Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O executivo da fundação e eu

Autor: Valtinho
Categoria: Heterossexual
Data: 17/11/2009 18:46:26
Nota 8.00
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu sou advogada formada há alguns anos e com bastante experiência em diversos ramos do Direito; tinha junto com uma amiga formada em Publicidade uma empresa que organizava eventos e promoções na área da assistência social e esportiva para órgãos públicos, especialmente prefeituras; eu cuidava dos aspectos jurídicos e a minha sócia da parte comercial e demais obrigações.

Eu vivia numa fase difícil no meu casamento; o meu marido tinha aderido à demissão voluntária no seu emprego e não conseguia outro; ficava diariamente me aborrecendo, mal humorado, ciumento, reagindo mal a cada telefonema profissional que eu recebia eventualmente na minha casa; perdeu o interesse sexual por mim e me deixava na maior vontade; eu estava naquela idade em que o sexo era indispensável, que vibradores mal aplacavam o tesão; eu já tinha trepado com a minha sócia numa tentativa de me saciar e tinha sido mal sucedida; a experiência não tinha me agradado, muito embora ela fosse expert no assunto. Cheguei a telefonar para alguns casos anteriores buscando pelo menos uma trepada que me acalmasse, mas também foi infrutífero; nem sempre o amor antigo responde. Em resumo, eu andava extremamente carente, tesuda; louca para foder com alguém.

Fomos procuradas por uma Fundação sediada na Capital oferecendo-nos uma parceria comercial nesse ramo; iniciamos as tratativas via email, fax, telefonemas; o acordo rapidamente foi-se desenhando e chegou o momento de uma reunião formal para fechar a parceria; o meu contato era um executivo que me tratava ao telefone com extrema cordialidade e respeito, uma voz grave e muito sexy deixando-me sempre com uma grande curiosidade sobre o seu rosto, o seu corpo; eu já havia me masturbado imaginando o pau que acompanharia aquela voz. E, pior, eu tinha uma tara enorme para finalmente dar o meu cuzinho pela primeira vez para um homem que me seduzisse totalmente, que me tratasse como gente, como mulher; para mim o meu cuzinho era uma jóia rara que eu somente deveria entregar a quem o merecesse, o conquistasse; e aquela voz deixava o meu cuzinho piscando, em ponto de bala; eu me masturbava imaginando-me sentada no seu pau, sentindo-o penetrar na minha joinha. E cúmulo dos cúmulos, andava com lubrificante na minha bolsa sonhando com o momento em que finalmente seria enrabada.

E o dia chegou; reunião marcada para o nosso escritório as 10:00 horas; aprontei-me, depilei-me, maquiei-me e aguardei; pontualmente o executivo adentrou a recepção; a secretária o encaminhou à minha sala e quase desfaleci; um tremendo coroa, meia idade, bigode e têmporas ligeiramente grisalhos, alto, moreno claro, vestido impecavelmente; a minha xoxotinha molhou de imediato, o cuzinho piscou; aquele macho à minha frente, era só o que eu estava necessitando. A minha sócia chegou e a reunião começou.

Tudo o que eu imaginava naquele executivo estava se realizando; e a cada olhada que ele me dava nos olhos eu o imaginava nu, pau duro na minha boca; a minha xoxota pulsava sem parar, eu sentia a minha calcinha se encharcando ainda mais; apenas com o seu olhar, a sua voz, os seus gestos, ele já estava me comendo. Que macho, que fodão deveria ser !!! E o cuzinho piscando feito louco, louco para ser deflorado.

E até a minha sócia que gostava mais de mulher do que de homem também estava inquieta; eu sentia nela uma concorrente em potencial.

Fizemos uma interrupção para o almoço; quando fomos ao banheiro lavar as mãos parei de repente na sua frente e recebi uma deliciosa encoxada;. educadamente ele desculpou-se e eu desavergonhadamente sorri, quase dizendo que queria mais, muito mais.

Almoçamos e retornamos a reunião até as 16:00 horas quando ele se retirou para a Capital, marcando retorno para a semana seguinte para a assinatura do contrato. Naquela noite o meu vibrador, meu inseparável companheiro, me saciou mais uma vez, inclusive invadindo o meu cuzinho, cada vez mais necessitado.

Passaram-se os dias e finalmente chegou a reunião tão esperada; com pontualidade britânica chegou as 10:00 horas; lemos os documentos, firmamos e estávamos prontos para o início dos nossos serviços. Fui ao meu barzinho e servimo-nos de uma taça pequena de vinho branco que guardo para situações especiais; a partir daí a conversa fluiu muito mais fácil; a minha sócia precisou se retirar para ir buscar o filho na escola e fiquei a sós com aquela tentação de homem; vestida com uma mini saia muito curta, uma calcinha branca que contrastava com o negro da saia, cruzei e descruzei as pernas uma centena de vezes; claramente o executivo sentiu as minhas intenções; e ele estava completamente a vontade, pois o contrato já havia sido assinado e a obrigação profissional daquele dia cumprida. Sem pressa de ir almoçar ou retornar à Capital foi ficando no sofá e a minha xoxota já estava maluca; sentia escorrer pelas minhas coxas o meu lubrificante natural e se ele quisesse eu daria pra ele ali mesmo; eu estava completamente enfeitiçada. O pessoal saiu para o almoço e ficamos a sós; ofereci-me desavergonhadamente e pelo brilho do seu olhar e o passar de língua sobre os lábios, ele aceitou; fui até o bar buscar mais vinho e ele veio por trás; posicionou-se atrás e me deu novamente uma encoxada; deliciosa, demorada; calmamente beijou a minha nuca, as minhas orelhas, suas mãos percorreram os meus seios; esfregou o seu pau na minha bunda, rebolei, senti o seu calor, a dureza do seu pau; tentei me virar e ele não permitiu continuando a me encoxar e lentamente foi empurrando a minha nuca para a frente e puxando a minha bunda ainda mais para o seu pau; quando me apercebi já estava apoiada com os cotovelos na minha mesa, a curtíssima saia levantada, a sua mão acariciando a minha bunda, suas mãos tirando a minha calcinha, e alisando o meu reguinho; um dedo achou o meu cuzinho, acariciou, molhou-o na minha xoxota e lubrificou; senti que as suas calças estavam sendo abaixadas e um pau quente, muito quente, encaixou-se no cuzinho, que era a minha fraqueza; estiquei o braço, peguei o lubrificante na minha bolsa, entreguei-lhe; estava claro que eu adoraria lhe dar aquele buraquinho; facilitei o máximo que pude e em poucas tentativas senti o seu pau me penetrar; foi entrando devagar rompendo as preguinhas, senti um delicioso ardor e invadiu-me sem cerimônia; estocou várias vezes, senti o seu hálito na minha nuca, suas mãos nos seios, na xoxota, o grelinho gemendo de tesão; entrou e saiu várias vezes; a cada estocada eu dava uma gemida profunda de agradecimento e de prazer; finalmente o seu gozo; farto, quente, em jatos; gozei, gozei nos seus dedos que em seguida colocou na minha boca; senti o sabor, o perfume do meu gozo; sentindo aquela vara maravilhosa ainda todinha no meu cuzinho perguntei;

- Você não vai me possuir ?

Tirou o pau, virou-me, beijou-me deliciosamente, carregou-me ao sofá, colocou uma camisinha e penetrou; penetrou com carinho; senti a minha xoxotinha receber toda aquela maravilha e lhe disse no meu ouvido:

- Eu tinha certeza que o meu cuzinho seria teu.

E acrescentei:

- O cuzinho, a xoxota, tudo. Peça, peça e terás para sempre.

Recebi seus lábios nos meus selando o nosso trato; único, eterno, indissolúvel.

[email protected]

Comentários

17/11/2009 20:00:20
sensacional

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


apalpando o roludo no rodeio sexocoletania de negao socando ate o saco nas esposas gringas com vestidos pornoacordei galada de tanto gemer sonhei com uma ponba que me fez gemer video porno baixardeixo unegao desmarcado goza dentroExibicionismo em praia de nudismo lotafacontos erótico de massagitas dotados comendo madames e ninfetashttp://linkshrink.net/7coxzDporno serena ali doeumeu sogro queria dupla penetracao com minha sogro veridicohomem peludo com o penis levantado elatejando de tesaoVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradoscontos chantagiei a enteada e tirei seu cabasoconto anal orfanatominha mae me iniciou na zoofiliavideo porno irmao tarado meteu na irma sem camisinha acabou ingravidando elapassa manteiga no corpo e na busetacoxando disfarsadamente e rabuda deixandoconto erótico se masturbando com calca legecoroa mais safada q conhesoconto erotico descobri que o marido de minha irma e honosexual acabei comendo ele e minha gostosa irmahotmail muletodarevista private relatosporno novinha no malabarismo com duas rolastrês machos rasgando o c* da n***** pedindo mais v**** dupla 300 e relaxada aberta chupando sem parar na boca v****contos crente casada quis experimentar no cu e se arrependeuadorei a enconxada que ele medeu erotico aldiconto erotico primeiro boquetetia gemendo peituda vizinhaCONTOS DE SEXO INCEST IRMÃO BAJULANDO IRMAZINHAabrir vídeo de pornô de negão mongolóide metendocontos eroticos de caminhoneiros fudendo homens em posto de combustiveisxvideos mulher com manchinha no rosto chupandogaranhão paquerou a minha mulher e levou para o motel vídeo pornô cornosquero ver vidio de homen caralhudo se depilando o sacomorena fofinhado rabao fudendo com dotadoBucetainchadaxvideomobilecomtos exitantesbucetinha super apertada sendo destruída por negao super roludo até arregalou o olhovideo de sexo narido xifrado com a comlhadairma no cio chupa tudo sem frescuraginecologista gemendo baixinho pra ninguém escutar porno doidoVer garotos com 16 cm de picaai como doi pucona pornocontos eroticos sentei no colo do pirralhocontos eroticos o costureiroWww.vidioerotico.deminas.geraís.com.Pasando com a cobra na cona Zooporncontos erticos lufermenininhae gueyzinho xvideoempregada safadinha Fátimacontos eróticos de sinhozinho comendo escravaMinha namorada ficou gostosa e.virou puta.Chico não posta foto dela desce em pornô com As Panteras filme pornô com As Panteras 10vídeo porno brasileiro de gostosa morena dando o cu pra estranho que come o maridotambémcomi egua nova contocontos eróticos sou gostosa e acabei seduzindo meu irmao gostoso e acabamos no sexox videos curraincestoporno mulheres com alta preção no cu jogs bosta longecontos de sexo depilada na praiaVer foto de homem enfiando a mao dentro drento da vagina da mulhertitia nice mamando rola pretaporno as novinhas cem peito de 8 a 10 perdedo a virgindade pro paigranfina brasileira sequestrada e fode e gozadoce nanda contos eroticoscontos eroticos de caminhoneiros fudendo homens em posto de combustiveisEu e meu namorado fizemos sexo na salauma mãe vai para o quarto de um filho ainda quando ele ver com p******* abre a sua oxente e chupa o pau dele pornôAS CARIOCAS PORNO VIOLENTO 2009novinhas que gostan de fica só de shortinho para ecita paimulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotadoContos novinha perdeu cabaço do cu com roludao tremmeu amigo me punehtouquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandonovinhas.abrir.buzentaContos eriticos putinha do meu cunhado bem dotado parte3incestocrenteescravo da esposa scatcontos eroticos d maridos q levam homen pirocudo pra comer sua mulher em ksaMais carentes enrabadas por filhoQuadrinhos eróticos meu padrinho pauzudo me comeu