Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O marido de minha melhor amiga

Categoria: Heterossexual
Data: 29/11/2009 06:40:00
Nota 9.54
Ler comentários (12) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Chamo-me Juliana, sou casada, 27 anos, branca, 1,75 de altura, pernas grossas, bunda arrebitada, olhos claros e cabelos lisos pretos e moro em Brasília.

O meu conto de hoje ainda é a sequência da bela passagem pelo Piauí, em janeiro deste ano(ai, que lindo Estado e que foda maravilhosa aquela!).

Em junho deste, meu marido convidou, num final de semana, alguns amigos para uma “festinha” aqui no apartamento e, dentre os convidados, estavam minha amiga confidencial Carla e seu marido George. Por questão de segurança, os nomes são fictícios.

Depois de algumas horas na sala, convidei Carla para o quarto, a fim de conversarmos melhor (conversa de mulher, vocês sabem).

Pois é. Relatei a Carla sobre minha experiência com Renato. Ao final, fiquei muito surpresa com o que ela me dissera: “... por mais de duas vezes, quando George estava perto de gozar, ele citou seu nome, e isso, na hora, me deu um grande tesão, amiga. Teria coragem de trepar com ele?...Ele, com certeza, fará o seu tipo, na cama...”

Nossa! Fiquei pasma ao ouvir e sem palavras para responder a pergunta. Mas, no embalo da circunstância, respondi-lhe que sim, desde que ela concordasse, pois não queria perdê-la como amiga. Então, ela provocou, dias depois, uma situação em seu apartamento.

Tudo acertado: como meu marido trabalha aos sábados, e só à noite está em casa, marcamos uma bebedeira no apartamento de Carla, só os dois casais, de forma que meu marido lá chegaria apenas à noite, e eu, claro, iria pela manhã, com o pretexto de ajudar a Carla.

Nove e trinta, e lá estava eu: minissaia branca saliente, calcinha super pequena, e coração batendo a mil. Muito bem recebida pela amiga Carla, sentei-me no sofá, quando George acenou, já segurando copos e a bebida. Percebi que ele não me olhava mais como antes. Imaginei que Carla já havia lhe contado o plano ou, pelo menos, esboçado.

Começamos a beber, uma música ao fundo nos movia mais a alma, até observar o olhar safado de George – ele não tirava os olhos de minhas pernas, coisa que eu aproveitava para trocá-las de posição, deixando minha calcinha quase transparente à mostra. Minha buceta começou a umedecer, porque eu também olhava para ele: um moreno alto, um pouco forte, simpático e um volume que me excitava.

Após alguns copos, Carla dissera que iria comprar mais gelo... (mentirosa, iria me deixar sozinha com ele...) Ao sair, deu uma piscadela de olho – era o “sinal verde”.

Fui ao banheiro, e, quando retornei, George, no sofá sentado, movimentava sua rola. Meu Deus!! Que pau o dele: um cacete um pouco grande, muito grosso na base (ui, ui...), afinando um pouco perto da cabeça, e uma chapeleta... que cabeça, parecia um chapéu. Era uma rola e tanto.

Eu nada dissera, apenas parei em frente dele, que não se fez de acanhado:

– Estou sabendo... será que faz o seu tipo? Gosta de rola assim? Eu sei que gosta... vem cá, toca uma punheta gostosa, meu tesão...segura minha rolona...

Nossa! Mil vezes nossa! Segurei sua rola com gosto, punhetando lentamente. Via aquela rola esfolar na minha mão. Tirei a mão, cheirei-a: que aroma tesudo, aroma de pica, pica grossa e cabeçuda. Continuei a punheta e não me segurei: comecei a mamar, a lamber vorazmente, gemendo alto, quase berrando de tesão. Um saco muito grande, passei a lambê-lo, lambia-o com vontade, chupava-o, enquanto George gemia baixo, dizendo: - ai, minha puta...chupa gostoso, lambe essa picona, safada, cavalona...

Minhas chupadas, de tanta vontade, faziam barulho...Quando a porta abriu, e Carla entrou. George segurou minha cabeça, não me deixando tirá-la de suas entre pernas. Carla logo falara: - Isso... mama gostoso amiga...satisfaz o desejo do meu cavalão.

Carla sentou-se em nossa frente, inclinando-se para trás, levantando o pequeno vestido fino, começou a punhetar sua xoxota cabeludinha, gemendo também alto. Em seguida, ordenou: - fode ela, George... fode essa cavala branca, fode...

Ele me pôs de quatro, ainda no sofá, deu uma lambida rápida na buça, dois tapinhas, e, depois de eu rebolar, socou-me seu pintão moreno. Nossa! Quase me acabava. Metia forte, segurando-me pela cintura, enquanto Carla gemia, como louca: - uhhhh... uhhhh...isssssoooo... aguenta cavalona, aguenta essa caceta grossa...eu falei que iria gostar...

Minha buceta prendia aquele cacetão de tal forma, que George dizia a mulher: - Carla, que buceta apertada... meu Deus...que puta a Juliana, hein...

Comecei a vociferar: - ...soca...soca seu filho da puta...soca essa bengona em mim, vai...me faz de puta, porra...nossa, Carla, estou cheia de pica....quero o leite desse safado...leite de pica...leite da picona dele...

George, então, retirou o cacete da buça, começou a lamber meu cuzinho. Era deliciosa a sua língua, nossa! Senti forçar a entrada do meu cuzinho, logo me pus a falar: - não, George...aí não...eu nunca dei o meu cuzinho...

Ele não quis saber. Forçou meu rabinho até aquela chapeleta entrar, para a minha reação: - porrrrraaaaa...ai...ai, caralho...está me rasgando, cacete...porra..ui...não...ai...para...ai...Carla, por favor...manda ele...ai...aiiiiiiiiiii...cachorro....para...ai...

Doía muito, muito mesmo. Eu suplicava, enquanto Carla dizia-nos, num gozo frenético: - deixa... fode esse cuzão...fode, fode porra...arrebenta esse cuzão branco, meu cavalo...soca essa cavalona, essa égua tesuda, socaaaaaaaa...

Olhei para ele, estava revirando os olhos, puxando-me, ao sair rapidamente do sofá, ficando eu de joelhos, e ele, à minha frente, com o cacetão em punho, numa punheta rápida, dizendo-me: - quer porra, minha puta? Quer... safada? Toma...

Aquela rolona morena me jogou tanta gala quente, e grossa, em meu rosto, que mal podia eu abrir os olhos. Depois, esfregou o cacete em meu rosto, dizendo-me: - gostou, putinha... do marido de sua amiguinha, ahn?

Carla veio em minha direção, falou-me que estava tudo bem e que aquilo ficaria em segredo, assim como nossas confissões. Não sabia ela do que eu estava já tramando, porque, no mês seguinte, em julho, Renato viria à Brasília, e ficaria hospedado em meu apartamento. Essa história, porém ficará para a próxima.

Comentários

07/12/2009 09:22:04
Juju gostosa....Vc é deliciosa....
07/12/2009 07:52:10
Muito excitatante o conto, adoro estórias de infedelidade assistidaa... bjos.
02/12/2009 18:23:04
Deliciosa Juliana...Você realmente sabe nos causar muita tesão com esse seus contos loucos e deliciosos...Por que eu não tenho a sorte de conhecer você[email protected]
01/12/2009 13:03:40
Parabens, adorei o conto. Me add pra conversarmos um [email protected] ! nota 10
01/12/2009 00:29:41
Agradeço os comentários, de coração. Digo a todos que estes três contos são reais, e ainda há outro que eu devo escrever em breve. Quando eu postar um que não tenha acontecido, realmente, eu avisarei, não tenham dúvida. E,ao Niko2, reitero o que eu disse no conto: até então eu era virgem, sim.Não havia feito anal antes, foi minha primeira e será minha última vez. Um beijão a todos!
30/11/2009 14:40:11
vou ate onde vc estiver,pois posso te fazer gozar ate desfalecer
29/11/2009 12:38:35
oi juju gostaria de te conhecer melhor sera que posso? se puder me add no seu msn... [email protected] .... ah tenho 21cm e grosso igual vc gosta ta...beijos
29/11/2009 11:05:50
Ótimo. Nota 10.
29/11/2009 10:54:53
seus contos sao demais quero muito ter essas experiencias com vc e um tesao
29/11/2009 10:48:25
Nota 10!!!!! Que delícia de aventura. Sou de Brasília. Podemos nos divertir muito. Leia minhas aventuras e me escreva ou adicione: [email protected] . Beijos.
29/11/2009 10:36:57
cú virgem, ô so vem aqui pra minas pro se vê nois soca a rola safada putinhame add: [email protected]
29/11/2009 09:44:51
Mais um cuzinho virgem...Que mulherada santinhas Deus....rsrsrsr

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


baixar filme pornô até mais tarde gatacontos eróticos gay ESCRAVO DO MACONHEIROtia novinha dacu dominotravesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamacontos de lesbianismo entre sinhazinha e sua escravacutucou a menininha sem penetrarbundas enormes aberdaaxvidio no binha petdeno ocabadovideos porno varias duas amigas cagando juntas fala meu fiovidios de contos errotics pai arregaça a boceta da filhavideos porno para ver agora mae de 25 anos gostosa aproitar q a filha sai e esfrega mo genrorelato picante de esposa cavalona e marido pintudovídeo sexos pimenta na boceta com patroa sádicavideo de sexo narido xifrado com a comlhada escolacasei com um velho brocha mas levo machos pra casa contos eroticosporno a coroa gostosa gemendo e usando fantasia bem radianteconto erotico o cuzinho da noviçagozanu gostozo na bucita da irma dominu xvidesxvideo porno irmao abraca a irma quando ela ta lavando aloucaajudei minha filha perde vigidade com meu cunhado contoincesto com meu vô contosnovinho.geminho..de.pau.duroContos eroticos irmas gulosas mamando no pauzao grosso do irmao e de mais cinco amigos pauzudos dele na piscina de casatendo prazer filhinha youngxvıdeos mınına querendo pıntao na bucetınhaflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contosvideos de porno cazeiros no mato no riu em todo cantosexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciacontossou safado como minha maexx pornô quero ver minha vizinha casada bençãodia chuvoso no carro do amigo do meu marido acabei dando ate o meu cuzinhomae estrupa filho goza pau brasileiroqual a posicao que temos que fazer quando damos o anus e para o espesma na escorrer para a vaginaquero ver foto bucetao beicudas e hrandeponto não. quebrau. cabaso da vigevideo de homens que ficaram garrados depois que homen enfiou o pinto e seu saco dentra do cu de homen porno e ficaram grudadospapai tirou sangre do cu da filinha peituda ponumorena anda na rua de vestido branco ai himen vai ate la e fode elacontos eróticos gay o tratador de cavaloconto dei o cu pro meu tio emganto ele dormia gay 2017filhaabre as pernas qie vou te fider gostosocomendo o cu da irmaue estava dormindovideo porno irmã bricano com seu imão e apiroca escurrega etracontos boquete pagamentocontus estupro de novinhasporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidosconto lesbico com luanasexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandocontos incesto mae gts garota nao guenta da r u cu i chora pornobigbundagayxvidio casada chupano o amigo do filho escondidocontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhomeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machoCasa dos contos minha mulher falou que todos a comeram que eu sou cornoenfiano anter o cotovelo no travestisxvideo empurrando e gozando topado ate o taloxvideos cangáceiras eroticasporno bofou e ficou agaradoFotos d cazada sendo fodida p roludoporno mae surpreebdidaporno chupando a bucheta da minha padroa em baixo da mesa na sala de reuniõesgostosas não aguento melo pau de merdahomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carrotomando piricada no riosou amante d minha cunhda contoeu e meu marido adoramos fazer sexo grupal contosdoce nanda parte IV contos eroticossó branquinhas gostosas tesudas encitantes transando com seu cachorro até gozarContos eróticos de traindo o noivo no capô do carrocontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu e o macho arrancando bostaWww xvideo.com depiladora ñ resistiu a picafiume porno garoto senti tezao pela crentinhaesgichada de gala da bucetapilates sacana com minha esposa contomunhe engulido a gala sem tira u pau da pocaxvideos Botando rola Pra Fora E sarrando bem gtzvídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhozoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamente