.

Mas eu respondi que não, pois eu gostaria de ir à praia com ela e almoçar em um restaurante com ela.

Então ela me falou que tinha uma surpresa para mim, me falou que ela iria me apresentar uma mulher para mim.

Eu fiquei rindo e falei. Você não tem jeito mesmo, quer me arrumar uma mulher para eu ficar preso novamente.

Então eu falei. Você não gosta de eu ter todo tempo só para você, ela me frisou os olhos e falou, e, acho que o senhor tem razão.

Mas eu acho que se eu não arrumar uma pessoa para o senhor, o senhor vai arrumar uma que eu não goste.

Eu vi certa preocupação dela nesse assunto, e ela ficou me olhando e me disse pai eu já estou sentindo o senhor longe de mim, o senhor tem alguém, eu acho que tem alguma mulher na sua vida que esta deixando o senhor longe de mim.

Então eu falei não se preocupe, eu nunca irei deixar alguém me afastar de você.

Passou-se toda tarde do sábado, ficamos em casa, ela arrumando o quarto dela, da ultima vez que ela veio deixou desarrumado, eu não seria louco em arrumar o quarto dela, ela não me perdoaria.

Então na tarde do sábado, ela me fez um convite; pai eu gostaria que o senhor saísse comigo hoje, eu irei sair com uma amigas e já falei para ela que levaria o senhor comigo.

Eu fiquei perplexo, como assim, você já combinou tudo sem me dizer nada?

Ela então falou, fica com raiva de mim não.

Tenho certeza que o senhor não vai se arrepender!

Eu falei me de um tempo, assim eu irei pensar, ela me falou você tem ate às dez horas para se arrumar, não quero ouvir um não de você.

Isso era por volta das cinco da tarde, eu não dei muita atenção ao assunto, mas ela ficou o tempo todo fazendo gracinhas tipo hoje vai ser o melhor dia de sua vida.

Você não vai se arrepender, então eu percebi que ela não iria desisti e falei, aonde e que você vai hoje?

Que lugar e esse? Ela falou olha, como eu vou com minha amiga, eu quero que nos não tenhamos tantas cerimônias, me chame pelo meu nome, eu já estou treinando de chamar o senhor de você.

Assim minha amiga não ira perceber que você e meu pai, e teremos uma noite legal.

Eu não falei que você não é meu pai para minha amiga, eu falei só que iria levar um amigo junto conosco na balada.

Eu fiquei confuso, sem saber de nada, não estava entendendo porque ela estava fazendo isso, eu ate achei que ela estava sendo muito ruim comigo, pois ela estava se desfazendo de minha pessoa, pois eu não entendia porque ela não queria que a amiga dela não soubesse que eu era o pai dela.

Bem, para meu desespero chegou à noite, jantamos, ela que fez a janta, e ela ficou o tempo todo fazendo gracinhas na mesa, falando coisas como hoje vai ser muito bom para você. Irei te apresentar uma mulher que você nunca imaginava conhecer.

Ela tratou de arrumar minhas roupas para eu sair, e eu fiquei surpreso com ela, pois ela passou em uma loja e comprou umas roupas para mim, coisa que já era muito comum entre nos, mas nesse dia as roupas que ela me comprou eram bem diferentes das que tradicionalmente eu uso, eram roupas de estilo jovem, muito bonita por sinal.

Eu me arrumei do meu jeito, para surpresa minha, e como sempre ela reclamou, e me fez tirar os sapatos, troquei de sapatos, e ela veio novamente e me arrumou do jeito dela.

Agora, nesse momento eu fiquei pasmo. Débora me fez tirar toda minha roupa, para me arrumar novamente, sem cerimônia ela abriu meu cinto, arriou minhas calças, e me tirou a cueca, eu estava atônito com a situação, fiquei ali parado com ela me arrumando, eu estava parecendo um garoto que sua mãe arruma para sair ao cinema.

Nesse momento eu percebi Débora tocando no meu pinto, estava tudo muito estranho, ela me tocando, e parecia que ela não achava um jeito de deixar meu pinto em algum lugar, eu suava muito, e disse filha, deixe que eu me arrume.

Para minha surpresa ela disse, de agora em diante eu não sou sua filha, ate que eu decida eu e você somos amigos, eu quis dar um basta naquela brincadeira sem graça, mas também estava com medo de magoar ela, então eu fiz de conta que não estava.

Acontecendo nada.

Enfim ela me arrumou do jeito dela, me olhei no espelho, e vi que eu estava bem.

Então ela fez um comentário, e falou, olha agora eu sei por que mamãe diz sempre que o amor por você acabou, mas o tesão ainda não. Pelo oque eu vi sei por que ela ainda tem tesão em você.

Ela saiu do meu quarto, e foi para o quarto dela, se arrumar, e me chamou para eu opinar na roupa dela, eu falei ora se você e tão boa para me vestir, como você tem duvidas nas suas roupas?

Ela me olhou com aquela cara de quem não gostou, e começou a tirar roupas do armário, então foi ali que tudo começou, pelo menos para mim.

Pois a Débora ficou só de calcinhas, e ficou pedindo que eu opinasse nas roupas.

Vestidinhos cada um mais curto que outro, sainhas, shortinhos, mine blusas, foram muitas roupas cada uma menor que outra, e cada vez que ela traçava uma peça era uma nova simulação de estripe que ela fazia.

Eu fico muito serio só olhando ela se trocando, e ela enfim perdeu a cabeça e disse, qual dessas roupas eu devo sair?

Eu fiquei parado e disse olha, como pai eu digo nenhuma, então ela respondona como sempre falou. Não quero sua opinião de pai, seja como um homem que quer comer uma mulher só no olhar!

E nessa hora ela tirou a calcinha, e eu vi algo que me deixou muito inseguro, eu vi a marca de sol em sua bundinha.

Eu não consegui tirar os olhos, e fiquei muito nervoso.

E ela ficou fazendo pose, me mostrando a bundinha dela, então eu percebi o quanto ela já era adulta, uma mulher já feita, então eu falei para ela, (filha, você já e uma mulher muito bonita, o tempo passou e eu não percebi.).

Então ela foi muito direta na resposta. (pai, eu já faço coisas que você nem imagina.).

Então ficou um silencio no quarto, ela então falou, olha, na realidade eu hoje quero fazer uma surpresa para você, por favor, não estrague, porque eu fiz muitos planos para hoje à noite.

Eu marquei com minha amiga para dar tudo certo, por favor, não estranhe no nosso comportamento, pois eu já sou uma mulher, embora com pouca idade, mais já sei o que quero em relação a minha vida.

Então eu falei tudo bem, desde que não aconteça nada que possa atrapalhar nossa relação, eu concordaria em sair à noite com ela ia amiga dela.

Pois eu imaginava que ela estaria armando um encontro.

Comentários

21/10/2009 21:51:41
Ficou muito bom até aqui! Mas dica para vc descrever mas tanto vc como sua filha! acho que isso chama a atenção também no texto!
21/10/2009 10:55:03
Cara você é modesto, é o texto mais excitante que ja li, espero que você poste logo a continuacao, nota sem comentarios pena que só pode dar dezzzzz
19/10/2009 21:21:40
Muito bom! Isso porque ele não sabe escrever... imaginem se soubesse! (http://ana20sp.sites.uol.com.br)
19/10/2009 21:00:17
sensacional

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


videos de com mulheres muito gostosa muito esitada dizendo qui ta muito gosto que è pra comer o cuzao delasContos de cornominha esposa dis q ta gosano filme pornoa filhada vai passar o feriado na casa de seu padrinho e tem pensamento erotico com elemolestando filhinha young pornobrincando escanchada contos pornocasa dos contos eróticos patrão e empregadoporno virge mentiu ter ido pra escola pra mae acabou comendo sua irmacunhada e cunhado beberan e acabaran fasexo sexomorena deitada para dormir nua e cansada mas seu caozinho nao deixa lanbe sua vagia e ela gstacontos eroticos amiga apostando o cuContos novinha bolin d pel titia enquanto o tio dormePorno contos pais e maes iniciando suas meninas no incesto com carinho e muito gozocontos erotico minha esposa rabuda e meu tio 8currada pelos negões no carnavalcontos eróticos minha mãe parte 4video de um homen chupano a buceta da mulher a te dar istraloscontos corno manso ineditomulequespauzudomulheres na cama peladas uma ensima da outra peladas apertando a bumda da outranovinha: dei pro meu irmao roludo depois que flagrei minha mae fando pro meu pai na sala contosgostosas chupando barman na festaevangélica Sáfadinha mostrando a bucetacomo meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1 contospornocontoincestospadrasto enteada falei de sexo brasileirohome filma mulhe no oinibocontos eroticos viajei com meu genro e fiz boquete a viajem todaxsvideo de porno itiada fudeno com padrastoconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosaxsvideo Historias e relatos reais esposa pega marido dando o cu pro negraocontos e vidios homem casado na casa de massagem ė enrrabadoaprendendo a ser puta no tapa/contosapaxonado pelo primo brutamontes 3 contos gaymenina cai em cima do negro jumento.gemer disvairadamulheres nojona de tanto tesaomae belisca querendo chupa buceta da filhafrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadodomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticoscontos de mulheres cagando e peidando em seus parceirosmulher bundona camsola curtinha trepand pornodoidoporno loira olhos azuis coxa grossa rabo grande peituda cabelos longos metendo como uma cadela no ciovideo porno irmã bricano com seu imão e apiroca escurrega etrabelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinharelato erotico cheirei a calcinha gozadaencoxou a mae na camao riquinho que eu amo cap 12 casa dos contosgosto de tomar leite de homemA buceta da minha mãe Reginahomnes esibindo seu pauzao no sanba cansao pornodoidocontos bdsm enfiei uma agulha nos meus seiosgarotas gozando e sursurrandocontos eroticos negao pegando japonesacasa dos contos dei meu cu e meu xoxotao inchado por rola sou putona taradacontos sogro e noraContos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rolaporno pirno buceta saindo gosmadoidinha pra meter com velhocontos erotecos garotinho no1 analcontos casadas chupadeirasdormi com meus tios e levei dedada na bucetasou safadinha adoro analcom p maninho casa dos contoscontos eróticos fui da o cu e cagueiCarnavalnazoofiliasogra fagar gero de pau duroconto estorei o cabresto na punhetax vidio vovinha safada caiuconto erotico guto e elainenegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxgozei na pica do cunhado do meu marido contos