Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

farra com amigos

Autor: Única
Categoria: Grupal
Data: 20/10/2009 16:07:39
Nota 9.50
Assuntos: Grupal, Sexo
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, essa história é verídica...

Aconteceu a dois anos atrás. Eu tinha muitos amigo na época, tinha 35 anos, solteira e estava numa boa fase financeira, com uma moto zero e com isso meu ciclo de amizades aumentou muito rápido.

Tinha sempre uma galerinha de umas 12 pessoas que sempre se reuniam na casa de alguém, para beber e dançar. Entre essas pessoas tinha o Marco Aurélio, um repaz de 20 anos, alto, jogador de futebol, corpo malhado, cabelos lisos batendo nos ombros. Tinha também o Vander, um rapaz negro, 17 anos, malhado por natureza, lábios grossos, sério e sistemático pela idade, conversava pouco e tinha um olhar bem profundo.

Era uma sexta-feira quando fechei um bom negócio e recebi o pagamento à vista. Cheguei em casa por volta das 18:00 hs e logo bateram no portão. Eram o Marco e o Vander perguntando qual seria a nossa diversão da noite.

Eu disse que a maioria da galera tinha ido a uma excursão, que não teria festinha na casa de ninguém. O Marco então falou: que tal fazermos nossa própria festinha?? Vamos a uma boate. Como eu estava com a "bala", falei: vamos curtir então.

Fomos para uma danceteria que tinha open bar, bebemos e dançamos muito. Minha moto ficou na casa do Marco, e fui no carro do Vander.

Quando fomos embora, tinha que pegar minha moto na casa do meu amigo para ir para minha casa. Estava muito bêbada, zonza, mais consciente de tudo.

O Marco falou para eu dormir na casa dele, que de manhã eu iria embora. Eu não queria ficar. O Marco então disse que ia fazer um lanche para nós três, para baixar um pouco o teor de álcool para eu e o Vander poder ir embora.

Ligamos o computador do quarto do Marco, enquanto o Vander mexia no pc, eu deitei na cama do Marco para descansar o corpo. Logo comecei a cochilar.

Minha calça jeans estava me apertando e eu reclamei alto, o Vander ouviu e disse: tira a calça então! Eu ri e falei: vc não pode me ver de calcinha... ele respondeu: porque não?? Esta sem coragem????

Eu falei: sou muito corajosa, quer ver???

Tirei a calça na frente dele, ainda deitada na cama. Fiquei de calcinha e blusinha regata, mostrando meu piercing no umbigo e meu bronzeado.

O Vander falou: sabia que vc é bem gostosinha???

Eu, ainda meio zonza, falei: como vc sabe que sou gostosinha??? Nunca experimentou!

Ele disse: nunca experimentei por falta de oportunidade.

Eu, que estava sem pudor nenhum, disse: pra que melhor oportunidade que essa?? E comecei a passar minhas mãos pelo meu corpo.

O Vander me encarou e disse: eu já não estou aguentando de tesão desde a hora que vc tirou a calça.

Tá esperando o quê??? Eu disse.

Ele se aproximou da cama devagar, se ajoelhou ao meu lado e começou a passar as mãos nas minhas pernas, subindo para minha barriga e depois os meus seios, ainda por cima da regata.

Ele me olhava fixamente nos olhos, como se apreciasse cada minuto do ato, foi subindo minha blusa e a tirou pela minha cabeça, me deixando um pouco descabelada.

Deitei novamente, com meus seios a mostra, só com a minúscula calcinha de renda preta. Ele se aproximou com calma e começou a me beijar. Uma de suas mãos acariciava minha coxa, descendo até encontrar minha buceta, que já estava enxarcada de tesão. Ele apertava minha xana, apertava meu grilinho, enquanto me dava longos beijos.

Ele pegou meus braços, colocou para cima, como se fosse me amarrar na cabeceira da cama e disse: se vc ficar quietinha vai ganhar um presente.

Eu obedeci. Fiquei quietinha. Ele se levantou da cama, foi tirando a roupa lentamente. Primeiro a camiseta, depois a calça, deixando mostrar a cueca, com um colume enorme, querendo pular para fora. Tirou a cueca e veio chegando devagar. Me deu um beijo, desceu pelo meu pescoço e logo chegou aos meus seios, com os bicos duros e arrepiados. Foi descendo a língua pela minha barriga e ficou um tempinho bolinando meu pircieng. Desceu mais um pouco e chegou a minha xoxota, ainda com a calcinha.

Sem as mãos, ele foi mordendo as laterais da calcinha com os dentes e tirando, um lado, depois o outro. Quando eu estava enfim nua, ele abriu minhas pernas e começou a me lamber, bem devagar, passando a língua no meu grilinho, pra cima e pra baixo, dando leves mordidinhas. Eu quase indo ao delírio, quase gritando e minha buceta louca para ser possuida.

Ele arreganhou bem minhas pernas e enfiou toda a língua dentro da minha xana, mexendo com força e eu rebolando na sua boca.

Eu tinha prometido ficar com as mãos para cima, mas não aguentei. Procurei com a mão e achei aquela pica, grande, grossa. Como poderia um rapaz de 17 anos ter aquilo tudo, saber tanta coisa??

Peguei e comecei a punhetar aquela pica enquanto ele me chupava, agora com força, como uma criança se lambuzando com um sorvete.

Foi quando não aguentei e disse que queria chupar aquela pica, sentir o gosto dela. Ele se deitou e eu comecei, primeiro pela cabeça, grande, vermelha. Chupei, suguei, enfiava tudo na boca, fazendo ele se contorcer na cama.

Quando eu chupava a cabeça do pau dele, minhas mãos o punhetavam, alisavam todo o saco. Minha língua descia e subia.

Para chupar ele, que estava deitado, eu tinha que ficar de quatro. Foi quando, pagando um puta boquete pro Vander, senti a língua do Marco no meu cuzinho. Foi quando lembramos dele, que estava na cozinha.

Olhei para trás, olhei para o Vander e ele disse: não pára, continua. Ficamos assim algum tempo, eu chupando o pau do Vander e o Marco lambendo meu cuzinho e metendo três dedos na minha buceta.

O Marco falou: me chupa um pouquinho também. Ficou ajoelhado na minha frente e eu cai de boca naquele pau gostoso, parecido com o do Vander em tamanho e grossura.

Até que não aguentei mais e disse que queria ser fodida, tava louca para sentir uma rola enfiada toda na minha buceta molhada, até o talo.

Tiraram par ou ímpar, o Marco ganhou e se deitou. Vem, rebola em cima de mim, ele pediu. Eu cheguei, me posicionei em cima dele e encaixei a pica dele na portinha da minha xana molhada, quente e inchada de tesão. Fui sentando devagar, rebolando e enfiando, foi entrando tudo, me rasgando.

Eu rebolava, cavalgava, pulava em cima dele. Ele apertava meus seios, me chamava de puta, vadia e eu gostava, ficava mais doida.

O Vander estava só olhando e se masturbando, passando a mão no meu cuzinho e tentando enfiar o dedo.

Eu disse: come meu cu.

Foi muito louco. O Marco ficou deitado, eu cavalgando nele e o Vander ficou em pé, atrás de mim, tentando enfiar o pau no meu cu. Eu rebolava no pau do Marco e ao mesmo tempo ajudava o Vander a arrombar meu cu.

Foi entrando, aos poucos, arrombando meu cuzinho apertado, e com isso fazendo minha bucetinha ficar mais apertadinha ainda.

Fiz um movimento brusco e entro tudo, meus dois buracos estavam lotados por duas picas gostosas. Eu rebolava como uma cadela no cio, mexia e sentia as picas entrando e saindo de dentro de mim.

Pedi o Marco para me bater na cara e o Vander para puxar meu cabelo. Não sentia mais nenhuma dor, só aquela sensação de ser possuida por dois machos gulosos...

Não demorou muito e o Marco disse que iria gozar, o Vander falou logo depois que também ia.

Pulei, deitei e os dois ficaram em pé sobre mim, jorrando seus leites quentes sobre minha buceta e minha boca, enquanto eu gozava batendo uma siririca gostosa...

Deitamos um ao lado do outro. Foi a foda mais louca que eu já tive. Apesar de ter sido tão boa, não rolou novamente.

Logo conto outras aventuras...

Bjusssss

Comentários

10/01/2011 09:35:46
nossa Unica vc e mesmo Unica que delicia me escreva [email protected]
21/10/2009 16:39:27
Delicioso, seu conto!!
20/10/2009 21:22:57
Otimo conto.bjos
20/10/2009 18:56:00
Artur diz: ok a minha amiga qdo podemos marcar p comer ela ela esta muito afim de dar é só a gente ir com jeitinho q vai virar uma ela mete muito ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: pode ser na quarta ou na sexta ou sabado a tarde Artur diz: vou ver com ela p sabado a tarde ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: Artur diz: 4 ou 6ª eu não poço ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: mas se vc nao me madnar ainda hj o meu relato vc vai ver comigo hem ah é lembrei nao tme foto dela? ontem foi um casal em casa, mas a mulher é velha e feia e eu nao comi, dispensei Artur diz: depois q vc conhecer ela vc pode marcar com ela nos dias q eu não poço fica entre vcs ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: sabe gostamos muito de v vc a mika quer vc vc me coma tb. ela quer ver eu levando um na bundinha Artur diz: essa minha amiga parace a mulher da propaganda do extra ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: traz um creme nao sei nao, quel é Artur diz: ou vr se tenho aki se tiver eu levo ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: seu pau é muito gostoso Artur diz: tem uns em envelope individual vejo se tenho ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: vc quer me comer? acho que nao né vc nao curte sua porra é gotosa adorar vc e seu pau queremos ser seu Artur diz: vc quer dar p mim ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: quero adoraria se vc fosse meu primeiro homem Artur diz: então quero comer vc ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: me abrir para outros na sexta foi um cara lá ele tentou mas nao cosneguiu sou muto, muto apertadinho e nao tinha creme se vc me fizer, vou lembrar de vc para semrpe Artur diz: to com o pau duro ta ate doendo ITALIANO BONZINHO = A PICANHA ESTAVA ÓTIMA diz: vc e muito gotoso queria que vc fosse meu primeiro homem Artur diz: imagino vc comendo o cu da japa e eu comendo o seu
20/10/2009 18:19:30
sensacional
20/10/2009 17:49:01
Olááá... Gata Sexy!!! Que conto DELICIOSO... como gostaria de ter vc, tbém... PARABÉNS... a nota éMIIILLLLLLLL... BEEIIIJJOOOOSSSSSSSSSSS.. Se te interessar, meu MSN é: [email protected] Aguardo contato...
20/10/2009 17:35:33
e tome 10., nao tem como ser diferente...
20/10/2009 16:42:15
é 10 né gata delicia como gsotaria de estar nessa suruba comendo vc tambem, me passa seu msn [email protected] bjs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Virgem chora na cama com velho taradocasada fode ate ficar esgotadaporno corno paga dois homens de pau Grosso pra esyrupar sua mulher na frentedeleinsesto istorias eroticas pai filas novinasContos de comedores de Mendiga novinhas de 10 a 12 aninhossexocunetecontos sexo anal concunhado concunhadavidiopormo de mulier que noa aguenta pau no cu e bera naoraContos eroticos de viados maduros que foram deflorados na marraabriu bunda cu buceta dançarinas distraidassogra gostosa de cabelos crespos fudendo com amigo do genrovideo porno a navinha criando corage a enfiar o pau do cavalo em sua bucetaContos minha esposa negra bundudona no forro eu corno contonovinha louca pra mamar um cacete do coroa bebadovideo porno marido enbebeda aesposa chama o amigo para aproveita com seu pauzaox video garotas flazinhasacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendoos melhores minetes com o caralhinho no cu pornoconto porno gay. bullyingporno novinha trezeno com namorando da migaquero ver novınha que sao empregada fudendohomens balancando as bolas pornofilhinha da a buceta para irmao e padrastocalcinhas casadas coroas grtando de dr no anal profundo e dptadoscontos de sexo depilada na praiacalça legui caladinha na casada xvideofiquei sozinha em casa com meu padrasto não resiste aquele pauzão enorme xvideos.com mobilefotos de mulheres com camksinhas nas bucetasporno amador mulheres lanbendo o pao do homem devagarinho até gozarvideo porno botei meu pau ate as bolas na boca da tiaconto erotico gay vagejada capconto eróticos voyeur vizinha dos fundosler conto erotio descabaçando irma peludamenina ponha na bucetinha dedinho cheio de pregasmeu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguesxxvideosamoMinha jovem esposa bunduda dando na marra pra outro homem contos corno umilhadovídeos de pornô os tios do p********* e grosso tirando a virgindade das Sobrinhas quando mete o pau ela se caga todinha e se mijacenasexocom visinhacontos eróticos mulher transando com negãosexo na madrugada prudentinaxxx bunda grandeconto em familiaporno de ananotamagrinha e a amiga desputando o mesmo homem dotado analpornodoido sogra da cugrade a genro e filha na salaquero baixar pornô novinha chamando o pai de mensagem massagemcorno tomou leite corno contoszoofilia veterinaria tendo orgasmo com cavalogostoza rabuda sendo encoxada por picudo ater gozsrtirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicasvídeo pornô que a gostosafala ai para,seu pau e muito grandecontos de sexo depilada na praiaconto erotico "padre não é homem"videos pornos de genros depilando sogra e n resiste fode elarelato picante de esposa cavalona e marido pintudocontos eroticos minha mae com aminesiacombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlineconto erotico aprendendo amar em parte Imulher que encolheu todinho com ponta do rabo XVídeos brasileiroporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delaconto erotico minha mae é uma piranhangatadas anais zofilia contosvideo porno mamãe viuva saiu pra dar uma metidinhaconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelasexo com dentista a forçacontoslactofilia porno em sao carlos spFotos de picas alargadoras de cu de gaysconto sexo cu por gustaincestocrenteSo putinha chupando rolas de 16centimetromenina mãeporno da parra doi carapadrasto enteada falei de sexo brasileiro