Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Trem, tesão e suor no apagão

Um conto erótico de rio40graus
Categoria: Grupal
Data: 16/11/2009 14:48:01
Nota 8.67

Na terça feira passada estava saindo com a minha namorada da faculdade que fazemos em Osasco junto com uma amiga nossa Cibele em direção a ultima estação do trem a estação Grajaú da zona sul de SP.

O vagão estava super vazio e ficamos nos três no ultimo vagão afastados de todos conversando assuntos do cotidiano e o tema era o vestido da garota da UNIBAN. Tanto ela quanto a minha namorada vestiam uns vestidos floridos bem curtos com as coxas a mostra e de sandálias de salto alto realçando muito bem o corpo perfeito das duas.

A minha gata é uma morena de cabelos longos, alisados que vai até a bunda, já a Cibele é uma mulata com uns seios fartos e coxas grossas que deixava todos da sala loucos por ela. A viagem prosseguia sem nenhuma novidade, vire e mexe e dava um beijo gostoso de língua na minha gata deixando a Ci, puta da vida. Ela reclamava que nós éramos uns filhos da puta de ficar deixando ela com tesão com os nossos beijos.

O trem prosseguia a sua viagem e cada vez mais eu beijava a minha tesuda colocando a minha língua bem amostra para deixar aquela deusa de ébano mais excitada, logo sentimos um tranco muito forte no trem e olhando pelas janela percebemos um grande apagão em toda a cidade. Pelo microfone de emergência o maquinista tranqüiliza a todas no escuro total.

- fiquem todos calmos em breve a energia deve ser restabelecida, por enquanto permaneçam sentados em seus lugares.

A Cibele chegou mais perto de nós, falei para ela ficar calma e acalmei a minha gata com vários beijinhos, e confidencie para ela que estava louco para dar um beijo gostoso na boca da Cibele, se ela permitisse. Eu e minha gata somos bissexuais e já participamos de varias transas a três e aquela oportunidade não podia passar em branco ou melhor em negra rsrsrsrsr.

A Cris foi para o meu lugar e pegando na mão da Cibele foi ate o seu ouvido e confidenciou a nossa intenção já dando um beijinho de língua no ouvido dela. Ela chamou a gente de maluco e de outras coisas e logo depois perguntou para minha gata se ficaria em segredo tudo isso. Nós dois juramos que ficaria só entre nós e logo fui para o outro lado tateando o banco onde a Cibele estava ate sentar do seu lado e começar a enfiar a língua no seu outro ouvido enquanto a Cris já mordia o seu pescoço e enfiava a língua no seu outro ouvido.

Ela no nosso meio era divida por nós dois. Virei o seu rosto e tasquei um beijo gostoso na sua boca de tirar o fôlego, enquanto a Cris abria as suas coxas e procurava aquela xoxota carnuda com os dedos, ela gemia baixinho sugando a minha língua me fazendo ficar com o cacete durão que apertava sem parar e nada de a luz voltar, e eu ali com duas gatas fazendo todas as orações para os deuses do APAGÃO para que ficassem assim por mais uma hora se possível.

Logo a Cris pegou a Cibele pelos cabelos e fez ela sentir o seu beijo molhado a a sua língua nervosa invadindo aquela boca carnuda deixando ela louca, e resmungando que nunca tinha beijado uma mulher, mais que estava adorando. Eu já tinha descido e de joelhos entre as coxas de Cibele, procurava a sua buceta com a boca puxando a calcinha de ladinho e mergulhando naquela bucetona raspadinha de lábios grossos e com um grelo descomunal, peguei as suas coxas e apoiei nos meus ombros e me acabei de chupar aquele grelão tesudo, fazendo ela ver estrelas. Ela gemia baixinho que estava uma delicia, e pedia para Cris morder mais forte os bicos dos peitos dela, só assim percebi o que a minha gata estava fazendo devido a intensa escuridão que tinha na cidade.

Meti dois dedos na sua suculenta buceta que estava encharcada e não tira o seu grelão da boca hora mordendo hora chupando fazendo ela delirar de tesão, tirei um dedo da sua racha babada e soquei com tudo no cuzinho dela fazendo ela gemer baixinho

- Cris ele estaaaaaaa me deixandoooooo louca, ele esta enfiandooooooo o dedo no meu cuzinhooooooooooo

Deixei a Cibele um pouco de lado e levantei com tudo o vestido da Cris e procurei a sua bucetinha e me acabei do seu grelão também, as duas tinham bucetas carnudas, super beiçudas era 1 kilo de filet mingon para cada uma, me acabei na racha da minha gata, que pedia para a Cibele chupar os peitos dela com força, para morder gostoso enquanto eu socava o dedo no cuzinho dela também que estava toda esparramada no banco do trem. Fiquei em pé saquei a minha piroca que estava dura feito uma rocha e puxando a cabeça das duas fiz elas me chuparem enquanto elas se tocavam gemendo e pulando enquanto agarravam o meu cacetão com muito tesão. Sentei na cadeira do trem e fiz a Cibele sentar com tudo deixando aquele bucetão engolir e mastigar todo o meu caralho, e como rebolava aquela mutala. Ela parecia a globeleza da foda, fudeu muito o meu pau com o seu cacete atolada na sua racha, a Cris me beijava com força e tesão enquanto eu tocava no grelo dela que estava durinho. Abracei Cibele com o meu braço e fiz ela sentar com tudo socando bem no fundo tocando o seu útero, e mais uma vez soquei o dedo no seu cuzinho enquanto fodiamos sem parar. Tirei ela do meu pau e colocando a Cris de quatro no banco, meti fundo na bucetona da minha mina gata que puxou a Cibele e beijou ela com tudo, engolindo a sua língua fazendo ela delirar. A minha gata estava um tesão da porra e rebolava a bunda enquanto eu metia forte socando a piroca no fundo do se útero enquanto a Cris lambia e chupava a boca da Cibele que ficou de quatro no banco beijando a amiga com todo tesão, fui apalpando o corpo da Cibele ate que minha mão tocou no seu rabo delicioso e sem pensar duas vezes meti o dedão no cuzinho da tesuda que arqueou o corpo para o alto enquanto empinava a bunda mais e eu entrava com tudo no cuzinho dela. Tirei o dedo e mirei a piroca na entrada do cuzinho e fui empurrando ate o meu cacetao desaparecer dentro daquela mulata tesuda, peguei ela pela cintura e fiquei estocando enquanto a Cris foi para debaixo de nós e começou a chupar o grelo dela fazendo ela começar a gozar sem parar com a minha piroca atolada naquele cuzinho tesudo. Tirei o meu cacete feito um pedra do seu rabo e soquei com tudo no cuzinho da Cris que pedia para ser enrabada sem dó, meti com tudo na minha gata fazendo ela gemer gostoso e pedir para colocar mais fundo no seu rabo enquanto a Cibele sentada recuperava o fôlego depois da gozada que tinha dado comigo. Logo a Cris pegou ela pelos cabelos e meteu a língua na sua boca enquanto gozava sem parar tomando no cú e dedilhando o grelão que estava duríssimo, meti muito no rabo da minha gata que chupava a boca da Cibele com tudo. Tirei do cuzinho e soquei com tudo na racha da minha gata fazendo ela jogar o corpo sobre a nossa amiga, logo tirei o meu pau babado e puxando as duas pelos cabelos gozei muito dentro da boca delas, nunca gozei tanto não parava de esporra na cara delas e ainda ficamos mais de duas horas nos beijando os três fazendo juras para novos encontros, demorou muito mais logo que voltou a energia o trem partiu rumo ao Grajaú deixamos a nossa namorada em uma estação antes da final e partimos para nossa casa onde fudemos mais uma vez pensando em tudo que tinha, no meio da nossa transa ligamos para a Cibele e enquanto ela tocava do outro lado nós dois gozavamos sem parar escutando os seus gemidos e a sua voz.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
17/11/2009 18:47:11
Um pouco forçado, mas quase levantou meu cacete. vou te notificar com 7, espero outros melhores.
17/11/2009 18:40:41
humm amei quero amigos como vcs!!! moro em Osasco tb..me add
16/11/2009 23:01:35
Show d ebola
16/11/2009 14:58:00
Sorte pra ti!!!




Online porn video at mobile phone


porno brasileira pequei miha irma toma banho e tirei a virgindade delafilha enventa de dormir na cama do pai ele nao aguenta gosa dentro da buceta delamulhereres evanjelicas peludas porno caseiincesto mãe devassa da xana famintacontos eroticos dei para um vizinho de iptingafotos cazeira bucetas escapando pelo vestidoporno minha esposa chupou o pinto do agiota pra pagar minha dividafiadinho dano o cu gritano de dor pra um ttraveste palzudo pormo brasileiro gratesvideo de corno chupado o pau do negam juto com a esposaxvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau duroouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucoscasada fode ate ficar esgotadacontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramWxvidio comedo di ciucontos eroticos ele esfolou meu rabinhoporno.padrasto.esculacha.panteras.xxvideo gay vésatil vídeo pornô homem t***** possuído chupa b***** da mulher e filhos dele até virar uma chupetagaroti gay pauzudp ttansar c homem cacetudo e grisso vidio pirnocontos eroticos de evangelicas metendoesposas pedem para estranhos tirar camizinha pra gozar bucetao delasxxvideo mae fazendo gimatica e filho comi elacontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaiporno de coroucom novinhasfilha fodendo com pai na excursaoComo se escreve “ manda video porno ” em inglesincesto tia e sobrinho ela tenta resisti mad acaba sedendo a buxetinha porno videoscontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadocontos prima novinha dando cuzinho de surpresaelacareca contos eroticos de mullheres carecasLukinhas contos eróticos gaysfiumeporno minisaia encoxadasexo pregando no fagaresposa crente novinha gostosa e o segurança do predio roludo contos eroticoswww ponto come come fazendo sexo fazendo pornografia fazendo sexo vaginal sadia.com.br homem e homemcoroa q sabi dexa dozelo de pau durodespedida de solteiras com/mulheres casadas q se entregarao a putariaXxvidii ela vai toma ni cuvideo porno botei meu pau ate as bolas na boca da tiaporno duas amiga core do pau cabesudoconto erótico se masturbando com calca legecontos a Loba tarada no analconto no cinepornovideo sexo mulherzinha nova traindo seu marido com cunhado mulekãoContos eróticos tarados na madrugadaquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosxvideo so tesuda zaradacontos de sexo depilada na praiaxvideos mulher com manchinha no rosto chupandocontos de sexo com meu pai metiii vaii issoBaixar Videos Porno Mulheres Bem Gostosas da Bunda Grande Querondo rola e Loca de Tesao Baixarnovinha magrinha mija na pica grandeela gozou mas eu nao parei de chupar a buceta delapegou fogo no travesseiro da atris14aninhos xotas lizinhainiciou programa travesti cuzinhocontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papainorinha ve o pau do sogro duro e faz sexo com eleVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradoscontos eroticos tia bucetuda no onibus e menino casetudoeu e minha filha fomos encochada adoramosQuero comer seu cuzinho tenho local ferraz de vasconcelo liga no zapPenis flacido castrar contossexo taboo com toda a família contos ineditos mães e filhos online contos de incesto sexo com coroa ruiva baixinha gostosa peituda de buceta bem peluda fidendo xom bem dotadopornor doido homem batendo poleta no banheiroMeu primo playbou carioca conto gay cap 3Xsvideos artista pintando macho nuconto gay virei namorado do tio viuvozoio filme antigo erótico animalescocontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidossaiu sangue da buceta da minha namorada quando nos estavamos trazandopornô mãe dando o cuzão dando para o filho de regaço combinação pelo cão carinhocasa dos contos meu marido me fez da o cu a dois picudos chorei de dorContos eróticos de incesto entre familias aonde todos mamam e foden em todas as posiçoes possiveis e de todo o jeito em orgiascontos erotico flagrado pela a sogra no banhocalçinhas dentro dos reguinhos da buceta e do cugostosas da bundonadormindo mae efilha eo pai pornodoido