Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Encontros e desencontros

Autor: Lorena
Categoria: Heterossexual
Data: 28/11/2009 14:46:03
Nota 8.88
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Às vezes a vida dá certas curvas que a gente acaba não entendo bem.

Em um domingo a noite fui à padaria para comprar sorvete, pois estava me sentindo entediada sozinha em casa. Comecei a procurar entre os potes o sorvete que eu mais gosto quando senti uma mão em minhas costas. Achei que fosse um dos meus amigos que trabalhavam na padaria então disse brincando que o sorvete era só meu. Foi quando ouvi uma voz que até então me parecia desconhecida dizer que não tinha problema porque ele também ia comprar um só para ele. Fiquei vermelha de vergonha na hora. Mas também fiquei com raiva. Quem esse malandro pensava que era para colocar a mão em minhas costas como se fosse um amigo? Me virei zangada e quando ia dar um passa fora no malandro achei que o conhecia. Ele ficou parado me olhando parecendo querer que eu o reconhecesse, foi quando ele perguntou se eu já o tinha esquecido. Eu pedi desculpas, mas realmente não estava lembrando dele. Ai ele disse que isso já era de se esperar de uma menina tão metida e mal criada como eu. Nesse momento eu o reconheci. Era o Felipe. Não nos víamos há pelo menos 7 anos. E acreditem, ele havia mudado bastante. Há 7 anos atrás ele só vivia bronzeado de sol, com o cabelo em desalinho e roupas bem coloridas. Não parecia em nada com aquele homem parado a minha frente. Agora estava com os cabelos ficando grisalhos, menos bronzeado, com uma barriguinha mais saliente. Mesmo com todas essas mudanças continuava bonito. Conversamos um pouco e ele disse que estava de volta ao Rio e que estava feliz por nos termos reencontrado. Fiquei com o telefone dele e ele com o meu. Uma semana depois ele me ligou e marcamos para sair.

Era sábado de chuva. Fomos a uma festa de uma amiga dele. Amiga essa que ele queria causar ciúmes. Só que ate então eu não tinha conhecimento disso. Chegamos à festa por volta de umas 21h. Eu estava ate que bem bonita, com um vestidinho floral, de tecido leve, meio transparente (mas nada que causasse algum embaraço), decotado na frente e nas costas, sandália de salto alto, bem fino e uma leve maquiagem. Assim que chegamos logo me apresentou a “amiga” dele. Ficamos por lá, dançamos muito e estávamos realmente nos divertindo quando ele viu essa amiga dele com um cara no maior amasso. Coitado ele ficou com muita raiva. Ai percebi o que estava acontecendo. Fiquei com muita raiva dele, me sentindo usada... se ele ao menos tivesse me falado tudo bem... Sai da festa com ele me seguindo tentando falar. Ele pediu desculpas e tal e assumiu que me trouxe para causar ciúmes a ex. Ele pediu que eu voltasse para a festa com ele e fui. Depois de umas ices a mais eu estava leve e soltinha. Ai os amassos comeram soltos. Quando ela nos viu, acho que queria me matar. Achei aquilo muito engraçado e começamos a provoca-la ainda mais. No fim da festa fomos nos sentar na mesa que ela estava. Naquela mesa haviam 4 pessoas contando com ela. Estávamos todos em ritmo de festa, todos meio altos devido a quantidade de bebida alcoólica que havíamos ingerido. Isso nos animou ainda mais. Todo mundo por debaixo da mesa estava de sacanagem. De repente começou um troca -troca de casal. Um começou a beijar a namorada do outro, mãos que nem se sabiam de quem era apertavam peitos e partes intimas uns dos outros. Quando senti uma mão segurando meu peito e eu não sabia de quem era fiquei assustada e me levantei. Todo mundo começou a rir. Me senti mal com aquilo e quis ir embora. Só que dessa vez a “amiga” dele foi atrás de mim. Chegou cheia de pressão perguntando se eu não queria roubar mais um namorado. Fiquei passada. Ela começou a me xingar. Todo mundo ficou nos olhando inclusive o idiota do Felipe que ficou parado meio que sem saber o que fazer. Eu fiquei ouvindo aquilo e cada vez me sentindo mais constrangida. Quando tentei ir embora novamente ela me puxou os cabelos. Ai ele se levantou, mas já era tarde. Me virei com tudo e lhe dei um grande tapa na cara. O tapa foi tão forte que ela chegou a se desequilibrar. Então todos vieram em nossa direção e separaram a briga. Sai de lá chorando de raiva com ele, sem que nos falassemos uma palavra.

Duas semanas depois o engraçadinho apareceu em minha porta, me chamando para sair. Voei no pescoço dele, dando lhe muitos tapas. Ate que ele segurou meus pulsos e me mandou parar. Eu estava com muita raiva. Mandei ele me soltar, porque se ele não soltasse ia começar a gritar. Ele disse que se eu gritasse ele teria que me fazer parar. Foi quando ia começar a gritar que o senti me puxar colando meu corpo contra o dele e a boca dele na minha com força. Fiquei sem ter o que fazer. Enquanto as mãos dele passeavam por meu corpo. Quando ele sentiu que eu parei de lutar ele permitiu que eu mexesse as mãos e começou a descer a boca. Sua boca firme encontrou minha garganta e me vi virando a cabeça para trás, gemendo de tanto prazer. Moveu-me de costas até pressionar-me contra a parede da sala, gerando um som abafado. Deslizando as mãos para baixo, levantou minha saia e permitiu que seus dedos sentissem a suavidade de minhas coxas. Com isso levantei a perna e enganchei-a nas costas dele. Incapaz de conter sua excitação, ele se concentrou em levantar a minha camiseta. Levantei os braços e ele a tirou. Rapidamente tirei sua roupa começando a desabotoar a camisa, passando as mãos com firmeza pelo peitoral sem pelos. Tirando o cinto e por fim suas calças. Quando me abaixei para tirar suas calças vi seu membro ereto e comecei a beija-lo e suga-lo com tanta vontade que eu quase não me reconhecia. Enquanto o chupava, senti que ele agarrava meus cabelos e gemia.

Não sabia explicar o que estava acontecendo comigo. Só sabia que era aquilo que eu queria. Quando ele já não aguentava mais me puxou de volta, colocando-me novamente contra a parede. Ele não parava de acariciar-me, os seus dedos passeavam incessantemente entre minhas coxas, mexendo-se para frente e para trás num ritmo enlouquecido, as vezes me penetrando com os dedos. Aquilo estava me deixando louca. Eu queria gritar. Enquanto ele me acariciava eu não conseguia parar de punheta-lo. Quando, sem que eu esperasse, ele retirou minha mão eme penetrou enlouquecido, com força. Tudo o que consegui fazer além de gemer foi me passar as mãos pelo pescoço dele, as pernas nas costas, e apoiar minha cabeça em seu peito. Sentia-me louca. Ele dava estocadas profundas e nossa respiração era cada vez mais rápida. Pedi que fossemos para o quarto. Ele me jogou na cama e começou a me chupar. Lambia-me por inteira. Nem um pedaço do meu corpo foi negligenciado. Acabei gozando em sua boca e ele não pode deixar de sorrir. Colocou-se sobre mim e começou a me beijar na boca. Beijos longos e profundos. Abriu de leve minhas pernas e voltou a me penetrar. Eu me sentia quente. Parecia que ia explodir. Nunca tinha me sentido assim. Perdi a conta de quantas vezes mais gozei. Tentamos muitas posições, mas nenhuma durava muito tempo. Percebi que ele queria mesmo ter a sensação de me controlar. Uma das posições que utilizamos com grande prazer foi a de 4. Ele puxava meus cabelos, segurava pela cintura e outras vezes pelos ombros em estocadas mais fortes. Foi quando ele tentou fazer sexo anal. Apesar de estar louca de tesão não consegui deixa-lo cumprir seu desejo. Não dessa vez. Mas nem por isso paramos o que estávamos fazendo. Ele sussurrou em meu ouvido que me daria tanto prazer que eu iria pedir para fazermos sexo anal. Aquilo me deixou ainda com mais tesão. Ficamos nisso mais um tempo ate que ele gozou. Ficamos abraçados na cama. Exaustos ate mesmo para falarmos. Somente muito depois é que viemos a falar algo. E a 1° coisa que eu falei foi chama-lo de cafajeste e virar para o outro lado ainda com raiva. Ele me abraçou por trás e disse que era melhor q eu não ficasse assim porque isso estava o provocando e ele iria querer começar tudo de novo. Então virei para ele e conversamos. Ele pediu desculpas por aquele dia e que estava com saudade de mim e não dela. O restante da noite fica para outro dia.

Comentários

13/12/2009 11:18:10
Desencontros são ruins e reencontros são ótimos. Que delicia de conto.
12/12/2009 11:15:26
sensacional
12/12/2009 11:13:23
sensacional
12/12/2009 11:08:20
Obrigada a todos pelo incentivo. Tenho outros textos publicados que espero que apreciem. Beijos da Lorena
12/12/2009 08:34:05
qwe droga nun conto desse e nem se pode mais add cada o MALDITO BOTAO DE ADD aff qe drogaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadez pra vc mas qe nao devia ter cedido tal abuso dele
09/12/2009 22:05:10
Gostei... preciso de mulheres assim igual vc...que dá gostoso pro amigo de sete anos atras... e olha.. todo homem que vai pra cama com uma mulher gostosa acaba querendo botar no rabicózinho dela..vamo lá gata.. desempenha hein!gostei.. nota 10
09/12/2009 22:04:38
Gostei... preciso de mulheres assim igual vc...que dá gostoso pro amigo de sete anos atras... e olha.. todo homem que vai pra cama com uma mulher gostosa acaba querendo botar no rabicózinho dela..vamo lá gata.. desempenha hein!gostei.. nota 10
09/12/2009 18:05:14
Boa.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


como meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1 contosdescobrindo o amor 74 dr romântico fiume porno minha cunhada e crenti eqe traza comigocasada se mostrano em casa pra corno e amigos juntos desfilando de fioSUPERDOTADO ARROMBANDO FALSA MAGRA NEGRA DO BUNDAO DORMIDO DE SHORTINHOde sirgir blog comda sikis indiro negrodotado contos biporno mulheres com alta preção no cu jogs bosta longeconto erotico sou tratada como puta pelo meu sogro ele adora me chingarhomens jovens enfuando penis shortinho curto adidas anos 80contos eroticos gay dei a bunda dentro do cemitériovideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaconto erotico dos mauricinho ricos com gaycontos esfolei o anus da mamae bebadaXvideos gay enfiando abobrinha cabeçuda no cuprocurando várias fotos de menina da China de menor menina rasgando a vagina dela que sair sangue ela chora na Estrada da força e g****** uma mulheras mulheres cm a buceta grande panel de fuscacontos eroticos cheguei casa escorrendo porra cornoscontos veridico de incesto nora fode com seu sogro bem dotado pra pagar dividaquero ver filme pornô com mulher nunca troco fio jogo da Live Jaraguá colocar achei até chorarconto com putinha novascasadinha contosporno doido chochotinasMeti minha pica no xiri da minha sogra de 49 anosencostando de pe na parede e comendo o cugostosa infia bolinha explovisa na buceta e vai treparcontos eeroticos gay meu amigo se declarou pra minvídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no Galegãoporno amador mulheres lanbendo o pao do homem devagarinho até gozarfoda incesta mae dormindo bem profundo tipo estupro putaria brasileira cenas fortes de estrupo mae sexocontos eroticos coroa casada bancaria viajo a trabalho e traiu pela primeira vezpornô caseiro da Mayara do colégiovideo amador .com.br gozando dentro gratisDeixou varios gozar dentro frutapornomulheres bostas scatContos novinha bolin d pel titia enquanto o tio dormena zoofilia as cadelas aceita ser fudidab****** assaltou a casa e meteu a mão na boca da Neide da novinha e fez a transar com ele a força vídeo pornôseduzida por um estranho contos pornocontos pai atolou tudo no cuzinho d filha.com fotoscontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandemédico explicado chupar bucetas doença transmitiComo perder o bv comendo o vomito e cagando no ventiladorvideo porno homem velho mamando e puxando e mordendo o peitovídeo porno de mulher com negrão sedo estrupadas no cu e gozando muitover video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadalevei minha mulher ao medico pausudo e ele comeu ela na minha frentevi um negao tonhao rasgamdo a xota da minha esposasexo caseiro jardineiro comendo cu da tiatio comedo a sobirnha dacorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaquerocontos eróticos muleconaXapeleta grosa nucu da loira xvideonegão barbarizou a novinha de bruçoscontos de sexo raspei minha bucetafilme pornô de Cibelle encravado em 2017Peludao gostoso conto gayVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradosmulher gosando de mas qe xega espirra lange.comcontos o negão bem dotado de todas as pragas da minha sograconto gay machobuctao tod c gazandouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucoscasa dos contos eroticos o padrasto so quis as pregasautorizei minha mulher fuder com outroPorno contos de traicoes dentro da propria casaaenchi for anel sexpornodoido minha sogra gostosa esta no quarto rapando a buceta com tesaomenos viciada novinha molhada cracudos pornôcontos de maridos q gostam d ser corno e levam pirocudos pra comerem sua mulher em ksaCONtos minha mae de calça legue com a buceta repartida ao meiocontos eróticos papai.mimha bucetinha ta dodoitathy ellen contosfilhinha provocando o pai e mostrando a piriquitinha só de calcinhavideos latifa comendo merdaconto minha hisoria dupla penetacao com janete e betosexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaocontos de casada na piranhagemcontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudoconto erótico sequestro em carcerecontos gay limpar a casaSaia Desse Barney comendo Vilma na camaconto esposa do pastor tranzou com molekxvidio menina vigem perdi avigidadi gosano nasiririca escondidamundobicha ver dois garotos transando em galpao abandonadocontos eroticos de 2017 dia 20 de abrilcasal praticante de zoofiliaflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contosvidio de foda de cunhado dormindo na casa da cunhadaconto erotico de incesto estorei as praga do cuzinho da minha maegostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoscontos casadas chupadeirasnovinfa da buceta grande carnudasdei a buceta no rio contos eroticoscontos.gozei como louca na pica do meu filhodelegada indo pega sua prisioneira pornodoido